A crise de gestão no estado de São Paulo

A parceria entre grupos de mídia e governo do estado de São Paulo criou uma miragem que está se esfumaçando com a crise da água: a de que o estado foi bem gerido nos últimos vinte anos.

A enorme blindagem proporcionada, a necessidade de apresentar um contraponto positivo ao governo federal, tornaram o período Alckmin-Serra-Alckmin o mais medíocre da história moderna de São Paulo.

Quase todos os governantes paulistas deixaram marcas na história do Estado, de Paulo Egydio a Franco Montoro, de Orestes Quércia a Mário Covas. Do período Alckmin-Serra, ficam as lembranças de um desmonte geral na administração pública e da mediocridade absoluta, da incapacidade de gerar uma ideia inovadora.

O que se viu foi a anti-gestão, a inércia imperando em todos os níveis administrativos, governantes sem capacidade de decisão até para enfrentar problemas inevitáveis.

***

Em 2003, a Grande São Paulo atravessou uma crise de água e os estudos da época já apontavam que, sem novos investimentos, a capacidade de fornecimento de água da Sabesp só bastaria até 2010.

Nada foi feito. A Sabesp serviu apenas como trampolim para operadores do partido, como esse inacreditável Gesner de Oliveira.

***

A gestão José Serra foi marcada pela fuga permanente no enfrentamento dos problemas.

Serra foi o principal responsável pela grande enchente de 2008, ao cortar as verbas do Estado destinadas ao desassoreamento do rio Tietê. Quando sobreveio o desastre, escondeu-se da população, não apareceu em público, sequer para coordenar a defesa civil.

Na greve da Polícia Militar escondeu-se no Palácio dos Bandeirantes, recusando-se a negociar. Quando o pau comeu, cedeu depressa, inclusive com concessões na área de aposentadoria que comprometeram as contas públicas futuras do estado.

Leia também:  O massacre de Paraisópolis e o apartheid social, por Aldo Fornazieri

Na grande crise econômica de 2008, para ser recebido pelo governador, industriais do setor de máquinas e equipamentos ameaçaram se juntar aos trabalhadores para um piquete na porta do Palácio. E não se viu uma estratégia sequer anticíclica. Pelo contrário. Em um momento de crise profunda, Serra implementou a substituição tributária, pressionando ainda mais as empresas e liquidando com as isenções da Lei do Simples.

***

Ao final da sua gestão, Serra deixou em crise a Universidade de São Paulo, o Instituto Agronômico, o Memorial da América Latina, o Museu do Ipiranga, o Instituto Butantã, a própria Sabesp, a Fundação Padre Anchieta e o sistema cultural do estado – todos aparelhados por apaniguados ou abandonados à sua sorte, no melhor estilo que o PSDB critica no PT.

***

De seu lado, Alckmin assistiu inerte São Paulo caminhar para a potencialmente mais letal crise da sua história: a expectativa de falta d’água generalizada nos próximos meses..

Tendo especialistas de alto nível na Poli ou mesmo no campo federal, levou dois anos para convoca-los e começar a enfrentar a crise.

***

No plano federal, o primeiro governo Dilma fez-se merecedor da enxurrada da críticas que se abateu sobre seu voluntarismo.

Se a régua que a mede fosse usada para o governo de São Paulo, Dilma se tornaria uma Margareth Thatcher.

Lá e cá, em Brasilia e em São Paulo, há uma enorme escassez de estadistas ou, no mínimo, de gestores.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Raio X do IPCA de novembro de 2019: o aumento dos gastos com Educação e Saúde, por Luis Nassif

83 comentários

  1. é só negócio,…. não é pessoal com o povo de Sampa…

    Confesso que estava com muita raiva dos tucanos, despejando uma dose absurda de sofrimento na população do estado de São Paulo, pela incompetência no gerenciamento dos recursos hídricos que são propriedade do povo…. Mas analisando o perfil dos acionistas da Sabesp ( que recebem dividendos na bolsa de NY ), …. fiquei é apavorado….. A verdade é que não houve falha no gerenciamento da água, …. o que os caras queriam é isso mesmo ! a falta d’água vai é valorizar o investimento deles, que vão cobrar 10 vezes mais pelo m3 de água vendido para a população indefesa… Poucos dias atras, … o presidente da Nestle afirmou para quem quiser ouvir, ….” a água não é um direito do povo,….é um produto como qualquer outro, … tem dono e deve ser vendida a quem pode pagar “….

  2. Troca-se Alckmin e Serra por

    Troca-se Alckmin e Serra por Aécio e Anastasia e temos o mesmo resultado aqui em Minas. Como diz o PHA, se não fosse o PIG esses tucanos não passavam de Resende.

  3. As verdades sobre a gestão de

    As verdades sobre a gestão de Aécio já foram ditas aqui no blog

    Agora a constatação sobre o engodo da “gestão” Alckmin e Serra

    Os mitos sobre a gestão criados pela midia e que muitos acreditaram caem

    O problema seria desses nomes ou da ideologia do PSDB que propõe menos estado?

    Sobre este tema escrevi:

    http://assisprocura.blogspot.com.br/2012/05/retorica-e-eufemismos-na-economia.html

    http://jornalggn.com.br/documento/a-luta-politica-no-brasil-e-as-eleicoes

    http://jornalggn.com.br/documento/a-predominancia-da-economia-na-politica

    http://jornalggn.com.br/documento/o-debate-eleitoral-sem-as-ideologias-e-principios-dos-partidos

  4. Caro Nassif e demais
    Tem que

    Caro Nassif e demais

    Tem que hora você  e os blogueiros sujos, são sujos mesmo.Onde já se viu falar mal de um homem, que teve votos majoritários em quase todos os municipios? Faltou Hortolândia, mas nem tudo é perfeito.

    Se a Globo, Veja, Estadão, CB, Tvs, rádios, falam que ele e todos tucanos são santos, que SP é Vaticano da Tucanolândia, Alckmin e demais aves de grandes plumagens naõ erram nunca.

    Falta água, a culpa é da Dilma, falta energia,a  culpa é da Dilma, o trânsito está um caos, a culpa é da Dilma.

    Saudações

     

    • Eu moro na Mooca, aqui em São

      Eu moro na Mooca, aqui em São Paulo, bairro onde Serra viveu. Por coincidência aqui nunca faltou água nesta fase tão crítica, então leva-se aqui uma vida normal: as pessoas continuam lavando quintal às sextas, os postos de gasolina continuam dando aquela famosa lavagem rápida (duxinha) do carro que completa o tanque, empregadas domésticas lavando pequenas empresas, mesmo a contra gosto, e etc. O que acontece na Mooca deve estar acontecendo em todos os bairros nobres também. Na periferia além do rozídio informal acontecer desde dezembro/2013, quando os níveis baixos eram apenas alertas, a Sabesp monitora os moradores diariamente, aplicando multa quando necessário. Mas como a mídia não noticia parece até lenda, ou passamos por mentirosos quando comentamos, e infelizmente não se vê as comunidades dos bairros da periferia gritarem, todo mundo fica em silêncio e dá força para o sentimento ficcional de tudo isto, mesmo que os efeitos sejam reais. Lamentável!

      • E vera!!!!!!
        De fato nao falta agua na mooca, moro la tambem, pensei que era agua da caixa do condominio, mas vejo nas ruas casas usando agua em abundancia.
        Acho que seremos uns dos ultimos a ficar sem agua, lamentavel.
        Se o racionamento fosse na cidade inteira talvez nao sacrificasse tanto a periferia que sofre desde o ano passado com falta d’agua.

    • NÃO, CHICO!

      Tenho trocado imeios com um meu camarada que mora na paulicéia desvairada! Infelizmente, não posso replicar aqui. Mas o que esse camarada (que tá sem água, tem dia que não toma banho) defende a tucanada é prá morrer de rir (eu choraria).

      Eu acho que o governo federal tem que pensar mesmo, sem risos da minha parte, em um programa de cisternas nos modelos adotados no nordeste.

      Abrs.

  5. Quando o escandaloso crime

    Quando o escandaloso crime não puder ser escamoteado pelo PIG, as grandes emissoras de TV’s começarão uma entrondosa campanha para que todos os brasileiros enviem garrafas de água mineral para Tucanolândia, utilizando aviões da FAB, ferrovias e também milhares de caminhões .

    Ou seja, cometeram o crime ao omitirem durante anos a grave notícia, mas ainda lucrarão com as campanhas institucionais, melhorando assim, as imagens das próprias concessões públicas .

    Vai ser diuturnamente em nossas TV’s, a Ana Maria Brega, Willian Bonner, Fátima Bernardes, Regina Duarte, Vanessa Camargo, Roberto Carlos, Silvio Santos, Datena, Boris Casoy etc….. Todos emocionados pedindo a solidariedade dos brasileiros e a colaboração do Governo Federal para o envio de milhões garrafas de agua mineral para a cidade de Tucanolândia, e com isso, minorar o sofrimento daquele povo alienado .

     

  6.  
    Verdade hein! Nota-se mesmo

     

    Verdade hein! Nota-se mesmo que SP é o estado mais subdesenvolvido do país…Coitados dos paulistas!

     

     

     

  7. crise paulista

    Parabéns pela coragem e clareza nas colocações, você realmente faz juz a esse sobrenome.

    • Agnelo não foi reeleito, já

      Agnelo não foi reeleito, já os paulistas reelegeram o Governador que os deixou sem água, por absoluto desprezo pela população e compromisso com o bolso dos acionistas da SABESP, isso sem falar na USP, no Trensalão, Pinheirinho e outras demonstrações de incopetência e corrupção.

  8. ATENÇÃO, RADIO MIX!!!

    Tá na hora de voltar a faturar de novo, talvez bem mais dessa vez…

    http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/radio-paulista-sorteia-agua-em-promocao

     

    Rádio paulista sorteia água em promoção

     

    São Paulo – A seca em São Paulo e a falta d’água iminente está mudando hábitos não só da população. A rádio Mix FM de São Paulo, do Grupo Mix de Comunicação, está divulgando uma promoção diferente. A emissora vai sortear mil litros de água para o ouvinte que fizer a melhor dança da chuva e postar nas redes sociais.

    “A Mix pensou em te dar mais um iPhone 6, depois pensou em te dar mais um iPad, pensamos até num PlayStation 4, mas aí resolvemos dar um negócio muito melhor, você vai ganhar água! Isso sim é uma coisa que todo mundo está querendo!”, diz o texto da promoção.

    O vídeo precisa ser postado em qualquer rede social com a hashtag #AMixTemAgua.

    O resultado será divulgado no dia 08 de novembro, a partir das 12h, na primeira edição do programa Top Mix.

     

  9. Agua

    Lavo louça todos os dias, minha esposa utiliza a maquina de lavar roupa todos os dias, tomo banho todos os dias. Na minha casa nao esta faltando  agua.

        • Moro em Guaianazes.extremo

          Moro em Guaianazes.extremo leste de Sao paulo.Aqui a “RESTRIÇÃO HIDRICA”.ja chegou a 2 meses.na realidade sempre existiu.hoje esta fazendo quatro dias que não sobe agua para minha caixa d agua.quando a agua vem a cada 2 dias normalmente ela só fica nas torneiras dos registros.

          Não brinca com coisa séria,não tenho problema nenhum em economizar agua.a revolta é que já devia ter sido decretado um rodizio a pelo menos 1 ano atras.O verdadeiro risco é não termos AGUA! para racionar.

    • Acorda meu filho. Não tá

      Acorda meu filho. Não tá vendo que a água vai acabar no máximo até junho? Não tá vendo que a Cantareira secou? Sério, o que você anda lendo no seu dia a dia? A Falha? O Estadão? Vendo o jn da goebbels? Ou lendo aquela revistinha mequetrefe falida nos consultórios médicos? Pode ter certeza, a sua hora vai chegar.

      Parece que o problema dos eleitores tucanos é mais grave do que eu imaginava.

    •   Um dia secaram as torneiras

        Um dia secaram as torneiras na cidade vizinha.

        Lavei meu carro.

        Depois, “reduziram a pressão” em um bairro periférico.

        Não morava lá, então lavei a calçada.

        Em seguida, o bairro vizinho ficou às secas. 

        Tomei um banho longo, pois eu não fui afetado.

        Quando a rua de trás deixou de saber o que era água, lavei minhas mãos.

        Agora minha casa está sem uma gota.

        Queria fazer uma manifestação contra os petralhas e São Pedro, mas não restou ninguém em São Paulo para me acompanhar.

  10. A crise não é de gestão

    A crise é moral e afeta a todo o Estado brasileiro. Pode pegar qualquer esfera – municipal, estadual, federal, judiciário, legislativo, autarquias, empresas estatais, o que for. Ninguém se responsabiliza por nada. 

    Todo mundo bate a mão no peito, pede privilégios, confisca o dinheiro via impostos prometendo o paraíso na Terra. E na hora que dá errado (e sempre dá) começa o malabarismo com as palavras Ninguém assume que errou – o que já mostra que não temos lideranças, apenas vendedores de ilusões. E vendedores são assim: ótimos para vender e excelentes para sumir depois que dá merda.

    Um Estado que não se e responsabilizar por nada, tem que ser MÍNIMO. Não ser pode ampliar recursos na mão de um irresponsável. A sede do nosso aparelho estatal por mais privilégios e dinheiro é infinita, assim como sua covardia em assumir erros e se auto-regular. É uma imaturidade irresponsável que mata brasileiros ano após ano.

    O lema de nossa banderia não deveria ser “Ordem e Progresso”. Deveria ser “Não é Comigo!” ou “Foi Ele!” Tem mais a ver com nossa República de Bananas e com a moral vigente nessas paragens.

     

  11. é  francisco mais  isso nao

    é  francisco mais  isso nao tira a responsabilidade  do governo  alckmin, pois  foi ele mesmo quem  armou toda essa tramoia, com os  tais  acionistas e  agora  quer  fazer o mesmo que  as  teles  vemfazendo,  devido a  uma clausula  colocada por  Fernando Henrique cardoso  nos contratros da  teles  que  as  desobriga  de   implantar  novas  tecnologias  e  ate mesmo  de  investir  nos   melhoramentos  das linhas   e por isso  estamos   a   deriva  com elas.  a mesma coisa  esta acontecendo com a  sabesp  que  agora o governo de sp   acha  que  o governo federal é quem tem que  bancar  as contas  e os  senhores acionistas  ficam  com  a fortuna  dos  dividendos  das açoes.

  12. Sr  Avelino. onde  o senhor

    Sr  Avelino. onde  o senhor viu  que  Alckmin  seja  uma pessoa  honesta,  se o senhor  for   ler mais   vai encontrar  que  ele  serra  fhc  aecio  formam a  maior quadrilha de assaltantes dos  cofres publicos  e isso inclui  o  de  SP.  Será que  distribuir   dividendos  a acionista  da  sabesp   que  foram  milhoes  de  reais, dinheiro que  poderia   ser usado para  diminuir o sofrimento da populaçao mais  pobre  de  SP. porque  com certeza é a que  mais  esta sofrendo, pois  eles  fecham as torneiras  para esses  lugares  e  mandam  agua  para a elite   rede globo  folha  de  sp.   estadao,  todos  essas regioes nao faltam  agua  porque  o povao  é  que  paga  o pato  nessa historia.  sEU GOVERNADOR  POR  TER SIDO  BEM VOTADO COMO O SENHOR  DIZ  –  nao quer  dizer que ele  seja   um bom administrador,  e é  exatamente nisso  que  ele  peca, o homem  se  sente  incapaz  de  resolver  o  problema de falta  de agua  na maior  cidade industrial do Brasil, aquela  mesma  que o senjhor  costuma  chamar  de locomotiva do  Brasil, que  alias  ha  muito tempo  ja  perdeu  esse  refrao. embora  seja  ainda  muito importante  para todo o  Brasil. 

    Convenhamos  ser  Avelino, enquanto houver  gente  como o senhor que nao enxergam  a um palmo do nariz  governantes como  Alckmin vao  deitar e rolar   em cima  da sua  ignorancia,  Nao tome   ignorancia  como uma  ofensa  quero dizer que o senhor  ou por  inocencia mesmo  ou  por  ma  fé  nao conhece  o carater  e os  caminhos   da corrupçao  percorridos pelo  seu   padim pade  Alckmin,  Como o  senhor  avaliaria  o seu governador que   mandou  recuperar  20 vagoes  gastando  dos cofres  do governo    1.200  hum bilhao  e la  vai  fumaça  quando  esses mesmo vagoes  novos , entenda  bem novos   saíriam  por   600 milhoes.  

    Quer  defender  seu  senhor: arrume  argumentos   nobres   nao   fale  besteiras, embora o senhor tenha  todo  o direito da sua livre  expressao como eu  estou fazendo  tambem, mais  eu  procuro me   informar  para nao ser marionete   de politicos  inescrupulosos. +

  13. O PIG vai dizer que o que sai

    O PIG vai dizer que o que sai das torneiras é achocolatado. O paulista vai acreditar, pois confia mais no PIG do que nos seus sentidos (por exemplo, o olfato) e ainda vai agradecer ao governador por trocar a água insípida por uma bebida muito mais saborosa e nutritiva.

  14. A união do PIG com os tucanos

    A união do PIG com os tucanos deu nisso. A população ‘culta’ só sabe criticar as ações do PT que são abundante no PIG. Não conseguem enxergar o fosso em que se encontra São Paulo nos bicos dos tucanos.

    Com uma manipulação recheada de racismos e outros preconceitos, o povo foi deseducado para a crítica por uma imprensa que recebe ordens de Washington e coordena as ações com os bicudos e associados na justiça.

    É o pior dos mundos: uma população enormemente preconceituosa alimentada por uma imprensa antidemocrática, elitista e com atuação medíocre do judiciário preocupado com seus privilégios, quando não assossiados aos ‘gestores’ da obra chamada gestão tucana em São Paulo e seus resultados desastrosos.

  15. Aguardem

    Quando a situação ficar insustentável, o PIG-PSDB vão criticar o governo federal por causa de desvios na água destinada a SP.

    E, em última instância (amparados no sagrado direito de expressão) vão acusar São Pedro de estar “assessorado pela petralhada” Desde que Francisco subiu ao trono de S. Pedro, o Dep. de Águas do céu começou a ficar “aparelhado” pelo PT.

    Quem não morrer de sede, verá..

  16.  São Paulo fez racionamento,

     São Paulo fez racionamento, SP passou à consumir lodo do volume morto e agora nem lodo vai ter e nesse período a mídia ficou praticamente quieta, indignação zero. Essa semana tivemos 1 blackout em um momento de consumo máximo e nossa mídia esta indignada, só fala em apagão. Fato, existe um abismo em relação a forma de tratamento por parte de nossa mídia, pois ela deixou de fazer jornalismo e virou partido político. Só teremos um país social e economicamente forte, no dia em que nossas instituições tratarem iguais como iguais.

  17. “Se a régua que a mede fosse…”

    “Se a régua que a mede fosse usada para o governo de São Paulo, Dilma se tornaria uma Margareth Thatcher.” Ôôô Nassif (rs rs rs) . O referido ‘voluntarismo’ eu chamo de metas não negociáveis num contexto que…olha. Tem muito marmanjo que tremeria a perna e não apareceria nem para comandar a defesa civil.

  18. A responsabilidade da mídia é Solidária perante a catástrofe..

    A responsabece da mídia com o preemente colapso da capital do estado de São Paulo que se avizinha é SOLIDÁRIA.

    Conjuntamente, como um órgão descentralizado do governo paulista, a mídia se tornou a principal culpada pelo silêncio, e pela má-fe de controle das notíciais e opiniões sobre a desastrosa gestão administrativa paulista que agora se agiganta para uma catástrofe de proporções biblicas.

     

  19. Conversa marota do Nassif

    Cá entre nós, qualquer um que conhecesse os operadores do PSDB em São Paulo e a turma de mauricinhos que se “acham” merecedores de privilégios inconfessáveis bancados com a grana do povo, já sabia, no primeiro muxoxo, onde ia desaguar esta administração.

    Na minha humilde opinião, não foi, não é e não será possível juntar gente mais incompetente do que nestes últimos governos de São Paulo, é a gota d’água que irá transbordar a santa paciência, 

    O Alckimin não é só incompetente é burro ao extremo e deslumbrado com o poder, não poderia e nem deveria dar em outra coisa, tragédia anunciada.

    Não costumo comentar sobre os assuntos de São Paulo por achar a causa perdida de há muito tempo, o Nassif que não é bobo nem nada e muito mais bem enturmado e enfronhado com o pessoal do palácio dos Bandeirantes também deve ter percebido isto, assim, ficar indignado ou espantado com o que está acontecendo é no mínimo estranho.

  20. Ôpa, tem uma enorme diferença

    Ôpa, tem uma enorme diferença entre os dois, Nassif. Os erros de gestão da Dilma são falhas de metodologia. Ela sabe o que fazer, e o objetivo é o bem público. Errou na forma de fazê-lo. Enfrentou o rentismo na questão dos juros, por exemplo, mas perdeu a queda de braço, por falta de habilidade política. Agora na questão energética, enfrenta o atraso das obras por causa de burocracia “ecológica”. Dependesse dela, e Belo monte já estava pronto e sem essas restrições em nome dos bagres.

    Já o Alkmin, simplesmente segue o padrão tucano de “gestão”. Qual seja, previlegiar acionistas, enquanto sucateia uma empresa estadual para vendê-la a preço de banana. Nesse sentido, sua ação, ou inação, cumpre o objetivo com total competência. E como voce disse, conta com a blindagem piguenta e os zumbis antipetistas, maioria em SP, para passar incólome pela tragédia da seca. E quem há de negar que isso realmente possa acontecer?  

     

  21. PIG

    O que acho engraçado é que a população paulista ama o psdb, mesmo com os problemas da seca, o que demonstra que a populção não vota por troca de favores e bolsas.

    O que difere dos estados mais atrasados do Brasil que são enganados pelo PT, o Nordeste sofre com a seca, e não só isso, pois o problema da seca é o menor.

    Morei na Bahia durante 15 anos e moro em sp há 2 anos, e digo o nordeste está na idade da pedra, ou seja doze anos de PT não resolveu nada, ao contrário só piorou, a violência é tremenda.

     

    Parem de puxar sardinha do PT, pois se SP tem problema, esses são pequenos comparados aos estadso em que o PT domina

    • Como podemos melhorar o país,

      Como podemos melhorar o país, com essa mentalidade de grande parte dos brasileiros. O nordeste está na idade da pedra. E quem vai acabar ficando são os estados de SP, que só manda dinheiro para acionistas de suas empresas privatizadas; MG , que vive construindo aeroportos para o ex Rei e protegendo traficantes de cocaína; Paraná , que já foi um grande estado e agora tem uma República de Pocuradores e Juízes, que devem amar mais o dinheiro que o Brasil; e Goiás, cujo governador tinha como protegido o “Cachoeira” e sua gangue de bicheiros infiltrada na GRANDE MÍDIA Brasileira.  O PT não é formado por Santos e tem errado mt tb, mas que tirou muitos pobres da miséria, ninguém pode deixar de ver.

  22. Nojo dessa mídia partidaria

    Dá nojo ver o colunista se vender para atacar o partido contrário ao que defende. O governo federal tem afundado o país, com incompetência, corrupção, movimentos bolivarianos, levando nossa riqueza para esses países idealistas comunistas. Agora que a fonte está secando, vai tirar dos trabalhadores. Lamentável! Cortas os 39 ministérios e a redução de benefícios para políticos, nem pensar.

  23. Futuro do Brasil

    Bom, todos percebemos que estamos com problema na qualidade das gestões, tanto municipal quanto estadual e nacional. E com todos os problemas ainda tivemos aumentos de impostos!!! Fala sério!!

    Eu acho que estamos no melhor momento para pararmos todas as atividades econômicas (ou pelo menos boa parte delas) e começar a reivindicar, assim como é feito em países desenvolvidos.

    Aqui no Brasil temos um bando de gente safada, não só no governo, e o cidadão realmente honesto sempre paga pelos erros dos outros.

    Nos últimos anos, o governo com apoio do povo gastou enormes fortunas com uma porcaria de uma copa do mundo que não serviu para nada, apenas lavar dinheiro. E já era bastante óbvio que isso iria acontecer, então:

    ACOOORDA, BRASIL!!

    Vamos reunir forças para desmontar estes ladrões, que este ano tiveram cerca de 25% de reajuste salarial aprovado por eles mesmos!!

    Nós deveríamos conhecer nossa força quando estamos juntos.

     

    • Acoooorda, luis!!!! Sua

      Acoooorda, luis!!!! Sua ladainha é a mesma daqueles que são contra tudo que aí está e elegeram o congresso mais conservador da história.

  24. PIG-GloboNews

    Quer sentir nojo mesmo? Só assistir GloboNews a partir das 18:00

    Ontem o SARCASMO e a IRONIA estavam à toda, referente ao apagão de segunda-feira.

    Quá-quá-quá daqui, quá-quá de lá…

    “Não faltou energia?! 

    Tem que esperar de São Pedro esfriar pra desligarmos o ar-condicionado?!

    Poxa, compramos o ar-condicionado agora não podemos usar!!!”

     

    Já vi a mesma colonista falando sobre a multa sobre uso de água:

    “Então, agora cabe à população contribuir, reduzindo o gasto…”

     

    Dois pesos, duzentas medidas!

     

  25. Alckmin é o Rei da

    Alckmin é o Rei da Incompetência, mas conta com o apoio irrestrito da mídia brasileira. Folha, Estadão, Globo, Veja, etc, todos esses e inúmeros satélites regionais protegem e não expõem a terra arrasada que o psdb produziu em São Paulo. Assim, o distinto e manipulado público isenta o governador e põe a culpa em … quem?  Em Dilma, é claro, que é culpada de tudo.

  26. A INCOMPETÊNCIA NÃO TEM PARTIDO

    Eu desisto de analisar esse ou aquele partido. A incompetência não tem partido. É incrível como em quase todos os setores da máquina pública há problemas. Vai desde a simples poda de árvores até o planejamento a longo prazo em áreas estratégicas da infraestrutura do país. Aqueles que estão na oposição tem as soluções para tudo. Quando se tornam governo não consegue resolvê-los. E assim seguem as coisas. E a população no meio disso tudo. E pagando a conta. Lamentável.  

    • Já vi isso antes…

      Quando estão tacando o pau no PT, o PT é a raiz de todos os males. Quando aparece incompetência Tucana logo despersonalizam a crítica jogando na conta de “todos” – só pra evitar de citar nominalmente o PSDB…

  27. A INCOMPETÊNCIA NÃO TEM PARTIDO

    Eu desisto de analisar esse ou aquele partido. A incompetência não tem partido. É incrível como em quase todos os setores da máquina pública há problemas. Vai desde a simples poda de árvores até o planejamento a longo prazo em áreas estratégicas da infraestrutura do país. Aqueles que estão na oposição tem as soluções para tudo. Quando se tornam governo não consegue resolvê-los. E assim seguem as coisas. E a população no meio disso tudo. E pagando a conta. Lamentável.  

    • seca

      Já ouviu falar de um projeto sonhado a partir dos tempos do Império e que só foi realizado pelos incompetentes governantes petistas.? Já ouviu falar da Transposição das Águas do S. Francisco. Que belo exemplo de incompetência de nossos Lula & Dilma, nénão, mermão?

      • Temos nos Brasil mais de 5

        Temos nos Brasil mais de 5 mil municípios e 27 estados (contando o DF). Todos eles são “governados” por políticos dos mais variados partidos. Por favor, aponte um estado ou município em que sua população o considerem como um lugar livre de qualquer problema. O mais simples dos problemas. Você com certeza não encontrará. Sabe por que ? Enquanto os políticos estiverem preocupados com suas “siglas” e seus aliados, não terão tempo para pensar na população. 

        Um abraço.

  28. desmontou a farsa da jestão

    desmontou a farsa da jestão tucana.

    repito: tucano cria o caos e depois capitaliza-o.

    enfraquece o governo as empresas estatais, para privatizá-las.

    fujimori está preso.

    tucano, não….

  29. seria interessante fazer um

    seria interessante fazer um estudo sobre os resultados

    dessa má gestão tucana em são paulo e outros estados

    governados por tucanos na crise atual da economia brasileira.

    dada a importancia dos estados – são paulo, minas do aécio e paraná,

    esssa má gestão deve ter contribuído- e muito –

    para que a economia deixasse de crescer.

    ou os gastos do estado se elevassem tanto.

    • Com certeza seria um bom

      Com certeza seria um bom trabalho, o dificil seria voltar no tempo e começar de novo sem tucanos. Mas pode começar a ver daqui para frente. Em SP ficará claro a desindustrialização do estado ou pelo menos na Grande SP. A pessoal da FIESP deve estar de cabelo em pé. Vamos ver as estatísticas até 2018. Inclusive para o Brasil como um todo. Sofreremos, mas emergirá um outro país …

  30. Gente perigosa.O grão

    Gente perigosa.

    O grão tucanato e a imprensa aliada sabem muito bem o que está acontecendo, por isso toda essa histeria eleitoral, pedidos esdrúxulos de não diplomação, etc.. e essa censura maluca de um problema seriíssimo ao passo que estão há três anos anunciando falta de energia. Ele sabem bem o plano deles.

    Perigosos também são os que não querem saber o que está acontecendo; não querem saber. O grão tucanato e a imprensa sabem também que podem contar com esse fanatismo anti pt pra qualquer coisa.

    E não vão hesitar em usar.

    Já passaram do ponto de retorno há muito.

    Nada mais claro do que as palvras de Alberto Goldmam, extraído do 247.

    Não se trata mais de somente “sangrar o Lula [a Dilma e o PT]”.

     

    Goldman convoca golpe e o chama de ‘transição democrática’

     

    247 – Em seu blog Alberto Goldman, vice-presidente do PSDB, voltou a defender o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele convoca a oposição para fazer a ‘transição democrática’. Leia:

    Um governo que se apaga. E a oposição, o que fazer?

    O que vai sobrar do governo Dilma? O que vai sobrar da presidente?

    Cada dia que passa, nesse primeiro ano do governo da reeleição, o quadro se desenha mais grave.

    Esta semana, então, que só está começando, parece o fim do mundo. Chegou o apagão. Sim aquele mesmo que nunca viria, promessa de Dilma. Ah, sim, existem razões objetivas para isso, o calor e a seca não são de rua responsabilidade. Mas é de sua responsabilidade a desestruturação total do setor elétrico, promovida para que se pudesse apresentar, antes das eleições, um tarifa de energia elétrica mais baixa.

    O setor entrou em crise, até hoje tem mundos de dinheiro a receber, do governo e, em consequência, dos usuários, o que o levou a apertar custos de manutenção e a adiar investimentos. Está em stress permanente. Apesar da nossa indústria estar andando para trás, ainda assim o Operador Nacional do Sistema elétrico pediu aos grandes consumidores que diminuíssem a demanda. Se tivéssemos algum crescimento econômico o apagão seria muito mais geral e profundo.

    Mas o governo está sob um apagão permanente. E não será a equipe de resgate ( Joaquim Levy e companhia ) que vai tirá-la da UTI. Vão usando todos os remédios que Dilma disse que não usaria, contra os pensionistas, contra os desempregados, contra as conquistas trabalhistas. Vão aumentar impostos, a Cide, o Pis/Cofins, o IOF, aumentar tarifas de serviços públicos, aumentar a taxa básica dos juros. Tudo isso é paliativo para chegar aos míseros 1,2% do PIB de superávit nas contas públicas ( apenas 66 bilhões para pagar uma dívida que cresce 240 bilhões em um ano ). Os investimentos continuam baixos, a inflação alta, os juros altos, a criação de postos de emprego baixa, o comércio e o consumo em baixa, a credibilidade e o crescimento empatados em zero.

    Não é só. As investigações em diversas áreas do governo, em especial na Petrobras, mostram uma total deterioração do governo e dos partidos que o sustentam. Diretores são presos e processados, e se acusam uns aos outros. Até o ex diretor,Nestor Cerveró, que tinha dado uma de fortaleza, já perguntou porque ele está preso e a Graça Foster não. O Sergio Gabrielli que era o presidente da empresa, acusado por diretores, diz que não sabia de nada (?), e já está apontando para a ex presidente do Conselho, a Dilma Rousseff.

    É um Deus nos acuda, um salve-se quem puder.

    E o que sobra de Dilma e de seu governo? Como vai resistir quatro anos em um quadro de superação difícil, se não impossível. Como e quando será possível uma transição democrática, supondo que a situação não possa ser mantida pelos 4 anos desse mandato.

    Essa é a questão posta para a oposição e para as forças democráticas do País. É a nossa tarefa.

    • Chega a me dar ânsias, quando

      Chega a me dar ânsias, quando me lembro que votei nesse  “homem de ouro” para deputado – quando ele era do PCB, e eu morava em SP

       

    • Duvido que o goldman tenha

      Duvido que o goldman tenha escrito isso. Se fosse, teria apenas duas frases – fora PT! fora PT!

  31. Apenas para lembrar aos mais jovens

    O Serra já tinha provado sua “grande” capacidade de gestão no ministério da saúde. Em seu curriculum está a maior epidemia de dengue já registrada no país.  

  32. Eleitor Paulista, Putz!

    Nada como um paulista para reconhecer a ululante mediocridade blindada (pela mídia que só ve falta de planejamento, onde não existe,  no governo federal) dos governos tucanos nas últimas duas décadas. Só os paulistas conservadores fingem que não vêem. Elegeriam no primeiro turno qualquer destas antas que se candidatar.

    Vão charfurdar no buraco que eles próprios cavaram e continuam cavando.

    • Como é delicioso ouvir o bom

      Como é delicioso ouvir o bom e velho bairrismo sob a égide falsa de defesa da política correta e justa….

      (mande um abraço aos estadistas Paes e Pezão)

  33. Eu gosto muito de Sampa, mas vou ter que mudar de rota…

    Uma das minhas viagens favoritas é São Paulo. Eu gosto de lá. Toda vez que aparece uma promoção dessas de passagens aéreas eu compro, e vou lá passar um fim de semana com a minha esposa.

    Gostamos de ir ao Brás e no Bom Retiro comprar roupa boa e barata, de ir a teatros, de frequentar restaurantes que já conhecemos (como o Dr. Tchê, na Vila Mariana, ou o Famiglia Mancini, no Bela Vista) ou buscar novas mesas, de ir à Galeria do Rock comprar camisas de caveira (em casa todo mundo é metaleiro), de procurar padocas bem sortidas pra fazer um lanche caprichado.

    Mas sinceramente vamos dar um tempo de Sampa. Quando começaram a sair matérias na Folha, dizendo que restaurantes estavam fechando mais cedo, dispensando fregueses e até deixando de abrir por conta de falta d’água (que o governador insiste em dizer que não existe…), vi que a situação é muito mais séria que pensamos ou imaginamos saber.

    Se jornalões da mídia, sempre defensora e aliada dos Tucanos de SP, dizem que já está sendo afetado um setor importante da economia paulistana, um dos maiores atrativos turísticos de Sampa, que é a boa e variada mesa, então a situação está muito mais grave do que imaginamos…

  34. Ruído totalitário de 64 na crise de gestão hídrica?

    Os dois vídeos disponibilizados na postagem de 20/01  “Para entender a escassez de água, uma discussão” levaram-me a uma reflexão quando os professores da USP entrevistados não conseguiram articular-se com seus pares da universidade. Lembrei-me de uma entrevista antiga, acho que no Jornal do Campus ou em alguma discussão, que revelava que no projeto original (pré 64) da distribuição física dos prédios da USP, esses convergiam para a Praça do Relógio, de tal forma que todos os departamentos conversassem, facilitando a troca entre saberes. Veio o golpe e o sentido mesmo da Universidade foi explodido durante a implantação do projeto, espalhando pelo campus departamentos, girando e afastando os prédios de forma atabalhoada naquilo que antes era um projeto dialogal. O golpe civil-militar também proibiu que o Zeferino Vaz instalasse a UNICAMP perto do Porto Vermelho, Santos (no então distrito de Bertioga), devido aos riscos de contaminação por ideologias exóticas, mas graças aos Deuses mantiveram a contratação de professores de múltiplas tendências como o Mercadante e a Maria da C. Tavares. A entrevista da doutora Porto demonstra na prática como essa cosmovisão totalitária criou dificuldades, obstruindo os canais de comunicação pela cultura da compartimentação dos saberes através do afastamento físico e depois mental visto hoje, pois no vídeo, a engenheira lamenta desconhecer o que pensa o meteorologista e o geólogo, idem o geólogo e fica tudo por isso mesmo! Nesta tragédia vivida por São Paulo, precisamos da multidisciplinaridade instigante e generosa original do projeto da USP no campus Butantã, mas vemos nos vídeos a incapacidade da Engenharia, da Geologia e da Meteorologia conversarem, enquanto a sociedade apresenta-se apática para o abatedouro, reelegendo seu algoz. Que nó cego bem dado pelo Golbery e Cia bela!

  35. Desfazimento do Butantan

    Funcionário do velho serpentario, de onde me aposentei após exatos 40 anos de tarbalho, sou testemunha do que fizeram esses malfadados tucanos à grande obra do Vital Brazil.Há 20 anos tentam vender O Instituto Butantan (IB para os íntimos)

    Iniciado o consulado Serra, na década de 1990, sobe ao cargo de diretor do IB  um ex-professor da Faculdade de Medicina USP, cassado nos anos 1960 não por questões politico-partidárias, mas por futricas de grupelhos da Universidade. Sobe ao podio, dizia eu, após ter dado um golpe interno na instituição que passaria a dirigir,alterando os estatutos do IB que diziam ser a direção da casa prerrogativa do cargo de pesquisador. O tal ex-professor  tinha o título de amigo da tucanalha.

    Inicia-se ai o processo de alienação do patrimônio publico em tela, pois rumores  surgiram dizendo que um laboratório frances estaria interessado em ficar com a fabrica de vacina (da gripe). Como se sabe a galinha dos avos de ouro dos imunobiológicos não é o soro antiofídico, por exemplo. Vacinas são vendidas aos milhões.

    Passados 20 anos, estamos em 2015, e a fabrica ainda não foi vendida, mas o IB vai sendo desmontado. O tal professor serrista foi defenestrado, pois chegaram os alckimistas há uns 4 anos e a arenga continua. Agora manda , deixa pra lá, é só procurar no site.

    Vou parando por aqui, mas peço aos interessados no tema que façam buscas na internet usando o nome do serpentário. Vão ver cobras e lagartos. 

  36. Quem se esconde?

    “Lá e cá, em Brasilia e em São Paulo, há uma enorme escassez de estadistas ou, no mínimo, de gestores.” – a comparação é infeliz. A economia, a segurança pública (em comparação com outros) do estado vai melhor que a federal. E não houve um cavalo de pau em SP, desfazendo o que antes se dizia que era excelente.

    Quem está se escondendo há 31 dias é Dilma, que só aparece se tiver notícia boa ou proselitismo a fazer.

  37. Que comparação

    “Se a régua que a mede fosse usada para o governo de São Paulo, Dilma se tornaria uma Margareth Thatcher.”

    Era pra ser um elogio?

    Sei que o Nassif é um conservador, mas poderia escolher outra referencia, sei lá Theodore Roosevelt.

  38. Como explicar São Paulo?

    Na maioria dos países desenvolvidos, as regiões mais ricas  são as mais avançadas em comportamento, artes e política, como acontece com California e Nova Iorque nos EUA, Paris na França, Londres na Inglaterra. Essas regiões não são apenas as mais ricas e poderosas, também atuam como a vanguarda do país em quase todas as áreas como educação, cultura, ciência, tecnologia, direitos sociais e humanos,  conservação do meio ambiente. Já no Brasil acontece a idiossincrasia de seu estado mais poderoso  financeira e politicamente ser um reduto do conservadorismo. Sua população parece estar dominada pela mídia, pelas empresas, por pastores, de tal forma que a maioria segue o ditado por esses segmentos. Os grandes problemas do estado não são do conhecimento do povo e nem são amplamente investigados e debatidos. As notícias se resumem ao que é apresentado nos sanguinolentos noticiários das tvs. Não há espaço para debates abertos, ideológicos ou programáticos.  Por que o nosso maior estado hoje se encontra em tal degradação moral e política? O que aconteceu com São Paulo?

  39. desculpem, desculpe ou não me desculpe Nassif

    mas o ggn nassif posts recentes tem o maior valor e mérito por ter o peito de dispor de uma seção de fora de pauta, onde se fala o que não tá previsto, ou o multimídia do dia, em que quem não tem um blog de música e vídeos, como eu e alguns outros poucos não temos. Isto faz uma diferenaça danada, da porra. Abrange aqueles (eu, p ex) que não gostam ou que acham insuficientes os comentários e até mesmo os postss-t[ítulos, me desculpe (não, não me desculpe, detesto bons modos, como Clacagnoto) por vezes são equivocados, tolos, apressados, superficiais em temas mais do que complexos e que envolvem bastidores da política dos quais não temos , e não tmos nunca conhecimwento – você, eu um tiquinho, alguns outors poucos – suponho – temos. E te encho o saco: é mais do que urgente um regulamento desta mídia, sim, é mídia. è mais do que urgente uma melhroada no layout pra destacar as importantes e desconhecidas seções fora de pauta, multimidia do dia, clipping do dia. Eu hoje (ontem, horário de verão, pus um vídeo liln e endereço de blog que desmascara o PSB e PSDB e um pouco do teu sonhado Recife). Não escrevo corrigndo essas histórias de português correto ou netiquês, deixo isso pra outros.

  40. Vamos fazer um aposta.

    Quanto tempo durará o governo alkimim com o caos da sede em sp? Façam suas apostas!

    O goldman e o serra já estão se manifestando antecipadamente. Repararam?

  41. Não sei porque o Nassif toda

    Não sei porque o Nassif toda vez que vai criticar o Governo de SP, aproveita e coloca o Governo Federal como se estivessem no mesmo nível … Acho que é muito dificil comparar o nível de responsabilidade … e como se os grupos tivessem o mesmo nível de compromisso com a seriedade na gestão (independente dos erros). Alckmin e Serra gerenciam uma quadrilha (ou mais) … esta situação que a Sabesp e o Metrô e a CPTM se encontram não é um “erro de gestão” … O nível de influencia que os tucanos executivos tem sob o demais poderes está no nivel de uma máfia. O MP e o Poder Judiciário em SP são completamente (exagerei ?) coniventes e provavelmente “abençoados” para “coisa” chegar no nível que está.

    “No plano federal, o primeiro governo Dilma fez-se merecedor da enxurrada da críticas que se abateu sobre seu voluntarismo.

    Se a régua que a mede fosse usada para o governo de São Paulo, Dilma se tornaria uma Margareth Thatcher.

    Lá e cá, em Brasilia e em São Paulo, há uma enorme escassez de estadistas ou, no mínimo, de gestores.”

     

  42. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome