Comércio varejista tem pior Dia das Mães desde 2003

Jornal GGN – As vendas realizadas na semana do Dia das Mães caíram pela primeira vez desde em 13 anos, segundo levantamento de atividade de comércio elaborada pela consultoria Serasa Experian.  Durante a semana, de 04 de a 10 de maio, houve queda nas vendas de 2,6% em relação ao mesmo período do ano anterior (05 a 11 de maio). Esta é a primeira queda que ocorre nesta data comemorativa desde o surgimento deste indicador, em 2003.

No final de semana do Dia das Mães (08 a 10 de maio), as vendas caíram 3,9% em todo o país na comparação com o final de semana equivalente do ano anterior (09 a 11 de maio).

Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana do Dia das Mães caíram 4,9 % ante a mesma semana do ano passado. No final de semana da data, as vendas tiveram queda de 6,0 % em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com os economistas da consultoria, “com o bolso mais curto devido à alta da inflação e tendo em vista o elevado custo do crediário bem como a queda dos níveis de confiança dos consumidores, houve, pela primeira vez em treze anos, retração nas vendas durante a data comemorativa do Dia das Mães neste ano”.

Leia também:  Governo deveria retomar investimentos públicos, diz Laura Carvalho

1 comentário

  1. Claro!

    Toda a grande midia, o famigerado pig, divulga em 100% do tempo que temos uma crise (aliás, já há dois ou mais anos que ela fala de crise e do apagão) e que o emprego do ouvinte está em perigo. Quem vai comprar em um ambiente, mesmo ficticiamente criado, deste?

    O incrível é que as lojas ainda façam propaganda nela. Voce anunciaria um produto para uma platéia que está sendo preparada para não comprar? Estes anunciantes são birutas?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome