Coronavírus: Itália registra 353 mortes por Covid, a maior desde o início de maio

O governo disse que aumentará as restrições na próxima semana para tentar reduzir a taxa de infecção, incluindo a limitação de viagens entre as regiões mais afetadas e a introdução de um toque de recolher noturno.

Agência Brasil

Jornal GGN – A Itália registrou 353 mortes por Covid-19, o maior número diário desde 6 de maio e 233 na segunda-feira, 1. Cerca de 28.244 novas infecções foram registradas nas últimas 24 horas, ante 22.253 na segunda.

Um total de 39.412 pessoas morreram na Itália por causa do coronavírus, enquanto 759.829 casos da doença foram registrados até o momento.

A região norte da Lombardia, centrada na capital financeira da Itália, Milão, continuou sendo a área mais atingida, registrando 6.804 novos casos na terça-feira contra 5.278 na segunda-feira. A região vizinha de Piemonte foi a segunda mais afetada, registrando 3.169 casos.

O governo disse que aumentará as restrições na próxima semana para tentar reduzir a taxa de infecção, incluindo a limitação de viagens entre as regiões mais afetadas e a introdução de um toque de recolher noturno.

No entanto, está evitando reintroduzir um bloqueio nacional para tentar proteger a economia.

Com informações do The Guardian.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Governo Bolsonaro cancela compra de Boeing que poderia ajudar Manaus

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome