Entrega do Imposto de Renda é adiada para 30 de junho

Data foi prorrogada devido à pandemia da coronavírus; governo também anunciou que vai zerar o IOF sobre operação de crédito por 90 dias

Jornal GGN – O governo federal adiou a entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2020 por conta da pandemia do coronavírus. A data original de entrega estava programada para 30 de abril.

“Esse prazo venceria no próximo dia 30 de abril e está sendo prorrogado para entrega no dia 30 de junho. Portanto prorrogação por dois meses do prazo de entrega das pessoas físicas”, afirmou o secretário da Receita Federal, José Tostes.

Tostes ressaltou que o governo vai zerar a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) que incide sobre operações de crédito por 90 dias e o adiamento do pagamento de tributos federais para empresas.

Foram adiados ainda os pagamentos das contribuições para o PIS/Pasep e a Cofins e da contribuição patronal devidos entre abril e maio – agora, as empresas poderão fazer o pagamento entre agosto e outubro. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome