Início Editoria Recado do Nassif

Recado do Nassif

Se Adriano apoiou Witzel, foi a pedido de Flavio Bolsonaro

Seu orientador, político que armou todas as suas alianças, atende pelo nome de Flávio Bolsonaro.

Um clássico do boxe: Hearns vs Hagler

Um clássico da luta de boxe, Thomas Hearns vs Marvin Hagler, dois dos maiores peso pesados da história. Hearns tinha um estilo avassalador. Nocauteara em...

Atualizado: a militarização da Amazônia abre as portas para entrada de armamento americano

Esses movimentos começaram a ganhar forma  meses atrás, antes dos entreveros de Bolsonaro com Emmanuel Macron.

20 mil léguas submarinas, um clássico

Dias desses, aproveitei a insônia para assistir de nova 20 Mil Leguas Submarinas, um clássico dos estúdios Disney, em cima de um clássico da...

Na crise da água, Witzel loteia cargo técnico da CEDAE

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, é de uma irresponsabilidade administrativa à altura de Jair Bolsonaro. Em plena crise da água, no Rio...

Por vias tortas, para garantir assessores, general Floriano mostra a Guedes a importância do...

Numa ponta, o Ministro da Economia Paulo Guedes investe contra a estabilidade do funcionário público. Há muito a se aprimorar, mas a estabilidade está...

Supremo acaba com recurso à desaposentação

Em decisão de ontem, o Supremo Tribunal Federal decidiu acabar com essa possibilidade para as ações ainda sem sentença final

Recado do Nassif: a violência do Procurador Geral contra a Escola Superior do Ministério...

A violência perpetrada pelo PGR Augusto Aras contra a Escola Superior do Ministério Público da União comprova a máxima: de onde nada se espera, nada vem

Recado do Nassif: a delação desmoralizante  de Sérgio Cabral

A única novidade é que Cabral ainda mantém centenas de milhões de dólares, o que o torna provavelmente o mais corrupto político brasileiro da história, depois de Ademar de Barros

Milton Nascimento, o culto do mistério e o show inesquecível da despedida, por Luis...

A música surge como um farol brilhante em cada período cinzento da história, apontando os rumos da nacionalidade

Xadrez para entender as  teorias conspiratórias, comentário de LeoV

Por LeoV comentário no post Xadrez para entender as  teorias conspiratórias, por Luis Nassif Bem além do mito “Junho de 2013” Críticas à social-democracia estão longe de...

Recado do Nassif: a barafunda com o caso da energia solar

Há a necessidade de uma ampla regulação definindo consumidores-produtores de acordo com o uso que fazem da energia.

Xadrez para entender as  teorias conspiratórias, por Luis Nassif

Nos dois lados, há uma dificuldade crônica incompreensível de juntar as duas pontas, como se fossem incompatíveis.

Os maiores batedores de faltas do futebol brasileiro

Quem foi o maior batedor de faltas? Eder, Roberto Carlos, Rivelino, Marcelinho, Didi? Ao longo das décadas, o futebol brasileiro consagrou inúmeros goleadores. Roberto Carlos https://youtu.be/Rir3xUbPxpY Nelinho https://youtu.be/BIilSFYGPtM Rivelino https://youtu.be/IoiOH3sCemw Marcelinho...

Xadrez da facada de Adélio, o enigma político da década, que permanece sem solução,...

Seria possível simular um atentado tão arriscado, a ponto da vítima correr um risco de vida calculado para viabilizar um projeto político?

As marchinhas em homenagem a Bolsonaro

A Família Passos se desdobra na homenagem.

Recado do Nassif: Zé do Caé, o agente funerário subversivo de Poços de Caldas

Alguém da escola de samba mexeu com o Caé, que resolveu enfrentar a escola inteira no braço.

A Polícia do Rio já tem certeza do envolvimento de Bolsonaro com a morte...

A hipótese levantada pelo GGN – de comprometer a intervenção federal – é uma das possibilidades de investigação.

Com caso Zucolotto, há um cadáver na sala de visitas da imprensa

As autoridades só consideram denúncias as que vêm da mídia corporativa. E a mídia corporativa blinda as suspeitas envolvendo Lava Jato

Xadrez das evidências contra Paludo e Zucolotto, por Luis Nassif

Como ensinou certa vez procurador Deltan Dallagnol, na aula magna com uso do Power Point, atualmente basta um conjunto significativo de indícios, estatisticamente relevante, para formar a convicção.

Leia também

Últimas notícias

GGN