Bolsonaro não revela detalhes da conversa com conselheiro dos EUA

Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – Jair Bolsonaro não deu detalhes da reunião de 1 hora que teve com John Bolton, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, nesta quinta (29). Bolton, por sua vez, deixou o encontro sem falar com a imprensa. No Twitter, postou uma mensagem genérica afirmando ter tido boa conversa com o presidente eleito e sua “equipe de segurança nacional”.
 
Em entrevista na Vila Militar do Rio de Janeiro, Bolsonaro falou pouco que debateu com Bolton “questões internas que interessam aos dois países: geopolítica, a questão armamentista, Venezuela, Cuba.” Segundo eles, a aproximação renderá “frutos econômicos de que nós precisamos em grande parte, e eles também precisam.”
 
Bolsonaro também disse que assuntou com Bolton a mudança da embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, como fizeram os Estados Unidos. Pelos relatos de O Globo, ele não disse qual foi a reação do emissário. “Em Jerusalém, ali tem duas partes. Uma parte não está em litígio. A embaixada americana foi para essa parte”, disse.
 
Sobre a Venezuela, Bolsonaro tampouco ofereceu detalhes. “Bolton tem defendido o combate, com sanções e isolamento, ao que chama de ‘troica da tirania’, formada por Venezuela, Cuba e Nicarágua”, publicou O Globo.
 
“Tive uma ampla e muito produtiva discussão com o presidente eleito do Brasil Bolsonaro e sua equipe de segurança nacional. Estendi o convite do presidente Trump para Jair Bolsonaro visitar os EUA. Nós esperamos uma parceira dinâmica com o Brasil”, escreveu Bolton na rede social.

6 comentários

  1. Meu deus…Se na Europa
    Meu deus…

    Se na Europa Trump é tratado como um adolescente irresponsvel, um bebezao, um idiota do time da escola, como nos filmes teen, como será que estao vendo esse governo eleito no Brasil?

    Arrisco um palpite: ou sao vistos como rematados imbecis, ou como malucos de hospicio.

  2. Que pobreza. Um verdadeiro
    Que pobreza. Um verdadeiro suburbano deslumbrado, típico habitante da Barra da Tijuca, recebe um representante de pais estrangeiro com uma verdadeira farofada de pobre, com direito a cachos de banana e caixas de leite longa vida espalhados sobre a mesa da copa. O Biruta do Bolton não deve ter entendido nada.

  3. então tá

    Acreditar acreditar que um presidente iletrado a tropeçar nas frases com mais de três palavras pode, olho nos olhos tratar “em ingres”  com as raposas do norte?

    Agora é verdadeira a do papagaio da ccr que disse ter dado dinheiro ao psdb por etc. etc!

  4. A minha dúvida é se uma

    A minha dúvida é se uma antiga demanda dos coxinhas e bolsominions foi atendida.

    Tal demanda era usada como chacota a Lula e Dilma.

    Eis a dúvida:

    Bolsonaro conversou com o Bolton em inglês?

  5. Não revela o conteúdo do que

    Não revela o conteúdo do que foi discutido porque ele não entendeu coisa alguma.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome