Aliados de Temer articulam tirar Renan como líder do governo no Senado

Michel Temer analisa junto a senadores fiéis o isolamento da ala oposicionista do PMDB no Congresso. Em encontro, o presidente não convidou Renan e Requião. Este último sinalizou que retirada de apoio deve ser “compensada” com mala de dinheiro
 
 
Jornal GGN – O senador Roberto Requião (PMDB-PR) saiu em defesa de Renan Calheiros (AL), líder do governo no Senado e um dos principais dissidentes e preocupações de Michel Temer no Congresso. 
 
Após uma reunião com o presidente, aliados teriam planejado a saída de Renan da liderança do governo na Casa. Ao tomar conhecimento, Requião, que já se apresenta como um dos opositores do mandatário, ainda que de seu mesmo partido, disse que provavelmente a retirada do apoio a Renan seria “compensada”, como o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi flagrado com uma mala de dinheiro destinada a Temer.
 
Em duro tom, o senador manifestou-se em plena sessão do Senado: “Eu recebi no Twitter uma outra brincadeira, eu quero crer que é uma brincadeira. Agora o governo quer mudar a liderança do meu partido, do PMDB”, disse.
 
Em seguida, afirmou que um de seus interlocutores mencionou “correr” nos bastidores da Casa “a notícia de que quem tirar a assinatura posta anteriormente para a indicação do líder vai receber uma mala igual àquela do Rodrigo Rocha Loures, numa pizzaria do Brasil qualquer”, completou.
 
Há uma semana, 17 senadores do PMDB participaram de uma reunião com Michel Temer, sem Renan e Requião. No encontro, os parlamentares criticaram os posicionamentos de ambos, sobretudo do líder do governo no Senado, e defenderam junto a Temer articular uma saída de Renan do posto. Além de ambos, os senadores Kátia Abreu e Eduardo Braga também não foram convidados por Temer.
 
Requião publicou no Twitter, por meio de sua assessoria de imprensa, as duras críticas ao governo e à suspeita de tentativa de isolar Renan. Desde que Temer assumiu a presidência e vem encaminhando as propostas de reformas e econômicas ao Congresso, o parlamentar vem criticando e se posicionando contra o mandatário.
 
Requião defende a paralisação das reformas do governo, assim como Renan, e vem manifestando recentemente a favor da eleição direta para a escolha do presidente da República, com a queda de Michel Temer.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. Esse Renan nunca foi flor que

    Esse Renan nunca foi flor que se cheire.

    Acho que foi ontem ou ante-ontem que ouvi pela rádio Senado um discurso inflamadíssimo desse senador, discorrendo sobre vários temas, sobretudo no que tange ao problemas da polícia e da justiça com relação aos seus posicionamentos, sendo duro com Janot, mas, lá pelo final, agradeceu muito a MT por ter ido a alagoas ver o estrago provocado pelas enchentes, e mais disse cobrindo o verme de elogios. 

    É daqueles que caminham de acordo com os ventos. Ali ele estava puxando o saco de MT pra não perder a liderança do partido, ou por outros motivos. O fato é que o home vinha empunhando uma metralhadora contra o presidente e de uma hora pra outra mudou seu tom. 

    O que não entra na minha cabeça é ver Requião detonando o governo, e fazendo parte do PMDB, mergulhado em safadezas, e com o apoio dos tucanos, também cheios de lama. 

  2. “presidente não convidou

    “presidente não convidou Renan e Requião”:

    1–presidente INTERINO

    2–Requiao eh HONESTO

    Nao segui carreira de Renan, posso garantir a todo mundo que ele nao tem nem sal nem acucar em sua carreira:  politico profissional -com todas as conotacoes brasileiras, no caso.  Eh praticamente impossivel ler qualquer coisa que ele tem pra falar, ja fez, ou vai fazer ou falar.

    Pobre Valium…

  3. Why not? I don’t know.

    Já entendi . Requião é do partido do governo,faz oposição ao governo,  apoia o lider do seu partido , que  também faz oposição ao governo. À primeira vista vislumbra-se um um balaio de gatos. Mas,como dizia o bardo do Avon, há mais estrelas no ceú do que supõe a vã filosofia. Em outras palavras, quando Temer cair(ele cai?), o PMDB vai apoiar quem? Elementar , meu caro Watson!? Finalmente, por que o paranaense ainda continua filiado a este partido ? Podemos considerar  verdadeiro o provérbio , dizes com quem andas que te direi…? No caso especifico supostamente seria somente uma questão de inversão: tem mais joio do que trigo?Coisas da política.

  4. Renan é muito esperto

     Renan critica o Temer porque seu ex ministro da justiça não barrava os processos da Lava Jato , agora é só elogios porque mudou o ministro.

  5. Os senadores que se reunirem com o Michel Temer serão automatica

    Os senadores que se reunirem com o Michel Temer serão automaticamente investigados pela Polícia Federal. O melhor que esses senadores malandros podem fazer é pular fora o quanto antes. Essa canoa furada já está afundando e já não há o que fazer.

  6. O Brasil virou massa falida.
    O Brasil virou massa falida. Caminhavamos para sermos uma grande potencia e agora estamos nas maos de uma quadrilha que tomou de assalto o poder. Triste

  7. Renan

    Cabe à falida justiça brasileira determinar a honestidade de Renan, que assim como a grande maioria dos parlamentares, tem muitas acusações e esqueletos no armario.

    De uma coisa tenho certeza, ele faz politica como um profissional, a seu modo, moralmente discutível, porém não é fisiológico como a maioria do PMDB.

    Em tempo, no governo Lula, a época do Mensalão, já tentaram derrubar o Renan da Presidencia do Senado para colocar o tucano Perillo e abrir o processo de impeachment (já acertado na Câmara) e deram com os burros na água. Se bem que ele contou com ajuda do Sarney. Foi o inicio do governo de coalizão PT-PMDB que terminou como sabemos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome