Xadrez do confronto entre Supremo e Senado

Atualizado ‘as 10:26

Peça 1 – os sindicatos que ajudaram na Lei de Abuso de Autoridade

O PLS (Projeto de Lei do Senado) Sobre Lei de Abuso de Autoridade teve o apoio de dois sindicatos, o Sindicatos dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo e o Sindicato dos Metalúrgico das Agulhas Negras.

O primeiro, devido à situação insustentável dos presídios paulistas, abarrotados por prisões preventivas abusivas praticadas por juízes. Tratando diretamente com a massa carcerária, viam o equilíbrio delicado dentro dos presídios e entendiam que só um conceito mais amplo de Justiça impediria uma explosão.

Já o Sindicato dos Metalúrgicos reagia contra o que denunciavam uma perseguição implacável contra o setor, de procuradores estaduais e desembargadores, a serviço do então governador do Rio, Sérgio Cabral.

As denúncias ao Conselho Nacional do Ministério Público revelaram-se inúteis. O Sindicato demonstrou a perseguição empreendida por quatro procuradores do estado do Rio, que concorreu para a demissão do presidente do Sindicato, que era também presidente da Câmara dos Vereadores de Rezende.

No Senado, há uma montanha de documentos, em PDF, demonstrando a atuação política dos procuradores que – segundo o sindicato – serviriam aos propósitos políticos do então governador Sergio Cabral.

Como o juiz Sérgio Moro estava longe dos acontecimentos, acabou ordenando a prisão de Cabral, ocasião em que apareceu o trabalho de Luiz Zveiter – o polêmico desembargador carioca, principal responsável pelos abusos do Judiciário fluminense, que ontem mesmo foi eleito presidente do Tribunal de Justiça do Rio.

O terceiro Sindicato foi o dos bombeiros, alvo de uma perseguição implacável dos homens de Cabral, quando ousaram uma greve da categoria.

Os sindicatos acabaram se aproximando e entrando conjuntamente no Supremo, para uma ação de repercussão geral visando o reconhecimento do reajuste anual. Como policiais, bombeiros e metalúrgicos recebem salário insalubridade, a ação proposta por São Paulo acabou juntando as três categorias.

Marco Aurélio foi o relator, comoveu-se com o movimento dos bombeiros e deu-lhes voto favorável. A partir daí os sindicatos perceberam que poderiam peitar os abusos do Poder Judiciário em algumas localidades.

Leia também:  STF pode adiar julgamento sobre suspeição de Moro nos processos da Lava Jato, diz Bergamo

Ontem mesmo, os três sindicatos se articularam para ingressar no Supremo como amicus curiae, visando reverter a decisão de Marco Aurélio.

Peça 2 – sobre Marco Aurélio de Mello

Não se sabe a motivação do Ministro Marco Aurélio, ao tomar uma decisão que joga gasolina pura na fogueira do conflito entre Legislativo e Judiciário.

Marco Aurélio não é de esquemas corporativos, nem de manobras políticas. Trata-se de um autêntico escoteiro no Supremo, cumprindo com independência e coragem suas atribuições.

Para os sindicatos, desde que a filha se tornou desembargadora no Tribunal de Justiça do Rio, Mello teria mudado sua posição em relação aos esbirros da Justiça.

De qualquer modo, sua decisão tem um tom cinza, que ainda não deu para decifrar.

Concede-se liminar para evitar situações em que possam ocorrer danos irreversíveis. O senador Renan Calheiros conduz três projetos absolutamente polêmicos.

Projeto 1 – o Projeto de Lei das 10 medidas.

Projeto 2 – O projeto da Lei de Abusos de Poder. Somado à decisão de investigar os salários dos juízes e procuradores acima do teto.

Por aí, se poderia concluir que Mello tomou partido da Justiça e do Ministério Público contra o Congresso.

Por outro lado, vota-se o PEC 55, sobre o teto de despesas, e a reforma da Previdência. Renan é peça-chave com que conta Michel Temer para essas aprovações. Saindo Renan, assume a presidência do Senado o senador petista Jorge Vianna.

Sob esse prisma, Mello estaria impedindo abusos de uma maioria financiada a ouro e cargos no governo, visando atacar o funcionalismo público e as políticas sociais.

Leia também:  Quando Teori se irritou, Lava Jato articulou apoio a Moro

ou poderia ser apenas uma reação às manobras protelatórias de Dias Tofolli e Gilmar Mendes  

O mistério fica no ar. O mais provável é que tenha evitado a embromation que levou o MInistro Teori Zavascki a postergar por um tempo infindável a queda de Eduardo Cunha,  

Peça 3 – os procuradores e a Lei de Abuso de Autoridade

O irresponsável e imaturo procurador Deltan Dallagnoll estimulou a violência fascista contra os deputados que votaram contra as Dez Medidas. Não cuidou de negociar, de procurar o Congresso. Tratou de se valer da violência das ruas para estimular ataques ao Congresso. Foi o que ocorreu no aeroporto de Fortaleza, Entre manifestantes e parlamentares .

;

No Rio, camisas amarelas agrediram o desembargador Luiz Zveiter.

Ontem, o Procurador Geral Rodrigo Janot e seu estado-maior procuraram jogar água na fervura, com um comunicado (https://goo.gl/8UxYtQ) no qual se colocaram à disposição do Congresso para um diálogo construtivo, a Declaração de Brasília:

“Ainda segundo a Declaração de Brasília, o Ministério Público brasileiro expressa, finalmente, que é favorável ao aperfeiçoamento da Lei de Abuso de Autoridade de 1965, colocando-se à disposição para colaborar com o Congresso Nacional, mediante diálogo construtivo. Todos os procuradores-gerais do MP brasileiro concordaram com o teor da Declaração”.

Estendem uma bandeira branca, mas nem um pio sobre a irresponsabilidade e a indisciplina de um procurador imaturo, que joga com o nome do Ministério Público Federal, e com um cargo para o qual foi alocado, para se tornar dono da moralidade pública.

Peça 4 –  Rodrigo Janot e a delação da OAS

Tem-se então, os seguintes ingredientes para um rascunho de mapa do inferno:

1.     A ampliação do conflito entre os poderes. Se o Senado recuar, será fatalmente engolido pelo Judiciário. Terá que reagir, o que ocorrerá inevitavelmente nos próximos dois dias, ampliando o grau de imprevisibilidade do momento.

Leia também:  O histórico de manobras de Cármen Lúcia que afetam Lula

2.     Ontem, um juiz federal decretou o bloqueio de bens do casal Eliseu Padilha, devido à devastação produzida em área de preservação ambiental.

3.     As delações da Odebrecht começam a vazar por todos os poros.

4.     Depois que o Ministrio Teori Zavascki liquidou com uma das maiores conquistas democráticas – o juiz natural – tudo pode acontecer.

5.     A economia continua derretendo.

Enquanto isto, Rodrigo Janot impediu pela segunda vez a delação da OAS de avançar. Após a primeira tentativa de brecá-la, a Lava Jato retomou as negociações.

Há dois tipos de irregularidades no relacionamento empreiteiras-políticos.

O primeiro é o do chamado caixa dois: financiamento de campanha vindo do caixa dois, mas sem contrapartida explícita da parte do financiado.

O segundo é a corrupção a seco, com o pagamento de percentuais sobre as obras contratadas.

Como a Odebrecht avançou tudo o que podia sobre caixa dois, a única forma da OAS apresentar novidades seria escancarar a corrupção. Janot barrou a primeira tentativa.

Agora, os delatores decidiram contar, por exemplo, que a propina era de 5% na primeira gestão de Geraldo Alckmin. José Serra entrou e anunciou uma redução de 4% no valor dos contratos. As empreiteiras, então, reduziram a propina para menos de 1% do valor das obras. Imediatamente, Serra enviou Paulo Preto para renegociar as propinas.

Tudo isto estará ao alcance da Lava Jato, assim que Janot parar com a política de blindar políticos aliados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

107 comentários

  1. Fraga na cabeça

    O Nassif escreveu:

    5.     A economia continua derretendo.

    Mais do que nunca Fraga na mesa do BC shorteando o Brasil, pelo menos teremos grana na mão quando tudo acabar, …., lógico que se sobrar alguma coisa KKKKK!!!!!

    • “Shorteando”

       Adorei o “shorteando”, tipo uma combinação de sortear quem irá adquirir o Brazil ( sorte ), pelo mais pequeno preço do ativo ( short price ).

        Irá para meu Webster particular.

    • Mudos & Surdos.

          O compromisso das FFAA – ativas, continuará com estreito respeito ao ordenamento constitucional, prezando a hierarquia e o subordinamento as instituições, sendo “mudos & surdos” a qualquer movimento, que as queiram envolver nestas crises originarias do Poder legalmente constituido, pois diferentemente dos vestais curitibanos, não cabe as FFAA – ativas, insulflar ou colaborar em movimentos que levem a maior desestabilização das instituições que a comandam politicamente.

           Portanto a atitude “ostra”, irá prosseguir, mesmo que preocupados com a atual situação e sujeitos a interferencias externas, advindas de grupos e pessoas desqualificadas, que apenas querem usar as FFAA para seus propósitos deletérios ao ordenamento constitucional, os “blindados” irão permanecer paradinhos, inermes, estacionados em suas bases.

  2. Jogo

      Com uma liminar – que é fraca – Marco Aurélio Mello colocou o PT de volta ao “jogo”, com um petista “light” a comandar a pauta do Senado ( Tião se tiver tempo, irá manobrar e conciliar ), e ao mesmo tempo politico que tira Renan do “palco”, do paredão da midia, lhe avaliza como Senador representante legitimo de Alagoas, portanto Renan perdeu a Presidência do Senado, mas não seu espaço de manobra, e ainda conseguirá controlar a “Mesa”.

       A liminar de meu xará – fraca, facilmente derrubavel – atingiu Renan sem “matar”, mas caso não seja “derrubada” feriu a Temer de morte, assim como ao MP, pois agora é guerra declarada, aberta, entre duas instituições, melhor dizendo, entre corporações, o xará colocou em claro, a disputa pelo Poder entre o Judiciario e o Congresso

  3. Tá todo mundo desatinado! E

    Tá todo mundo desatinado! E diz o DCM que o Jorge Viana está falando em eleições para a presideência do senado. Era só o que me faltava! Nós ralando para virar esta p**** de golpe , vem o destino e num bafejo da  sorte a presidência do senado cai nas mãos do PT e eles vão fazer eleição para legitimar esta presidência? Dá o q pensar e dá tbém para dar razão as criticas ferozes contra o PT.

    • Siga a constituição

      Calma com o andor que o santo…

      Primeiro a decisão do MAM tem que ir ao colegiado do pleno do STF;

      Segundo que o afastamento conforme foi realizado não tem previsão legal, portanto a um olhar mais profundo é inconstitucional, mas em tempo de um STF mediático pode se esperar por tudo;

      E finalmente em terceiro o Viana Acreano não pode se “aboletar” da cadeira presidencial e dizer que ele vai ficar no cargo, não pode, veja abaixo:

      REGIMENTO INTERNO

      Resolução no

       93, DE 1970

      Texto editado em conformidade com a Resolução no

       18,

      de 1989, consolidado com as alterações decorrentes de

      emendas à Constituição, leis e resoluções posteriores, até

      julho de 2016.

      § 4o

       Em caso de vaga dos cargos de Presidente ou de Vice-Presidente, farse-á

      o preenchimento por meio de eleição realizada nos cinco dias úteis que se

      seguirem à vacância, salvo se faltarem sessenta dias ou menos para o término

      dos respectivos mandatos.

       

  4. Otávio Mesquita

    Os interesses mais mesquinhos, de todos os tipos, das pequenas ratazanas oportunistas do congresso, dos tucanalhas mafiosos e entreguistas, da podre elite brasileira, dos juízes e procuradores, da Polícia Federal, dos Marinhos, do grande capital internacional e do Império do Norte, estão esgarçando, estraçalhando e destruindo este País!

    É muito sério o que está acontecendo, está saindo fora de qualquer controle. O ódio cego foi disseminado!

    Otávio Mesquita descarada e literalmente incitando a violência. Vejam:

    https://www.youtube.com/watch?v=8sBr5cZdk-k

    https://www.youtube.com/watch?v=8sBr5cZdk-k

    Os Marinhos são os maiores culpados, são os maiores responsáveis por cada gota de sangue dos brasileiros que está para ser derramado!

    PS: Nassif, comentários feitos por mim em matérias anteriores não apareceram. Talvez seja algum erro meu.

    • um jabazeiro e comunicador de

      um jabazeiro e comunicador de terceira categoria como Otavio Mesquita se fazer de paladino da moral que leva ao linchamento é sinal de não estamos no fundo do poço – já o furamos. 

       

  5. O problema é que ELES querem

    O problema é que ELES querem melar a Lava-Jato.

    ELES não suportam perderem os seus privilégios e suas boquinhas.

    Só que pela primeira vez o brasileiro está olhando o Judiciário Brasileiro como aliado. E isso é simplesmente maravilhoso.

    Esse novo judiciário que está nascendo pelos exemplos do Juiz Sérgio Moro, e dos procuradores da força tarefa, estão ombro a ombro com o povo lutando contra ELES que não querem ver o povo sendo respeitado, que não querem perder os seus privilégios.

    Nunca  a batalha foi tão clara. Nós contra ELES.

    Só que dessa vez o Judiciário está a nosso favor.

    Nada mais pode nos deter.

     

    • Não!

      Aparentemente o sr. desconhece como se forma o caixa 2 no Brasil. Ele é alimentaqdo tanto por orgãos e empresas estatais quanto privadas e é multi partidário, sendo que o privilégio de estar no poder é poder levar a melhor “bocada”.

      Assim sendo, enquanto a “Vaza a Jato” não prender tucanos de alta plumagem, ela segue sendo a substituição da turma que ganhou a eleição pela turma que perdeu a eleição, sendo que ambos os lados se valem dos mesmo métodos. Várias empreitetiras acusadas na corrupção na Petrobrás, são as mesmas que tocam as obras no Estado de São Paulo e operam do mesmo jeito…

      Só que Moro e seus procuradores são tucanos e a grande imprensa é o suporte do rolo compressor… Capice?

      Um abraço.

    • A farda exercia uma atração

      A farda exercia uma atração  beirando o sexual  em mulheres sensíveis até bem pouco tempo atrás. Elas se libertaram dessa fantasia. Hoje é a toga que está atraindo homens sensíveis. Conclusão só na forma interrogativa e com mesóclise: Libertar-se-ão algum dia? Nem Feud teria a resposta.

      • Será mesmo que é ingenuidade

        Será mesmo que é ingenuidade do comentarista ou ele está fazendo apologia da ditadura togada?

    • não me inclua nessa

      De qual povo você fala? Eu não concordo de jeito nenhum com juiz parcial. O judiciário, nem minguém está acima da lei. Ninguém é infalível.

    • E o juiz, exemplo desse

      E o juiz, exemplo desse “novo” judiciário que está nascendo (que Deus nos livre, impedindo esse “parto”), com o circo aqui pegando fogo,  ja está de malas prontas pra deixar o Brasil e se mandar pros “states”, sua pátria amada, que sempre descarta colabadores depois de usá-los. Que os “deuses” lá do Norte mantenham a tradição.

       

       

       

       

    • penso que você está

      penso que você está totalmente enganado quanto ao judiciário.

      Se estamos vivendo esta crise político/econômica é justamente por causa do judiciário/lava rato.

  6. deputado Genecias Noronha

    “Foi o que vitimou o deputado Genecias Noronha no aeroporto de Fortaleza, após votar contra as 10 Medidas.”

    Parece haver um engano na afirmação acima, abaixo a retratação do site que divulgou esta notícia:

    O Portal Pirambu News veio por meio deste pedir desculpa ao deputado Genecio Noronha por ter circulado seu nome na confusão no Aeroporto de Fortaleza

    Retratação: vídeo que mostrava o então deputado Genecias Noronha sendo agredido no Aeroporto de Fortaleza foi engano do portal.

    Ontem (02) foi publicado uma matéria no Pirambu News a respeito de uma ocorrência onde informava que o Dep. Genecias Noronha teria sido agredido no aeroporto Pinto Martins. No entanto o que realmente ocorreu foi que o motorista do também deputado Aníbal Gomes agrediu um manifestante que estava protestando a favor do pacote contra corrupção.
    O Pirambu News pede desculpa pelos transtornos e por ter citado pessoas que não participaram do ocorrido. O objetivo do portal sempre será preservar pela verdade e bom senso.

     

    Redação Pirambu News

  7. Sonha

    Janot parar de blindar os aliados???

    Um PTista no comando do senado andar com o impeachment de Gilmar?

    MAM mandar andar o pedido de impeachment do Temer, que está engavetado na Camara?

     

  8. Mais uma vez o Acre demonstra que existe, sim!

    Na  ditadura o acreano Jarbas Gonçalves Passarinho teve papel bastante visível, como a história registra. Uma de suas frases famosas (Às favas com os escrúpulos) foi dita por ele quando se discutia a entrada em vigor do AI-5, num fatidico 13 de dezembro de 1968.

    Agora, parece ter chegado a vez do acreano  Jorge Viana. Por ser petista, já era assunto predileto de colunistas para quem o PT é  pior do que qualquer uma das 7 pragas do Egito.  Já, já veremos no que isso vai dar.

     

     

     

  9. A medida de Marco Aurélio,

    A medida de Marco Aurélio, bem explicada acima, extrapola qualquer razoabilidade máxime, ainda, quando o mandato de Renan na Presidência do Senado findaria no fim do ano.

  10.  
    http://www.viomundo.com.br/

     

    http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/lenio-streck-afastamento-de-renan-e-perigoso-equivoco-nao-ha-previsao-constitucional-para-a-decisao.html
     

    Lenio Streck: Afastamento de Renan é perigoso equívoco; não há previsão constitucional para a decisão

    por Lenio Luiz Streck*, no Facebook, via Gustavo Santos

    Escrevo no calor dos acontecimentos.

    A decisão do Ministro Marco Aurelio, afastando da presidência do Senado o senador Renan Calheiros, mostrou-se um perigoso equívoco.

    Não há previsão constitucional para esse afastamento, como já não havia para o afastamento de Cunha.

    Estamos indo longe demais. O Supremo Tribunal Federal não é o superego da nação.

    Vou invocar uma frase famosa que eu mesmo fico repetindo e que é da autoria do Min. Marco Aurelio: os poderes da República são Legislativo, Executivo e Judiciário e não o contrário.

    Pois bem, Ministro. Pois bem.

    De fato, hoje mais uma vez ficou demonstrado o extremo ativismo do STF, contra o qual eu achava que o Ministro Marco Aurélio estava imunizado. Mas, não. Na decisão, o Ministro fala das manifestações de rua.

    Ora, a Suprema Corte não é porta-voz do povo.

    Ao contrário: nela temos que ver a garantia contra maiorias exaltadas.

    A Constituição é o remédio contra maiorias. E o STF deve ser o guardião da Constituição.

    Quem disse que a voz das ruas tem legitimidade? Somos duzentos milhões de habitantes e menos de 400 mil foram às ruas.

    Isso é fundamentação? Cadê a Constituição?

    Sou insuspeito em falar sobre isso. E não tenho simpatia pelo Renan. Sou um conservador em relação ao constitucionalismo. Já muita gente me chamou de “originalista”. Não. Não sou originalista. Sou um jurista que defende a Constituição naquilo que o constitucionalismo foi cunhado pela tradição democrática. Proteção contra injunções morais e politicas.

    O Supremo Tribunal Federal, desse modo, comporta-se moralmente. E direito não é moral. A moral não corrige o direito. Quem deve tirar o Presidente do Senado é o Senado.

    Seria inconcebível que o Senado ou legislativo lato sensu quisesse tirar o Presidente da Suprema Corte. Onde estão as relações institucionais?

    Isso pode não acabar bem. Somos duzentos milhões querendo trabalhar e progredir. Se há corrupção, devemos combatê-la a partir da lei.

    Fazer atalhos sempre são perigosos. Saludo.

     

     

  11. Marco Aurélio contra o golpe

    O xadrez não foca diretamente no episódio de ontem. Marco Aurélio foi quem determinou que a câmara dos deputados abrisse processo de impeachment também para o Temer, complicando a situação dos golpistas no impeachment de Dilma. Ontem MAM percebeu a enorme pressão acima do Renan para este votar todas as medidas golpistas e, ainda, evitar a Lei contra abusos relatada pelo Roberto Requião. Ao afastar Renan, MAM dá um nó nos golpistas e atrasa o pacote de medidas antipopulares. MAM é um dos poucos juízes do STF que tenta manter a democracia no Brasil. Agora, é só observar como o PIG (bem alimentado pela CIA) vai começar a levantar “pecados” do Jorge Viana. É só esperar para ver.

  12. Being John Malkovich ou na cabeça de Marco Aurelio..

    Ja que a lei não vale nada……

    A constiuição estão todos ca..ando e andando……

    Jogaram o pais numa regressão civilizatória sem tamanho…..

    Virou esculhambação??

    Então nobres colegas, com todas a vênias……..

  13. rumo ao caos

    o caos avança nas ruas      o caos avança nas casas      zumbis vagam o deserto
    de asfalto ferro e cimento      ávidos por um trabalho      ávidos por um salário  
    anseiam uma chuva de crédito      para a colheita nos shoppings      e um farto supermercado
    se as bocas repetem que sim      à espera de dias melhores      os olhos se afundam no chão
    por dentro uma chuva de lágrimas      inunda o deserto das almas     de frio ferrugem e pó
    os zumbis e seus corpos lentos      lentos seus pensamentos      se perdem apodrecendo
    no inferno de ferro e cimento      o caos avança nos corpos      o caos avança nas mentes
    à velocidade da luz

  14. Xadrez do confronto entre Supremo e Senado

    neste guerra de famiglias, não temos aliados. não temos “amigos”. nenhum deles está do nosso lado.

    o sistema como um todo está se decompondo. colapso. Executivo, Legislativo, Judiciário, MP, plutocracia, economia. tudo sob o céu está mergulhado no caos e a situação é péssima.

    Renan, Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Cunha, Moro, Dallagnol, Marcelo Odebrecht, Almte. Othon, Temer, FHC, Serra, Aécio, Gilmar Mendes, Janot, Meirelles, Armínio Fraga e… Lula e Dilma: todos são os velhos personagens se debatendo ao serem tragados pela escuridão que eles mesmos criaram.

    se as cenas violentas de canibalismo explícito se sucedem, jamais devemos esquecer: o que disputam entre si é a prerrogativa do monopólio de nos devorar a todos. é a nós que querem perenemente canibalizar: Povo e Nação.

    enquanto eles se comem, devíamos nós estar cuidando de nossa sobrevivência e de nosso improvável futuro. deixe que se comam. não porque “quanto pior, melhor”. ao contrário, justamente porque jamais seremos Povo e Nação sob o domínio desta lumpenburguesia.

    já não há saída. não haverá saída. nunca houve saída. não se procure e implore por saídas. temos apenas portais de entrada: ou o neofascismo ou a reconstrução da Democracia e a refundação da República.

    a crise do Brasil é a crise de suas lideranças. principalmente de suas lideranças de Esquerda.

    .

    • Doente por doente…

      Arkx para presidente, e Aldo para vice.

      Ou Arkx para guia genial dos povos…

      Ou Arkx para papa…

      Ou Arkx para novo comandante da Star Trek.

    • Não verás país algum.

       

      Vc tem razão. 

       

      “…jamais seremos Povo e Nação sob o domínio desta lumpenburguesia.”

       

      Principalmente porque existem idiotas que não conseguem enxergar o que está diante do seu nariz e imaginam que tudo é caranguejo do mesmo saco. Tudo é e faz parte da mesma “lumpenburguesia” (o cara deve ser um erudito que já até leu algum texto de sociologia) e só eles é que sabem a fórmula mágica de salvar o planeta. E só eles têm a capacidade de aplicá-la. Mas ninguém os compreende!! O capital rentista adora esses idiotas úteis.

      • Xadrez do confronto entre Supremo e Senado

        oh! mais gentilezas! e sempre em parelhas! sempre atacando amasiados…

        agora que todas as farsas, covardias e traições do lulismo estão diante do nariz de todos nós, o que resta aos frustrados adoradores do “grande líder paz e amor”?

        agora que já não há mais capitalismo de cumpadrio para gerir, com a luta de classes crepitando dentro da própria lumpenburguesia brasileira, para quem os lulistas irão se vender?

        a velhaca senhora Hydra mal lê o meu nome, e põe-se a saltitar como uma perereca descadeirada: “arkx! arkx! arkx!”. contenha-se. você teve sua chance. seu tempo passou. são muitas suas cabeças a confabular, então contente-se com elas. continuo declinando. nem pense em se oferecer mais uma vez.

        .

  15. O Senador Jorge Viana não precisa fazer muita coisa. Basta…

    O Senador Jorge Viana não precisa fazer muita coisa. Basta cancelar as votações polêmicas e adiá-las para depois do recesso de final de ano. Caso isso ocorra terá prestado um grande serviço. Não há clima para essas votações suicidas no Senado.

  16. Esse senado só tem bandido. O

    Esse senado só tem bandido. O último bastião da democracia acabou de dar um golpe de estado no povo brasileiro, jogando o país numa ditadura hedionda em um momento o crítico da nação onde deveria ter união para sairmos da crise e não pautas bombas e golpe. Foi um golpe político aproveitando-se a crise mundial e a instaurada pelos demotucanos desde 2013, golpe arquitetado nos eua pelo fhc e seus senadores demotucanos e simpatizantes pagos por fhc. Tudo isso aconteceu sob a presidencia de um traidor ditador enrustido, como todos os mafiosos que participaram e apoiaram o golpe de estado. Queremos o nosso voto de volta com a PTª Dilma no governo que lhe roubaram. Queremos Lula da Silva na Chefia da Casa Civil que o gilmar mendes roubou! Fora fhc clinton mafioso e seus paus mandados do stf, executivo e legislativo, bem como de todas as instituições infiltradas de mafiosos golpistas.

  17. Filha de Fux desembargadora

    Filha de Fux desembargadora no Rio. Filha de Marco Aurélio desembargadora no Rio. Sveiter amigo de Cabral e envolvido em acusações eleito Presidente do Tribunal do Rio. Tudo em família???

  18. Nada é por acaso…

    O que não quer dizer que cada ator envolvido tenha a exata dimensão do alcance de seus atos e das consequências que desencadeará com eles.

    Assim como não há como afirmar que cada variável exposta pelo Nassif seja excludente em relação às demais…as peças se encaixam.

    Me surpreende a ingenuidade do Nassif, quando descreve o perfil escoteiro do juiz, e lhe confere o status de avesso às manobras e comportamentos políticos.

    Ora, caro editor, cada juiz, nesses tempos de protagonismo ativista, elabora com cuidado sua marca, sua grife. Essa é a que convém ao juiz mello: um franco-atirador independente.

    Vem a calhar em uma hora grave como essa não?

    O alvo de mello é dirigido e certo, embora ele não se importe com os demais resultados, e até se divirta com a multipolaridade de direções, que justamente, reforçam sua imagem de independência.

    O que o juiz quer é mandar um recado para o Senado, dizendo quem manda.

    E a tática é quase perfeita, porque se questionado dirá que está a proteger a Presidência da República.

    Agora, se quisermos mesmo saber com quem anda (ainda que diga que anda só) o juiz mello, o trabalho é outro:

    É só ver quem mais lucra com sua decisão.

  19. A decisão de Marco Aurélio

    A decisão de Marco Aurélio (até tu brutus?) vem no contexto da conjuntura política do momento: aliança sólida entre judiciário e mídia, e o MP fazendo papel secundário de leão de chácara dos 2 primeiros, os políticos e a política pra quem ainda não percebeu foi totalmente descartados.

    Alerto, entretanto, que o ativismo e protagonismo exarcebado do judiciário lançará o país no mais completo caos de insegurança jurídica porque a regra agora é: todo aquele que se colocar no caminho da magistratura será aniquilado.

    Notem que o julgamento de Renan em prazo recorde e seu posterior afastamento indica sem senhuma dúvida que o STF usa seu poder para fazer política, e pela lógica todo aquele que for amigo do STF com processos tramitando na corte nunca será julgado ou terá seu processo “esquecido” em algum escaninho judicial.

    Outra constatação óbvia, o pugilato entre os poderes tem foco em servidores de altos salários que independente da situação eonômica do país receberá seus subsídios em dia, seu salários além teto pontualmente em dia muito diferente da maioria esmagadora da população que vai afundando no caos e teme o futuro incerto que se prenuncia tenebroso.

  20. Nada disso …

    Mello é igual ou pior do que os outros. Nunca concordei com a visão de Nassif sobre esse ministro. Mello dá entrevistas e faz declarações que extrapolam suas funções, é “arroz de festa” na mídia. No julgamento do mensalão participou de manobras vergonhosas. No governo Lula se juntou a Gilmar Mendes e Demostenes Torres pra acusar o presidente de ter grampeado o Supremo. Era o primeiro da fila a dar entrevistas de caráter meramente politico, pra desgastar Lula. Sua decisão contra Renan não me surpreende, e as motivações são as de sempre. Arrogância, abuso de poder, corporativismo e partidarização. 

    • É isso mesmo, Maria. Eu sou

      É isso mesmo, Maria. Eu sou juíza aposentada do TRT/RJ e conheço muito bem a hstória da peça. Ele foi, por um breve período, juiz no Tribunal do Trabalho do RJ, de onde foi alçado ao TST e depois, por seu primo Collor, ao STF. 

      Quando ele foi Presidente do STF só não mandou prender o Lula porque era bandeira demais.

      Só é garantista quando lhe interessa. A única virtude que detém – e que só usa quando e como interessa – é um vastíssimo conhecimento do direito. É, sem dúviida, o maior conhecedor de direito desse stfzinho vagabundo que temos hoje.

  21. Estão procurando

    Estão procurando nobreza

    quando na realidade só há interesses mesquinhos e nenhum compromisso com este país e seu povo….

  22. Prezado Nassif, uma pergunta séria:

    Prezado Nassif,

    Ajude-me a unir os pontos.

     

    Notícia 1:

    http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,psdb-foi-principal-articulador-de-urgencia-de-pacote-anticorrupcao,10000091838

     

    Notícia 2:

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/12/04/pgr-recebe-investigacao-sobre-furnas.htm

     

    Coincidência o recuo/traição do Aécio, ou chantagem na veia?

     

    De tanto blindar, o PGR ainda aprende a voar?

  23. Golpe furado

    O golpe ficou como uma granada aberta e sem explodir, e ainda na mão dos golpistas. perderam o timing

    Me explico, não conseguiram acabar com o PT nem prender o Lula e os estragos da lava-jato estão começando a derrubar os golpistas do PMDB e em seguida aos tucanos.

    E Lula continua firme!!!!

    Se bobear o Lula e o PT vão voltar de maior tamanho.

  24. Soltaram o gênio que estava

    Soltaram o gênio que estava preso dentro da garrafa e agora a coisa tá entornando, até quero ver se darão conta de voltar o gênio pro recipiente…pensando bem, alguém ai me dá uma carona pro Uruguai do Mujica: o Brasil acabou, o que era de se esperar tendo-se uma elite tão bizarra como a nossa, que ao invés de estabelecer um pacto pela democracia e continuidade do pais forte economicamente e com justiça social, resolveu partir para o quanto pior melhor para assim tomar de volta o pudê e transformar uma grande nação numa republiqueta de bananas, de forma que, assim sendo,  estamos caminhando para sermos meros despojos de um pais que era para ter sido e não foi: assim como ocorreu na Libia onde grupos tribais começaram a se digladiar após o fim de Kadafi,  pelo andar da carruagem, logo logo seremos esfarrapados lutando contra esfarrapados num verdadeiro salve-se quem puder: quem viver verá…

     

     

  25. Globo já se encarrega sobre a

    Globo já se encarrega sobre a desmoralização de Vianna. Na rádio está sendo divulgado que o petistas tem o nome arrolado em processo da Lava Jato, bem como que ele faz parte de uma minoria insignificante. Ou seja, essa de trocar Renan por Jorge Vianna vai dar muito panos pras mangas, porque essa imprensa maldita pode até achar Renan um zero, mas entre ele e o petistas, já sabemos o que vai acontecer.

  26. Ilegal…

    Totalmente ilegal essa liminar. Considerando que vem de um dos supostos guardiões da Constituição, vai realmente tudo muito mal …

     

    “”O elemento comum a todos esses casos – com exceção daquele envolvendo o deputado André Vargas – é a renúncia, que impediu o prosseguimento de processos de perda de mandato que, em última análise, teriam efeito semelhante à persecução por crime de responsabilidade. A decisão individual, porém, só ocorreu em decorrência de enorme pressão dos meios de comunicação, da sociedade e dos próprios pares.

    Mas, na inexistência dessa iniciativa individual, a decisão de permanecer no cargo, por parte do parlamentar cuja legitimidade se esvai em decorrência de denúncias de enorme gravidade, somente pode ser ultrapassada se, em deliberação por maioria absoluta da respectiva casa, for acatado o parecer do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar (na Câmara) ou da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (no Senado) recomendando a perda do mandato.

    Tal processo, porém, por sua natureza e pela necessidade de ser assegurado o contraditório e a ampla defesa, requer um tempo prolongado para sua conclusão. No caso do presidente de ambas as casas, inexiste instrumento que os obrigue a renunciar aos respectivos cargos ou permita o seu afastamento preventivo, ainda que instaurado processo para a perda do mandato parlamentar.

    Assim, somente aos próprios membros da Casa é conferida a prerrogativa de dar início ao procedimento e de acatar, ou não, a denúncia, constituindo-se essa garantia democrática da independência do Poder Legislativo, um escudo protetor que, em certa medida, mitiga a responsabilização de seus membros perante a sociedade.”

    Luiz Alberto dos Santos *

    * Consultor legislativo do Senado Federal e advogado, é mestre em Administração, doutor em Ciências Sociais e professor da EBAPE/FGV. Foi subchefe de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República (2003-2014).

     

  27. Pitacos e observações

    Prezados leitores,

    Já na primeira leitura deparei com alguns erros de digitação e de conceituação. O sobrenome do desembargador Luiz Zveiter está grafado errado, como se fosse “Sveiter”. Já o erro conceitual é chamar a PEC-55 de Projeto de Lei. Ora, uma PEC, que exige maioria qualificada para sua aprovação (3/5, em dois turnos, tanto na Câmara como no Senado), não é passível de veto pela presidência da república, sendo muito distinta de um PL ordinário, que exige apenas maioria simples nas casas legislativas, não exige dois turnos de votação e está sujeito a veto presidencial.

    Em relação ao voto monocrático de Marco Aurélio Mello, ele não merece o benefício da dúvida. O que ele fez foi claramente interferir num outro poder, tomando o partido da Justiça e do Ministério Público contra o Congresso. MAM conhece a Lei e sabe muito bem que PEC-55 é descarada e escancaradamente inconstitucional, pois fere cláusulas pétreas, conforme já demonstrou Consultoria Jurídica do próprio Senado (que pode ser lida em http://www12.senado.leg.br/publicacoes/estudos-legislativos/tipos-de-estudos/boletins-legislativos/bol53). Em casos assim, se o STF estivesse realmente preocupado com a defesa da CF/1988 e com o interesse público e da maioria dos brasileiros que precisam dos serviços públicos, poderia quando provocado (e o foi) determinar a suspensão imediata da tramitação da PEC-241/55. Não bastasse tudo isso, a decisão de MAM, afastando Renan Calheiros da presidência do Senado é uma vergonhosa arbitrariedade e abuso de poder e autoridade, além de descarada e escancaradamente inconstitucional, como demonstrou Lênio Streck.

    Tudo isso  mostra que Renan calheiros – em que pese as acusações que tem contra si – estava corretíssimo em dar celeridade à tramitação do PL-280/2016, que prevê punição aos agentes públicos que cometam abuso de poder e autoridade, sujeitando-a à Lei Penal. Hoje procuradores e juízes estão acima da Lei; cometem crimes e ficam impunes.

  28. “Aquilo que foi dito ao pé do

    “Aquilo que foi dito ao pé do ouvido no gabinte, será apregoado no telhado” Sinais dos tempos findando!

  29. O melhor do Brasil

    Fazer humor numa hora dessas é como aquela cena do Titanic: o navio naufragando e o quarteto de cordas tocando a última música… Às vezes, é só o que nos resta. Do Twitter, desde ontem:

    Se o Viana sair quem assume é o Jucá. Por favor, alguém amarra esse Viana na cadeira.

    A voz das ruas é engraçada
    Pediu #ForaRenan e ganhou um #EntraSenadordoPT

    Vai cair Temer, vai cair todo mundo, e quem vai acabar assumindo é a tia da lanchonete do Senado.

    PT pode voltar à presidência e roteiristas planejam greve por concorrência desleal

    Aguardando a cagada que o PT ainda vai fazer no meio dessa zona.

    – O puteiro tá pegando fogo!
    – Joga mais gasolina!
    – O Temer subiu o preço!
    – Tanto faz. Joga! Já tamofu mesmo.

    Tudo isso pq o playboyzinho de Minas não soube perder uma eleição.

    Lula e Dilma devem estar trocando risadas no whatsapp:
    – Ô, Lula
    – Fala, querida
    – hahahahahhahahhahahahaha
    – hahahahahahhahahahahahha

    PRIMEIRO A GENTE
    TIRA A DILMA
    DEPOIS TIRA O CUNHA
    DEPOIS TIRA O RENAN
    DEPOIS PÕE O PT DE NOVO
    NÃO, PÉRA

    Quero meu Brasil de antes de junho de 2013 de volta

    Se pudesse resumir 2016 com um meme:
    – Parece que o jogo virou
    – Queria estar morta
    – Todo dia um 7×1 diferente

    • Respondo a mcn,que ainda me

      Respondo a mcn,que ainda me deve uma informação,se o ou a,06/12/2016- 09:07.Interessante sua troça.De parabens,meu brother.

    • “Quero meu Brasil de antes de

      “Quero meu Brasil de antes de junho de 2013 de volta”

      Nunca é demais lembrar que TUDO começou com a Troskada em Junho de 2013, que jogou esse país pelos ares !!!

      O Playboy mimado é só consequencia…

  30. “Aquilo que foi dito ao pé do

    “Aquilo que foi dito ao pé do ouvido no gabinte, será apregoado no telhado” Sinais dos tempos findando!

  31. Dois adendos

    1) A delação da Odebrecht vazando por todos os poros – mas só no que diz respeito a petistas e, agora, os peemedebistas, os novos inimigos de infância dos golpistas; 

    2) É mais fácil a Terra começar a girar ao contrário do que o Janot deixar as delações da Odebrecht e a própria Vaza-Jato atingirem os Tucanos.

    • Pois é, Alan. Chega a ser

      Pois é, Alan. Chega a ser comovente essa vontade de acreditar que se trata de uma operação criminal, e não de uma operação política; de areditar que esses ativistas da lava à jato têm em mente o combate à corrupção, e não a uma “tioria” política;

  32. E saber que esse pgr foi

    E saber que esse pgr foi nomeado e reconduzido pela neófita dilma para dois mandatos consectivos e´que  dói mais.

    A burrice da esquerda não tem limites. A única coisa que tem limite na esquerda é a compreenção de poder.

    • Atenir dá um tempo. Vai botar

      Atenir dá um tempo. Vai botar tudo na conta da Dilma.

      Como a Dilma iria saber que estava rodeada de traíra ?

      Sobre a indicação de Janot ao cargo do PGR, leia o que o Aragão falou sobre Janot.

      Assim você está querendo botar a culpa do estupro na vítima.

      Dá um tempo !

      • Gilson, não é só o pgr atual,

        Gilson, não é só o pgr atual, foram vários e depois de ele ter feito várias maldades com turma da presidente. O nome disse é burrice política mesmo. Me desculpe, mas não dá para aturar tanta mancada. A direita escolhe a dedo os pgrs do mp e o resultado todos já conhecemos.

        E ainda tem as indicações do tipo pasmem para o stf, como o fux. Nessa tem nome mais apropriado: demência.

        Eu votei nessa turma toda, mas as burrices que eles fizeram quanto ao poder é de corar o mais direitista dos políticos. 

        Esse republicanismo infantil dessa turma é a raiz de todo esse sofrimento hoje, isso é inegável.

        Se tivessem controlado os órgãos superiores (stf e pgr), como a direita faz aqui e no resto do mundo, estavam todos tranquilos e sem processos. Mas infelizmente estão quase todos presos ou respondendo processos ou impedidos de se canditatarem….

        É isso…

        • De qualquer forma, a traição

          De qualquer forma, a traição minou todas as indicações do PT.

          Veja o que o Joaquim Barbosa, safado, fez com o PT. Alguém esperava uma atitude daquelas.

          E o Fux, como o Dirceu iria imaginar a traição desse safado, depois que disse que tudo que batesse no STF era com ele.

          Uma coisa concordo, o republicanismo do PT era de dá dó.

          Deixararam tudo por conta do controle remoto, por isso está dando esse merdelê todo.

        • Prezada Atenir, seu

          Prezada Atenir, seu desencanto é o meu. Mas, numa hipótese que é só uma hipótese mesmo, se houvesse hoje uma nova eleição e os candidatos fossem Aécio e Dilma, dá para imaginar votar no Aécio ou não votar na Dilma ? E se no 1º turno  da eleição passada tivesse havido um candidato melhor que a Dilma para enfrentar o Aécio e para governar sem cometer os erros da presidenta, mas nós a escolhemos,  a culpa é dela ou nossa ? Permita-me: Eu votaria novamente nela, partilho a culpa dos erros dela, e a correção do erro, numa Democracia é claro, que não é nosso momento atual, se dá pelo voto e não com choramingos e ressentimentos.

  33. Atravessa-se o rio onde é mais raso

    Os ingleses, sempre fleumaticos, cunharam o provérbio “não ha nada tão ruim que não possa piorar”…. Os perssimistas adoram cita-lo, e a nossa imprensa sempre utilizou-se do quanto pior, melhor. Agora nos estamos no meio da encruzilhada. Ou alguém da um breque, para tudo, respiramos e recomeçamos tudo no ano que vem ou, provavelmente, levaremos outro golpe daqui até a missa do galo.

    O que motivou a decisão de Marco Aurélio Mello so saberemos com precisão mais à frente. Vejo com preocupação o perigo que corremos com Carmem Lucia na presidência do STF em momento tão critico. E ela devera ficar no cargo ainda por dois longos anos. De toda forma, as pressões dentro do STF, de toda sorte, devem em algum momento colocar um pouco de ordem no STF. Ou então, aquele cenario que haviamos ensejado acontecera: Carmem Lucia assumira a presidência da republica….

    Que Jorge Vianna assuma e tenha muito cuidado e lucidez neste momento. João Goulart foi conciliador, tal qual Lula. E todas as vezes que a esquerda conciliou por demais, ela levou uma grande rasteira de seus adversarios de sempre.

  34. Ontem o STF afastou o
    Ontem o STF afastou o presidente do Senado. O conflito entre poderes, evidente, demonstra que o país está longe de ser pacificado.
    Todavia, os analistas políticos da grande imprensa se recusam a dizer o mais importante. A crise brasileira ocorreu no exato momento em que os 54,5 milhões de votos legítimos atribuídos a Dilma Rossseff foram rasgados mediante uma fraude ocorrida no Congresso com ajuda do STF. Portanto, se há uma crise ela não é entre poderes, mas entre o Estado e o povo brasileiro.
    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1389401181083706&id=100000415136357

    • Correto

      Não avaliaram o estrago interno e externo (na esfera ocidental) da quebra do pacto do voto popular. Comportarm-se como moleques e deixaram ser pegos como moleques, retrucam como moleques. Só geraram ressentimentos e desprezo.

      Não se faz negócio com moleques.

  35. Filha do Marco Aurélio

    Há um equívoco nessa suspeita, a filha do Marco Aurélio foi nomeada Juíza de 2º Grau no TRF da 2 Região, que é um Tribunal Federal não estadual, o lobby em tese teve de ser feito no Poder Executivo Federal e não com o Cabral . A filha do Fux que foi nomeada para o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, escolha final do Governador do Rio.

  36. Cura ou morte ( krísis). Mais uma oportunidade Girondina!

    Olá debatedores, bom dia.

     

    Ao contrário de muitos, estou torcendo para  que a decisão, ainda que em caráter liminar , se sustente e continue surtindo o efeito de  manter o precitado  senador afastado da presidência do Senado.

    Vamos combinar pesssoal. O Estado democrático de direito no Brasil não passa de um Teatro circense!   Senão vejamos.

    Afastaram a presidenta da república com o uso e abuso do poder e  de  um circo-teatro televisionado,  onde qualquer argumentação da defesa da ex-presidente em nada mudaria a cena, como , de fato e longe do direito,  não mudou.

    Nem “deus” manteria a presidente em seu cargo. Ou melhor, “deus” já tinha sua “bancada do tipo B” por lá,  entre os representantes do povo que é bobo avante a rede…

    Em seguida, afastaram e prenderam  aquele famigerado ocupante do cargo da presidência da câmara, o qual, segundo alguns, teria motivado todo o afastamento anterior. A propósito, sua  prisão preventiva do tipo defintiva,  pra lá de “republicana” e “legal” é mais uma cena desse circo-teatro.

    Como se não bastasse, agora estão afastando o presidente do Senado.

    É mole ou querem  mais?

    Querem  mais? 

    Lá vai.

    Paralelamente, uma minúscula parte do povo,  que como sempre é bobo avante a rede… vai pra rua ,  liderada e  financiada pelo mais “puro interesse  público”, requerer   a “imunização” do país com fulcro em   dez medidas  “salvadoras da pátria amada salve, salve” ,   contra a corrupção.

    zzzzzzzzzz

    Especula-se que esses dez mandamentos de moisés do século XXI, oriundos da montanha em chamas  iluminada,  são capazes de penetrar na essência, na moral, na ética, nas vontades individuais dos mentecaptos,  criando assim um país de Anjos governados por Santos.

    Ora, vamos combinar!

    Nem  mesmo Jesus Cristo conseguiu tal proeza. Tampouco Maquiavel.  

    Imaginem!

    Todos juntos , de mãos dadas,  angelicais, cantando a música:

    Hoje é um novo dia   De um novo tempo que começou   Nesses novos dias, as alegrias   Serão de todos, é só querer    Todos os nossos sonhos serão verdade     O futuro já começou…

     

    Todos contra a corrupção! Hip, hip Hurra!

     ( haja estupidez para ver e apoiar mais uma cena desse circo-teatro ).

     

    Indaga-se: palhaços, quem restará como  presidente do nosso circo-teatro?

     

    Enquanto isso, em um lugar misterioso do globo terrestre,  na residência oficial  do “senhor mercado meritocrático sem propina”, sem corrupção, racional e fundamentado na lei de oferta e de procura e do “mais-valor” ,  os economistas de escol e de meia tigela buscam maximizar o  lucro  dos seus respectivos patrões  nessa “crise”.

    Afinal, “crise” é oportunidade!

    Francamente…1

    Como tenho dito, nossas “instituições sólidas como prego no angu quente” encontram-se em estado de  sublimação rumo ao estado de sublevação. E tudo isso gera lucro, “flexibilização de instituição”  e mais lucro!

    Francamente…2

    O que está havendo, no fundo  no fundo, no profundo,  é  uma espécie de publicação de desequilíbrio  de INTERESSES. 

    Uns querem MAMAR mais na  TETA   que outros.

    Tudo isso, evidentemente,   com a ajuda do povo ambíguo, que é bobo,  boboca. Por  isso mesmo, parabéns e avante rede…

    Daqui a pouco o “equilíbrio” volta com os “novos eternos  vencedores”.

    E o povo que é originalmente  estúpido e administrado, continua trabalhando em prol da “nação”. 

    Nação de jacobinos trabalhando para girondinos à brasileira! 

     

    Francamente…3

    Estou convencido de que  a estupidez  é a alma do negócio!

    Afinal, na “onda”    assimétrica  de informação, de terras, de dinheiro, de família, de poder, de renda, de tributos, de interesses, entre outros,   os administrados, às vezes cidadãos  às vezes consumidores,  são os  eternos  clientes vulneráveis à procura de prazer.

     

    Francamente…4

     

     

    Hoje a festa é sua       Hoje a festa é nossa        É de quem quiser              Quem vier       A festa é sua        Hoje a festa é nossaÉ de quem quiser         Quem vier…  

     

     

     

     

    • muito boa analise

      As atitudes de um PMDB, partido da base aliada, foi tão irresponsavel que minou todo o sistema politico anterior. Muito bom, mas temos que destruir buma nação para fazer uma revolução? Bem, parece que assim os donos do poder querem pois, vejamos:

      1- Não temos mais direita (a muito tempo)!

      2- O centro “explodiu” e as esquerdas foram massacradas no processo. logo, não temos mais atores politicos partidários.

      3- A politica ficou com a midia golpista_reacionaria_manipuladora e, ????, com o judiciário ?!?!?.

      Executivo? Esse não vem ao caso.

      4- As instituições fazem água em todos os cantos, ficando resumidas aos nomes dos cargos. NOME EM CARGO NÃO É INSTITUIÇÃO !!!

      5- E o “mercado”, que não é bobo nem nada, ganha no curto prazo (rentista e especulador) já que no longo prazo os ganhadores seriam o povo e a nação. Mas, perai, povo e nação? nào vem ao caso.

       

      Então, amigo, o comando central do golpe (se existir) conseguiu o petróleo, explodiu nossa politca externa e, de sobra, explodiu a nação brasileira. Ah, como é bom ser imperador !

  37. Será que existe uma santa alma para entrar com um

    pedido do impeachment do Gilmar Mendes agora que o Viana é presidente do senado?

  38. Decisão polêmica? Diria corajosa

    Se Marco Aurélio foi radical ou não é uma coisa agora que ele foi macho foi. quando o cara peita Renan ele está peitando Sarney, Barbalho, Jucá, Temer e Cia. Não se esqueçam disso. Parabéns a Marco Aurélio

  39. concordo

    “Sob esse prisma, Mello estaria impedindo abusos de uma maioria financiada a ouro e cargos no governo, visando atacar o funcionalismo público e as políticas sociais.”

    Acho que o Mello pensou, tá todo mundo cagando então  que tal eu jogar essa merda no ventilador?!?!?

  40. A conhecida temerária Justiça

     

    Algumas sugestões para tentar moralizar a importantíssima desmoralizada Justiça:

    1)      Todo concurso para juiz, deveria merecer maior rigor de conhecimento. Além disso, ser dotado de gigantesca vigilância contra qualquer tipo de fraude, contando com os mais avançados e seguros dispositivos do mundo, visando bloquear qualquer tipo de vazamento;

    2)      Antes das provas escritas, o candidato para juiz, deveria ser aprovado em rigoroso e completo teste psicológico, visando descartar elementos com personalidade incompatíveis com as exigências necessárias para ser um bom juiz;

    3)      Constituir um grupo permanente de especiais inteligências, composto de engenheiros, matemáticos, juristas e advogados, visando trabalhar junto com grandes centros de desenvolvimento de inteligência artificial, objetivando sua aplicação nos trabalhos de análise e julgamentos de processos a cargo da Justiça.

    Os abusos de poder expresso nas inadequadas ações, atitudes, julgamentos, sentenças e outros mais, evidenciados ao longo do truculento arbitrário golpe de deposição da Presidente Dilma/PT, só confirmam as conhecidas,  absurdas e distorcidas sentenças, antigas, incontáveis, muito bem conhecidas do sofrido povão. Passa da hora de termos uma Justiça respeitável, eficiente, honesta, rápida e a preços acessíveis ao povão. 

  41. Indicação da filha de Mello foi para o TRF-2 (federal)

    Nassif, 

    Ao que parece a indicação da filha do Ministro Mello foi para o TRF-2 (federal) e não para o Tribunal de Justiça do Rio (estadual). Veja:

    Por Mariana Haubert, na Folha. Volto em seguida:

    “A presidente Dilma Rousseff nomeou nesta quarta-feira (19) Letícia Mello para o cargo de desembargadora do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que abrange o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. Ela atuará na capital fluminense. Letícia é filha do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello e da desembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios Sandra de Santis. Aos 37 anos, é considerada nova para assumir o cargo.”

  42. Renan é pró-impeachment sem provas

    Renan é investigado de crimes a vários anos. Se safando de uma condenação ou não, ele sempre vai ser lembrado como um dos que votaram a favor do impeachment ilegal. Por isso, se não da para confiar nele, tchauu!  

    O mais preocupante mesmo, são as reclamações dos sindicatos sobre os abusos de autoridade de agentes públicos em relação ao excesso de prisões preventivas a qual, o defensor da dignidade prisional, Renan, instantaneamente, quiz, em nome da cidadania, da moral, da ética, se predispõe a ser o salvador dos injustiçados. 

    Caso seja verdadeira a reclamação dos presos, o assunto torna-se extremamente grave, pois em tempos de instabilidade institucional, o oprimido percebendo que nunca mais vai ter outra oportunidade de ter voz, é capaz de defender sua causa no olho-por-olho-dente-por-dente.

  43.  
    NACESSARIO SE FAZ, UM

     

    NACESSARIO SE FAZ, UM DIAGNÓSTICO PRECISO PARA IDENTIFICAR O AGENTE ETIOLÓGICO CAUSADOR DO MAU. ESTA É TAREFA PARA O PESQUISADOR LUIS NASSIF. CABE A NÓS OUTROS, SIMPLES MORTAIS. RIR DA CARA DELES.

    Se o supremo (minúsculo mesmo senhores) tem se revelado o detentor master, assumindo todos os poderes, ditando  regras, produznido-as, e as aplicando ao talante de suas excrescência togadas. Para que merda serve manter as aparências, desperdiçando recursos na manuntenção dos inúteis sem poder, nas casas(?), ou seria valhacoutos? Do Congresso Nacional e do Executivo.

    Sendo assim, decretem logo o fechamento de ambas despudoradas casas de vida fácil e sem poder, e instaure-se a DITADURA dos urubús togados. Assim, resolvemos de uma vez por todas, a esculhambação geral em que meteram o país. Obra de traiçoeiros filhos da puta promotores do GOLPE PARAGUAIO. Sabemos que isso não é obra de uma quadrilha única. Na vertdade, trata-se de um pool de quadrilhas, coordenado  pela CIA. Cabendo aos pulhas e traidores agentes locais, apenas, desempenhar as tarefas sujas. Realizando um papel similar ao de laranjas.

    Aproveitem senhores, ainda poderosos. Desfrutem, enquanto o povo embriagado com tanta mentira, se mantenha com a percepção embotada. Quando sairem da ressaca recobrando a lucidez, podemresolver partir para acaber de uma vez por todas, com essas recorrentes pantomimas mambembe, encenadas por nossa incorrigível elite de merda.

    Orlando

  44.  
    NACESSARIO SE FAZ, UM

     

    NACESSARIO SE FAZ, UM DIAGNÓSTICO PRECISO PARA IDENTIFICAR O AGENTE ETIOLÓGICO CAUSADOR DO MAU. ESTA É TAREFA PARA O PESQUISADOR LUIS NASSIF. CABE A NÓS OUTROS, SIMPLES MORTAIS. RIR DA CARA DELES.

    Se o supremo (minúsculo mesmo senhores) tem se revelado o detentor master, assumindo todos os poderes, ditando  regras, produznido-as, e as aplicando ao talante de suas excrescência togadas. Para que merda serve manter as aparências, desperdiçando recursos na manuntenção dos inúteis sem poder, nas casas(?), ou seria valhacoutos? Do Congresso Nacional e do Executivo.

    Sendo assim, decretem logo o fechamento de ambas despudoradas casas de vida fácil e sem poder, e instaure-se a DITADURA dos urubús togados. Assim, resolvemos de uma vez por todas, a esculhambação geral em que meteram o país. Obra de traiçoeiros filhos da puta promotores do GOLPE PARAGUAIO. Sabemos que isso não é obra de uma quadrilha única. Na vertdade, trata-se de um pool de quadrilhas, coordenado  pela CIA. Cabendo aos pulhas e traidores agentes locais, apenas, desempenhar as tarefas sujas. Realizando um papel similar ao de laranjas.

    Aproveitem senhores, ainda poderosos. Desfrutem, enquanto o povo embriagado com tanta mentira, se mantenha com a percepção embotada. Quando sairem da ressaca recobrando a lucidez, podemresolver partir para acaber de uma vez por todas, com essas recorrentes pantomimas mambembes, encenadas por nossa incorrigível elite de merda.

    Orlando

  45. O Imponderável.

    Então? A esquerda vai começar a defender Renan ou vai aproveitar do momento para invadir ocongresso e exigir o fim da PEC a saída do homúnculo? E eleições gerais já?

    Viana vai impedir o povo de entrar?

    Olha o impoderável aí gente ! 

  46. A silenciosa fulminante privatização correndo solta

     

    Esse respeitável jornal GGN, bem que poderia manter uma página, permanentemente aberta, contendo a listagem atualizada dos ativos das respectivas empresas estatais ora vendidos, rápida e silenciosamente, entregues pelos golpistas, a preços de bananas, bem semelhante ao integrista governo FHC/PSDB.

  47. Comunicado as instituições de ato absoluto

    O mercado financeiro determinou que haja uma passividade das matérias para a sua altenância:

    A proposição de causalidades do projeto anti corrupção altera a importância dos poderes executivo e legislativo até agora considerados mediante atividades independentes.

    Mas no legislar a corrupção – na alternância dela determinar-se mutuamente aos três poderes recíprocos – querem fundar  o abuso de autoridade, além da razão, na forma estabelecida para o judiciário.

    Faça se saber que não se pode nenhum fundamento superior segundo vice-versa. 

    A lei do dinheiro está pronta: reproduzam a si mesmos.

  48. as filhas dos ministros
    Sobre a matéria de Luiz Nassif cumpre informar que a forma de transmitir uma gama enorme de informações em curto espaço de tempo levou a redação de Nassif com algumas imprecisões mas que de forma alguma comprometeu a idéia que Nassif quis passar do episódio atentatório contra a Democracia deflagrado pelo Ministro Marco Aurélio.
    Por exemplo hoje inversão cronologica, pois a questão dos bombeiros foi antes, em 2011 com a prisão do cabo Daciolo e Soldado Prisco em 2012.
    Prisco lidera uma segunda greve da policia reivindicando o cumprimento do art 37 inc. X da CF de 1988. Foi levado a prisão na Papuda.
    A partir daí…..ficou mais evidente a necessidade de atualização de norma do tema motivo pelo qual os sindicatos apoiaram a PLS 280

  49. A questão principal aqui não
    A questão principal aqui não é Renan Calheiros, mas a interferência de um poder em outro sem base constitucional.
    Se aceitarmos isso daqui a pouco essa loucura estará batendo a nossas portas.

    • A loucura já arombou nossa

      A loucura já arombou nossa porta,  Luciano. Não vivemos mais sob qualquer regime legal/constitucional desde que uma enorme quadrilha, quase a totalidade de um determinado Poder, invadiu um outro Poder e destituiu uma Presidenta honesta para colocar em seu lugar uma quadrilha não tão grande, enquanto um terceiro Poder dormia. Claro que a destituição de Renan tem motivos não explícitos, provavelmente sem base legal, mas ele era um dos chefes do Poder interferente que destituiu a Presidenta. Nada mais que a volta do cipó de arroeira. Não tenho idéia do que a presidenta acha disso tudo, mas minha convicção é de que ela, ao contrário do que diz um velho ditado, está comendo um prato bem quente. Se eu estiver certo, bom apetite !

  50. A leitura das opiniões dos

    A leitura das opiniões dos grandes juristas Lenio Streck e Pedro Abramovay,publicados acima do artigo de Nassif,são indispensaveis para um melhor entendimento do escreveu Nassif.As consequencias de um golpe de estado,como a que se deu aqui,foi,é e serão devastadoras para o Brasil.O País,se já não tinha uma democracia ainda consolidada,se despedaçou completamente.Como se pode imaginar que a mais alta de Corte de Justiça do País,decida o destino de 200 milhões de almas,por brigas de egos,conchavos de alcovas,picuinhas,fofocas,disse me disse,e coisas que tais,onde fudamentalmente,devia  se preservar o espirito das leis e o Estado Democratico de Direito.Esse Supremo que aí está,não está a altura do País,e nós petistas temos muito e não é pouco a ver com isso.Que comentario se pode produzir diante de uma aberração desta natureza?São por si,inocuos,sem sentido,um verdadeiro “mapa do inferno”,como bem colocou Nassif.O bom senso deu lugar a insensatez.Uma quadrilha de saqueadores de apossou do poder,com o aval do STF, que nos envergonha.Meia duzia de procuradores lunaticos,um Juiz fanatico,e uma midia bandida jogou o País nas trevas,e sequer mediram as consequencias de intentos bestiais.O que acabo de escrever,não é um comentario,é um desabafo.Comentar em situações a que chegamos,é uma completa perda de tempo.

     

     

     

    • Aviso aos navegantes

      Aviso aos navegantes cadastrados,cadastradas e não cadastrados geraldinos.Esse comentario foi feito + ou -,às horas 9:00 horas da manhã.Só conseguir mandar as 16:33 hs,antes portanto da rebeldia do Senado,o que dá ao comentario cores de Anu-preto.Posso asseverar que não foi premonição,advinhação,ou elocubração,só um lapso do computador.

  51. Janot vai parar de blindar

    Janot vai parar de blindar aliados ??? Eles foram até aqui para deixar uam delação pegar o PSDB todo ???

    Mas fácil Dilma voltar ao planalto descendo do céu numa carruagem de fogo !!!

  52. “COURO DE PICA”: ESPICHA E ENCOLHE…
    NO MEU TEMPO COISAS ASSIM ERAM CONHECIDAS COMO  “COURO DE PICA”, ESPICHA E ENCOLHE…MINISTRO DO STF COM RABO PRESO? É PRIMO DO COLLOR… RECUOU… DA SÉRIE “CORRUPTOS, MAS ÍNTEGROS”: Mendes sugere “impixar” ou internar Marco Aurélio. É o Circo Supremo – TIJOLAÇO > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/12/06/da-serie-corruptos-mas-integros-mendes-sugere-impixar-ou-internar-marco-aurelio-e-o-circo-supremo-tijolaco/ “NÃO SEJA IDIOTA, OUTRA VEZ, DE NOVO! NÃO SEJA MANIPULADO, MAIS UMA VEZ! NÃO RESTA NADA NESTA NOSSA REPÚBLICA DAS BANANAS! TODOS OS PODERES, TODOS OS 4 PODERES (EXECUTIVO, LEGISLATIVO, JUDICIÁRIO E, O MAIS PERNICIOSO, A MÍDIA EM GERAL – TODA A MÍDIA) ESTÃO NADANDO NESTE MAR DE LAMA. TRANSFORMARAM NOSSO PAIS EM UM BORDEL. BEM VINDOS AO “BACANAL BRAZIL”. MAS TOME CUIDADO, POIS SOMENTE HÁ UM CU NA RETA, O DO POVO BRASILEIRO! …”

  53. O ministro Marco Aurélio é
    O ministro Marco Aurélio é inebriado por holofotes. Todos sabem.

    Desconfiem destes tipos.

    Comentário de Alessandre Argolo no Facebook:

    “A democracia, mesmo no Brasil, não merece esse fim.” Frase dita por Renan Calheiros, Presidente do Senado Federal, proferida hoje, em entrevista a repórteres dos mais variados órgãos da imprensa.

    O fato é que o senador Renan Calheiros está coberto de razão em seus argumentos. Atentar contra o mandato do Presidente do Senado, a nove dias do seu término, apenas aponta para uma retaliação do Poder Judiciário, representado pelo STF, especificamente pelo ministro Marco Aurélio, contra as pautas que vinham sendo conduzidas pelo Senador Renan Calheiros e que contrariavam os interesses do Poder Judiciário.

    Foi Renan Calheiros, e não outro Senador, quem colocou em pauta o tema dos supersalários dos marajás do Poder Judiciário, fato que envergonha a nação diante da verdadeira casta que hoje faz uma farra com dinheiro público.

    Também foi Renan Calheiros, e não outro senador, quem colocou em pauta a votação da excelente nova lei do abuso de autoridade, imprescindível para frear a expressão judicial que existe hoje em dia no Brasil do que Thomas Hobbes chamava de Leviatã, o poder incontrolável, sem limites, a subjugar a tudo e a todos, única forma de implantar em definitivo a paz e a ordem, limando a pluralidade política que existe num regime democrático. É isso o que a Lava Jato significa ideologicamente com a sua bandeira de criminalização da política.

    De acordo com o § 3º do art. 53 da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 35, de 2001, recebida a denúncia contra o Senador ou Deputado, por crime ocorrido após a diplomação, o Supremo Tribunal Federal dará ciência à Casa respectiva, que, por iniciativa de partido político nela representado e pelo voto da maioria de seus membros, poderá, até a decisão final, sustar o andamento da ação, sendo que o § 4º do mesmo art. 53 preceitua que o pedido de sustação será apreciado pela Casa respectiva no prazo improrrogável de quarenta e cinco dias do seu recebimento pela Mesa Diretora.

    Portanto, o senador Renan Calheiros tem o direito de ver apreciado o pedido, a ser protocolizado por iniciativa de partido político com representação no Senado Federal, de sustação do andamento da ação penal contra ele instaurada perante o STF, em votação a ser feita pelo plenário do Senado Federal.

    Se a ação penal for suspensa, entendo que ficam suspensos os efeitos do recebimento da denúncia, inclusive a pretensa tese que defende que o senador que ocupa o cargo de Presidente do Senado fica suspenso das suas funções por estar na linha sucessória da Presidência da República. Sustação de processo tem precisamente o efeito de suspender a prática de todos os atos processuais bem como ficam suspensos os efeitos dos atos praticados no processo, inclusive o efeito do recebimento da denúncia, que é tornar réu o senador acusado. Logo, se a ação penal é suspensa, também ficam suspensos os atos praticados no processo, que não geram nenhum efeito concreto.

  54. Agora vamos começar a
    Agora vamos começar a entender o que é vácuo de poder.

    E não, como se dizia para explicar o golpe em Dilma.

    Já se sente falta de Dilma?

    A mídia, inclusive a chamada mídia alternativa, alimentou o processo de catarse contra os resultados da economia sob Dilma.

    Da catarse vem o processo de depuração.

    Este ninguém consegue deter.

    Nem as FFAA.

    Muitos anos terão que passar para normalizar o país.

    Isto não é premonição, é história

  55. O MPF E JUDICIÁRIO “TÁ COM
    O MPF E JUDICIÁRIO “TÁ COM MEDINHO” DO SENADO,POIS ELES ESTÃO INDO
    NAS QUESTÕES CHAVE,SE OS SENADORES “VOLTAREM ATRÁS” SERÁ COVARDIA
    E HUMILHAÇÃO,SABEM AQUELA COISA DE SE FAZER RESPEITAR,É ISSO !!

  56. Parece-me que tudo está na ordem natural da Constituição

     

    Luis Nassif,

    É preciso entender que esta reação do STF, ainda que monocrática, é uma reação natural de um poder que não pôde agir contra o Impeachment embora soubesse que o Impeachment era uma afronta ao Supremo, pois era uma afronta a Constituição, na medida que representava a condenação de um inocente, e o Supremo, como guardião da Constituição, teria que reagir.

    Dada a correlação de força então existente o STF optou por não defender a Constituição. Em razão do senso de oportunidade, o STF perdeu força ao permitir que quem não tinha cometido crime fosse julgada como o tendo cometido. Por ser um julgamento político a Câmara dos Deputados e o Senado Federal poderiam ter absolvido um culpado, mas jamais condenar um inocente. Assim procedendo, o Congresso Nacional afrontou a Constituição e por consequência o STF, guardião da Constituição.

    A reação agora do Supremo é natural. O STF tenta recuperar o poder perdido. E a partir do atual momento o Congresso Nacional terá que aceitar que o STF estabeleça quem não pode administrar o país. Em uma democracia plena essa decisão cabe ao povo em uma eleição. Só que resolvemos desrespeitar a decisão popular. Diga-se de passagem que eu sempre fui contra a teoria de que a escolha do povo é correta. A escolha do povo pode por acaso ser a decisão correta, mas isso nunca saberemos. Quem faz a opção pela democracia, não pode entretanto não aceitar a decisão da população.

    No mundo, entretanto, há um questionamento sobre o processo democrático. Há muitos que alegam que há sábios que sabem bem mais do que o povaréu e, portanto, não deve ser ao povo que se deve dar o poder de escolher seus governantes. A China escolheu esse modelo.

    Eu concordo que a escolha da população é muito frágil, mas conceder esse poder a população e de forma igualitária é um valor para mim transcendental. Pelo menos no momento da escolha todos se igualam e isso é uma fagulha de humanidade que vale o que se poderia chamar de sacrifício. Ao mesmo tempo reconheço que o meu sacrifício é pequeno enquanto há aqueles que perdem emprego e não tem como sustentar famílias.

    Enfim, na minha zona de conforto, eu faço a opção pela democracia e sou crítico de todos que não a aceitam sem apresentar uma alternativa. Aceito a democracia pela fagulha de igualdade e, portanto, humanidade que ocorre nas eleições. E reconhecendo as limitações da democracia torço pelos aperfeiçoamentos que avalio como necessários, sendo o mais importante, a melhora na distribuição de renda e também um maior esforço para assegurar mais igualdade na oportunidade de aquisição do conhecimento.

    Agora no mundo todo, não há como se avaliar a qualidade de um governante, a menos em casos extremos de completa incapacidade. Quem acusa um governante de ruim ou de incompetente, certamente ou manifesta uma opinião pessoal pelo fato do governante de plantão adotar políticas contrárias a ideologia desse julgador, ou se ancora nas pesquisas de opinião pública que são ainda mais frágeis que os processos eleitorais democráticos.

    Há uma terceira possibilidade e que consiste de quem realiza essas avaliações possuir alguma máquina especial que o permite avaliar com exatidão o governante. Deve ser algo que algum alienígena forneceu e talvez na expectativa de ter um trunfo pessoal quem o recebeu não repassou esse conhecimento para nós pobres mortais.

    Volto a esse assunto que eu chamei atenção em comentário que enviei segunda-feira, 05/12/2016 às 14:30, para o post “Como o marketing reduziu a economia a um produto de boutique” de segunda-feira, 05/12/2016 às 06:53, aqui no seu blog e de sua autoria e que pode ser visto no seguinte endereço:

    http://jornalggn.com.br/noticia/como-o-marketing-reduziu-a-economia-a-um-produto-de-boutique

    Resumindo o que eu disse no post “Como o marketing reduziu a economia a um produto de boutique”, poderia dizer que critiquei você criticar o ministro Roberto Barroso por considerar o governo do agora definitivo presidente às custas do golpe, Michel Temer de ruim e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles competente. A minha crítica foi no sentido de responsabilizar você em parte pela rapidez com que as pessoas chamam os governantes de ruins e incompetentes, na medida que é de longa data afirmações suas que consolidam a crença de que alguém sabe realmente avaliar de maneira objetiva um governante.

    Creio que se cada um já conhece na ponta da língua os vocábulos suficientes para que se ache bem fundamentado para escrachar quem quer que seja, como não considerar apropriada a manifestação de membro do STF que provavelmente ouviu opinião de alto coturno, dado o grande rol de capacitados assessores que ljunto a eles trabalham. Ainda prefiro o processo democrático. Agora em lugar do processo democrático a alternativa do STF parece-me até mais consistente do que as leituras que vejo em seu blog de posts seus ou de alguns comentaristas.

    No fundo quero dizer que a opinião de Roberto Barroso me parece muito mais transparente, ainda que ela não seja bem fundamentada, do que a opinião que você manifestou sobre o governo da ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff em vários posts, em especial após junho de 2013, sem nunca ter analisado com proficiência a reversão dos investimentos no terceiro trimestre de 2013. Como avaliar um governo sem fazer uma análise de um problema catastrófico que ocorreu na economia?

    Não me parece ser da índole do ministro Marco Aurélio Mendes de Farias Mello usar o argumento do clamor das ruas, embora ele já o fizera no episódio do julgamento dos embargos no julgamento da Ação Penal 470 no STF. Avalio, entretanto, como eu disse à época, que ele lançou mão do argumento, naquele momento, com o fim exato de ser contra-argumentado. Foi apenas uma deixa para o ministro José Celso de Mello Filho se esbaldar

    Porque ele usou o mesmo argumento agora, em princípio, seria uma incógnita, mas para a qual eu dou a explicação acima. Pelo menos é melhor acreditar nisso do que acreditar que como nordestino ele tenha abraçado o dito que ficou famoso: “em terra de murici, cada um cuida de si”. Não creio que ele assumiria esse comportamento agora.

    Clever Mendes de Oliveira

    BH, 06/12/2016

  57. Democracia brasileira nos acréscimos

    A democracia brasileira, fruto da Constituição de 1988, está “nos acréscimos”, esperando a hora do juiz apitar o final do jogo… quer dizer, a Constituição de 1988 vai continuar aí, vilipendiada e tal.

    A maneira democrática de se resolver crises institucionais – a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte – não vai acontecer porque não interessa a nenhum dos lados.

    Se um dos lados vencer a guerra, continuará o presidencialismo condominial, com o Congresso derrubando presidentes conforme seu bel-prazer e criando uma crise institucional permanente.

    Se o outro lado vencer a guerra, criaremos o único sistema político do mundo em que o Judiciário – ÚNICO PODER NÃO ELEITO – tem primazia sobre os poderes com membros eleitos, sem controle algum, podendo fazer o que der na telha, inclusive redirecionar a economia do país para a sua sustentação, criando uma casta.

    ***

    Enquanto isso, o Brasil real está derretendo. A economia vai pro terceiro ano de recessão forte, rumo ao quarto ano. A convulsão social começa a se formar no Rio, e daí para se alastrar para o resto do País é um pulo.

    ***

    Mas sabemos como vai terminar isso. A corrida pelo Salvador da Pátria está frenética. O primeiro a cruzar a linha de chegada será o (semi-)ditador.

  58. Peço vênia ao Moreno de Poços
    Peço vênia ao Moreno de Poços de Caldas,para registrar uma frase quê,se devidamente contextualizada,entrará para a história.Trata-se da Presidenta Dilma Rousseff,disse ela:”Se não há lei para Presidente,não há para mais ninguém”.Tirou a metade dos pecados,quê porventura, carrega nas costas.Tem se portado de forma digna, e tem se redimindo de maneira esplêndida dos erros cometidos,dando a cada dia provas incontestes,que saiu maior que entrou.Axé Presidenta Dilma.

  59. CRISE INSTITUCIONAL CAÓTICA

    A aparente aleatoriedade dos estapafúrdios desdobramentos da caótica crise institucional, em sua acelerada marcha da insensatez, traduz o encadeamento de eventos que tendem a contribuir para a derrubada do governo Temer.

    O crescente acirramento do confronto entre iniciativas arbitrárias do poder judiciário, posicionamentos contraditórios do poder legislativo e impropriedades diversas do poder executivo, nas quais se incluem as atuações distorcidas do ministério público, tem um traço de unidade perceptível, visto que toda esta grave sucessão de absurdos contribui para a desestabilização do governo de fato e para a sua possível derrubada iminente.

    E um dos extremos mais gritantes desta escalada de absurdos é a decisão monocrática de ministro do stf que determinou o afastamento do presidente do senado.

    Na minha humilde opinião, a decisão do ministro Marco Aurélio, que determina a saída de Renan Calheiros do cargo de presidente do senado, é esdrúxula e constitui uma escandalosa afronta à ultrajada legalidade constitucional e ao princípio elementar da separação dos poderes, pilar básico do Estado Democrático de Direito.

    Do mesmo modo, sem entrar no mérito sobre se o senador é culpado das acusações, que são objeto de processo (s) em andamento, creio que a referida decisão é insustentável, pois, de qualquer maneira, a prerrogativa para decidir sobre afastamento da mesa diretora do senado, e para deliberar sobre a eventual suspensão ou cassação do mandato, pertence, neste momento, exclusivamente ao plenário da casa legislativa.

    Nesta medida, acredito que é irrelevante o fato da citada decisão ser monocrática, pois mesmo o plenário da corte constitucional não tem prerrogativa para intervir sobre a autonomia fundamental do órgão legislativo, relativa à liberdade da escolha dos seus dirigentes entre os pares.

    Chegamos assim, a uma situação que seria engraçada se não fosse tão triste e perigosa, na qual alguns expoentes das seguidas violações de dispositivos constitucionais passam a falar como constitucionalistas. E temos que louvar o fato de alguns conservadores escrupulosos se indignarem com tropeços de natureza antijurídica e antidemocrática.

    Todavia, o mais importante nesta quadra tão poluta é preservar a coerência perseverante e perceber as relações latentes entre aspectos aparentemente desconexos.

    Há uma vinculação subjacente a eventos que parecem dissociados, dentre os quais vale ressaltar a iniciativa da pgr enfim dirigida contra alguns expoentes do pmdb há muito acusados de envolvimento em corrupção; o esforço da lava jato para impedir a verificação de denúncias relacionadas com caciques do psdb e com uma estranha e obscura influência de autoridades estrangeiras na cruzada seletiva contra a corrupção; as provocações fascistoides encenadas em factoides exemplificados pela invasão da câmara dos deputados e pela ação flagrante de infiltrados na manifestação do dia 29/11 em Brasília e nas manifestações recentes na assembléia legislativa do Rio de Janeiro; e a evidência cada vez mais nítida da ineficácia da desinformação midiática para fins da planejada manipulação de mobilizações direitistas farsescas e da pretendida precipitação de confrontos insuflados pelo abuso da violência policial, bem como por diversas provocações e agressões perpetradas contra manifestações pacíficas.

    Entretanto, o momento histórico exige cautela máxima da militância progressista, a fim de evitar os riscos de ampliação da espiral de violência, promovida pela direita raivosa com o objetivo abjeto de precipitar uma conflagração social, que servisse como pretensa justificativa para um acirramento de um regime de exceção cada vez mais aprofundado, pois é indispensável defender a estabilidade institucional com base na defesa da nossa democracia através dos meios democráticos. E tal defesa deve ser buscada por meio do clamor pela atuação articulada dos movimentos populares em conjunto com as ainda legítimas instituições representativas da sociedade brasileira, com a participação da vanguarda política juvenil, da intelectualidade coerente e das populações excluídas, de modo a promover a urgente construção coletiva de um amplo projeto político, capaz de catalisar força eleitoral apta a prover, em 2018, a imprescindível formação de maioria parlamentar suficiente para embasar a governabilidade de um governo comprometido com os princípios da ética democrática e com o Estado de bem estar social.

  60. Músicas mais tocadas em gabinetes de ministrinhos….

    Sucessos em bordéis do século passado, mas que hoje em dia são pejorativamente denominados PUTEIROS :

    Freak Le Boom Boom – Gretchen

    [video:https://youtu.be/D2xxRQrywIo%5D

    Vou Tirar Você Deste Lugar – Odair José

    [video:https://youtu.be/6sAZBbKOohQ%5D

    Mon Amour, Meu Bem, La Femme – Reginaldo Rossi

    [video:https://youtu.be/FoKsWSv09jM%5D

    A Dama de Vermelho – Waldick Soriano

    [video:https://youtu.be/E1bWyzn3fpQ%5D

  61. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome