Coronavírus: Brasil registra 1.179 mortes em 24 horas; total de óbitos se aproxima de 18 mil

De diagnosticados, o Brasil carrega a marca de 17.408 novos casos em 24 horas, alcançando 271.628 casos no total.

Foto Diário de Pernambuco

Jornal GGN – Mais um triste recorde é batido hoje no Brasil: 1.179 mortes em apenas 24 horas, e o número total de mortos alcança 17.971. A pandemia devasta o país enquanto o presidente continua fazendo seu discurso contra o isolamento e insuflando seus seguidores a desrespeitarem as decisões de governadores e prefeitos.

De diagnosticados, o Brasil carrega a marca de 17.408 novos casos em 24 horas, alcançando 271.628 casos no total. O terceiro país com maior número de infectados e o segundo em velocidade de infecção.

Os dados são do Ministério da Saúde. No último balanço, na segunda-feira, eram 254.220 infectados e 16.792 óbitos. O crescimento do número de casos, na comparação de hoje para segunda, é de 6,8% e o de mortes, 7%.

O Ceará ultrapassou o Rio de Janeiro em número de casos e o Pará ultrapassou o Amazonas em número de mortes.

Os estados com mais casos foram São Paulo com 65.995, Ceará com 28.112; Rio de Janeiro com 27.805; Amazonas com 22.132; e Pernambuco com 21.242.

Em número de óbitos, o estado com mais mortes também foi São Paulo (5.147) , seguido de Rio de Janeiro (3.079), Ceará (1.856), Pernambuco (1.741), e Pará (1.519).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pandemia do coronavírus também gerou explosão de mortes em casa

1 comentário

  1. O irresponsável já tentou desfazer da pandemia (gripezinha), não deu certo e tentou jejum, orações, pragas (já tá indo embora). Cloroquina, anitta, ministro destruidor do SUS, ministro insípido, ministro civil, ministro militar. Boicotes, fake news, desobediência, desrespeito, conspiração. Já não tem mais como encobrir sua culpabilidade e total desinteresse real pelo país e seu povo. Desprezo por instituições, cientistas. E estão esperando sangrar mais ainda sejam oposição, militares partidários do vice-general, mostrando que são cruéis e mesquinhos como os Bolsonaro, apenas em tons minorados.
    Parece que estão aguardando que numa bela quinta-feira de qualquer semana, a luz do bom senso e da civilidade recaiam sobre Bolsonaro, assim como temos tantos NENHUNS casos na história da humanidade.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome