GGN Covid: EUA lideram alta de casos e óbitos no mundo

Com exceção dos Estados Unidos - líder em óbitos -, os 5 países restantes são europeus. O 6o é o Brasil.

Agência Xinhua

Permanece a queda de casos global: 16,3% a menos que há 7 dias e 28,7% a menos que há 14 dias. 

Três continentes mostram alta de casos: América do Norte, do Sul e África.

Mas, mesmo em queda, Europa ainda lidera novos casos.

Estados Unidos, Alemanha e Itália lideram os novos casos.

Na América do Norte, há uma alta cosnistente.

É impressionante o salto de casos nos Estados Unidos.

Na Ásia, há uma queda de casos e a China conseguiu trazer sua média de casos abaixo de 20 mil diários, 29% de queda em 14 dias.

Relatório de óbitos

Os óbitos continuam caindo no global, mas crescendo na América do Norte, Oceania e América do Sul.

Apesar da queda, Europa continua dominando em número de óbitos.

Com exceção dos Estados Unidos – líder em óbitos -, os 5 países restantes são europeus. O 6o é o Brasil.

Por aqui, percebe-se melhor a elevação da média de óbitos nos Estados Unidos.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

foo

- 2022-05-08 16:47:49

Procure por "Data on hospital and ICU admission rates and current occupancy for COVID-19" e você terá uma ideia mais precisa da situação atual. Eu posso estar enganado, mas, do ponto de vista hospitalar a situação parece estar sob controle.

foo

- 2022-05-08 11:49:16

Nassif, Qual é a situação dos sistemas de saúde nos EUA e na Europa? Se você se lembrar bem, a maior preocupação com as primeiras ondas da COVID era "achatar a curva" para não sobrecarregar os sistemas de saúde. Enquanto houver espaço nos hospitais, a taxa de mortalidade da COVID fica em torno de 0.5%. O problema é se o sistema de saúde não der conta dos novos casos; se isso acontecer a mortalidade pode aumentar radicalmente. Por isso eu recomendo incluir a taxa de ocupação hospitalar em suas próximas análises.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador