Doria pode voltar atrás e aumentar passagem de ônibus

 
Jornal GGN – João Doria (PSDB), prefeito eleito de São Paulo, cogita aumentar a passagem de ônibus no ano que vem, contrariando promessa de campanha. 
 
Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a gestão do tucano estuda um reajuste que fique em um meio termo entre R$ 3,80 (a tarifa atual) e a projeção de R$ 4,40. 
 
Logo após vencer as eleições no primeiro turno, o tucano disse que não iria alterar a tarifa em seu primeiro ano de gestão. 

 
A ideia é que sejam repassados para os passageiros os valores para cobrir gratuidades e benefícios. Além disso, o prefeito eleito quer discutir a revisão destas gratuidades, que hoje são dadas para grupos como estudantes de baixa renda, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência. Alguns dos benefícios foram ampliados na gestão de Fernando Haddad (PT).
 
A equipe do tucano crê que, para manter a tarifa nos atuais R$ 3,80, os custos chegariam a R$ 1,25 bilhão em subsídios, que são repassados pela prefeitura às empresas de ônibus para cobrir a diferença entre aquilo que é pago pelos passageiros e o custo dos serviços prestados. 
 
Atualmente, os subsídios estão na casa dos R$ 2 bilhões anuais. O que a equipe de Doria propõe é um reajuste que cubra o aumento dos gastos com gratuidades, colocando a inflação sobre os gastos com serviços de ônibus dentro dos subsídios. 
 
A arrecadação municipal com as passagens de ônibus deve ficar em torno de R$ 5,3 bilhões neste ano. Já o valor repassado para as empresas ultrapassa R$ 7,3 bilhões, já que os contratos estipulam uma remuneração por passageiro transportado. 

14 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ruy Acquaviva

- 2016-11-18 22:03:35

A matéria prova que você mentiu

A matéria prova que você mentiu ao dizer que Dória vai fazer a renegociação da dívida e que essa dívida teria sido feita pelo Haddad.

Ela não tem nada a ver com a tarifa como nada tinha a ver com esse assunto a sua mentira sobre a dívida, a matéria apenas comprova que você mentiu. Quem colocou o assunto que, segundo suas próprias palavras, não tem nada a ver com a questão da tarifa foi você.

Dória prometeu sim congelar as tarifas durante a campanha, negar isso é apenas mais uma mentira sua. Porém se ele tivesse falado da atrifa apenas após ser eleito, coisa que não fez, nem por isso sua atitude estaria isenta de críticas. Afinal dizer uma coisa um dia e dizer o oposto no dia seguinte só indica que ele não sabe o que diz e foi corrigido por assessores após falar mais uma de suas asneiras.

Ruy Acquaviva

- 2016-11-18 21:03:38

Vai...

Por mim você pode ir até para a PQP e com a panela devidamente entrouxada que não estou nem aí, só me deixe de fora de suas palhaçadas porque não ando com moleques.

anarquista sério

- 2016-11-18 18:18:53

Marina foi sequestrada ? Ela

Marina foi sequestrada ?

Ela desaparece nos momentos cruciais aonde há polémica.

Ela não quer ser presidente do Brasil.

Ela quer ser ACLAMADA.

Prefiro os que dão a cara pra bater do que fugir  de confronto.

Como pode uma pessoa dessa aspirar qualquer cargo político ?

anarquista sério

- 2016-11-18 17:18:43

O que tem a ver essa matéria

O que tem a ver essa matéria em manter a tarifa ?

Uma matéria de fevereiro ?--ainda nem estava assegurada a candidatura dele,

Quequéisso dona Lourdes ?

Abração !

ps: Tenho imensa curiosidade em conhece-la.

Lourdes Nassif

- 2016-11-18 17:04:55

sim

Doria prometeu sim, em campanha, manter a tarifa em 2017.

E quem fez renegociação da dívida foi o Haddad, um passivo herdado de outras administrações.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/02/1743985-com-renegociacao-divida-da-cidade-de-sp-cai-de-r-74-bi-para-r-275-bi.shtml

 

ze sergio

- 2016-11-18 16:12:11

doria....

Quando do surgimento das lotações, uma passagem custava 2 reais. A lotação poderia cobrar 0,50 centavos e ganharia um ótimo dinheiro, além de ter sido a melhor opção e o melhor serviço surgido em transporte público no último século. Quem mora em bairros e cidades periféricas sabe do que falo. É quase o caso recente do UBER, que se mostra mais barato (e o serviço nem dá pra comparar) que andar de transporte público em SP. O que está por trás das Cias. de ônibus e do Metrô é um ganho extraordinário que prefeitos e governadores não querem de forma alguma abrir mão. Um monopólio de bilhões de reais diários, à vista, em notas pequenas, sem marcações, sem controle. E o Dória com seus ônibus querendo sabotar a mamata de Geraldinho com seu Metrô? Tá de brincadeira, Dória? Geraldinho sabe que pode privatizar, extorquir, enterrar até alguns no buraco do Metrô que não dá em nada. E você puxando o tapete do paizinho? 

bonobo de oliveira, severino

- 2016-11-18 15:23:38

Franquia do Reis.

Aquela gurizada fralda frouxa do mPl vai escolher o cabo e já resolveu trocar uma letra e virar franquia do Marcelo Reis e sair de vez do armário. Esse negócio de defender direito de pobre não dá futuro pra ninguem.

Ugo

- 2016-11-18 15:22:53

cartesiano

Os bairros mais afastados do centro votaram no Doria, a conta para os patos crédulos.

bonobo de oliveira, severino

- 2016-11-18 15:14:44

Eh pouco!!

Só 5,40?? Sapeca logo 6 merreis pra evitar moedas que as manadas do Tucanistão merecem. E vamo acabar com essa moleza de passagem grátis porque quem vota em milionário não deve estar precisando de subsídios para passagens. Deve estar indo e vindo todo dia de helicóptero igual ao Doria.

anarquista sério

- 2016-11-18 14:42:13

Eu protestaria. Não só pela

Eu protestaria. Não só pela tarifa.

Protestaria contra a comida cobrada--há varios ''restaurantes '' pór 2 reais.

Protestaria com cinema e teatro pagos.

Protestaria pagar ingresso em partida de futebol.

Protestaria ter que pagar a tv paga.

Protestaria que luz e água não sejam grátis,

Protestaria de pagar aluguel pra moradia,

Protestaria de escolas que cobram.

Protestaria porque o preço da esfilha é mais caro no Almanara.

Protestaria porque todos nós não vivemos igualmente.

Protestaria tbm de figuras lúdicas como vc.

Com licença, estou indo pra Coreia do Norte.

Vem comigo ?

Joao Luis

- 2016-11-18 14:22:04

Aguardamos os PSOListas do

Aguardamos os PSOListas do MPL e do Black Block mostrarem sua coragem protestando contra o João Trabalhador. Refiro-me à coragem que tinham de protestar contra Haddad, não Alckmin.

 

Paulo F.

- 2016-11-18 14:20:36

A criatura

Não iria se voltar contra seu criador! O que ninguem ousa dizer é que onibus e metro tem preços atrelados e em 2018 tem eleição!

anarquista sério

- 2016-11-18 14:18:08

Doria não se elegeu

Doria não se elegeu prometendo manter a tarifa de ônibus e afins.

Disse depois de eleito.--diga-se que está tentando uma troca com o governo federal pras dívidas.Dívidas estas deixadas pelo governo anterior.

Vc leu isso aqui ? Claro que não.

Reclama-se, com razão ,da edição da Gobo.

Mas aqui é diferente ?

Ruy Acquaviva

- 2016-11-18 14:06:56

Aqueles canalhas do passe livre

Aqueles canalhas do passe livre vão protestar contra o Dória também ou vão ficar em casa com os cabos das panelas enfiados no rabo?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador