Pedro Barusco depõe na CPI da Petrobras

 
 
Jornal GGN – O ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco, um dos delatores da Operação Lava Jato, está depondo à CPI na Câmara dos Deputados. É o primeiro a falar com os parlamentares da nova comissão. 
 
Pedro Barusco está sendo questionado sobre os indícios de desvios dentro da diretoria de Serviços da estatal, então comandada por Renato Duque, diretor indicado pelo PT. 
 
Desde que foi criada, o objetivo da CPI é trazer o enfoque para os envolvimentos do partido da presidente Dilma com o esquema de corrupção. Os inquéritos que estão sendo analisados pelo Supremo Tribunal Federal, por outro lado, mostram que a concentração do esquema estava sob a liderança do PMDB e do PP.
 
O esquema de propinas da Petrobras começou com o primeiro contrato de navio-plataforma com a holandesa SBM Offshore, em 1997, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
 
Assista à delação, aqui.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora