Coronavírus: culpa dividida entre povo e Bolsonaro, diz jornal

Pesquisa diz que país sofreu mais que o esperado com a covid-19, mas entrevistados mostram-se divididos sobre responsabilidade

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A divisão ideológica cada vez mais evidente no Brasil também se reflete na percepção sobre o impacto da pandemia do coronavírus.

Pesquisa Ibope divulgada pelo jornal O Globo mostra que, embora 71% dos usuários de internet percebam que o impacto da covid-19 foi acima do esperado, as opiniões são divididas com relação às responsabilidades a respeito: enquanto 38% apontam o povo como responsável, 33% apontam o presidente Jair Bolsonaro.

A divisão por preferência política evidencia tal quadro: entre os que se declaram de direita, 8% veem o presidente como agente do agravamento, e 45% colocam mais responsabilidade na população. Entre quem se denomina de esquerda, 78% responsabilizam o presidente, enquanto 15% apontam para o povo brasileiro.

Desta forma, é possível perceber que a estratégia de rachar a opinião pública para obter território está dando resultado: Bolsonaro, que insistiu em promover medicamentos sem eficácia comprovada e contrariar o distanciamento social, parece contar com uma base de apoio de aproximadamente 30% mostrada em outras pesquisas.

O Ibope ouviu 2.626 adultos, no universo de classes A, B e C, entre os dias  21 e 31 de agosto, em todas as regiões do país.

 

Leia Também
Covid-19 – Balanço de momento: 27 milhões de casos, 875 mil mortes e 18 milhões de altas, por Felipe A. P. L. Costa

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Governos da Europa não estão preparados para segunda onda de Covid, diz Comissão

5 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome