Coronavírus: INSS suspende atendimento presencial por 15 dias

Agências farão apenas os atendimentos que já foram agendados para três serviços considerados "essenciais"; para outros serviços, haverá realocação de datas

INSS suspende atendimento presencial por 15 dias. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Instituto Nacional do Serviço Social (INSS) suspendeu o atendimento presencial em suas agências por um período de 15 dias, como forma de contenção ao avanço do novo coronavírus.

A Portaria 375 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (18/03). Em nota, o INSS afirma que serão mantidos apenas os atendimentos agendados para cumprimento de exigências de requerimentos de benefícios previdenciários e assistenciais, perícias médicas previdenciárias e avaliações e pareceres sociais dos benefícios previdenciários e assistenciais.

Os segurados que estavam agendados para comparecer às agências para outros serviços deverão ser realocados para data posterior à suspensão. O INSS afirma que vai informar a nova data aos segurados. sem a necessidade de um novo agendamento.

Para evitar aglomerações na sala de espera das agências, o instituto determinou que o acesso seja limitado apenas aos segurados agendados para os próximos 20 minutos de cada agendamento, em especial da perícia médica. “Dessa forma, o acesso ficará restrito, evitando assim aglomeração de segurados no mesmo ambiente. Acompanhantes serão permitidos somente em situações indispensáveis”, diz o instituto.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Demora do Brasil em aderir à Vax Facility demonstra "pequeneza" do governo, diz sanitarista

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome