Revista GGN

Assine

Apresentação

Investimentos chineses podem ditar os rumos do desenvolvimento da infraestrutura nacional

Nos últimos anos, a China tem demonstrado interesse em realizar vultuosos investimentos na infraestrutura nacional. No final de 2015, o primeiro-ministro chinês Li Keqiang se reuniu com a então presidente Dilma Rousseff e prometeu colocar US$ 50 bilhões em projetos brasileiros, só para começar.

A China tem muito a ensinar ao Brasil na área de infraestrutura. Quando criou o plano para integrar por ferrovias as regiões brasileiras, a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) enviou representantes para conhecer os trens chineses de alta velocidade.

Além disso, a integração regional da América Latina é estratégica para a China, por facilitar o escoamento de produtos essenciais para sua economia. Assim como seria estratégica um ponto de saída dessas mercadorias pelo Oceano Pacífico.

Com apoio de empresas, bancos e do governo chinês, esses projetos podem sair do papel. Mas dependem da capacidade brasileira de coordenar as agendas e executar os investimentos.

Matérias publicadas

Fotografia: Tian Dafang Por Ana Cristina Campos Da Agência Brasil A China pretende erradicar a pobreza até 2020. De acordo com a Fundação para...
China já tem a alavanca para derrubar o petro-dólar Por Jim Willie C. B. no Russia Insider Tradução de Ricardo Cavalcanti-Schiel (os trechos entre...
Uma das saídas para a crise atual pode estar no Oriente. Mais precisamente na China. E a infraestrutura é o setor chave. Desde o ano passado há um...

Fotos

Nenhum resultado encontrado

Vídeos

Nenhum resultado encontrado

Documentos

Nenhum resultado encontrado