Política

Marcelo Queiroga é o novo ministro da Saúde

O anúncio foi feito por Bolsonaro no cercadinho, em conversa com apoiadores, na porta do Palácio do Alvorada.

Bolsonaro se reúne com Malafaia para discutir abertura de templos em meio a pandemia

A preocupação dos evangélicos são os decretos municipais que veta o funcionamento das igrejas, como medida para tentar frear a disseminação do vírus, que já fez mais de 278 mil vítimas fatais no país

O nordeste e a reinvenção da política: Flávio Dino fala sobre os princípios de...

Também em pauta a experiência do Consórcio Nordeste e o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Assista

Um caminho para derrotar Bolsonaro: o foco do discurso Lula-2022, por Sidnei R. Priolo...

Vamos analisar uma das peças de propaganda de Bolsonaro durante a campanha de 2018, que aponta para três elementos fundamentais para muitos grupos brasileiros: preço da gasolina e do gás e 13º para os beneficiários do Bolsa Família.

A natureza psíquica do fascismo e o genocídio no Brasil, por Tales Ab’Saber

O fascismo é o ultrapassamento, pelo desejo do poder concentrado em um e guerra aberta contra outros, de todo compromisso de racionalidade na política.

Rachadinha de Flávio virou Bolsolão da família presidencial

Tudo indica que o padrão de desvio executado por Flávio Bolsonaro na Alerj foi iniciado pelo pai, nos tempos de Câmara dos Deputados

Quebra de sigilo aponta para ‘rachadinha’ em gabinete de Jair Bolsonaro

Em meio a crise, a ordem no Planalto é tratar rachadinhas como assunto "de fora do governo"

O que foram os Processos de Moscou e porque Moro era chamado de “Russo”...

"Entregue-me um homem e eu lhe encontrarei um crime". Apelido de Moro na Lava Jato remete ao estado de exceção na Rússia da década de 1930

Juízes que cortejam militares, por Hugo Cavalcanti Melo Filho

Mas é fato que no dia 17 de setembro de 2018, em sua primeira coletiva de imprensa como presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Toffoli disse que não pautaria “casos polêmicos” em 2018

Grupo Prerrogativas repudia manifesto dos 1.000 do MPF defendendo ilícitos da Lava Jato

O Prerrô alerta que só se combate a corrupção observando-se o rito jurídico correto, sob pena de solapar o Estado de Direito.

Incompetência e imparcialidade: caso Lula e o Xadrez no STF, por Tania Maria de...

Também não caberia ao plenário do Supremo Tribunal Federal, por via transversa, se impor sobre julgamento realizado por turma.

Mil procuradores revelam a metástase que a Lava Jato espalhou pelo MPF

É óbvio que esse corporativismo extemporâneo alertará mais ainda os legisladores - e os tribunais superiores - sobre a falta de valores do MPF em relação à legalidade e à obediência dos códigos.

A possível volta de Lula ao jogo eleitoral, por Ricardo Mezavila

O cenário político não pode ser analisado sem a presença da pandemia, aliás, o combate à Covid-19 deveria ser levado ao extremo, assim o Brasil não estaria na situação de calamidade que se encontra, batendo recordes diários de mortes.

Xadrez dos golpes na América Latina e a reação da democracia, por Luis Nassif

Pressionados pela mais grave crise sanitária da história do continente, um a um os governos fake vão caindo e o continente tem um duro reencontro com a realidade.

Algumas perguntas e hipóteses em torno da elegibilidade do ex-presidente Lula, por Roberto Bitencourt...

A importância eleitoral de Luiz Inácio é ainda incontrastável. O seu retorno ao campo das disputas eleitorais na condição não de um conselheiro de luxo, mas de um jogador com a faixa de capitão do time, consiste em fato surpreendente. Inesperado.

A semana mais insana dos últimos anos, por Eduardo Borges

Na quarta feira (10 de março) o ex-presidente resolveu se pronunciar ao Brasil. Falou como o velho Lula de sempre. Alternou, como já é de sua estratégia, entre o ex-torneiro mecânico e o estadista.

Jair Renan Bolsonaro é acusado de tráfico de influência

Grupo de empresários teria dado um carro elétrico para o filho 04 do presidente Jair Bolsonaro; proximidade chama atenção do Ministério Público

Coronavírus: cientistas apontam severidade da pandemia até 2022

Falta de vacinação e registros de casos e óbitos em alta crescente apontam prognóstico pessimista para os próximos meses

Três diretores pedem demissão da Fundação Palmares

Decisão foi motivada por mudança da sede, que pode ser alvo de processo por improbidade administrativa, além da falta de diálogo com Sérgio Camargo

Quem são os cotados a assumir o Ministério da Saúde

Cardiologistas Ludhmila Abrahão Hajjar e Marcelo Queiroga são cotados para assumir lugar de Eduardo Pazuello; ambos chegaram a ser cotados para ocupar lugar de Mandetta

Leia também

Últimas notícias

GGN