Início Artigo

Artigo

Desventuras e promessas do liberalismo brasileiro, por Luiz Werneck Vianna

Não foi a primeira vez e nem será a última em que se tentou fazer a roda da história retroagir a fim de repor o país nos trilhos do malsinado regime do AI-5

A direita abriu o jogo: o queremismo está na mesa, por Luiz Eduardo Soares

"Confesso, com o estômago embrulhado, que nunca me senti tão mal reconhecendo erros meus quanto, agora, ao reconhecer meu acerto"

Bolsonaro põe ataques na gaveta ao sentir cheiro de impeachment

Com a direita a juntar-se à esquerda nos pedidos de destituição, o Supremo a mostrar firmeza e o mercado, nervosismo, o presidente recuou

Efeito Seca e Dependência de Trajetória Caótica , por Fernando Nogueira da Costa

Decisões tomadas no presente são afetadas pelas decisões tomadas no passado, embora as circunstâncias passadas já não sejam mais relevantes

Por que a extrema-direita dos EUA admira abertamente o Talibã

O deputado Matt Gaetz, republicano da Flórida, descreveu o Taleban como “mais legítimo” do que a administração. Em muitos aspectos, a admiração da extrema direita pelo extremismo islâmico não é nada novo

Processos e picuinhas em Pindorama, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Advogados que escolheram combater a opressão não podem se dar ao luxo de imaginar que derrotarão adversário sozinhos

Crítica Neoliberal ao Desenvolvimentismo, por Fernando Nogueira da Costa

A racionalidade de pretensos adversários ideológicos é desconhecida nas chamadas "câmaras de eco" pela intolerância com quem pensa diferente

Jair Renan, o retrato da meritocracia brasileira

Jair Renan tornou-se empresário pelas próprias pernas. Lançou a empresa Bolsonaro Jr Eventos e Mídia sem precisar de ajuda alguma do pai. Ajuda só dos amigos do meio empresarial que conquistou por seus próprios méritos

Privatizações: vantagens e desvantagens, por Fernando de Aquino

Serviços como de educação, de saúde, de entregas, de fornecimento de energia elétrica, de crédito, geram lucratividade para atrair o setor privado até uma escala que não alcança muitos indivíduos e comunidades que poderiam ser beneficiadas

Acender uma vela pelo Brasil, por Urariano Mota

Se a chama do voto pudesse tudo fazer, de voto no sentido de urna eletrônica, e neste caso, de oferenda aos santos do Brasil, uma grande fogueira deveria subir até os céus brasileiros

Financeirização da Riqueza: Uma discussão-síntese

O chamado “processo de financeirização da riqueza” se tornou termo recorrente nas análises econômicas, ocupando teses acadêmicas, artigos de jornal e o vocabulário corrente dos economistas como parlenda que a tudo define, sem nada explicar

Mercado de capitais e mudanças sociais, por Eduardo Moreira

Com a recente popularização dos investimentos, coloca-se a necessidade também de diversificar as possibilidades de instrumentos

A Amazônia é de quem, cara-pálida? por Antonio Andrade

Essa questão deveria ser de fácil resposta, mas essa dúvida também é parte de uma narrativa criada para que a floresta não tenha “dono”

Falece Dermi Azevedo

Jornalista e militante dos direitos humanos morreu aos 72 anos de idade na cidade de São Paulo, vítima de ataque cardíaco

Os vetos de Bolsonaro aos crimes conta a democracia

Todos os trechos retirados da nova lei correspondem a condutas praticadas pelo próprio presidente ou por seus apoiadores ao longo de seu governo

A ofensiva do apartheid colonial na Comissão de Relações Exteriores da Câmara

Se o inimigo está alinhado com o pior da sociedade brasileira, devemos nos posicionar no caminho oposto, dos direitos civis e sociais, numa agenda contra a repressão pós-colonial que assola as maiorias do país

As elites do financismo: mudança ou jogo de cena?, por Paulo Kliass

A gota d’água para que as entidades tornassem pública sua posição contra o governo foi a insistência de Bolsonaro em romper a convivência nas regras democráticas

De quem é o 7 de setembro?, por Francisco Calmon

O 7 de setembro de Bolsonaro e seguidores é o da arruaça, da balburdia, do conflito, enfim, da hostilidade à democracia; o 7 de setembro dos movimentos sociais é o da resistência e defesa da democracia e da pátria

Inabilitado para a diplomacia e motivo de apreensão, por Arnaldo Cardoso

É com pesar e vergonha que temos assistido a ausência, ou exclusão, do Brasil de todos os recentes encontros internacionais

Chegou a hora das polícias (e as Forças Armadas) prenderem as polícias, por Paulo...

Hora de decidir se Danieis Silveiras encabeçarão uma enorme fileira de prisioneiros e responsáveis por crimes contra o país ou liderarão revoltas contra o incipiente projeto de nação chamado Brasil

Leia também

Últimas notícias