Início Oriente Médio

Oriente Médio

Uma cortina de fumaça chamada antissemitismo, por Sayid Marcos Tenório

Sionistas acusam de antissemita qualquer movimento ou pessoa que defina Israel como um apartheid ou denuncie seus crimes de lesa humanidade

Teatro Político de Bennett: Israel e palestinos em luta decisiva à frente, por Ruben...

Muitos palestinos acreditam que o confronto militar de 10 a 21 de maio entre Israel e a resistência de Gaza, juntamente com a revolta popular simultânea em toda a Palestina, foi um divisor de águas.

A permanente acusação de antissemitismo como arma do Apartheid, por Bruno Beaklini

Se compreendermos a condição mitológica de “semita” como também pertencendo aos povos árabes, o Estado de Israel é “essencialmente” antissemita.

Sionismo, a ideologia racista que está destruindo a Palestina, por Sayid Marcos Tenório

Sionismo é uma ideologia racista que embasa o projeto de dominação colonial, que pode ser comparada a um vírus que vem se propagando desde 1948 na Palestina

Falsas narrativas para legitimar apartheid de Israel, por Sayid Marcos Tenório

Mídia desenvolve uma campanha para demonizar a resistência palestina, enquanto tenta retratar Israel como um estado pacífico, quando a realidade é a de um estado violento, racista e de apartheid criado sobre as terras e os cadáveres de palestinos.

Israel e EUA: uma aliança essencial, por Bruno Beaklini

Três instituições estão ligadas umbilicalmente à imigração de europeus de fé judaica no Estado criado pelas treze colônias da América do Norte.

Mais do mesmo na troca de comando de Israel, por Sayid Marcos Tenório

Mudança de governo em Israel não trará benefícios aos palestinos. Bennett manterá a política de supremacia judaica na Palestina e continuará com a escalada de agressões e a expansão da ocupação, enquanto a resistência seguirá com o dedo no gatilho.

ONU, Palestina e o apartheid colonial do século XXI, por Bruno Beaklini

Considerando que todo o Levante se encontra diante de uma permanente luta anti-imperialista e a Palestina, ainda na luta anticolonial, é necessário um esforço permanente para furar o bloqueio midiático e a censura na opinião pública nos países ocidentalizados

O apartheid colonial avança na Câmara de Deputados, por Bruno Breaklini

“A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados aprovou o Acordo de Cooperação em Questões Relacionadas à Defesa, assinado em Jerusalém, em 31 de março de 2019”

O Conflito no Oriente Médio e a Indução a Erro (parte 2), por Marcos...

Espaço cedido ao autor para que se posicione sobre Israel no conflito com a Palestina.

“É preciso palestinar”: o conflito entre árabes e judeus e a longa busca pela...

Para Ahmed Shehada, do Instituto Brasil Palestina (Ibraspal), “essa política genocida que já dura 73 anos foi intercalada por assassinatos, humilhações, confisco de casas e terras".

Faixa de Gaza 2021: um meteorito no céu do futuro, por José Luís Fiori

Muitas vezes, a releitura da história é o melhor caminho para entender um conflito tão violento, assimétrico e prolongado como a guerra entre judeus e palestinos, que já dura cerca de 70 anos, e é talvez o mais longo da história moderna.

Jornalistas, representatividade árabe e a libertação da Palestina na mídia brasileira, por Bruno Beaklini

Hoje, a maioria de afrodescendentes no segundo maior país africano do mundo tem um marco fundamental na sociedade civil e na política. Ou seja, é pouco se dizer “não racista”, é preciso ser antirracista.

Judeus na Palestina: de Napoleão à Nakba, por Ruben Rosenthal

A geopolítica internacional continua a favorecer Israel. Até quando as potências Ocidentais continuarão a se omitir em relação à ocupação de terras palestinas e à violência desmedida contra a população?

Bandeiras israelenses sob o céu de Viena?, por Yakov M. Rabkin

A preocupação internacional com os direitos humanos dos palestinos é pífia, apesar de décadas de opressão exposta aos olhos da comunidade internacional – que foi quem primeiramente criou esta situação.

ABJD: Carta de Solidariedade ao Povo Palestino

Solidarizamo-nos com a população palestina, violentada em função dos últimos ataques sofridos.

Solidariedade na luta une Gaza, Cisjordânia, Jerusalém e diáspora palestina, por Ruben Rosenthal

Seguiram-se 11 dias de conflito, até que Israel finalmente aprovasse um cessar fogo em 20 de maio. O saldo em vítimas fatais foi de 230 em Gaza – sendo dezenas de crianças, e 12 em Israel. A destruição material na Faixa de Gaza foi incomensurável.

Analisando os fatores para a vitória na operação Espada de Jerusalém, por Bruno Beaklini

O “confronto”, não foi um ato isolado e sim uma escalada militar do inimigo como resposta à posição intransigente da liderança de Gaza contra a limpeza étnica em Jerusalém Oriental e a apostasia dos fanáticos na Esplanada das Mesquitas.

O Conflito no Oriente Médio e a Indução a Erro, por Marcos L Susskind

Espaço cedido ao autor para que se posicione sobre Israel no conflito com a Palestina.

Crise humanitária em Gaza: falta de alimentos, água e 52 mil palestinos desabrigados

Situação é decorrência dos ataques de Israel contra os palestinos. A Anistia Internacional afirmou que solicitou investigação sobre ataques aéreos em Gaza

Leia também

Últimas notícias

GGN