Mourão diz que demissão de Bebianno “não passa de hoje”

Setor militar pressiona pela saída imediata do ministro. Enquanto isso, apenas o vice, general Hamilton Mourão, fala: "de hoje não passa"

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – Ainda em situação indefinida pela falta da publicação no Diário Oficial, a exoneração do ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, ainda é esperada para ocorrer hoje (18). A informação foi confirmada pelo vice-presidente Hamilton Mourão: “de hoje não passa”.

A declaração do general foi dada ao jornal O Estado de S. Paulo: “Bebianno vai ser exonerado hoje pelo presidente”, disse Mourão. A expectativa é que por volta das 17h desta segunda-feira outros detalhes serão dados sobre a decisão de demitir o ministro, que concentrou o ápice da crise dentro do PSL nos últimos dias. 

Isso porque ao final do dia está marcado para ocorrer um briefing com mais informações dadas pelo porta-voz, o general Otávio Rêgo Barros. Por enquanto, contudo, o presidente Jair Bolsonaro, que é o responsável pela decisão, ainda não se manifestou publicamente no dia de hoje.

De dentro do governo, aliados e principalmente o setor militar pressionam para a demissão rápida de Bebianno, que deve dar lugar ao general Floriano Peixoto no posto, o oitavo militar a ocupar um cargo dentro do governo Bolsonaro.

Por isso, Mourão também indica que a demissão deve ocorrer o quanto antes.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Se Brasil não flexibilizar teto dos gastos, economia sofrerá shutdown em 2021, alerta Luis Oreiro

3 comentários

  1. VERDADE NUA E CRUA

    “Façamos a revolução, antes que o Povo a faça”. Antonio Carlos de Andrada.

    Nassif: essa verdade tá mais pra crua que pra nua. Óbvio, o triste espetáculo que a Nação está vivenciando vem do circo criado e patrocinado pelos VerdeOlivas, que não sabem fazer outra coisa senão fuxicar com outras Armas e empresários corruptos para depor governantes legalmente constituídos, seja por golpes armados, seja por desestabilizá-los com fabricadas manifestações populares e fakenews da grande mídia, como fizeram (repeteco) em 2016. São mestres nessa arte, desde o século retrasado. Tá lembrado daquela ministra que condenava porque a Lei lhe permitia? Assim são estes. E quando a Lei não permite, derrubam a Lei.

    Acusaram o SapoBarbudo pelas maracutaias implantadas pelo Príncipe de Paris e seu bando. Não que NoveDedos seja santo. É político de alta eficiência e inteligência. Tanto que conseguiu a façanha que a DemocraciaFardada não foi capaz nem de supor nesse 130 anos de atuação. Tirou o País da merda que eles haviam lançado, desde 1889. Tentou redistribuir rendas para as classes menos favorecidas, coisas que a praga prevista por Saint-Clair teria que, constitucionalmente, cuidar. E fez isso na manha, sem dar chances a eles de depô-lo pelas armas, com estava planejado desde 2002. Pena que, a partir de 2004, o RetirantePresidente não meteu agrotóxico neles (antes, separando a boa cepa).

    Assim, fizeram com que agentes estrangeiros plantados nos múltiplos escalões do Judiciário levassem o MelianteOperárioNordestino em cana. Com os mais baixos requintes de crueldade e desonra. E ainda premiaram safados, inclusive delatores inteligentemente plantados, uns com “prisão domiciliar”, outros, com vantagens nesta ou naquela estatal. Dizem até que alguns foram agraciados com altos postos na administração.

    Parece ironia. Gastar rios e rios de dinheiro pra manter gendarmeries só pra plantar bombas em shows populares, infiltrar espiões em grupo de estudantes secundaristas e dar porradas no Povão você não acha um pouco dispendioso e caro?

    PS: será que o “sensor” vai deixar passar esse?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome