Coronavírus: Novo triste recorde no Brasil, 881 mortes em 24 horas

Segundo o Ministério da Saúde, o número de infectados no país, com diagnóstico por teste, é de 177.589 pessoas, sendo que 9.258 foram nas últimas 24 horas.

Foto Brasil de Fato

Jornal GGN – O número de mortos na pandemia de coronavírus registrou novo recorde nesta terça-feira: foram 881 novos óbitos, completando o total de 12.400 mortes. Apesar de serem publicados no boletim de hoje, as mortes podem ter ocorrido em dias anteriores, devido ao precário sistema de transmissão de dados no final de semana.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de infectados no país, com diagnóstico por teste, é de 177.589 pessoas, sendo que 9.258 foram nas últimas 24 horas. Na segunda, o total de infectados era de 168.331 e o de mortes confirmadas, 11.519.

Os estados com o maior número de casos são: São Paulo (47.719), Rio de Janeiro (18.486), Ceará (18.412), Pernambuco (14.309) e Amazonas (14.168).

Os estados com o maior número de mortes são: São Paulo (3.949), Rio de Janeiro (1.928), Ceará (1.280), Pernambuco (1.157) e Amazonas (1.098).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ônus do coronavírus alimenta corrupção no governo Witzel, mostra investigação

3 comentários

  1. Hoje passamos a Alemanha para ocuparmos o 7° lugar no mundo e por pouco não passamos a França, o que será feito amanhã, deixando-nos num triste sexto lugar em mortes e casos totais.
    O pior é que só nos EUA morrem mais pessoas por dia do que no braZil.
    E na contaminação diária, só perdemos para EUA e Rússia, sem esquecer que eles testam muitíssimo mais.
    Vamos “bem” nesta trágica corrida da gripezinha, declarada em rede nacional OFICIAL.
    Não seria isso mais um de muitos crimes?

  2. Esse problema da notificação deixa qualquer estatística inválida.
    Todo fim de semana é assim: baixa do sábado pro domingo, com permanência na segunda-feira; e quando vem a terça e a quarta-feira, eis a pancada!
    Nas últimas quatro semanas, nos números colhidos no site do Ministério da Sáude tivemos o seguinte quadro:
    (as sequências se referem aos sábados, domingos, segundas-feiras e por último às terças subsequentes)
    Semana a) dias 18/04, 206; 19/04, 115; 20/04, 113; 21/04, 166.
    Semana b) dias 25/04, 346; 26/04, 189; 27/04, 338; 28/04, 474.
    Semana c) dias 2/05, 421; 3/05, 275; 4/05, 263; 6/05, 633
    Semana d) dias 9/05, 730; 10/05; 496; 11/05, 396; 12/05, hoje, 881.
    Fica claro o acúmulo de casos para os segundos dias da semana. E perda cna qualidade da estatística, que É FUNDAMENTALÍSSIMA NA ANÁLISE DE QUALQUER PROCESSO DE GESTÃO.

  3. FECHA,FECHA TUDO LOGO,É PRA ONTEM,LOCK DOWUEEEEEE!!
    OBS:SE A MÍDIA DIZ Q ACONTECE O Q ACONTECE,ENTÃO É ISSO MESMOOOO!!!
    Nos salve vacina dos EUA !!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome