Economia

O “choque de gestão” em Minas

Aécio Neves ainda é uma esfinge a ser decifrada, o que pensa, quais suas relações políticas, empresariais, os grupos de interesse que o...

Mundell e a desvalorização cambial

De fato, como observa o André, a maioria dos entrevistados pela "Veja" não tem a menor idéia sobre o que é o Brasil e...

Os Nobel e o Brasil

Do leitor André Araújo VEJA de hoje apresenta uma matéria sobre o não crescimento do Brasil em comparação com a China e a Índia, com...

O Brasil dos “sem dólares”

Coluna de 11/08/2006 Porque o risco Brasil caiu e os dólares inundaram o país, provocando nova queda na moeda, e conseqüente apreciação do Real? Isso...

A Vale, o mercado e o curto prazo

As agências de risco Fitch e Moody's decidiram colocar sob observação a classificação da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) após o anúncio de...

Preço da TAM com serviço da GOL

Sem competição, o setor aéreo provocou o seguinte movimento das duas companhias líderes: a TAM se equiparou à Gol nos serviços; e a Gol...

As negociações da TV digital

Nos próximos dias, será anunciada a formação de um grupo interdisciplinar para começar, de fato, as negociações com os japoneses em torno do padrão...

Os sócios do crescimento

Se a descoberta do crédito pelos bancos comerciais tornou-os sócios do desenvolvimento brasileiro, os grandes fabricantes de produtos de consumo perceberam o que a...

A conta que não foi feita

A opinião pública está careca de ouvir falar do déficit da Previdência. Ou o Brasil mata os velhinhos, ou os velhinhos acabam com o...

A Vale, o mercado e o curto prazo

As agências de risco Fitch e Moody's decidiram colocar sob observação a classificação da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) após o anúncio de...

Sem título

Coluna de 11/08/2006 Porque o risco Brasil caiu e os dólares inundaram o país, provocando nova queda na moeda, e conseqüente apreciação do Real? Isso...

“Investment grade” e crescimento

Porque o Brasil ainda não conseguiu o ambicionado "grau de investimento", que pemitirá baratear o custo dos empréstimos, se todos os sacrifícios já foram...

O fantasma do crédito do ICMS

O maior fantasma das empresas exportadoras se chama, hoje em dia, crédito tributário do ICMS. Como o ICMS é um imposto não-cumulativo, em cada...

A taxa de risco e a SELIC

Eis um resumo da capa da próxima edição do Guia Financeiro, da Agência Dinheiro Vivo (www.dinheirovivo.com.br) A redução do risco Brasil para perto dos 200...

A corrida ao ouro

Coluna de 10/08/2006 Nas últimas três licitações para compra futura de biodiesel pela BR Distribuidora, apareceram dezenas de candidatos. Eram pequenas empresas, donos de postos...

O conflito, segundo Kamel

A pedidos, o link para o artigo de Ali Kamel, no "Globo", com críticas a atuação dos países árabes no conflito com Israel. ...

Ataque aos spreads bancários

Nos próximos dias, o governo deverá anunciar uma ampla ofensiva visando induzir o sistema bancário a reduzir os "spreads" (diferença entre custo de captação...

Enquanto isto…

Enquanto isto, no reino do faz-de-conta, o inefável grupo de conjuntura do IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas) sustenta que a atuação do...

Investimentos frustrados

Do economista Antonio Correa de Lacerda, que trabalha na Siemens: As filiais de multinacionais, no Brasil, estão perdendo sistematicamente todas as disputas para atração de...

Câmbio e exportações

De um executivo ligado à indústria automobilística e que pertence ao conselho mundial de uma das maiores empresas agrícolas do planeta, no encontro "Tornos...

Leia também

Últimas notícias

GGN