Saúde: Cargo prometido ao Centrão acaba na mão de militar

Coronel Luiz Otávio Franco Duarte assume Secretaria de Atenção Especializada, responsável por liberar recursos para custear leitos hospitalares

Jornal GGN – O cargo de Secretário de Atenção Especializada (Saes) do Ministério da Saúde, cobiçado por partidos do Centrão nas negociações com o governo Jair Bolsonaro, parou nas mãos da ala militar: o escolhido é o coronel Luiz Otávio Franco Duarte, indicado pelo ministro interino Eduardo Pazuello.

Tal secretaria é cobiçada por ser a responsável pela liberação de recursos para o custeio de leitos hospitalares no país. Ao longo do período da pandemia do coronavírus, a Saes direcionou R$ 911,4 milhões para o funcionamento de 6.344 quartos de UTI específicos para a covid-19 por um período de 90 dias.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, o cargo estava prometido ao médico Marcelo Campos Oliveira, que atualmente integra a estrutura do Saes. Embora Oliveira tenha sido indicado pelo ex-ministro Nelson Teich, ele teve o aval de líderes do Progressista (antigo PP) e do PL, que tem debatido a ocupação de postos dentro do governo Bolsonaro.

Com essa indicação, o Ministério da Saúde chega a 20 militares ocupando cargos comissionados desde que Pazuello assumiu a pasta (de forma interina), e outros 20 devem ingressar na pasta. O atual responsável pela pasta diz que sua passagem será de aproximadamente 90 dias, e terá como foco o combate à pandemia do coronavírus.

 

Leia Também
Doria define data para começar a suspender a quarentena em São Paulo
França proíbe uso de hidroxicloroquina contra coronavírus
Minas registra aumento de 648% nas mortes por síndrome respiratória em 2020
Coronavírus: Estudo prevê 125 mil mortes no Brasil até agosto
GGN prepara dossiê sobre trajetória de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Covid GGN: Brasil continua liderando total de óbitos no mundo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome