Casa Civil rejeita Iolene como número dois do MEC

O anúncio de que Iolene seria a secretária-executiva foi feito por Veléz na quinta, dia 14. Mas foi anunciar e já apareceu resistência de aliados de Olavo de Carvalho

Foto Jornal de Brasília

Jornal GGN – A que seria a número dois do ministério da Educação, Iolene Lima, nome indicado pelo ainda ministro Ricardo Vélez, foi rejeitada pela Casa Civil para ocupar a Secretaria-Executiva da pasta. Iolene é a segunda escolha de Vélez a ser barrada no Planalto.

Integrantes do MEC e aliados de Olavo de Carvalho no governo confirmaram a informação, diz a coluna Painel, da Folha. O ministro deverá conversar com Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e com Jair Bolsonaro, o presidente, durante este final de semana. O recado dado, porém, é de que Iolene não vai para o cargo.

O anúncio de que Iolene seria a secretária-executiva foi feito por Veléz na quinta, dia 14. Mas foi anunciar e já apareceu resistência de aliados de Olavo de Carvalho. O grupo de olavetes viu na indicação a influência do coronel Roquetti, que era diretor do MEC, e de Luiz Antonio Tozi, quer era secretário-executivo. E os dois foram demitidos or Vélez ao longo da semana a pedido do guru ideolótico em pauta.

Então foi anunciado Rubens Barreto, na terça dia 12. No dia seguinte foi cancelada a nomeação. As pressões foram muitas. Agora Iolene.

Iolene é evangélica e já trabalhava na Secretaria de Educação Básica do MEC, sendo escolhida interinamente para o cargo para tentar pacificar o guru Olavo e, ao mesmo tempo, atender a base evangélica do presidente. Não agradou a ala ligada ao guru e também não contemplou a bancada evangélica. Iolene ficou de fora.

GGN recebeu um vídeo que mostra as intenções de Iolene Lima para o MEC. A preterida tinha uma visão bem fundamentada para a educação, a Bíblia. Todo e qualquer ensinamento começaria com a Bíblia, antes de abrir o leque. Veja o vídeo a seguir.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  GGN Covid SP: Em uma semana, ocupação de leitos na capital passa de 50% para 58%

25 comentários

  1. IMpressiona a quantidade de pessoas – ditas do bem e até bem aquinhoadas culturalmente – que simplesmente não conseguem conviver com a realidade. O “monte” de aloprados é de dar medo em hienas e nojo em lesmas.

  2. SR.OU SRA. MODERADOR (A)…..PERDOE FUGIR DO ASSUNTO DESTE TEXTO SOBRE UMA TAL IOLENE….MAS É QUE ONTEM, 15/3, O GGN PUBLICOU AQUI QUE “LULA GANHA PRÊMIO DE DIREITOS HUMANOS…DA FEDERAÇÃO AMERICANA DO TRABALHO E ETC…….. E É PRECISO RESPONDER A UM QUESTIONAMENTO QUE FIZ LÁ NOS COMENTÁRIOS SOBRE O PRÊMIO……… AFINAL, FALTOU ESCLARECER DAS MÃOS DE QUEM LULA “RECEBEU O PRÊMIO”, ONDE O RECEBEU, QUANDO O RECEBEU, QUEM ERAM TODAS AS PESSOAS QUE ESTAVAM ABRAÇANDO LULA? AFINAL, ELE SAIU DA PRISÃO PARA SER ABRAÇADO NA RUA?….É UMA QUESTÃO JORNALÍSTICAS QUE PRECISA SER ESCLARECIDA……..MAS NÃO SOMENTE AQUI ONDE ESTOU COMENTANDO, HOJE, MAS LÁ NO ESPAÇO PARA OS COMENTÁRIOS LOGO APÓS A NOTICIA DO RECEBIMENTO DO PRÊMIO…………e finalmente uma questão que precisa ser respondida de alguma forma: como fazer para conseguir assinar apoiamentos para que Lula receba o Nobel da Paz? por favor, respondam………..respondam por favor……respondam por favor……respondam por favor……

    • Nooossa onde e em que rua ele foi abraçado? Puxa, perdi esta, pois também queria e quero abraça-lo.

    • Ele ganhou, não recebeu. Vai receber na primeira oportunidade que ele possa comparecer à solenidade de entrega. Quanto ao Nobel da Paz, você chegou atrasado já passou da data limite. E o apoiamento exigia do apoiador algumas condicionantes: Já ter sido agraciado com o premio; Ter formação de nível superior, e outras.
      PS.: Você não me perguntou. Mas respondi por achar que um mal educado como você – que GRITA querendo impor a sua “razão”, merecia um pouco de atenção para ficar mais calmo.

  3. Um perfil assustador, no Ministerio da Educação da Nigeria, há gente mais qualificada.
    Afrontar o Estado laico é afrontar a Republica.

    • André Araújo, mais assustador é saber que Olavo tem poder de vetar a indicação, tanto por achar que ela não serve (olha o nível da indicada), como por ser ouvido e atendido.
      Um século será pouco tempo para afastar essa treva da educação, as sementinhas estão crescendo feito erva daninha.

  4. Cuidado Copérnico, Galileo Galilei, depois de quinhentos anos ainda na berlinda.
    Será que o estoque de idiotas evangélicos bíblia no sovaco é tão grande?

  5. Caminhamos (ou já nos encontramos?) na direção da maior desgraça do futuro…
    o desenvolvimento espantoso das técnicas de identificação pessoal e funcional via Bíblia

  6. Isso não é honesto. O vídeo que ela gravou fala das intenções para a escola confessional que ela dirigia e não para o MEC. Falta muita leitura hoje em dia…

  7. Em tempos de crise, é comum k surja uma Iolene sem noção, k defenda uma pedagogia baseada na mitologia do judaco-cristã. Esse comentário paranóico fez os corpos de Galileu Galilei, Giordano Bruno e outros filósofos e cientistas removerem dentro de seus túmulos,

  8. Daqui a poucos anos o brasileiro vai descobrir que o custo da corrupção é um ínfimo, se comparado ao custo da incompetência desse desgoverno em áreas estratégicas como educação, ciência e tecnologia, meio ambiente, agricultura, relações exteriores. Sem falar no entreguismo puro e simples desses toscos fundamentalistas. Que os militares aceitem associarem seus nomes a esse desgoverno mostra bem o nível de desfaçatez e falta de patriotismo dessa gente

  9. Por favor, quando até o GGN começa a confundir coisas básicas, sem apuração, começo a ficar meio desesperado. Que o nome de Iolene LIma seja rejeitado tanto por olavetes como pela bancada evangélica, é interessante, e sugere uma guerra intransigente por cargos, que só admite alinhados estritos. Momento em que o jornalismo é fundamental, para que se saiba o que está acontecendo nos bastidores do MEC. Hora de reportagem. Mas aí a matéria acima diz que a tal Ionele apresentou intenção de projeto para o MEC baseado na bíblia, que simplesmente não é verdade. No tal vídeo, do qual o trecho que está circulando é parte, ela fala do programa do colégio religioso que dirigia na época em que foi entrevistada. Qq coordenador pedagógico das centenas de colégios PARTICULARES confessionais, católicos, batistas ou o que seja, diria que seu programa educativo segue princípios cristãos. Sigo sem saber o que pensa a tal Iolene sobre a educação pública. Pior: sem saber quais as relações dela com as forças, e projetos, que se digladiam no MEC (só como pista: batistas não são base da bacanda evangélica, dominada por neopentecostais).

  10. Tento me segurar pra não discutir a respeito deste “governo”, que exonera pessoas “ideológicas” (segundo a concepção pra lá de inteligente dessa gente) pra colocar gente que afronta o Estado laico. Já não sei se isto é pelo fato de a direita não ter estudado ou se é má-fé mesmo, pra criar falsa polêmica, igual àquelas revistas de fofoca.
    O pior é que não vejo o Bolsonaro como um mau governo, simplesmente. Acho que ele é um espírito de época. O comportamento dele trouxe à tona toda uma série de perversões (um reichiano esperto diria, por baixo do “caráter”, do “jeito” da pessoa, há uma série de conflitos, supercompensações, perversões, ódio) e descobrimos a mediocridade, enfim. Mesmo à esquerda, alguns militantes são quase um superego, a “má consciência” de alguém, outros são apenas arrogantes e tem a resposta pra tudo. Como a direita brasileira tem fundamento muito conservador, estereotipado e por muitas vezes mal informado sobre o liberalismo – portanto, chega à extrema-direita com rapidez e facilidade -, a esquerda também perde sua identidade, pois vai nessa valsa numa perspectiva menos de avanço civilizatório do que eleitoral (não pode afirmar suas pautas). Outro dia mesmo, eu lia boletins de sindicatos que ficavam mais presos às briguinhas do nicho, do partido X, Y, A e B, comportamentos viciados, burros mesmo, de quem age assim pois é a única maneira que sabem agir! Claro que não há um partido liberal-democrático moderno no Brasil, que pense welfare state, papel do Estado de modo claro, de Direito, sistema jurídico de pesos, contrapesos e, por exemplo, justiça distributiva. Em palestras, ouvi gente dizendo que a direita “roubou” pautas da esquerda… É um erro, são pautas liberais e a esquerda perdeu o rumo desde o momento em que começaram a pulular a ONGs no Brasil. Ao fim e ao cabo, esta aparente heterogeneidade, sobreposição fatual e contradição deveria estimular discussões mais profundas para a renovação do pensamento liberal e do pensamento de esquerda no Brasil. Ora, se já existem estas discussões, onde estão as respostas em forma de movimentos políticos? A esquerda em especial tem que deixar essa ideia de tomar poder político com base no esgotamento da direita, pois só pega lugar sujo pra limpar e, se não faz o serviço inteiro, ainda o povo reclama (a esquerda também tem que deixar de ser vidraça pra esse povo hipócrita, conformado e mal-agradecido).

  11. Essa gente não pensa em Brasil nem em Deus. Não tem respeito por nada, além do dinheiro que podem arrecadar para seus templos e canalizar para seus bolsos.
    Conseguiram unir quase a metade dos brasileiros em volta dessa barbaridade.
    Todo dia me pergunto como esse povo pode ser tão besta?

  12. O atual MEC se concentra em discutir se Olavo quer ou não quer, e Velez indica uma pessoa totalmente desqualificada, que quer o retorno ao ensino medieval, parecendo uma seguidora de Santo Agostinho, ela provavelmente crê que o conhecimento vem apenas pela revelação, que só virá pela leitura das escrituras. Mas ela é apenas um chamariz, uma isca. Enquanto o MEC ataca as universidades, o ensino médio, enquanto a área economica promete que as universidades devem perecer, afinal, não se repõe mais ninguém, segundo Guedes, imaginem o que Guedes pensa da expansão das universidades. Destroçando o orçamento para a pesquisa, não permitindo a expansão das universidades, e sufocando os orçamentos atuais, e assassinando as reputação das universidades através do ataque do MP, na chamada Lava Jato da Educação, tudo isto vai abrir espaço, para a expansão do grupo BR Educacional, de propriedade de Guedes. Todo o contingente que poderia ir para as Universidades Publicas, cairão no golpe dos Vouchers e nas arapucas de Ensino PRivado SUperior. Guedes demonstrando ou uma ignorância profunda sobre o papel da universidade ( não acredito) ou uma profunda ganância ( nisto eu acredito) , afirma que tudo será digitalizado. Isto é as universidades serão vistas apenas com fornecedoras de cursos a distância, sem pesquisa, sem extensão e sem professores. E todas estas instituições estarão sujeitas a simplesmente um administrador encarregado de cortes. Em ato recente uma instituição privada em Santa Catarina, fechou um curso de Engenharia Civil transferindo os alunos para um curso a distância. ( Não houve acordo nem negociação. Despediu os professores e quando inquirida sobre se estes professores seriam aproveitados nas atividades do curso a distância, a resposta foi: não todo o “material já vem pronto da matriz”. Enquanto tudo isto ocorre a preocupação do governo e atacar as universidades publicas, e criar polemicas com escolhas de desqualificados para o ministério de maior importância. Enquanto discutimos Iolene, a caravana de Guedes passa ao largo.

    • Somente para fins de curiosidade, gostaria de saber qual o nome dessa instituição que fechou o curso presencial de Engenharia Civil, demitiu professores, e transferiu os alunos para o EAD?.

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome