PSOL lança Erundina à presidência da Câmara

Jornal GGN –  O PSOL decidiu lançar, na noite desta segunda (11), a candidatura da deputada Luiza Erundina para concorrer à presidênca da Câmara, após notícias de que alas do PT e PCdoB estariam negociando apoio a Rodrigo Maia (DEM) para fomentar um racha na base governista de Michel Temer (PMDB), que apoia, nos bastidores, o deputado Rogério Rosso (PSD).

“O PSOL lança uma candidatura mulher, com as minhas características, que será a primeira candidata a presidente desta Casa, com chances reais de ganhar se conseguirmos fazer chegar a nossa voz aos partidos de nosso campo político, para construir unidade, consenso e capacidade de força política para responder àquilo que a sociedade espera de nós”, disparou Erundina, momentos antes de protocolar a candidatura na Câmara.

No discurso de lançamento, deputados do PSOL reforçaram que Erundina é a única candidata que pode unir os partidos de esquerda com aqueles que querem limpar a imagem da Câmara e estabelecer uma presidência com histórico de relações éticas.

“A Câmara é a casa do povo, mas lamentavelmente ela não vem se comportando nem se relacionando com a sociedade de forma a validar esse conceito. O povo vem sendo cerceado na liberdade de acesso à Casa. E, mais que isso, a Casa tem dado as costas à sociedade, e não tem encaminhado os temas de interesse da maioria do povo brasileiro”, disse Erundina, citando as reformas política e tributária.

Erundina ainda fez questão de dizer que sua candidatura é a única com verdadeira relação de independência com o governo interino de Michel Temer (PMDB). “Nossa candidatura não terá compromisso nem com presidente interino e nem com o ex-presidente que está para ser cassado por essa Casa. Nosso compromisso é com o povo, com a real independência do Poder Legislativo, e com uma pauta que é aquela que se contrapõe ao ajuste fiscal.”

O deputado Glauber Rocha disparou contra a possibilidade de o PT apoiar Rodrigo Maia (DEM), mesmo com dissidentes afirmando que não darão votos a quem apoiou o “golpe” do impeachment.

“Quem é parlamentar da esquerda popular não pode cogitar nem de longe apoio de candidato do Democratas, Rodrigo Maia. Quem apoia candidatura de campo popular, que pode resgartar a credibilidade da Câmara dos Deputados é Luiza Erundina. A gente espera que a esquerda não flerte com candidatura de Rodrigo Maia, porque isso seria completamente inconcebível”, disse Rocha.

Ivan Valente disse que o PSOL vai procurar “todos os democratas, socialistas e aqueles que querem ética e mudança social para valer”, para que apoiem Erundina formalmente. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

18 comentários

  1. Vai dar chilique paulista de

    Vai dar chilique paulista de merda a respeito de fotografia tambem ou vai parar de encher o saco de nos outros dessa vez?

  2. Erundina Genro

    A esquerda tem o número de parlamentares suficientes para eleger o sucessor do Cunha? Que eu saiba não!!! Será que a Luíza Erundina, está dando uma de Luciana Genro? É tudo ou nada? Pelo que eu entendi até agora, a melhor opção da esquerda é se unir e votar no parlmamentar do PMDB que não aprovou o impítimam. Há mais chances dele ganhar do que qualquer pessoa ligada a esquerda. Fazer o que é possível. Não deve de maneira alguma votar no Rodrigo Maia (DEM).  A Erundina, a ex filiada ao PSB, eleitora da Marina, está é “jogando para a galera”. Ela sabe que não ganha. Mas quer concorrer para ficar em evidência. A imaculada, a Marina do PSOL, a mulher que não se subverteu a direita e nem ao centro. É desgastante ficar defendendo a esquerda, quando se tem no meio dela, este tipo de político.

     

  3. Seria uma luz no fim do túnel

    Se a Erundina conseguisse se eleger seria uma luz no fim do túnel, mas é muito difícil conseguir esse intento devido à corja que compõe esse parlamento.

  4. Ê, Erundina… Num dia é do

    Ê, Erundina… Num dia é do PSB, no outro do PSOL. Num dia é candidata a prefeita e no outro a presidente da Câmara. O Haddad faz aliança com o Maluf e ela vê oportunidade de passar na frente. O PT faz aliança com Rodrigo Maia e ela faz um ato midiático para capitalizar o eleitorado de esquerda. Gosta de uma melancia pendurada no pescoço. Nunca ganha nada mas se satisfaz atrapalhando o PT.

  5. Nassif;
    Magnífica a decisão

    Nassif;

    Magnífica a decisão do PSOL, é um primeiro passo para a efetiva reaglutinação das esquerdas, mesmo com remotas possibilidades de ter a maioria dos votos, mas com todas as  possibilidade de Vitória.

    Vamos recomeçar mesmo que de forma lenta.

    Bravo Erundina!!!!

    Genaro

  6. Para marcar posição

    Com a atual composição do Congresso, não tem chance nenhuma. O que aliás é uma pena.

    Desnecessário, entretanto, demonizarem o PT por dar apoio a alguém menos ruim, mas com mais cacife eleitoral. O PT sofreu tanta pancada que não tem muita condição, hoje, de alçar muito a sua voz. Vai ficar pianinho por algum tempo.

    Confesso não ter clareza se vale à pena contribuir para a eleição de um “temer-cunhista” despejando os votos da esquerda na Erundina. Dependeria do contexto.

    Mas acho bom termos essa alternativa.

  7. O PT erra ao apoiar qualquer

    O PT erra ao apoiar qualquer um que não seja do campo ideológico da esquerda. Qualquer um que tenha relação com o golpe deve ficar de fora. Para mim, isso é de uma clareza enorme, de uma obviedade gritante. Este partido deveria apoiar Luiza Erundina, mesmo sem chances. Pouco importa o curto prazo, agora a luta vai ser mais longa e devemos mirar o médio e o longo prazo, sempre com vistas à uma recomposição e reorganização da esquerda. Não é momento de titubear e nem momento de fazer o que sempre se fez – precisamos de ousadia e coragem. 

    • Gabriel

      Desculpe, mas não foi exatamente isto que o PT fez na eleição do Cunha ? Lançou candidato próprio, e o que aconteceu ? Um golpe no partido e no Brasil. A turma da antiga oposição, contando tb o PMDB, são raivosos, rancorosos , invejosos e traidores da pior espécie que existe. Estão na política p/ enriquecimento próprio, somente.

       

  8. Isso não serve pra nada.

    Só para fazer graça.

    Isso só é bom para fazer discuro que tem repercução limitada. Na prática , não muda nada , como nunca mudou.

    Não adianta mais romantismo , para mudar esse país  , além de ter que sujar as mãos , tem que aprender a jogar esse jogo imundo ou acontece como aconteceu com o PT , eles passam por cima e ainda arrebentam.

     

  9. Há de se saber que ao PT –

    Há de se saber que ao PT – que joga o jogo dos grandes –  não interessa Política, com P maiúsculo, que a Erundina pode trazer. Interessa votos que não o tirem do jogo grande. O resto é pra nós, mortais.

    No Congresso, é só pragmatismo. Os pragmatas, novo genero de primatas, cruzando com burocratas e tecnocratas. Que vai dar disso??

    Nos comentários tem gente que critica a Erundina e não faz nenhuma dos outros, mini-Cunhas. Eu digo, que dentro do que se apresenta, ela é um farol.

    Mas farol em Brasília, sem mar, não tem função. 

  10. Essa candidatura é como a
    Essa candidatura é como a Seleção do Brasil na Copa do Mundo de 1982…
    Futebol Magnífico… mas… Havia o Juiz e o Paulo Rossi que frustraram a possibilidade de um Brasil Tetra já em 1982…
    Tivemos que esperar mais de uma década…
    Felizmente ou Infelizmente… O PRAGMATISMO é ainda a única forma de jogar esse jogo de cartas marcadas, onde a GRANDE MAIORIA da suprema corte/congresso/senado…Sao Fascistas!

  11. Petista que apoiar Rodrigo

    Petista que apoiar Rodrigo Maia, mesmo pelas mais maquiavélicas e mefistofélicas razões, deve ser expulso do PT. Ponto final.

     

  12. Deixa que eu chuto

    Erundina é multi eclética. Como canivete com várias lâminas.

    Vai ser candidata em SP ou não? Acho melhor apostar noutro candidato da esquerda. Torço por candidatura que congregue não apenas a esquerda, mas os deputados que votaram contra o impeachment somando alguns arrependidos. Com isso se perde ganhando, se marca posição para as eleições municipais e se avança na união das forças democrática de volta Dilma.

    O PT já devia de ter cansado de ganhar perdendo. Agora perde perdendo, e feio, se apoiar apenas por conveniência, a candidatura do Rodrigo Maia. O PT tem ainda gente com algum rabo preso, que fica sempre tramando manobras, como aquelas conversas para livrar Cunha no conselho de ética. Se não for, pelo menos parece, e isso jé é ruim!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome