A crise da social democracia, por Felipe González

Em 1997, o diretor do diário espanhol ABC, conservador, publicou a estratégia para derrubar o governo Felipe González. “Temos que colocar em perigo inclusive a estabilidade do Estado para tirar Felipe González do poder”, receitou ele.

Não é muito diferente do que ocorre atualmente no país, com a mídia – em parceria com a Lava Jato –  empenhada em desmontar a cadeia produtiva do petróleo e gás, destruir as maiores empresas brasileiras, criminalizar financiamentos de exportação para atingir seu objetivo político.

***

Mesmo assim, González é taxativo ao afirmar que imprensa não derruba governo. Em condições normais de novo, governos têm muito mais poder e penetração que a imprensa.

A crise decorre da incapacidade dos governantes de se reinventar. E diz com conhecimento de causa, uma vez que o Partido Socialista espanhol – que ele presidiu durante décadas – perdeu o poder.

***

Nos últimos anos houve uma anomalia histórica, da esquerda ter subido ao poder na América Latina e no sul da Europa através do voto. Antes, só conseguia através das botas, disse ele, em conferência promovida pelo Instituto Lula.

O desafio é aprender a governar as maiorias, administrando ataques mais ou menos desmedidos que afetam todos os sistemas democráticos.

***

Segundo ele, para chegar ao poder, a esquerda precisou parar de estar sempre inventando o futuro para que a direita governasse o presente. Em determinado momento, a esquerda precisou descer ao presente para mudar o futuro, algo muito mais complexo do que simplesmente inventar o futuro.

O desafio não é apenas chegar ao poder, mas conservar o poder garantindo a maioria social em mudança. “A social democracia mudou a realidade social mas manteve o discurso anterior à mudança”, disse ele. “Por isso perdemos o poder”. Agora, há que se ter a capacidade de um novo recomeço, frente aos novos cenários, novos caminhos e novos instrumentos.

***

A arte da política consiste em governar sobre interesses contraditórios, diz ele. Empresários e trabalhadores têm interesses contraditórios, mas a ambos interessa a preservação e o crescimento das empresas.

Não se pode governar apenas para quem pensa como o governante, senão será governo de um só. A arte da política consiste em desenvolver um projeto de país que ganhe a adesão da maioria social, interesse e ganhe a adesão de todos.

Aí entram formas de trabalhar a ideologia, diz ele. “Entendemos por ideologia o conjunto de ideias que de forma articulada definem o projeto de país que queremos. Mas se entendermos por ideologia a couraça de um discurso de afirmação, serve apenas para ocultar a carência de ideias para resolver desafios novos, diz ele.

O desafio de melhorar a governança passa por duas etapas. A primeira, é a previsibilidade, condição necessária mas não suficiente. E a previsibilidade implica na continuidade de programas, ideias e conceitos. O segundo desafio é como se inserir na economia global preservando a economia social de mercado.

Para tal, tem que crescer, ter uma economia altamente competitiva, com boa produtividade e incorporação de tecnologia. Significa dignificar o trabalho através da melhoria do capital humano.

54 comentários

  1. A que ponto chegamos…

    Só falta agora chamar o Zapatero, pra ver se também nos ajuda a sair do ‘buraco’…

    Deu certo lá?

    Pra eles?

    Na Espanha?

    Acho que continuam pensando que são o sul da Europa, quando ainda são o norte da África.

    • a que ponto chegamos

      Quem dera se o Brasil estivesse na posição de evolução da Espanha. Lá não há esta roubalheira que existe aqui e os impostos realmente são revertidos em beneficios para o cidadão.

        • Fala bobagem não, anta.Olha
          Fala bobagem não, anta.

          Olha para a qualidade de vida do cidadão espanhol, olhe para a nossa depois.

          Olhe o número de assassinatos, a cobertura do esgotamento sanitário, a qualidade da rede pública de ensino.

          Acorda do sonho primaveril, esquerdoide!

          Acorda!

          • Anta deve ser a égua que te deu à luz

            cavalo!

            Já quanto à Espanha, tem apenas 50% da população jovem com idade laboral empregada e, do total da massa de trabalhadores, 27% desempregada… mas vai pra lá, se você gosta.

          • Fiote,50% dos jovens
            Fiote,

            50% dos jovens desempregados, a crise por lá é feia.

            Agora, me fale qual seu grau de escolaridade, se matam-se uns aos outros, se vivem em habitações precárias, se não possuem sistema hospitalar satisfatório, serviço de transporte público, cidades mais hospitaleiras e aconchegantes…

            Se o seu sistema judiciário é tão elitista e paquidermico quanto o nosso, se na política o sistema permite nivel de discussão mais maduro e civilizado, se o governo é tão frágil quanto o nosso em relação a oferta de respostas em relação aos problemas.

            Enfim, continue dormindo e sonhando com o próximo vôo de galinha acrobático do nosso país. Nele, o desemprego é baixo e as condições de vida tão boas quanto as de lá.

          • E a nossa realidade, José?
            O
            E a nossa realidade, José?

            O que vejo do nosso sistema penitenciário seria ilusão de ótica?

            Olha as favelas, o problema do craque, o salto na quantidade de mulheres mortas ou estupradas, a situação de risco da juventude.

            Não nego que a situação deles é ruim.

            A nossa, comparativamente, é péssima, entretanto.

          • Você incorre no erro de achar “os outros” melhores

            E não são! Apenas escondem, talvez melhor que nós, os seus podres.

            Favelas na Espanha são chamadas de “chabolas”. Há muitas por lá, talvez piores que as daqui.

            Siga o link: Chabolas en España

          • Cara,
            Tem algum índice de
            Cara,

            Tem algum índice de qualidade de vida, algum indicador social que nos permita comparar os dois países com base na mensuração sistemática de dados?

            Talvez o IDH ou ferramenta que o valha?

          • Tem sim, Chico

            E a Espanha está na posição “27”, enquanto o Brasil ocupa a posição “79” (a Argentina é a 49ª), mas…

            O território brasileiro é 17 vezes maior do que o da Espanha e a nossa população é de 206 milhões, contra 47 milhões na Espanha, então, as nossas demandas relativas também são muito maiores que as de lá, enquanto o PIB da Espanha representa a 13ª economia do mundo e o do Brasil a 7ª economia mundial.

            Aqui, falta “fazer” tudo, lá não tem para onde avançar.

            Quem está melhor?

          • E por acaso você nota aqui
            E por acaso você nota aqui boas condições de melhora? Você vê garantia ou segurança nesse passo de desenvolvimento?

            Eles não tem para onde avançar, mas já estão num patamar satisfatório.

            Quanto tempo e COMO nós vamos conseguir?

            Quantos serão assassinados até lá? Sofrerão estupros? Serão imbecis ignorantes com horizontes culturais diminutos?

          • Chico, prestenção!

            Aqui, pra melhorar, BASTA A DECISÃO POLÍTICA!

            Pra eles não! Entregaram a soberania (monetária) ao ‘Bloco’, e agora torcem pra Grécia não cair, porque senão vão junto!

            A Espanha é o “S” dos PIGS (Portugal, Itály, Greece,”Spain”), as quatro economias de maior risco de “default” da Europa. 

          • Crédulo?
            Eu torço para que as
            Crédulo?

            Eu torço para que as novas alternativas políticas vindas de lá tenham alguma repercussão aqui.

            Sei que é de fato dramática a situação do desemprego massivo entre jovens espanhóis, que há deslumbramento eurocentrista.

            Mas alto lá, amigo.

            Sejamos capazes de um pouco de bom senso e sensatez.

  2. Os governos tem muito mais
    Os governos tem muito mais poder e principalmente o presidente da republica., no caso brasileiro.

    Todavia, nossas instituições tornam o trabalho muito mais difícil e também a aguda incompetência da esquerda no país.

    Lula, o bravateiro, disse certa vez que o problema da crise européia era político, proposição tão simples que chega a ser chocante.

    Pois bem, como ele não sabe de suas péssimas decisões ao longo do tempo, mas que é ou foi um político excepcional, devia se propor a resolver o nosso problema político.

  3. Quando Lula se propõe a ter

    Quando Lula se propõe a ter Felipe Gonzalez como analista e interlocutor de qualquer coisa, realmente mostra que está no fundo do poço, no volume morto. Poucos simbolizam mais a traição ao ideário socialista que este senhor. Além disso, um erro factual no texto: em 1997 ela já estava fora de governo. 

  4. Decepção

    Nassif, não entendo como você ainda continua a defender o indefensável. Me causa decepção a sua opinião de que o judiciário queira desmontar a cadeia petrolífera. Esta, já se encontra desmontada a muito tempo, desde que foi alvo de tanta corrupção. Ou você compactua com a “roubalheira” ? E foram os fins políticos que iniciaram este processo. Será que a máxima de “o que é meu não pode ser dividido, mas devemos dividir aquilo que é dos outros”.

    • Vá se informar um mínimo sobre a Petrobrás, depois volta aqui

      A Petrobrás é uma empresa premiada internacionalmente (o mais importante deles foi há alguns meses) por seus recordes de produção num pré-sal que nenhuma petrolífera no mundo consegue acompanhar.

      A cadeia foi desmontada antes do pré-sal (ex: naval, pelos neoliberais tucanos) e estava sendo remontada, o que é uma “ameaça” à sua corretagem do país, pois dá independência.

      A tal “roubalheira” cujo montante é uma pequena fração de seus resultados não a abalaria, a menos da imagem escandalizada pela mídia onde vc se informa mal) compromissada em vendê-la, desde sua criação.

      Vc precisa é abrir seus olhos para a verdadeira roubalheira que é entregar um país, seu povo e suas riquezas,

      Aí vc volta para dar pitacos um pouquinho mais inteligentes.

       

    • Ana, deve ser por que o

      Ana, deve ser por que o judiciário tem na última decada, nomeado presidentes, diretores e conselheiros para a Petrobras.

      Também deve ser por que o mesmo judiciério, que mal mal entende de leis, inventou um plano de negocios para a empresa, basedo nos sonhos ( ou melhor pesadelos ) utópicos  de papai noel. O bom velhinho, que não dá mais carvão para os maus meninos, por que se não eles podem ficar traumatizados, além do mais deve ser buling.

      Por tanto só rindo para não chorar.

  5. Vixi…

    Fica complicado quando o povo real, a grande maioria, os trabalhadores reais, a classe média real, assalariado real, vê diante de seus olhos governantes que falam A mas fazem o B. A esquerda nunca deu certo em lugar nenhum, o lugar dela é nos livros de história junto com a monarquia, feudalismo esse tipo de coisa, gente que mama nas tetas do governo tem um monte. Agora trabalhar de verdade, ter um salário porque está realmente trabalhando essa gente não quer. Ficou fácil ser financiado, o sistema é copiado de cima até em baixo, do mais alto escalão aos mais baixos, nossas empresas foram jogadas no lixo por essa gente. Isso fica claro para qualquer um, o governo deseja dominar a mídia para evitar que falem tudo, liberdade, democracia dá o direito as pessoas de falarem, o governo tem força para provar que está certo e não calar as vozes. O direito da democracia está em eleger ou tirar um governante, quando as pessoas são enganadas tem este sentimento, não é fora da lei, está dentro da lei, é democrático.

  6. Caro Nassif,
     
    Tudo bem que

    Caro Nassif,

     

    Tudo bem que você faça parte do grupo que acha que tudo que está acontecendo com Lula, Dilma e o PT não passa de uma conspiração da “elite” com a “mídia golpista”. Mas um pouquinho de acuidade histórica não faz mal a ninguém.

    Felipe González foi derrotado por José Maria Aznar em 1996. Logo, em 1997, qualquer “conspiração” para tirá-lo do poder seria inútil, porque fora do poder ela já estava.

    Além disso, querer atribuir à “mídia golpista espanhola” a derrocada de González é ignorar o retumbante fracasso de seu fim de governo. Além dos vários escandâlos de corrupção, do aumento da dívida pública e do desemprego, González sucumbiu à descoberta de que os seus Grupos Antiterroristas de Libertação (GAL) haviam se infiltrado no ETA para eliminar seus membros, numa atitude classicamente conhecida como “terrorismo de Estado”.

    Enfim, querer traçar qualquer paralelo entre as duas situações é, na melhor das hipóteses, um exercício de frivolidade histórica.

    Saudações.

  7. A questão é outra: na

    A questão é outra: na verdade, é a facilidade e a eficácia que os reacionários tem em reinventar seus métodos, exceção para a mídia nativa que sempre esteve no mesmo diapasão – trabalhista? pau nele.

  8. Quem diz que González é
    Quem diz que González é tucano e traidor do socialismo por criticar o lamentável Maduro são aqueles para quem a ideologia é uma couraça que esconde a falta de ideias

    • A questão não é a falta de ideias

      É o excesso de arrogância de um personagem rastaquera, de péssima fama até mesmo no seu país, meter-se a “salvador da pátria” na terra dos outros quando na sua terra só fez cagadas históricas.

      Que o Maduro seja um “ninguém” é problema da Venezuela e dos venezuelanos: Foi eleito por aquele povo e, se é de ser deposto, que seja por aquele povo.

      • Tudo bem, mas em nome de quê

        Tudo bem, mas em nome de quê o Brasil dá guarida a isso tudo?

        Que realpolitik é essa? Nosso país está ganhando algo de fato com esse apoio a didadores? Ou o apoio a ditaduras (não auditáveis) está servindo de guarida a desvio de recursos, na forma de lavagem de dinheiro?

        Até o momento, fico com a 2a opção.

        • E você pode estar certo!

          Não digo que essa questão, ainda sob investigação, de desvio de divisas venezuelanas sob falsos contratos e com intermediação de alguns nacionais nossos, inclusive um ex-presidente do Banco do Brasil, não seja problema que nos envolve e que não deva ser apurada. TEM QUE SER apurada!

          Mas em que isso nos autoriza a dar pitaco na terra dos outros, ou nos obriga a aceitar pitacos de políticos dos outros?

      • Ah é..é…

        Então me explica por que o Goebels deles veio ao Brasil falar com o MST? Por que os papeis apreendidos do safado estão em segredo de justiça? Por que o mais médicos trouxe cubanos em sua totalidade? Se é para cada um cuidar do que é seu, os petralhas fazem justamente o contrário. Explica por que o BNDES através do Brahma só investiu nosso dinheiro em países totalitários de ideologias comunistas??? Falar é fácil. A Venezuela passa por um desmanche aos moldes de Cuba. Os petralhas e seus asselclas também desejam isto ao Brasil, mas aqui caro cumpanheiro o buraco é muito mais embaixo.

        • Se nós acharmos que, os “petralhas”, como você diz, não servem

          É nossa opção, na hora de votar, tirá-los!

          Mas NOSSA, de nós somente, não de pitaqueiros importados.

          Nem por um lado e nem pelo outro!

  9. Quando temos uma Uma mulher

    Quando temos uma Uma mulher de 70 anos como Presidenta, que no auge da crise, se descobre uma Garotinha Bela. Sem carisma nenhum, acha que pode colocar nulidades como Cardozo em um Ministério da Justiça, porque ela e apenas ela quer.  A própria adolescente sem noção ou velhote Ditador “dono do mundo”

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/06/dilma-volta-pedalar-nos-arredores-do-palacio-da-alvorada.html

    Durma com uma tragédia dessas. Quem acordará a “bela adormecida” antes que o Brasil acabe?

     

  10. MARCHINHA DE CARNAVAL DO PRÓXIMO ANO

    O grande problema é que a esquerda já nasceu acéfala, tem Marx como seu deus e um livro tolo como Das Capital como sua bíblia, usando a elocubração utopista do alemão do fim das classes sociais, espertalhões como Lula assumem o poder e manobram uma massa composta de ignorantes úteis, vampiros edonistas  e intelectualoides teóricos e românticos, mas sinto o vento da mudança soprando, é o Zeitgeist operando e voltando o seu pendulo para direita, para tristeza de vocês!

     

    MARCHINHA DE CARNAVAL DO PRÓXIMO ANO

    Ai, ai, ai ai, ai ai ai

    Está chegando a hora 

    O dia já vem raiando, meu bem

    A esquerda tem que ir embora!

    • Você é engraçado…

      Mas errou a efeméride: Hoje é dia de São João, o entrudo já passou.

      “O balão tá subindo, tá caindo a garoa…

      São João, São João, informa a “direita” que não vai dar não!”

      • E o zé rainha….

        Vai sim, o Zé Rainha, famoso ladrão de terras pegou 31 anos de cadeia e seu assecla 5 anos. Começou o desmonte da comunalha petralhista. 

        • Que vá com Deus e leve as pulgas

          Você lembra de algum tempo, antes da “comunalha petralhista”, que tenha sido melhor?

          A quem você está defendendo? “Quem” é o bom?

          Que Lideranças (dignas desse nome e com maiúscula) VOCÊ nos indicaria?

          Nos diga UM nome, por favor.

          • Muito bem Jose Mayo,

            se não me engano é neste ponto que argumentos do rapaz terminam, dando lugar aos xingamentos.

          • Ai é que esta o “X” da

            Ai é que esta o “X” da questão. NÃO EXISTE O BOM. Existem pessoas. Já dizia Zapata: “Todo povo que precisa de um líder é um povo fraco”. O que não podemos é ficar nos jogando de um lado para outro insistindo nesta rixa estúpida de direita e esquerda, de comunista e capitalista, de pretos e brancos, de héteros e homos e por ai adiante. Temos de nos unir como um único povo, BRASILEIROS. Temos de entender que no nosso passado não há Lenins, Marxs, Engels, Gramcis, Fideis, Ches. Nosso legado é de Tiradentes, Pedro I e II, Duque de Caxias, Tamandaré, Luis Gama, Joaquim Nabuco, Princesa Isabel, Carlos Gomes, Castro Alves, Juscelino, Santos Dumont, Rui Barbosa, Ana Nery, Rondom entre tantos e tantos outros como os Bandeirantes. Eles lutaram por um país justo, igualitário e progressista. Sua bandeira foi, é, e sempre será VERDE, AMARELA, AZUL E BRANCA. Jamais devemos nos esquecer de QUEM SOMOS E DE NOSSA ORIGEM HEROICA na construção deste grande país. Devemos banir ideologias estrangeiras que só corrompem, dividem e exploram os incautos. O BRASIL PERTENCE AOS BRASILEIROS E POR ELE TEMOS DE LUTAR ATÉ O FIM, CUSTE O QUE CUSTAR”. É preciso parar de passar a mão na cabeça de ladrões e torná-los heróis da causa própria. 

  11. Chegamos enfim à meditação

    Chegamos enfim à meditação ideológica de que as necessidades do Brasil se transpõem do fracasso dele mesmo ao momento adequado para dar essa resposta oportuna, fundada no propósito mundial; e como um relacionamento individual para ultrapassar sua crise, tem de puxar para si a responsabilidade de realçar a natureza e seus valores humanos em relação ao papel que pertence os interesses de todas as nações.

    Como personagens do ponto de vista econômico que se parecem unicamente passivos, se oferecem aos governos as condições de despertar a Ciência Econômica para reconhecer os conceitos de integração interna dos Estados que, entretanto, vem para preexistir no juízo das finalidades em que a produção fica reduzida a uma forma oposta de sistema das atividades das ações.

    Isto significa dizer que só repetiremos no dinheiro a organização do valor das riquezas que reside na correspondência essencial da produção daquela sociedade, em um sistema mutuo de soberanias – não da riqueza investida de dentro para fora, mas de fora dela para dentro da representação do valor – do próprio crescimento econômico para o Estado.

    Portanto, ao contrário de o país se subordinar mediante a forma inteiramente vazia das ações financeiras que capitam valor – pelo (in)suficiente fim dos EUA como causa primeira (sem origem no tempo) – aconteceria a emanação do valor, em base de espaço universal, na medida que se define e sanciona a instituição dos princípios que exteriorizam o crédito como valor do desenvolvimento nacional.

    É a origem da riqueza que exterioriza o valor ao dinheiro e não o contrário.

    Cada produto da natureza externa criado pelo valor do trabalho se perde do Brasil para se criar como valor de outro país (exportações)!!!

    O que os EUA estão fazendo pelos investimentos externos, ao aferir as riquezas em dólar? Anular o valor das nações em si mesmas, para gerar um valor que entre todas as nações seja para o seu crescimento exterior.

    O que acontece no âmbito real (o invisível) dos países colonizados. Ex: 1 poço de petróleo é uma divida de investimento externo da riqueza para fora ( 1= – 1 ) , ou seja: perde-se o valor do produto pela matemática – Alguns especuladores se apropriaram indevidamente da calculadora da exteririoridade espacial da produção – o invés (timento).

    De uma forma especial dedico este espaço universal as vitimas desse sistema de investimentos.

  12. O Lula ludibriou muito nego
    O Lula ludibriou muito nego com essa história do pleno emprego ainda por cima fazendo chacota com a situação européia.

    É mestre em pinçar o lado bom deixando de lado o contexto. O esquerdismo acrítico, festivo até os ossos, comprando a ideia com gosto e bonachismo.

    A indústria hoje corresponde a 13% do PIB, boa parte das ocupações na construção civil recordista de acidentes e promotora de caos nas cidades, a outra parte no precário setor de serviços.

    É para comemorar com muito vinho espanhol nossa situação.

    Ou não?

    • Tá com pena dos 13% da industria? Reclame com os neoliberais

      Ou vc não sabe que a industria foi destruida por eles? (ex: industria naval, que chegou a ser a segunda maior mercante do mundo).

      E que começava a se recuperar agora e vai ser novamente dizimada?

      E vc aplaude com os cascos, né?

      Ou não?

      • Prezado camarada equino,
        Sim, boa parte da culpa é da vertente neoliberal.

        Até quando serão culpados?

        Nós temos uma década e dois anos de governo.

        Não possuem qualquer responsabilidade?

        Cavalo, agora em relação a mídia:

        O que fazem para melhorar o contexto, pluralizar o acesso, reduzir a força do oligopólio?

        São só desculpas. Cansei de ladainhas.

        Não digo que é fácil, meu problema é com a inépcia e covardia das ações.

        Todos, digo TODOS!, que eram predadores do Estado quando da chegada do Lula ao poder estão mantidos na sua esfera de influência OU em melhores condições.

        Me ajuda aí.

        Parem de tapar o sol com peneira.

    • Chico, a industria no Brasil

      Chico, a industria no Brasil acabou, não temos como competir. Desde de 2003, não foi feita nenhuma reforma que permitisse aumentar a nossa competitividade.  Faço minhas as ultimas frases do texto do Nassif.

      Porém em nosso pais o bacana, o inteligente, o esperto é não trabalhar. É levar a vida é ser parasita de alguem que realmente produz.

      Num pais em que o movimento sindical esta mais preocupado em fazer politica e viver de contribuições ( impostos ) obrigatórios, do que preservar empresas e empregos, palavras como produtividade, compromisso e etica passam longe dos mesmos.

      A unica maneira de salvar a industria no pais é um dollar na faixa de R$4,00, por que no Brasil produzir é difícil, é complicado e muito caro, gera insegurança jurídica e financeira, como não mudamos isto após a estabilização da moeda, o ambiente de negocios no Brasil é pesssimo. è muito melhor e muito mais barato produzir no Paraguai e vender aqui.

       

       

       

       

      • Prezado Joaquim,
        Não sei de verdade o que fazer em relação a indústria.

        Mas acho dificílimo justificar a ausência de um robusto planejamento do Estado nessa direção.

        Não será da “oposição” que virá qualquer proposta nesse sentido.

        São antinacionais deslumbrados com sistemas importados.

        E aí vem o problema: se a esquerda não tem competência para transformar é o fim da picada.

  13. Foro de Curitiba

    É preciso encontrar urgentemente as atas secretas do Foro de Curitiba. Trata-se de uma organização da direita, que está claramente conspirando por uma revolução capitalista no Brasil e em toda a América Latina. Estão tentando ocupar espaços na mídia, judiciário e polícias. É preciso desmascarar esta associação escusa e mostrar a verdade para toda a população brasileira!

    • O endereço.

      Juizados Especiais Cíveis, Criminais e da Fazenda Pública

      Unidade Administrativa com Juiz

      Endereço: Presidente Getulio Vargas,2826    Bairro: Água Verde

      CEP: 80240-040  

      Direção do Fórum: (41) 3312-6050

      NAP: (41) 3312-6048

      Triagem: (41) 3312-6049

  14. Quem viver verá.

    Ou nós deixamos de lado as ideologias baratas importadas de megalomaníacos nascidos de espermatozóides defeituosos ou vamos acabar em uma guerra civil. Socialismo democratico sim, e isto implica em capitalismo de mercado. Eu sei, você sabe, o mundo sabe. O que não pode é usar o povo como bucha de canhão para enriquecimentos ilícitos. É usar a máquina estatal para dar guarida a ladrões e dizer depois que são heróis acalentados pelo partido. Ou se tem ética e decência ou sai do poder para dar lugar para quem tem e não interessa quem. Temos de dar um basta nestas ideologias estúpidas que somente fazem é dividir o povo e criar sizanias deixando rachaduras na sociedade que levarão décadas para cicratizar. Os erros do PT são imensos e estão levando o país ao colapso. Eu ainda acho que é proposital e que eles desejam uma virada de mesa. Espero estar muito errado. Porque se for isso vamos passar por uma nova ditadura e com consequências desastrosas. Quem viver verá. 

  15. Não sei o que aconteceu mas foi só

    aparecer a foto do Felipe Gonzales e os comentários conseguiram somar grosseria com jumentice (entrou até um cavalo!), com uma pitada de boçalidade.

    O blog está até parecendo um site da abril/globo/fsp.

  16. O Fim Da Esquerda

    Sou leitor do Reinaldo Azevedo e do Nassif , mas comungo das análises do primeiro.

    Os leitores do Nassif sempre defenderam muito as suas observações , o que tenho visto cada vez menos.Ou seja , simplesmente não dá mais para defender o indefensável  !!!!

    Esse negócio de ” nós e eles ” , ” as elites ” já era , esse governo não tem mais legitimidade. E não é questão de terceiro turno , a eleição foi ganha na base da mentira.

    Reinaldo Azevedo tem razão ! o PT já morreu , o Lula já morreu e graças a Deus , o comunismo e o esquerdismo estão morrendo.

    • muito profundo

      nossa!

      que comentário profundo.

      quanta argúcia.

      só um leitor de reinaldo azevedo para pensar tamanho brilhantismo.

    • Azevedo é fascista. Defende o

      Azevedo é fascista. Defende o ideário fascista e usa seus espaços nas mídias conservadoras para promover tais ideias. Não tem compromisso com o Estado de Direito, nem com a Democracia, nem com os valores republicanos da Carta Magna de 88.

      Defende abertamente a deposição de governantes de origem trabalhista legitimamente eleitos desde a 1ª eleição de Lula. Defende o uso da violência e do arbítrio contra todos os que pensam fora da caixa dele. Não sabe o que é política, não sabe somar, não sabe o que é viver num ambiente de saudável do conflito de ideias na direção do bem comum. Não tem projeto de país. Não sabe perder. Não é culto ou letrado o suficiente para entender as consequências da guerra civil que vive pregando em suas páginas.

      Quem acompanha o blog do Nassif desde os tempos de antes da CPI do Mensalão sabe muito bem quem é Azevedo. Sua violência esconde seu fracasso como intelectual e seu doentio complexo de inferioridade. Seu legado é o ódio, nada mais que o ódio. E, como se sabe, não se constrói uma nação com o ódio.

  17. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome