Bolsonaro diz que há um complô de Doria, Maia e Moraes para derrubá-lo

Segundo a teoria da conspiração, Alexandre de Moraes, que já foi tucano, teria se aliado a Doria, numa conspiração paulista para derrubar Bolsonaro e abrir caminho para que o governador consiga a Presidência em 2022.

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro acredita que há um complô entre o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, e do governador de São Paulo, João Doria, para derrubá-lo do governo. A informação saiu na coluna de Monica Bergamo, na Folha.

Segundo a coluna ele já expressou a desconfiança a mais de um interlocutor e o desabafo chegou aos ministros de tribunais superiores.

Segundo a teoria da conspiração, Alexandre de Moraes, que já foi tucano, teria se aliado a Doria, numa conspiração paulista para derrubar Bolsonaro e abrir caminho para que o governador consiga a Presidência em 2022.

A estratégia, segundo apurou a colunista, seria desgastar Bolsonaro para chegar ao impeachment, sob comando de Maia. Outra estratégia seria cassar Bolsonaro no Tribunal Superior Eleitoral, e Moraes também está lá.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora