Em editorial, Estadão reclama do gestor Doria

Jornal GGN – O Estadão, finalmente, reconhece que a gestão Doria não é lá essas coisas. Em Editorial deste domingo, o jornalão diz que números são eloquentes para demonstrar o mau início de Doria na zeladoria. Pelo Editorial, o desempenho do gestor é desanimador, sendo que ele usou exatamente isso para se eleger, ou seja, eficiência da gestão e modernização da administração.

O fato é que a cidade não é linda, não está linda e não tem como conseguir isso a se continuar esse modelo de gestão. E o Estadão diz que não conseguiu respostas sobre a zeladoria nem com a Lei de Acesso à Informação. Das 13 questões levantadas, a Prefeitura respondeu só 9. Mas a poda de árvores melhorou 1,06%.

Leia o Editorial do jornal que apoiou Doria e hoje não tem motivo para tanto.

do Estadão

Cidade Linda só no nome

Editorial

Números são eloquentes e não deixam dúvida sobre o mau começo do governo Doria na zeladoria

As primeiras avaliações sobre o desempenho do governo João Doria na área dos serviços de zeladoria – tais como manutenção de ruas e calçadas e limpeza pública – são desanimadoras, como mostra reportagem do Estado. Como a zeladoria foi apresentada pelo prefeito na campanha eleitoral como um dos destaques de seu programa, este é um mau sinal para o início de um governo que elegeu como suas marcas justamente a eficiência da gestão e a modernização da administração da capital.

Dos dados solicitados sobre as 13 ações desenvolvidas nos serviços de zeladoria, com base na Lei de Acesso à Informação, a Prefeitura forneceu os referentes a nove. Em oito destes, houve queda no desempenho entre janeiro e agosto, em comparação com igual período de 2016. Ou seja, a piora foi praticamente geral na área eleita como uma das meninas dos olhos do prefeito. Só a poda de árvores teve uma melhora de 1,06% (passando de 65.492 árvores podadas naquele período de 2016 para 66.190 neste ano), um índice tão pequeno que se pode dizer que o serviço continua praticamente tão ruim como antes.

Leia também:  Recado do Nassif: Por que Doria finalmente agiu contra o massacre de Paraisópolis

Os números são eloquentes e não deixam dúvida sobre o mau começo do governo Doria nessa área. Na extensão de guias e sarjetas (em metros lineares), houve redução de 55,78%; na extensão de galerias inspecionadas e reformadas (também em metros lineares), de 38,59%; na área de calçadas (em metros quadrados), de 36,01%; na limpeza de bocas de lobo e bueiros (em quantidade), de 24,87%; na limpeza de pichações (em quantidade), de 24,5%; na troca de lixeiras (em quantidade), de 6,7%; na varrição (toneladas de resíduos), de 6,01%; e na limpeza de monumentos (em quantidade), de 4,77%.

Os mutirões do programa Cidade Linda e o Mutirão Mário Covas, de reparo de calçadas, não produziram até agora, portanto, nada do que foi prometido. Mais grave: a situação ficou pior do que antes. Por enquanto, a Cidade Linda de linda só tem o nome. A presença do prefeito João Doria, paramentado de gari, nos primeiros dias de seu governo, ajudando na limpeza de ruas e avenidas, para dar exemplo e mostrar empenho em cuidar da cidade, não produziu nenhum efeito positivo.

Nada mais foi, como se constata passado mais de um semestre de seu mandato, do que uma hábil jogada de marketing. Mas essas jogadas – como sabem ou deveriam saber os que as fazem e os que as recomendam –, quando não são seguidas de ações concretas, destinadas a tornar realidade o que prometem, só produzem frustrações. A população pode se impressionar num primeiro momento, mas não demora para distinguir muito bem ação efetiva de fogo de artifício.

Leia também:  Desafio da comunicação nas comunidades é tema do I Encontro Estadual de Comunicadores de Favelas

Nem o paramento de gari nem a insistência de Doria em combater as pichações são capazes de esconder ruas sujas, calçadas quebradas, bueiros entupidos e paredes e muros em pior estado do que antes.

Entre os serviços sobre os quais a Prefeitura não forneceu os dados solicitados estão os de manutenção de iluminação pública e praças, de reparo de sinalização de trânsito, além de retirada de faixas e cartazes irregulares. Mas qualquer paulistano minimamente atento sabe que a situação deles não é diferente da dos outros. Basta lembrar o estado lastimável em que se encontram os semáforos da cidade – enguiçando com irritante frequência –, quase 10 meses depois do início do governo Doria. Não admira que, já em maio, o canal 156, de reclamações sobre serviços da Prefeitura, tenha registrado o pior índice desde janeiro de 2016: só 25% das 61,7 mil novas queixas foram atendidas, e o índice vem caindo mês a mês, segundo dados oficiais.

O prefeito deve uma explicação aos paulistanos. Mas ela certamente não é fácil para ele, porque deveria começar pela sua pouca presença à frente da administração da cidade. Doria hoje, como é notório, cuida muito mais de política – logo ele, que se elegeu apresentando-se como “gestor” – do que de administração, de olho numa possível candidatura à Presidência em 2018. Se conseguir, o que fará com sua fama de mau prefeito?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Após reunião com familiares, Doria decide afastar PMs envolvidos no massacre de Paraisópolis

11 comentários

  1. Torçam os paulistanos para que as chuvas não castiguem a cidade

    Pois ai é que vai boiar todo o simbolo de “gextão” do indigesto candidato a qualquer coisa menos a coisa que se precisa

    • Assino embaixo seu

      Assino embaixo seu comentário. No bairro onde resido em SP/SP, os moradores reclamam que desde que assumiu a prefeiura o prefeike não mandou fazer uma única vez a limpeza em pequena praça das imediações. Vivem reclamando e eu só digo prá ligarem pro João, quem sabe ele vem limpar. Quando chover mesmo, talvez este povo veja a meleca que fez. Ahhhh outra coisa, estão surgindo muitos ratos pelo bairro. É um tal de perguntarem sobre venenos para tentar amenizar o que talvez se torne uma infestação. Arghhhhhhh. Tomara que não. 

  2. Nem com tudo a favor esses idiotas conseguem alguma coisa

    Globo + PSDB + STF + USA + Justiça + Moro + MBL + Olavo de Carvalho + Facebook + Wastsapp + Classe-Média…

    NEM ASSIM PÔ???

    1-Enfiaram Aécio golela abaixo do povo… esse era o plano A… RESULTADO: UM BANDIDO 

    2-Deu ruim… vamos procurar algum outro babaca do PSDB… Serra “Careca” com 23 milhões na Suíça… vish…

    3-Alckmin…o Santo da Odebretch… não dá…

    4-Vamos procurar algum panaca fora da política que consiga não estragar tudo: Dória!… deu ruim de novo…

    O que mais vocês querem???

    Tiraram Dilma…. desabilitaram Lula sem nenhuma prova… e pra nada??? Nem assim conseguem???

    Qual o próximo passo???

    INTERVENÇÃO MILITAR-TUCANA… ESSA É A ÚNICA SAÍDA… VAI LOGO… TOMEM LOGO ESSA MERDA DE PAÍS ENQUANTO ELE AINDA EXISTE!

     

  3. É o andar de cima mandando Doria ficar na dele

    Tenho a impressão que nosso Bilderberg tupiniquim fechou questão em torno do nome de Alckimin para presidência – ou Luciano Huck .

    Há poucos meses ainda havia uma incerteza. Aquela capa da revista Exame com DORIA e a legenda : “nasce o Anti Lula” era sintomática, juntamente com suas viagens ao nordeste , sendo recebido por comitivas como presidenciável . 

    Os ataques recentes de Alberto Goldman , o editorial do Estadão , parecem indicativos de que o andar de cima já fechou questão e acha melhor Doria ficar em seu lugar.

  4. Todos odeiam Doria

    Estadao , Folha, membros do mesmo partido dele , blogs em  geral com pauta negativa pra Doria !

    E tem gente que pensa que Geraldo Alckmin é chamado de   ´´SANTO´´ por suas ligaçoes com a Opus Dei ….

  5. Cidade linda só deve ter na

    Cidade linda só deve ter na região dos Jardins onde DoriANA mora, porque nos bairros pobres a coisa tá feia. Saiu um post no site http://www.redebrasilatual.com.br  dizendo que a população do bairro Itaquera, cansada de esperar pela iniciativa da prefeitura, resolveu ela mesma fazer um mutirão tapa buraco nas ruas do bairro. E, assim como o comentarista Lucio Vieira eu estou torcendo por um verão com muita chuva em SP, para que todos vejam a bela “jestão” do governo Dória. E aí, será que ele vai colocar a culpa no Haddad também?

    http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2017/09/cansada-de-esperar-a-prefeitura-comunidade-faz-mutirao-tapa-buraco

  6. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome