OMS pede que não se desperdice os sacrifícios de 2020

Milhões estavam fazendo "sacrifícios de partir o coração" para ficar longe de seus entes queridos no dia de Natal, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus em um videoclipe postado no Twitter

Jornal GGN – Os sacrifícios feitos para proteger as pessoas durante a pandemia do coronavírus não devem ser desperdiçados durante o período festivo, disse o chefe da Organização Mundial da Saúde em uma mensagem de Natal.

Milhões estavam fazendo “sacrifícios de partir o coração” para ficar longe de seus entes queridos no dia de Natal, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus em um videoclipe postado no Twitter na noite de quinta-feira, enquanto outros terão um rosto ausente na mesa da família.

Ele disse que as vacinas, agora sendo implantadas em países ao redor do mundo, estão começando a oferecer uma saída para a crise que envolveu o planeta este ano.

“À medida que 2020 chega ao fim, uma pandemia de proporções históricas está impedindo muitos de nós de comemorar da maneira que gostaríamos”, disse Tedros.

“Em vez disso, centenas de milhões de pessoas estão hoje fazendo grandes sacrifícios de partir o coração ao ficarem separadas para permanecerem seguras.

“Mas, ao fazer isso, eles estão dando os dons mais preciosos: os dons da vida e da saúde.”

O novo coronavírus já matou pelo menos 1,7 milhão de pessoas desde que o surto surgiu na China em dezembro passado, enquanto quase 78,7 milhões de casos foram registrados, de acordo com uma contagem de fontes oficiais compiladas pela AFP.

“Em todo o mundo, ao longo dos anos mais difíceis, vimos repetidamente os sacrifícios de tantas pessoas para proteger e preservar a vida”, disse Tedros.

“Não devemos desperdiçar os seus sacrifícios, nem os feitos por tantas famílias que, nesta época festiva, vão sentar-se às mesas com saudades de um rosto familiar”.

“Apesar de tantas perdas, construímos muitas esperanças. As vacinas estão oferecendo ao mundo uma saída para esta tragédia. Mas levará algum tempo para que o mundo inteiro seja vacinado.”

De acordo com a visão geral da OMS de diferentes vacinas candidatas, 61 entraram em testes em humanos, 16 dos quais atingiram o teste de massa em estágio final.

Outras 172 vacinas candidatas estão sendo desenvolvidas em laboratórios com vistas a eventuais testes em humanos.

Tedros disse: “Devemos continuar nos confortando no fato de que, cuidando dos outros, através de atos de solidariedade e segurança, podemos compartilhar o maior de todos: o dom da vida”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome