Em SP, empresa de privatizações de Doria avança na Câmara

doria_cesar_ogata_secom.jpeg
 
Foto: Cesar Ogata/SECOM
 
Jornal GGN – Nesta terça-feira (11), a Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou em primeira votação um projeto de lei que muda a estrutura da empresa estatal SP Negócios, criando a SP Parceiras. Esta empresa pretende tocar as privatizações prometidas pelo prefeito João Doria (PSDB).
 
A nova empresa estará vinculada à Secretaria Municipal de Desestatização e Parcerias, e a gestão de Doria pretender ativos para que ela faça a gestão de locais como terrenos e prédios, e também concessões à iniciativa privada, as Parcerias Público-Privadas (PPPs) ou a venda desses bens.

 
Antes de ser sancionado pelo prefeito, o projeto deve ser aprovado em mais uma votação na Câmara Municipal.
 
A oposição criticou a velocidade da aprovação do texto, já que ele deu entrada no Legislativo no dia 27 e foi colocado em plenário antes de ser aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que recebeu o projeto na segunda. O texto foi aprovada por 34 votos a 9. 
 
Assine
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora