Sobrosso na floresta

Sobrosso na floresta

 

O sobrosso há

me sobra no peito

Feito o diabo em figura de são

Cipriano

Avia, me traz o livro

Retinto  

Capa preta tição

 

Meu toitiço queima

À labareda

Quando penso que…

Nem penso não

Penso torto, de través, oblíquo

Sigo a via

Só da precaução

 

Não é à toa que à-toa

Atuam

Não é à toa que atuam

Não

Não é à toa que à-toa

Serram

Matando a mata, o riacho e o chão

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora