MP aponta responsabilidade de Alckmin na crise da água

Está no TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3a Região) a mais contundente acusação ao governo Geraldo Alckmin pelo descaso com que conduziu a questão da água de São Paulo.

Trata-se da Ação Civil Pública Ambiental, com pedido de tutela antecipada (isto é, de permitir decisões antes do julgamento final) proposta pelo Ministério Público Federal de São Paulo e pelo Ministério Público Estadual.

Não é ainda uma ação de responsabilização civil ou criminal. Por enquanto, é apenas uma iniciativa drástica para enfrentar a mais grave crise hídrica da história do Estado. Mas o acúmulo de provas e evidências levantado não deixará outra alternativa do que responsabilizar respectivamente o governador Geraldo Alckmin, o presidente da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), os dirigentes da ANA (Agência Nacional de Água) e do DAEE (Departamento de Água e Energia Elétrica) pela crise hídrica do Estado assim como suas consequências futuras.

***

Em 6 de agosto de 2004, uma portaria da ANA assegurou dez anos a mais de concessão a Sabesp, definindo as vazões médias mensais de captação para fins de abastecimento urbano da Região Metropolitana de São Paulo e medidas que deveriam ser tomadas para reduzir a vulnerabilidade do sistema Cantareira.

***.

Nenhuma das obras previstas na outorga foi feita.

O que se seguiu foi uma gestão de alto risco na Cantareira.

A outorga do sistema à Sabesp impôs a obrigatoriedade da observância das chamadas “Curvas de Aversão a Risco” (CAR). Permite definir limites de retirada de água do sistema de forma segura, sem comprometer os 24 meses subsequentes.de forma a manter uma reserva estratégica ou volume mínimo ao final do período hidrológico seco.

Leia também:  Raio X do IPCA de novembro de 2019: o aumento dos gastos com Educação e Saúde, por Luis Nassif

Diz a ação: “Se seguidas corretamente, essas regras teriam prevenido o agravamento da crise hídrica no Sistema Cantareira, possibilitando um nível de segurança de 95% podendo chegar a 99%”.

***

Essas curvas foram elaboradas para uma reserva estratégica de 5% (limite mínimo a ser mantido nos reservatórios) e um cenário hidrológico similar ao do biênio 1953/1954. Correspondem a um nível mínimo de segurança a ser obedecido.

Muitas vezes a ANA autorizou vazões maiores que os “Limites de Vazão da Retirada” determinadas pelas curvas de aversão ao risco.

***

Para driblar as restrições impostas pela “Curva de Aversão ao Risco”, a ANA e o DAEE apelaram para uma metodologia não reconhecida cientificamente, de nome “Banco de Águas”, utilizada apenas no brasil

Funciona como um banco de horas. Teoricamente, se a Sabesp não retira a quantidade de água autorizada, fica com um “crédito” para ser utilizado a qualquer momento, independentemente da situação das bacias.

Além de rejeitar a nova metodologia, os promotores identificaram “gritantes disparidades” entre o tratamento dispensado à Sabesp e à bacia do rio Piracicaba.

Essa jabuticaba metodológica impediu a aplicação da CAR.

***

Pior: desde 2012 a Sabesp e o governo do estado já sabiam dos problemas climáticos. Na época, já se identificava como a pior estiagem registrada desde 1930, com vazão dos afluentes inferior às vazões mínimas registradas em 1953. E nada se fez, em um episódio de irresponsabilidade coletiva.

***

A Sabesp começou a agir apenas a partir de março de 2014, “de forma insuficiente e tardia”, segundo os promotores..

Em 7 de julho de 2014, outra aberração da ANA e do DAEE, uma Resolução Conjunta substituindo as regras e condições previstas na outorga de 2004. Afastaram os Comitês de Bacias e passaram a empalmar, sozinhos, as decisões. As atribuições do Comitê de Bacias são normas constitucionais. Ambos os órgãos alegaram uma crise hídrica – que eles próprios provocaram – para afastar os comitês.

Leia também:  Sem-teto são excluídos de políticas habitacionais pelo governo Doria

“Paralelamente, foram os dois anos nos quais se obteve os maiores lucros líquidos da história da Companhia e de distribuição de dividendos, valendo observar que, neste período, o Sistema Cantareira foi responsável por 73,2% da receita bruta operacional da empresa, denotando a superexploração daquele sistema produtor que não mais conseguiu se recuperar diante da gravidade do atual evento climático de escassez”, diz a ação.

***

No seu relatório de gestão de janeiro de 2014, a Sabesp admitia que “todas as estratégias foram adotadas para concomitantemente no intuito de evitar a adoção do rodízio, pelo constrangimento que esta solução causa à população. No entanto, o rodízio deve ser planejado em face da situação crítica de armazenamento de água nos mananciais do sistema Cantareira (..) para evitar o colapso de seus mananciais”.

“Todavia”, constata a ação dos MPs, “o rodízio acabou sendo descartado pela alta gerência da Sabesp e pelo GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO (sic, em caixa alta), que, assumindo o risco do colapso de seus mananciais, deixou de adotar medidas de contingências efetivas, restringindo-se apenas a um “programa de incentivo”.

Por Tereza

MPs fazem juízes contrariam

Vamos lembrar que os MPs conseguiram liminar,mas o judiciario foi contra…. 
Os srs juizes estão se esquecendo que a água vai secar em TODAS as torneiras, inclusive nas torneiras deles.

Ação MPF/MPE Cantareira

Ação Cantareira-liminar

Suspensão da liminar

 

 

68 comentários

  1. A foto diz tudo: É o governador “Sorrizinho”

    A foto diz tudo: É o governador “Sorrizinho”, esse enganta os trouxas muito bem,  os paulistas adoram esse tipo de gente que cheira a mofo

  2. Alckimin é o responsável

    Alckimin é o responsável total. Ele é que tem a caneta – e nada fez para evitar a beira de caos que SP está. Agora outra coisa que me pergunto = pra que servem  essas malditas agências, como a A N A, a A N A T E L e afins? Ou elas não agem ( como é o caso da ANATEL,onde as operadoras de celular deitam e rolam ) ou, mesmo que apontem as falhas, não têm poder nenhum para evitar o caos anunciado. 

  3. É incrível a abordagem da mídia em relação ao problema de SP

    Omitiram o problema quando a imprensa alternativa já noticiava. Agora dão ênfase nos problemas ao RJ e MG

    É diferente a abordagem pelos três governadores. O de MG assume que o problema é gravíssimo, os de SP e RJ negam

    Outra questão: Como é que uma das soluções para SP é captar águas do Paraíba do Sul se o RJ está com problemas?

    O que poucos apontam: o uso das águas do sistema de SP há anos supera ou iguala a capacidade de captação sem que providências tenham sido tomadas

    Pela CF a redução do consumo deve ter maior foco na indústria

    O sistema sudeste não suporta mais a concentração. O nº de habitantes, agricultura e indústria, e as hidrelétricas, por mais chuvas que tivermos, excede a captação das águas

  4. Alckimin e a fartura d’agua

    Em plena campanha eleitoral, este irresponsável jurava de pés juntos que não faltaria água em SP até março de 2015. Foi só se eleger e assumiu o racionamento e ir chorar no colo da Dilma, pedindo empréstimos para cobrir a crise que ele mesmo provocou. Deve ser responsabilizado sim e ser deposto do cargo por incompetência, cargo este que nunca deveria ter sido assumido. Cadeia nele.

  5. Não apontaram os principais culpados.

    Apontaram um monte de responsáveis pela falta dágua, mas esqueram os principais.

    O primeiro é São Pedro que não mandou chuva suficiente para cobrir o desgoverno tucano. Santinho sem vergonha! Sempre, ao contrário do PIG, tenta prejudicar os tucanos. Desde o apagão do FHC, não perde uma oportunidade para mostrar como os governos tucanos não valem nada…

    O segundo culpado foram as eleições que fizeram o candidato tucano varrer para baixo do tapete a falta de projetos e obras hídricas, assim como a lesiva privatização da Companhia de Águas, para não prejudicar a sua performance no pleito.

    A terceira culpada é a mídia partidarista que apoia o neoliberalismo e os tucanos com tanto afinco que perdeu a noção do ridículo.

    E o quarto grande culpado são as próprias vítimas! Os eleitores paulistas! Pelo amor de Deus, vão votar mau assim lá na casa do chapéu…

  6. Não é novidade.

    Para nós, leitores de fontes de informações alternativas, o problema da água nós já sabiamos a muito tempo, o problema é esses “rabos presos” das 6 familias, que sempre dão uma aliviada para seus preteridos, e ferram com toda a população. Regulação economica da midia já!!, se houvesse uma imprensa que se preocupasse com a população, já se tinha informado a população de SP, deste muito antes! Lamentavél a situação que nos encontramos hoje!

  7. Imaginem se a ANA tivesse aplicado pulso forte…

    … e o Governo Federal houvesse decretado algum tipo de intervenção em SP, digamos, em 2013, para evitar o colapso dos sistemas de abastecimento hídrico paulistas?

    O que sairia estampado nas manchetes do PIG? O que seria martelado no Jornal Nacional? Que diriam Gilmar Mendes, Aécio Neves, Sardenberg, et caterva?

    “Governo bolivariano!” “Golpe!” “Ditadura!” “Catastrofismo!”

    Teriam tentado impichar a Dilma. E quem sabe teriam conseguido.

  8. Democratizar a Mídia

    A mídia manipula a consciência dos cidadãos e defende interesses inconfesáveis.

    Será que os cidadãos vão descobrir o óbvio ?

    • sistema hídrico de são paulo

      Infelizmente não,as pessoas só enxargam aquilo que convém, se o gonverno de são paulo fosse do PT já estaria pedindo até impeachmt pricipalmente a Mídia. Existem um ditado popular que diz; Cada país tem o governo que merece.

       

       

  9. Discordo. O MP também tem

    Discordo. O MP também tem culpa no cartório. Geraldo Alckmin escolheu ser o governador dos interesses dos acionistas gringos da Sabesp em São Paulo. Isto explica o desprezo que ele devotou às necessidades dos paulistas. Mas tudo o que ele fez para garantir os lucros mesquinhos dos gringos foi feito com ajuda do MP, da PM, da ALESP e do TJSP. Sampa não tem instituições capazes de impedir interesses privados de se sobreporem ao interesse público, tampouco conseguirá responsabilizar este criminoso que age como se fosse um monarca estrangeiro absoluto dentro de parte do território brasileiro. Portanto, uma  Intervenção Federal é indispensável.

    • Não, não. Que esse pessoal

      Não, não. Que esse pessoal que ai está é ruim, isso concordamos plenamente. São perniciosos, elitistas. Péssimos governantes. São Paulo não anda. Mas aí querer intervenção federal, pelo amor de Deus, não. Vão trocar as moscas, mas a m…. será a mesma.

      • “Vão trocar as moscas, mas a

        “Vão trocar as moscas, mas a m…. será a mesma”:

        Sim.

        Cinco dias por semana, a merda vai continuar a mesma!

    • É verdade Fábio, o MP de São

      É verdade Fábio, o MP de São Paulo sempre foi aparelhado pelos tucanos, assim como a justiça regional, quiça a federal. Aqui no Rio a justiça é aparelhada pela Globo. O que acaba dando no mesmo.

      O aparelhamento da MP paulista só não resistiu a seca em Tucanópolis. Pediu água

  10. Onde estão os ‘bovinos’? Onde

    Onde estão os ‘bovinos’? Onde estão os coronéis? Existe MP, TJ, AL para defender quem ou o quê? O estado mais rico da América Latina sofre com o desgoverno de um partido e seus aliados na mídia e justiça, enquanto os manifestantes que lotaram as ruas em 2013 parecem que voltaram a dormir. Será que isso tem relação com os políticos culpados por essa crise hídrica?

    Qual seria a reação da mídia, seus ventrílocos e sujeitos que saem às ruas para renegar a política se São Paulo fosse desgovernada há 20 anos pelo PT, PSoL ou PCdoB?

    Haveria mais manifestações do tipo Diogo Mainardes?

    José Serra, Aécio Neves, Álvaro Dias, Bornhausen, FHC e cia amestrada lotaria as telas e páginas do PIG para pedir a extinção da praga que desgoverna São Paulo e é responsável pela crise da água?

    Mervais, Gilmares, Mírians, Jabores, Boris, Boechats, Shererazades, Lobões, Bolsonaros, Malafaias, Marinas falariam em quadrilha, fuzilamento, praga e coisas do gênero?

    Viva São Paulo e a pobreza dos seus eleitores manipulados e agora sofrendo pela ignorância.

    • Não seja injusto, o Mainardi

      Não seja injusto, o Mainardi vai ajudar seus conterrâneos bem-informados e “não bovinos”. Vai hospedar os refugiados da seca em gôndolas atracadas no seu pier em Veneza. A paulistada vai ficar toda alagada 

  11. Ontem ocorreu uma reunião com

    Ontem ocorreu uma reunião com os prefeitos da grande São Paulo. O sr. Geraldo não estava presente. Assim como seu antecessor, sr. Serra, ele foge nos momentos em que sua presença é necessária. 

     

  12. Estamos à beira de um colapso

    Estamos à beira de um colapso social e ficam discutindo o que deviam ter feito e não fizeram.

    Ele querem isso, o colapso, polícia nas ruas , quem não reagir fica vivo. É o melhor do Geraldim.

    Que a sociedade civil se prepare. Dos parasitas não espero nada.

    • “Estamos à beira de um

      “Estamos à beira de um colapso social e ficam discutindo o que deviam ter feito e não fizeram”:

      O “colapso social” sempre foi irrelevante pro governo de Sao Paulo:  vide Serra e as enchentes ou a briga das policias que Serra disse ser culpa da CUT, ou o assassinato militar de mais de 500 pessoas em menos de uma semana. O governo de SP eh canalha desde a mais tenra idade e o resto do Brasil ja sabe disso ha decadas.

      • A ideologia permissiva e

        A ideologia permissiva e decadente neolibe-le-lé pegou forte em SamPa… Não há a menor dúvida. Mas tem muita gente boa aqui, pena que estejam todas, ou quase todas, ACOELHADAS, frente a oligarquia quatrocentona dos Bancos e da CANA-DE-AÇÚCAR.

        E olha que AÇÙCAR REFINADO (assim como a concentração de renda nos BANCOS, como prova PIKETTY), faz muito mal à saúde da spessoas e do planeta. O mais recomendável seria ingerir apenas AçÚCAR MASCAVO = BROWN SUGAR, que ainda não sofreu a ‘lavagem química’ para se tornar refinado e branco, e ainda guarda todas as propriedades nutirivas, mineralizantes e saudáveis da cana, uma planta divina, e muito mal explorada no ‘breZeew’.

         

        “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  13. MP e governança

    O Ministério Público não governa. Ele fiscaliza.

    Agora, o leite está derramado e então resolveu agir. Dormia enquanto tinha água.

    Se a “jabuticaba” do “banco de águas” existia só no Brasil, o Ministério Público deveria ter agido naquele momento para evitar que a ANA e o DAEE usassem desse tal banco de água.

    Se o Poder Judiciário permitiu a continuidade da ação da SABESP na retirada de água, já em 2014, não há que se falar ainda em responsabilização de ninguém, pois cabe ao Poder Judiciário julgar se a ação do Ministério Público era procedente ou não. E o MP agiu somente em 2014, quando a luz vermelha do uso do volume morto estava acesa.

    Ninguém ousa duvidar que houve uma ação imprudente – crer nas meramente chuvas e não exigir da SABESP a execução das obras previstas na outorga – por parte do Governador, mas o MPF/MP de Sumpaulo poderiam ter batido de frente antes, ao dizer que os órgãos de fiscalização estavam errados ao implantar o tal banco de águas, lá atrás, e exigir as obras de melhoria da captação por meio de obrigações de fazer. Mas ficaram inertes.

    Soa como oportunista a intervenção do MP agora, já que ele falhou também. Só acordou em 2014.

  14. Duvida…

    “Em 6 de agosto de 2004, uma portaria da ANA assegurou dez anos a mais de concessão a Sabesp”

    Pela minha conta, a concessão expirou em agosto do ano passado. FOI RENOVADA?

  15. Uai, aonde estão os “setores
    Uai, aonde estão os “setores mais dinâmicos do país” ou os “que trabalham e pagam impostos”?

    Reelegeram 9 Alckimin, agora arquem com a “meritocracia”.

  16. ………………………..

    …………………………TRISTEZA…………….       E       VERGONHA…………………

     

     

    ESPERO   QUE   NÃO   SEJAM  SEGUIDAS     DA   AFLIÇÃO   E   DO  DESESPERO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  17. Descaso em tudo

         O descaso dele não é só com a crise hidrica, mas também com a saúde, educação e segurança…

    Trabalho em um hospital de excelente qualidade na região oeste de SP que será sucateado e entregue a OS da secretaria da saúde e se transformar em mais um desses que vemos nas reportagens… Ele havia prometido que isso não aconteceria e já estava tomando as decisões por debaixo dos panos. Está acabando com centenas de postos de trabalho e com a qualidade no atendimento de milhares de pacientes dessa região que já sofre por falta de opção de hospitais de qualidade.

         Lastimável…

  18. Crime continuado

    Outro problema é que o crime persiste e amplia HOJE.

    Não há um posicionamento inequivoco de alerta à população recomendando ações. A pessoa responsável pela crise se omite e continua sem assumir a sua responsabilidade. Ao contrário, se tergiversa tentando imputar responsabilidade ao “PeTê” ao Lula ao Zé Dirceu etc. É o desserviço do governo estadual e do seu partido PIG que segue manipulando e enganando a população com sede.

    No final ficaremos sabendo que a culpa pela queda no PIB, do exodo de industrias e paulistas para fora do estado, felo fim de São Paulo é do Simon Bolívar assessorado pelo demônio Fidel Castro e seu ajudante Lula da Silva. plim plim.

  19. Bebeu água? Não. Infelizmente morrerá de sede.

    Todos têm culpa no cartório: o MP, o Governo de São Paulo, a SABESP. Eles tiveram 10 anos para não deixarem chegar ao ponto que está atualmente e nada foi feito. Agora vem esse governadorzinho pedir celeridade para sanar um problema que ele e os seus pares causaram. Difícil mesmo. 

  20. Bebeu água? Não. Infelizmente morrerá de sede.

    Todos têm culpa no cartório: o MP, o Governo de São Paulo, a SABESP. Eles tiveram 10 anos para não deixarem chegar ao ponto que está atualmente e nada foi feito. Agora vem esse governadorzinho pedir celeridade para sanar um problema que ele e os seus pares causaram. Difícil mesmo. 

  21. Bebeu água? Não. Infelizmente morrerá de sede.

    Todos têm culpa no cartório: o MP, o Governo de São Paulo, a SABESP. Eles tiveram 10 anos para não deixarem chegar ao ponto que está atualmente e nada foi feito. Agora vem esse governadorzinho pedir celeridade para sanar um problema que ele e os seus pares causaram. Difícil mesmo. 

  22. Agua do banho deve ser aproveitada para lavar roupa …

    Na Globo  todos são poupados. Sabesp, Alckimin, tucanato, MP … todos. Ninguem é responsabilizado. Não existem responsaveis. É apenas uma fatalidade. O foco das materias é economia de água e criação geringonças pra captação água das chuvas. É inacrditável. Um morador de São Paulo porpôs e construção de cisternas nas casas das pessoas. Que ironia. Isso só existe nas regiões mais miseráveis e isoladas do meu querido Nordeste. E agora o morador da cidade mais rica, mais opulenta e mais tucanalha do Brasil se rende completamente. Enquanto o paulistano tem que reclicar a agua da maquina de lavar roupa, Serra declara que Dilma não chegará até o fim do mandato. É surreal

    • Quando vemos meia tonelada de

      Quando vemos meia tonelada de cocaina, dois jatinhos (não esqueçamos que são dois), e a responsbilidade sobre a água em São Paulo não term donos, constatamos que estamos de fato ante a um padrão, o padrã a gente se ve por aqui . . . . .

  23. falta d’água
    O nosso governador além de ruim, quer ser DEUS,em um comentário idiota a meses atrás disse que iria chover!Primeiro ele deveria fazer o óbvio quer era trabalhar e trabalhar para resolver essa situação.
    Além de querer ser vidente ele quis ser DEUS,ele é muito fraco!

  24. O maior responsável

    O pig é o maior responsável pela crise da sede em são paulo. 

    É verdade que desde 2011 o alkimim tem se preocupado com o problema da agua. Só que do lado errado, em vez de se preocupar com a falta de agua para o paulistano, este eleitor fiel, ele se preocupou com sua reeleição. Disse e fez tudo para desviar o assunto, dando declarações de que não haveria nenhum problema. E o pig calado.

    O pig sabia, seus especilalista certamente lhe apontaram o problema. Mas seu objetivo maior era ir contra o pt e assim era melhor esconder o fato até o final de 2013. Muito convenientemente. Nesse três anos dezenas dos seus ‘experts” apontaram para a mentirosa falta de ENERGIA, 

    Conclusão o alkimim e o pig sabiam da crise. o alkimim sabia que contaria com a cobertura da imprensa bandida e que podia tocar seu projeto leitoral sucegado. O pig sabia que ia dar problema mas não era seu problema e que só poderia ganhar com a crise, tanto pelo desconforto do paulistano fiel, que culparia o pt, como pelo fato de que a partir dali ele, o pig, seria o “dono” do alkimim.

    O pig é o maior responsável. Para isto, escondeu, mentiu, acobertou, despistou, desinformou. O pig que qgora, à luz do dia, que destruir a petrobrás.

  25. O MP tem que intervir

    O MP tem que intervir mesmo,mesmo ele estando com as mãos sujas.

    Ja chega de politicagem,partidarismos,a merda ja esta feita,racionar água não vai resolver o problema,ou eles estão esperando chover bastante algum dia para que tudo volte a ser o país das maravilhas ?

    A maioria das pessoas não sabe,mas em meados do sec. XIX o estado do Rio de Janeiro passou por uma forte crise hidrica de abastecimento,causada pela destruição da área hoje conhecida como Floresta da Tijuca,que foi totalmente devastada em nome da monocultura do café,essa crise inédita obrigou o então Imperador D.Pedro II à iniciar o primeiro projeto de reflorestamento do mundo,ele nomeou então O major Manoel Gomes Archer para essa empreitada que por mais ou menos 15 anos seguiu replantando mais de 80 mil mudas na área da Floresta da Tijuca,área extremamente importante para o abastecimento hidrico da cidade do Rio de Janeiro.

    A história esta ai,cabe menos demagogia e menos ainda burocracia nesse momento tão delicado,deve-se iniciar um projeto de extrema urgencia de recuperação das áreas que compoem os mananciais,e embargar toda e qualquer obra que promova destruição do que resta da mata Atlantica.

     

    E que não me venham insinuar uma Olimpiada no ano que vem.

  26. O Assis tem razão, o pig só

    O Assis tem razão, o pig só passou a noticiar a seca depois que pôde incluir o Rio e Minas na bagaça. Mas tem que sobrar para o PT também. A verdade é que os governos petistas nada fizeram em relação a esse legado nefasto do FHC, essas agências reguladoras, que “regulam” as empresas de serviço público tanto quanto minha avó me regulava quando eu era moleque 

  27. O pior de tudo é que o Ilmo

    O pior de tudo é que o Ilmo Governador é MÉDICO. Será que ele ainda mantem um nº de CFM ? de CRM/SP ? Provavelmente. O que esses conselhos não gostam é de médico Cubano, preferem calar s/ as Máfias das Próteses, e dos Transplantes, de médicos governadores.  Ele não exerce a medicina há tempos, sei disso, mas será que os conhecimentos adquiridos na faculdade foram totalmente esquecidos.Nem se lembra do básico, que é a importância da água na saúde da população. Esse é um crime que jamais deveria ser esquecido pela população paulista, que ainda treme de medo de COMUNISTAS, quer dizer BOLIVARIANOS, sejam eles médicos cubanos  ou petistas. O que uma imprensa partidária pode fazer de mal a um país. Será que  mesmo assim, continuarão as campanhas  favoráveis à  “Liberdade de expressão”,  que  muitos bocós  vem defender no Blog?

    • Desconfie dos médicos
      Desconfie dos médicos paulistas !!!!! 55% não passaram no exame do CRM este ano !! É o fim dos tempos !! Vou passar a exigir médicos cubanos nas minhas consultas.

      “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  28. Com este judiciário ???

    Nassif,

    O MP cumpre seu papel, mas não se iluda, com este judiciário, que vive para servir ao status quo, não espere grandes decisões nem jurisprudência que mudem ou façam história… Perante um poder judicante, pronto e disposto a trocar favores, sem os famosos cojones (que são retirados quando o magistrado toma posse), nada transformador ou relevante ocorre…

    • O MP de SP Cumpriu

      O MP de SP Cumpriu tardiamente quando o copo já derramou. O MP foi conivente até não poder mais sob pena de entrar no rol dos culpados por omissão. Agora, Inês é morta…

  29. Nassif, você já escreveu algo

    Nassif, você já escreveu algo sobre o tipo de contrato “DEMANDA FIRME” que a Sabesp mantinha com grandes empreendimentos (supermercados, shoppings, hotéis, etc.), escandaloso porque estimulava o consumo de água? Parece que foi “descoberto” e impedido no ano passado depois que a “crise hídrica” (eufemismo) veio a público.

  30. É tudo teatro

    porque o MP é mais um dos tentáculos do tucanalhas.

    Antes eu achava que os tucnalhas eram só canalhas, mas agora depois dessa falta de água em SP chego a conclusão que eles além de serem canalhas também são burros e incompetentes (não necessariamente nessa ordem), pois a falta de água afeta ricos e pobres.

     

  31. parece que o conluio

    parece que o conluio mp-tucanóide tende a esgarçar-se

    porque daqui a pouco faltará  água    nas torneiras   magistrais.

    e a   coisa   ficará tão seca que poderá sobrar para o mp, que tb

    é responsável,embora não tanto quanto o milleniunista-milenarista-alquimista,

    reverendíssimo da opus dei.

    o que deveria  haver mesmo,concordo,   é intervenção federal em são paulo.

  32. guardar esgoto por 5 dias !!!

    … a civilização Maia desapareceu nao se sabe como mas a civilizaçao Paulistana – se sobreviver, deixará registrado em suas midias esse drama do seculo XXI.

    usando de terrorrismo contra a populaçao – no pior cenario, teremos 5 x 2, ou seja, guardar por cinco dias o esgoto em casa seria passagem automatica para o retorno de doenças do seculo 18  e  19.

    é isso que esse senhores estao propondo ?!?  por que nao um plebiscito !  o massacre é contra o povo – que gasta só  10% da agua potavel enquanto a agricultura gasta 70% e exporta a agua na comodites.

    mas em Santos sp o drama está em outro nivel: ha 25 anos atras o governador de Estado ao saber da projetada falta d’agua ordenou que se transformasse um tunel em obras – interligaria a zona leste a zona oeste, em caixa d’agua. e assim foi feito: Santos tem a maior caixa d’agua da america latina … agora so falta a agua.

     

    >>>> Sorria:  Vc nao vai sair dessa vivo!

     

     

     

     

     

  33. Tá bem. E dai que há uma acusação controle ele? Vcs sabem com quem estão falando? Ele é do PSDB. Ele é tucano, Será que precisa dizer mais?

  34.  
    O Alckmim (é assim mesmo

     

    O Alckmim (é assim mesmo que se escreve o nome desse traste?), se não for, fica assim mesmo. Já que o cabra não não presta pra nada.

    Pois bem, queria dizer que o picolé da Opus Dei ao que parece, não calibrou corretamente o equipamento  de aplicar choque de gestão do PSDB. Ai, danou-se tudo! Agora, pro Alckmim se aprumar, tá difícil. Até a sua indicação para fiel membro supernumerário da Opus Dei, assunto que era considerado favas contadas, foi por água abaixo, ops, água não. Digo, foi pro raio que o parta.

    Orlando

  35. Beduino

    No Oriente Médio se identifica  de longe um pastor beduino pelo cheiro. Breve o paulista também ganhará esse privilégio

  36. Os alquimistas se orgulhavam

    Os alquimistas se orgulhavam da sua pedra filosofal que transformava qualquer coisa em outro, mas alquimista de verdade é o ALCKMINTIROSO, que com sua mídia venal amiga, conseguiu transformar São Paulo, o estado mais rico da Federação, num grande Maranhão, sem água.

     

    CHUPA ESSA CANA SÃO PAULO !!

     

    Aliás, no interior de São Paulo tá cheio de CANA. De repente é uma alternativa para não morrer de sede. Vamos invadir os canaviais !!!

     

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SOENGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  37. crise hídrica

    Melhor tirar a ANA desse imbróglio, Luis Nassif, lembra-se que nos meses finais de 2013 a ANA se retirou das reuniões porque o governo do estado de SP queria impor condições indevidas? Exatamente sobre as vazões? A ANA não errou neste caso, se agora permite uma vazão maior é devido a emergência “emergentíssima”! O erro total foi do governo do estado, quando retirou do DAEE ( o verdadeiro gestor dos recursos hídricos) e repassou a gestão à Sabesp! Verdadeiro crime de responsabilidade, do governo do estado/DAEE/Sabesp, começando em 2004 e permanecendo até agora! Obras não foram feitas pela Sabesp, não houve a cobrança devida por parte do DAEE, todos sob o desmando do governo estadual!  A ANA  só tentou impor as regras que teriam que ser seguidas e não foram!

  38. se existe um culpado, só pode ser um laço de dependência

    laço de dependência entre tucanos e MP nunca se estreitaram tanto, como nos últimos 10 anos

    como podemos dizer o mesmo para a imprensa, percebe-se que a solução natural, mais simples, considerando que tinham um ótimo entrosamento, seria a cobrança e os alertas constantes da parte de todos

    mas, é como sempre aconteceu: a Globo e o MP nunca identificaram defeitos nos tucanos, somente solução

    se bobear até existe uma central de desvios para fornecimento de água a quem não pode ficar $em

    como as soluções sempre foram encaradas por eles como muito simples, não duvido nada

    • “se bobear até existe uma

      “se bobear até existe uma central de desvios para fornecimento de água a quem não pode ficar $em”:

      Peregrino, sinto muito ter que comentar isso, mas nao ainda, eh pior:  o que vai haver mesmo eh uma central de blackouts coordenados pra coincidir com todo problema “mediatico” paulistoide.

      Explicacao:  vao precisar de mais espelhos e alcapoes, e esse eh o ultimo pra vandalizacao do governo.

  39. O caos se aproxima, mas o Alckmin é inocente, diz o PIG

    Empresas começam a deixar São Paulo pela falta d’água

    http://www.portalmetropole.com/2015/01/empresas-comecam-deixar-sao-paulo-pela.html

    Várias empresas estudam deixar São Paulo pela crise hídrica e economia do estado pode afundar  
     Por redação, com SpressoSP A crise hídrica em São Paulo está levando empresas a direcionarem seus investimentos a outros estados. Indústrias estão migrando para Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Nordeste para reduzir o uso do mineral. Empresas do ramo de bebidas, papel e celulose, inclusive, fizeram o que o governador Geraldo Alckmin não fez: enxergaram uma possível estiagem, aliada à falta de planejamento, e, desde o ano passado, vêm se preparando para não sofrerem com os prejuízos da seca. A Coca-Cola e a Ambev, por exemplo, começaram, a partir do segundo semestre de 2013, a investir R$2,4 bilhões em plantas de matérias primas no Paraná. A Coca-Cola afirmou que “ações para mitigar os efeitos da crise hídrica estão sendo estudadas”. Já a Ambev, está com novas instalações em Ponta Grossa e, de acordo com a prefeitura da cidade, foram investidos R$580 milhões. Porém, a Ambev diz que não sairá do estado, pelo menos por enquanto. Transferir parte dos investimentos para outros estados foi uma solução encontrada por essas companhias para os custos no tratamento da água, já que, quanto mais baixos os níveis dos rios, mais dificuldades para retirar lama e sujeira.

    Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/01/empresas-comecam-deixar-sao-paulo-pela.html#ixzz3QFSMji1p

  40. O caos se aproxima e o Alckmin começa a ficar com medo

     Governo de São Paulo teme que rodizio cause tumulto

    Fonte:  http://www.portalmetropole.com/2015/01/governo-de-sao-paulo-teme-que-rodizio.html  18:07 – Comente este artigo A exemplo de Itu, que registrou casos de depredação e saques, Prefeitura de SP, de Fernando Haddad (PT) prevê caos e possível proliferação de doenças como diarreia e a contaminação da água em consequência da diminuição da pressão na rede; Governo Alckmin (PSDB) projeta para abril início do racionamento

    Por Brasil 24/7
    O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) projeta para abril o início do racionamento de água em São Paulo. Segundo a direção da Sabesp, para evitar que os reservatórios zerem, medida pode deixar Grande SP até 5 dias seguidos sem água.  Diante da perspectiva, a Prefeitura de São Paulo, de Fernando Haddad (PT) trabalha com um quadro drástico, segundo a colunista Mônica Bergamo, a exemplo do município de Itu, que ficou meses sob racionamento. Nele foram registrados casos de tumulto, depredação e saque em locais sem abastecimento. Rodovias foram interditadas e ônibus, incendiados.  A análise é a de que, se numa cidade com cerca de 160 mil habitantes os problemas foram de tal envergadura, numa metrópole de 12 milhões eles podem ser multiplicados. Outra preocupação é com a questão sanitária, com a ocorrência de doenças como diarreia e a contaminação da água em consequência da diminuição da pressão na rede
    Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/01/governo-de-sao-paulo-teme-que-rodizio.html#ixzz3QFVopQpC OBS. DO NOTÍVAGO: o Alckmin está com medo. Parece que ele não esqueceu do que aconteceu com Mussoline na Itália. Se eu fosse ele eu compraria um jatinho e deixaria 2 pilotos de sobreaviso. Seria bom também morar próximo do aeroporto onde o jatinho estivesse estacionado. Não há Globo nem Rede Bandeirantes que te salve, Alckmin. Foge enquanto há tempo.

  41. É facil entender a crise da agua.

    O desespero do PSDB em não perder as eleições em Sao Paulo, chegando ao cumulo de ter escamoteado  a realidade, a ponto de Sao Paulo estar sofrendo uma crise sem precedentes, pela possibilidade de ficarmos sem agua. 12 milhoes de pessoas com racionamento severo. É coisa de irresponsaveis. Em qualquer país sério, dá cadeia.

    Mas existe uma explicação para tal barbaridade: Se Alkmin perde, todos os podres das imensas falcatruas perpetradas pelos tucanos, as concorrencias fraudadas, empresas estrangeiras condenadas em seus paises e aqui nao acontecendo nada, tudo isso ficaria exposto. O que colocaria governador e ex governadores do PSDB na cadeia.

    Nao podiam deixar isso acontecer de jeito nenhum. Melhor Sao Paulo ficar destroçado, sua industria fechando as portas, sua populacao desesperada, do que o PSDB perder o controle da situação.

  42. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…
    Palm

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…

    Palmas para o ALCKMIN que está ajudando a distribuitr a renda no BRASIL, encaminhando as empresas de São Paulo para onde elas são mais necessárias, isto é, para Estados com planejamento, onde o povo tem trabalho, salário e áGUA.

    Pena que isso não possa ser feito sem o sofrimento do Povo de São Paulo, que vai passar um baita perrengue por conta de seus governantes imprevidentes e impudentes, eu diria

     

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  43. E o para o PT nada?

    Gostei do artigo…..levanta uma questão que deveria se espalhar por todo território nacional. 

    Não é só em São Paulo que a responsabilidade das condutas de Governo deveriam ser julgadas.

    Use sua posição para isso Nassif!!!!

  44. crise hídrica

    Janeiro está terminando e nada de chuvas… Moro em Campinas, distrito de Sousas, encostado no rio Atibaia. Que pena de ver como ele está, pois nessa época era para estar bem cheio. Por aqui podemos sentir como estão as chuvas no sistema Cantareira. Se não chover já e em Fevereiro, torcendo para um Março chuvoso, não iremos ter água, a não ser que São Paulo passe a retirar água de outros mananciais e deixe um pouco mais para a bacia PCJ.

  45. Quando você abre a torneira e

    Quando você abre a torneira e não tem água, e essa escassez perdura por vários dias, pergunto, é importante se é pela crise hídrica ou se é racionamento? Dá para ver como a imprensa nos trata como idiotas… Falta de água é falta de água! O que lamento é que tudo isso vem sendo previsto e poderia ter sido corrigido, com a construção de represas para reservação de água, uma duas, três que fossem, já minimizariam o calvário que se aproxima, porque, do jeito que o tempo está indo, apesar das previsões da meteorologia, que não fazem chover, as águas dos rio voadores não estão caindo sobre nós. Elas passam, escurecem os céus, deixam alguns pingos e se vão. A minha vida toda eu vi o Rio Atibaia cheio nos meses de janeiro e fevereiro, mas hoje não. Está uma merrequinha, capaz apenas de cobrir as pedras do fundo, que ficaram expostas o ano todo num espetáculo aterrorizante…

     

     

  46. ” mas o Judiciário foi contra”

    Qual Poder Judiciário ?

    O local( juíses do 3º TRF) ou o próprio STF, que recusa-se a penalizar o governo paulista do PSDB, em quaisquer circunstãncia, ou o MPE, orgão dependente das benesses Estatais, que “lê” na cartilha do Alckmin ?

    Se antes de “pensar” nas reeleições e na continuidade das adms.PSDBistas em São Paulo, os governadores destes últimos 20 anos, tivessem “pensado” a população, jamais teríamos chegado, a este estado crítico, cuja solução demanda tempo e recursos, que o Estado não tem.

    Porem o que se ouvia nos bastidores da campanha PSDBista paulista, para reeleger o Alckmin, é que admitir o fracasso na administração deste problema, há hum ano atráz, era estrategicamente perigoso, e politicamente desastroso. Então…

  47. Impeachment de Alckmin?

    Mas enquanto isso, FHC tenta conseguir um impeachment para Dilma. Realmente essa pessoa passou da hora de recolher-se a sua insignificância.

  48. Crise Hídrica NO BRASIL

    Gostaria de lembrar que Alckmin tentou aumentar o volume da Billings, tratando a água do Rio Pinheiros em parceria com a Petrobras em 2003 mas foi impedido pelo Ministério Publico, alegando que o tratamento não era suficiente e que poluiria ainda mais a já poluida represa.

    Apenas um lembrete para quem diz que ele não fez nada, ele tentou sim alguma coisa após a crise hídrica de 2002 mas sempre surge alguém do contra.

    O curioso é que ele anunciou tratamento de esgoto do mesmo Rio Pinheiros mas para ser jogado no Guarapiranga, obra prevista para funcionar até o final de 2015. Até agora não vi ninguém do contra.

  49. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome