Bolsonaro: Vacina chinesa não transmite segurança “pela sua origem”

"A da China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população. Até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido lá"

Jornal GGN – Jair Bolsonaro voltou a provocar polêmicas sobre a negativa de autorizar a compra da CoronaVac pelo governo de São Paulo e testada pelo Instituto Butantan. Em entrevista à Jovem Pan, Bolsonaro disse que não tem segurança sobre a vacina chinesa “pela sua origem”.

“Da China não compraremos. Não acredito que ela transmita segurança para a população pela sua origem. Esse é o pensamento nosso”, disse o mandatário à rádio, na noite desta quarta (21).

A resposta foi dada após ser questionado se autorizaria a compra caso a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) registrasse.

Perguntado os motivos, insistiu: “Credibilidade. A ideia é dar espaço a outras vacinas mais confiáveis. Confiança também”. “A da China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população. Até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido lá”, completou.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora