Cinegnose lança livro ‘Cinema Secreto: temas gnósticos, alquímicos e quânticos no cinema, audiovisual e cultura pop’

O livro é o resultado dos dez anos de pesquisa deste blogue em mapear as principais mitologias gnósticas presentes no cinema (o Mito do Demiurgo, o Mito da Alma Decaída, o Mito do Salvador, o Mito do Feminino Divino etc.) e a sua categorização

Cinegnose lança livro ‘Cinema Secreto: temas gnósticos, alquímicos e quânticos no cinema, audiovisual e cultura pop’

por Wilson Ferreira

Este editor do Cinegnose está lançando o livro: “Cinema Secreto: Temas Gnósticos, Alquímicos e Quânticos no Cinema, Audiovisual e Cultura Pop”. O livro é o resultado dos dez anos de pesquisa deste blogue em mapear as principais mitologias gnósticas presentes no cinema (o Mito do Demiurgo, o Mito da Alma Decaída, o Mito do Salvador, o Mito do Feminino Divino etc.) e a sua categorização: filmes CosmoGnósticos, TecnoGnósticos, PsicoGnósticos, AstroGnósticos e CronoGnósticos. E as implicações tanto na cultura pop quanto na Ciência que esse conjunto de filmes sugere: as conexões do Gnosticismo com as filosofias herméticas, Alquimia e Física Quântica. 

O livro começa com a descoberta, em 2017, da mais antiga cópia de um texto cristão apócrifo gnóstico em meio ao acervo da Universidade de Oxford: uma edição em grego do “Primeiro Apocalipse de Tiago”.

Esse texto já era conhecido em copta dentro de uma coleção descoberta em 1945, no Egito, conhecida como “Biblioteca de Nag Hammadi”. O documento de 1.600 anos atrás descreve como Jesus passa o conhecimento da “prisão terrena” para Tiago, além de revelar que o mundo é protegido por figuras demoníacas que bloqueiam o caminho da elevação espiritual após a morte através dos diversos céus, mantendo-nos prisioneiros do mundo material.

Desde a descoberta dos assombrosos comportamentos das partículas subatômicas na mecânica quântica, a Física começou a estabelecer um diálogo com a mitologia gnóstica derivada da Cosmologia presente na Biblioteca de Hammadi. Essa mitologia vai incendiar a imaginação da Literatura e Cultura Pop (Arte, Moda e Música), chegando ao mainstream hollywoodiano. Do auge do Gnosticismo Pop com Show de Truman e Matrix, hoje o Gnosticismo Cristão e Hermético (com temas alquímicos e cabalísticos) fundamentam cada vez mais temas e argumentos de filmes, séries e animações da indústria audiovisual.

Leia também:  Movimentos negro e indígena são os mais organizados contra Bolsonaro, diz cineasta Val Gomes

Esse é o ponto de partida de “Cinema Secreto: Temas Gnósticos, Alquímicos e Quânticos no Cinema, Audiovisual e Cultura Pop”. O livro mostra a presença da mitologia gnóstica tanto em filmes cults como Zardoz ou Donnie Darko, ao mainstream das grandes produções hollywoodianas como Prometheus ou Mãe!

São analisadas séries como Mr Robot e The Man in the High Castle, revelando as secretas conexões entre a Cosmologia gnóstica e conceitos da mecânica quântica. Além de analisar o cinema alquímico de Beleza Americana ou do filme de Charlie Kaufman Sinédoque, Nova York.

O livro atualiza e estende as análises já feitas pelo Cinegnose. E também procura fazer uma didática exposição dos elementos básicos do Gnosticismo histórico e suas vertentes herméticas, como a Alquimia.

Mas, principalmente, através das narrativas cinematográficas e audiovisuais, tenta responder à seguinte questão: como escapar da Matrix?

O livro está à venda na Amazon na versão e-book Kindle – clique aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome