Coronavírus: Governo da Índia alerta cidadãos contra a negligência em regras sanitárias

No total, o país tem 550.000 infecções registradas, quarto maior número do mundo, atrás dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

Jornal GGN – Narendra Modi, primeiro ministro da Índia, alertou os cidadãos contra a ‘negligência’ em seguir as diretrizes do coronavírus.

Os novos casos diários no país permanecem perto dos 20 mil e várias cidades se preparam para estender o bloqueio para tentar conter a propagação do vírus.

‘Desde que [o alívio das restrições] começou no país, a negligência no comportamento pessoal e social tem aumentado’, disse Modi em um discurso na televisão. Ele disse, ainda, que os cidadãos estavam ignorando as diretrizes sobre distanciamento social e lavagem das mãos.

Modi anunciou também um esquema para fornecimento de grãos alimentares gratuitos para 800 milhões de pessoas, a um custo de cerca de US$ 12 bilhões.

A oposição, no Congresso, criticou as medidas por serem inadequadas e, no lugar, pediu transferências diretas de dinheiro para os mais pobres do país.

Dados divulgados pelo governo da Índia mostram o registro de 18.522 novos casos em 24 horas, um pouco abaixo do último recorde, de 19.906, no domingo.

No total, o país tem 550.000 infecções registradas, quarto maior número do mundo, atrás dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

Com informações do The Guardian.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A pandemia e a lenta agonia de um país desgovernado (Volume 2), por Felipe A. P. L. Costa

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome