“Frase totalmente infeliz”, diz Lula, desculpando-se pelo “ainda bem” ao Covid-19

"Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus, porque está permitindo que os cegos enxerguem que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises", havia dito Lula

Jornal GGN – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu desculpas pela declaração na noite de ontem, celebrando o Covid-19 por permitir enxergar a importância do papel do Estado para lidar com crises. “Eu sei que foi uma frase totalmente infeliz, que não cabia”, desculpou-se.

Durante uma entrevista à Carta Capital, Lula fez a citação polêmica ao criticar a visão de bolsonaristas e liberais, de que “tem que vender tudo o que é público, e que tudo que é público não presta”.

“Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus, porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o estado é capaz de dar solução a determinadas crises”, havia completado o ex-presidente, neste raciocínio.

Entretanto, a frase dominou o noticiário na manhã desta quarta-feira (20), com críticas. Em transmissão ao vivo, Lula explicou que foi um erro dele na escolha das palavras.

“Se tivesse falando ‘infelizmente’, em vez de ‘ainda bem’… Tentei usar uma palavra para explicar, que no menosprezado SUS, é no auge da crise que a gente começa a descobrir a importância da instituição”, disse Lula.

“Eu sei uma frase totalmente infeliz que não cabia”, continuou.

O pedido de desculpas foi também dirigido aos que perderam familiares pelo Covid-19 e enfatizou que não retirava a seriedade da pandemia. “Eu sou ser humano movido a coração, eu sei o sofrimento que causa a pandemia, não poder enterrar seus parentes, eu não saio de casa do dia 12 até agora. Nasceu netinha minha eu não fui ver”, contou.

Leia também:  França corre o risco de perder o controle do coronavírus: conselho de ciência

“Acredito piamente que enquanto não tiver remédio a melhor solução para não pegar a doença é ficar em casa”, acrescentou, fazendo críticas ao posicionamento de Jair Bolsonaro, que é contra o isolamento social.

Assista à transmissão de Lula, pedindo desculpas:

Lula pede desculpas

Usei uma frase totalmente infeliz. A palavra desculpa foi feita pra gente usar com muita humildade. Se algum dos 200 milhões de brasileiros ficou ofendido, peço desculpas. Sei o sofrimento que causa a pandemia, a dor de ter os parentes enterrados sem poder acompanhar.Vídeo: Ricardo Stuckert

Posted by Lula on Wednesday, May 20, 2020

 

Leia também: A ideia da polarização: Para a mídia, Lula e Bolsonaro se equivalem, por Eliara Santana

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

27 comentários

    • Bendito virus que veio ensinar a humanidade, disse Claudia Raia num belo video no seu instagram no inicio da pandemia…..aplauso geral

  1. Lula errou no discurso e pediu desculpa. Bolsonaro erra na opção pela política do ódio, tornando-se imperdoável!…

  2. Qualquer imbecil entendeu o que Lula quis dizer mesmo com a frase sendo mal formulada, o que dirá um jornalista que deveria saber interpretar um texto…. é.por essas e outras não acredito no arrependimento da turma dos novos convertidos……
    O idiota que se diz presidente é um fardo muito pesado até para os xiitas e coxinhas…..essa turma só espers um fascista cheiroso e limpinho para beijar na boca, com corona vírus e tudo…..
    O que fulano e sicrano diz não interessa, o que importa são as atitudes, e na hora h esse povo mostra todo o preconceito e ignorância…..

    11
    • O Lula não fez merda, ele apenas se exprimiu de forma infeliz
      O Bolsonaro não se exprime de forma infeliz, ele faz merda

  3. O pior é que Lula estava certo. Disse em duras palavras o que já se tornou óbvio.
    Está sendo necessária uma tragédia global para ir derrubando décadas de discursos e práticas neoliberais visando o desmonte do Estado.
    Em grande medida, a própria contagem de mortos é resultado desse mesmo desmonte.
    E nem falemos dos outros mortos e dos miseráveis que o avanço neoliberal deixa pelo caminho.
    Poupem-me.
    Um país que elegeu Bolsonaro de repente foi acometido de recatadas suscetibilidades?

  4. Desculpas aceitas Excelentíssimo Sr. Presidente.
    Nem precisava. A grande maioria do povo brasileiro sabe o que o Sr. quis dizer. Verdade que não sai assim, muito bem. Mas a gente entende e o respeito continua total.

  5. É muito MI MI MI ..pra bom entendedor PINGO é letra ..pro mal intencionado, nem se te joelhos o cara te perdoa.
    LULA quis dizer que há males que vem pro bem ..que precisou vir uma pandemia pros NÈCIOS acordarem e refletirem sobre o papel do ESTADO na vida das pessoas
    O resto é uma choradeira que dá no saco, viu !!??

  6. A expressão “ainda bem” usada na frase foi mesmo infeliz. E Lula, na sua indiscutível experiência e perspicácia, deveria estar preparado para a costumeira distorção de suas idéias pela mídia hegemônica. Afinal, o golpe para qual tal mídia trabalhou ainda não terminou, pois o serviço sujo na economia continua em andamento e falta muito para se concluir, com a destruição do Estado brasileiro. E a celeuma criada, numa repugnante exibição de má fé de TODOS os jornalistas que se dedicaram a atacar o ex-presidente, teve dois objetivos, a meu ver: o mais importante, acredito, foi desviar a atenção do público para o fato inconteste de que o Estado tem de se forte sempre, mas sobretudo para enfrentar situações como esta pandemia; o contrário da pregação dos golpistas. O segundo, tentar desmoralizar Lula, equiparando-o ao genocida filho do golpe.

  7. A arte de discutir o acessório, como dizia o Mino Carta. No lugar do “ainda bem” deve-se ler “se tem algo positivo nesta pandemia”. De todo modo, mostra mais uma vez o peso do que o Lula fala.

  8. “Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o estado é capaz de dar solução a determinadas crises”.

    Tá bom, senhor Luis Felipe Miguel, agora o “Senhor”, poderia analisar o resto do conteúdo do pensamento expressado pelo Lula?

    Qual seria o papel do Estado? Quais as funções prioritárias na Economia e na Saúde?
    As pessoas frente a esta crise sanitária mundial sem precedentes vão realmente deixar de ser cegos e reavaliar a importância do Estado frente a este pesadelo do Neoliberalismo?

    Honestamente? Acho sintomático o Lula ter usada o palavra CEGO!

    Até o senhor, Luis Felipe Miguel, a quem eu respeito muito por seu pensamento, suas colocações, pela produção acadêmica e enfrentamento do movimento fascista caiu nesta ARMADILHA da direita tosca aliada à mídia conservadora.
    Vai dar um “gogada” em “Frase de Lula”.
    Só aparecem links de matérias dele se desculpando.
    O pensamento, a discussão do papel do Estado se perdeu, na verdade nem aconteceu.
    É esta a praga do Bolsonarismo! Eles adotaram a prática do jornalismo de esgoto, superficial, que é diversionista por excelência.
    Se apega a detalhes, faz um carnaval em cima do que é acessório e despreza ou omite aquilo que é essencial.
    E aqui ficamos e permanecemos discutindo abobrinhas.
    Lamentável!

  9. Lula fez certo ao pedir desculpa por frase infeliz.
    Por Luis Felipe Miguel

    Lula falou merda.

    Foi tirado de contexto? Foi. É comparável às barbaridades de Bozo relincha todo santo dia? Óbvio que não.

    Mas um cara com a estrada dele sabe o que acontece cada vez que dá uma bola fora. Sabe que a Globo – nossa “aliada” agora, não? – não vai perdoar, sabe que a mídia corporativa toda vai amplificar sem a menor intenção de contextualizar.

    Dito isto, qual a relevância do fato? Pouca, eu acho.

    A minionsfera está fazendo um carnaval. Mas faria com qualquer outra coisa – nem precisa acontecer, eles inventam. E eles não precisam de motivo para odiar Lula, já vem de fábrica.

    Para todos os outros, é aquilo que é: uma declaração infeliz, nada mais.

    Acho que o impacto maior é sobre quem se acostumou a pensar que Lula nunca erra. Bom, erra – está provado mais uma vez. A meu ver, erra às vezes de forma bem mais grave do que agora.

    É a maior liderança popular da nossa história, uma figura incontornável para a oposição. Ninguém duvida disso.

    Mas a esquerda brasileira tem que ser maior do que ele.

    PS. Acabei de ver que Lula pediu desculpas por ter usado “uma frase infeliz que não cabia”. Fez certo. Ponto para ele.

  10. “contra a vontade da humanidade” e “porque esse monstro” estão faltando na chamada e isso muda o sentido da oração.

  11. Desculpe.
    Ele não pediu desculpas a todas as pessoas.
    “Se algumas pessoas ficaram ofendidas eu peço desculpas…”

    Frases infelizes que estão recheando nossa realidade há tempos.
    Difícil.

  12. Já o bolsonaro pode falar qualquer merda que ninguém repara.
    Lula não deve desculpas a ninguém por ter falado a verdade. Será que ele perdeu o senso?
    Se ele tivesse dito, NÃO TENHO DO QUE ME DESCULPAR, teria se aproveitado desse breve momento de visibilidade em seu favor.

  13. Após o intervalo causado pela pandemia, o julgamento (№ 0807268-31.2020.8.23.0010) sob o codinome “Rússia e Ucrânia contra O GLOBO” foi retomado.
    Cidadãos da Rússia e da Ucrânia acusam o centro de mídia brasileiro de disseminar deliberadamente calúnias, insultos, danos morais, roubo e divulgação de dados pessoais e incitação à xenofobia.
    Este é um crime descrito neste vídeo:
    https://www.youtube.com/watch?v=b397u8GsLj0

    • Isso mostra que a frase do Lula basta mudar duas palavras e a frase dele se torna 100% correta, agora para o Bolsonaro nem trocando ele e o discurso por completo tem salvação.

  14. É lamentável também a postura de gente do Ciro Gomes, que aderiu à pauta da grande mídia em colocar Lula e Bolsonaro no mesmo patamar. Simplesmente lamentável e revoltante. Aliás, Celso Laffer também se manteve “neutro”, nem afirmando, nem negando, no Roda Viva, face à pergunta se ele achava os governos petistas semelhantes ao governo Bolsonaro no tema da política externa. É muita falta de caráter mesmo!

  15. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome