SP dialoga para organizar Participação Social na cidade

Da Rede Nossa São Paulo

São Paulo abre Política Municipal de Participação Social

Até dezembro de 2015, a Prefeitura de São Paulo consulta a sociedade civil para a validação da Política Municipal de Participação Social.

Em um ciclo dividido em oito eixos com reuniões abertas presenciais e consultas públicas online sobre cada um dos eixos, a Prefeitura abre as portas para dialogar com a população sobre como organizar e sistematizar a Participação Social na cidade. Essa construção foi um compromisso assumido pelo prefeito Fernando Haddad, em 30 de junho de 2014, quando assinou o Decreto que formalizou a adesão do Município  ao Compromisso Nacional de Participação Social, instituído pelo Decreto Federal 8.243, de 23 de maio de 2014. 
 
“Hoje é um dia histórico, um dia que vai marcar a nossa cidade, porque a gente começa a institucionalizar a participação social como método de gestão”, ressalta Rogério Sotilli, secretário-adjunto da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania.

 
“Não acreditamos que nenhuma política pública será eficaz e eficiente sem participação. O que estamos construindo agora serão as diretrizes e os princípios e como deve seguir a os tanto do ponto de vista dos organismos institucionais, formais quanto os não formais. Vamos ouvir a população: como se darão os conselhos e como se darão a constituição e a formação das conferências”, explica Sotilli. 
 
Informação divulgada pela Prefeitura de São Paulo.
 

 

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome