Oposição cobra de Cunha “roteiro” para acelerar impeachment de Dilma

Jornal GGN – Um projeto que promete acabar com a guerra fiscal entre municípios parecia ser a principal pauta em discussão na Câmara nesta terça-feira (15), até que a frente suprapartidária pró-impeachment de Dilma Rousseff (PT) decidiu “dar o primeiro passo” para derrubar a presidente do poder.

À noite, provocando horas de bate-boca entre governistas e opositores, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), decidiu aceitar um pedido do líder do DEM, Mendonça Filho, para obter informações oficiais sobre como seria o processo de afastamento da presidente da República.

Segundo informações da Agência Câmara, a questão de ordem do democrata pede esclarecimentos sobre requisitos para aceitação, recursos, prazos, emendas e rito de tramitação. Antecipando os fatos, eles querem saber quem tem o poder de apresentar recurso contra o eventual indeferimento da denúncia por Cunha, se poderão apresentar emendas para corrigir erros de pedidos já protocolados, e se o impeachment poderá ser tocado mesmo com a renúncia de Dilma.

Nas palavras do tucano Bruno Araújo, as respostas aos questionamentos servirão para traçar estratégias para tocar o processo de impeachment. “É uma cartilha, um roteiro que vai nos resguardar do ponto de vista legal sobre os passos do processo”, explicou.

Por não ter relações com a pauta do dia, governistas alegaram que Cunha poderia ter negado a análise do pedido, mas ao invés disso acatou, sem dar prazo, entretanto, para a resposta. A oposição espera que as dúvidas sejam solucionadas em até três sessões.

Reações da base aliada

O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT), defendeu a legitimidade do mandato de Dilma Rousseff e fez menção ao ex-presidente Lula e à militância que não aceitará o “golpe” que a oposição pretende dar na democracia. “Nós ganhamos a eleição e é com base nesse mandato popular que vamos governar pelos próximos três anos e seis meses. A oposição disputou a eleição e não aceita o resultado do voto popular”, comentou.

Segundo informações da Folha, Guimarães disse ainda que “a oposição quer de qualquer jeito cassar o mandato de uma mulher limpa”. “Não cutuquem a onça com vara curta. Pensem duas vezes. Não é como ameaça, mas temos capacidade de mobilização.”

O deputado Paulo Pimenta (PT) também acusou os oposicionistas de tentarem patrocinar um golpe de Estado: “Anunciaram aqui que estão dispostos, através do golpe, a tentar abreviar o mandato legítimo da presidente Dilma Rousseff.”

Na tribuna, a maioria dos oposicionistas que defenderam o impeachment citou a Lava Jato, as pedaladas fiscais em análise no Tribunal de Contas da União e ações do PSDB contra Dilma no Tribunal Superior Eleitoral como motivos para avaliar o afastamento da petista.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 comentários

  1. Não vai aocntecer nada.

    Agora que ela está lendo na cartilha do grande capital, salvou a própria pele.

     

    Vamos ver se salva o país do “efeito Grécia”.

     

  2. Quando cunha será preso? A

    Quando cunha será preso? A câmara dos deputados é hoje um esgoto a céu aberto, onde a direita bóia junto com os dejetos que tradicionalmente se encontram boiando em esgotos.

  3.  
     
    … Se ‘nois’ não

     

     

    … Se ‘nois’ não estivéssemos submetidos a uma patacoada surreal, estariam presos, desmanchando no ar a patifaria do ‘golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde o antanho do Mentirão’: ‘O Achacador Geral da Nação’, o [mega]corrupto contumaz e irrecuperável [eduardo] ‘CU(nha)’ “do ‘Aécio Furnas Forever’”; o DEMoTucano ‘Aécio Furnas Forever’, segundo delação do [mega]doleiro Albert(o) Yousseff desde os idos do [mega]escândalo do Banestado da era FHC da ‘Privataria Tucana’; o Tiaguinho Cedraz das [mega]pedaladas do Mensalão da Quadrilha do Ricardo Pessoa da UTC no TCÚÚÚÚÚÚÚúúú…
    Mas, não, estes e outros criminosos cafajestes estão, pasme, operando o golpe!
    Em plena luz do dia!
    Festivamente!
    E sob a batuta do PIG!
    E os olhos vedados (sic) da *nossa Justiça!…
    *nossa ‘uma pinoia’!
    Justiça?!
    Qual Justiça?!
    Dessa “Justiça” Deus nos livre – e guarde!
    Amém?!…

    O título da novela:
    “A mais selvagem das ‘ellites’!”

    NOTA:
    no entanto, o título da novela “não vem ao caso”!…

    Que país é esse, siô?!…
    E a nossa contemporânea pré-Idade Média festiva!

  4. PLENÁRIO
    Sessão Deliberativa

    PLENÁRIO

    Sessão Deliberativa Ordinária em 15/9/2015 às 14h   – E N C E R R A D A às 20h
    55ª Legislatura – 1ª Sessão Legislativa Ordinária

    PAUTA:

    Matéria Sobre a Mesa

    Requerimentos

    1 – REQ 1219/2015 => PL 6726/2013 – do Sr. Mendonça Filho e outros – (PL 6726/2013) – que “requer urgência, nos termos do art. 155 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados, para apreciação do PL nº 6.726, de 2013, que dispõe sobre a exploração e a produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos, sob o regime de concessão, em áreas do pré-sal e em áreas estratégicas, e dá outras providências”.

    REQ 1219/2015 => PL 6726/2013 Inteiro teor
    Requerimento de Urgência (Art. 155 do RICD)

    Situação: Pronta para Pauta no PLENÁRIO (PLEN)

    Acessóri o de: PL 6726/2013

    Identificação da Proposição

    Autor
    Mendonça Filho – DEM/PE ,  Carlos Sampaio – PSDB/SP ,  Fernando Coelho Filho – PSB/PE e outros

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome