Coronavírus: Vacina testada no Brasil é a melhor candidata, diz OMS

Vacina produzida pela Universidade de Oxford é a "mais avançada" no mundo e lidera a corrida contra o coronavírus

Jornal GGN – A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta (26) que a vacina produzida pela Universidade de Oxford, testada no Brasil, é a “mais avançada” no mundo e lidera a corrida contra o coronavírus.

A cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan, também disse que a pesquisa da americana Moderna “não fica muito atrás” dos trabalhos da AstraZeneca, que atual em parceria com Oxford.

A última fase dos ensaios clínicos da vacina de Oxford já começaram a ser testadas em 2 mil voluntários em São Paulo e no Rio de Janeiro, em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e com a Rede D’Or. A informação foi confirmada na segunda pela Fundação Lemann, que financia o projeto.

Além da vacina de Oxford e da americana Moderna, a China também desenvolve um imunizante com a empresa Sinovac, que fechou parceria com o Instituto Butantan para realizar os últimos testes no Brasil. Serão 9 mil voluntários.

Leia mais:

Instituto Butantan, de SP, põe Brasil na corrida mundial pela vacina contra coronavírus

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Covid-19 terá duração prolongada, diz Comitê da OMS

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome