Home CPI da Covid Médico pneumologista será o último depoente na CPI da Pandemia

Médico pneumologista será o último depoente na CPI da Pandemia

Médico pneumologista será o último depoente na CPI da Pandemia
Foto: Pedro França/Agência Senado

Jornal GGN – A CPI da Pandemia mudou sua programação perto da apresentação do relatório final: a última pessoa a ser ouvida pelos senadores não será o ministro da Saúde Marcelo Queiroga, mas o médico pneumologista Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho, autor de um trabalho técnico que condena o uso de substâncias sem eficácia contra a covid-19.

A oitiva segue programada para o dia 18 de outubro. “Agora vamos tentar tirar o máximo do médico Carlos Carvalho. Ele também está pesquisando  um protocolo de medicamentos para serem usados nas unidades básicas de saúde no tratamento da covid. Não esse tratamento precoce propagado pelo governo, onde até a bula de um remédio tentaram mudar por decreto. É um estudo sério”, informou o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD), em suas redes sociais.

Embora Queiroga não seja ouvido pela terceira vez, Aziz disse ainda que ele não será esquecido pelo relator. O comando da CPI chegou à conclusão de que o chefe da pasta não teria muito mais a acrescentar ao relatório final. “A população quer resultados. E posso dizer que vai ter um capítulo especial para o ministro da Saúde”, garantiu. 

A leitura do voto do relator, senador Renan Calheiros (MDB), está programada para ocorrer em 19 de outubro, com a votação do texto ocorrendo no dia seguinte. As informações são da Agência Senado.

Leia Também

Covid-19 – Um balanço de momento e uma representação gráfica de como o fim da pandemia está a ser adiado, por Felipe A. P. L. Costa

CPI quer ouvir coordenador de estudo contra uso do ‘kit Covid’, ao invés de Queiroga

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile