CPI no Senado aprova condução coercitiva de curador da exposição ‘Queermuseu’

Gaudêncio Fidélis, curador da exposição Quuermuseu. Foto: Guilherme Santos/Sul21

do Sul21

CPI no Senado aprova condução coercitiva de curador da exposição ‘Queermuseu’

A CPI dos Maus-tratos do Senado aprovou, na quarta-feira (08), requerimentos para a condução coercitiva do curador da exposição Queermuseu, Gaudêncio Fidélis, e também do artista que fez performance nu no Museu de Arte Moderna de São Paulo, Wagner Schwartz. Segundo o autor dos pedidos, o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), a condução coercitiva foi decidida porque ambos foram convocados para prestar depoimentos ao colegiado e não compareceram. A CPI ainda decidiu criar um grupo de trabalho com integrantes do Ministério da Justiça, da Polícia Federal e da Safernet.

A exposição Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira foi encerrada pelo Santander Cultural de Porto Alegre no dia 10 de setembro, depois da pressão de grupos conservadores nas redes sociais. Os ataques afirmavam, principalmente, que algumas obras expostas faziam apologia a zoofilia e pedofilia, e defendiam que a mostra tinha conteúdo pornográfico e ofensivo aos “valores cristãos”. A decisão do Santander gerou repercussão negativa, especialmente entre a classe artística, revoltada com a censura à arte e à diversidade.

Também no final de setembro, a performance La Bête, do artista carioca Wagner Schwartz, foi alvo de outro ataque conservador. Na apresentação, uma leitura interpretativa da obra Bicho, da artista da Tropicália brasileira Lygia Clark (1920-1988), um homem nu interagia com os espectadores. Ele virou alvo nas redes sociais depois que foram divulgadas imagens de uma criança, acompanhada da mãe, tocando mãos e pés do artista durante a performance.

Leia também:  Governo Bolsonaro persegue pesquisadores na área do gênero, sexualidade e ditadura

*Com informações da Agência Senado

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

17 comentários

  1. ????????

    Benvindos à ditadura Brasil……..eu na minha imensa tolice, achava que se pessoa/pessoas não estão de acordo com as obras expostas numa exposição de arte, tem todo o direito de não ir a exposição em questão….simples….mas não, querem colocar organizador e artista em cana…..mais um largo passo na inexoravel caminhada em direção a barbárie, vamo que vamo…..cada vez mais fundo na escuridão do tunel….e sem luz no fim…….

  2. Palanque

    Esse é o palanque do Magno Malta e do Bolsonaro, insistir nestes temas e botar no colo da esquerda, particularmente do PT, levando a dispouta eleitoral para abaixo da linha da cintura.

    Há que ter cuidado nesse momento, para não politizar o caso e tentar isolar o Magno Malta com os seus delirios religiosos.

    • Nao politizar? Como nao? O caso É POLÍTICO!

      Nao para vc, né? Para vc essas questoes — que têm a ver com os direitos dos indivíduos e com a liberdade da Arte — nao sao políticas, e nem deveriam ser tocadas. Caraca!

      • partidário

        Falo sobre misturar política partidária, no sentido da mídia fazer discussão de Bolsonaro por um lado (Magno Malta) e o PT. Eles fazem brigar gente igual, com os mesmos problemas, com a mesma retirada de direitos, com a mesma perda histórica de conquistas, apenas que com temas que, internamente, com um projeto de nação autônoma em curso, poderiamos aperfeiçoar e achar pontos de encontro e de respeito entre pessoas diferentes, mas todas brasileiras. É assunto de estratégia e de prioridades. A mídia apresenta como se fosse o Lula quem cuspiu na cara do Bolsonaro, como se fosse o PT quem colocou um menino a tocar o corpo de um homem nu. Amanhã, com Lula Presidente, até você poderá ir e cuspir na cara do Bolsonaro, mas se assegura agora, pois está em jogo a supervivência da nação brasileira.

        • O PT nao pode abrir mao de lutar p/ direitos pelo q a mídia faz

          E tudo isso é racionalizaçao sua, porque p/ vc nada disso (direitos de mulheres e homossexuais, liberdade artística, etc) é importante; pelo contrário, vc é conservador e contrário aos direitos desses grupos. Se o PT abrir mao dessas bandeiras, aí trai grande parte de seus eleitores e partidários, sem ganhar nada em troca, porque quem é conservador de direita nao vai apoiar o partido por ele tomar posiçoes conservadoras.

          • Sem abrir mão….mas, por agora

            Apenas priorizar e tentar levar o jogo político para o assunto da soberania e os direitos sociais. Nestes momentos é fundamental. O PT governou com muito espaço para as minorias, e o voltará a fazer. Agora, por favor, para de me rotular e discutir a minha vida pessoal. Você nada sabe da minha vida. Nestes dias se cumprem 3 anos da morte (suicídio) do meu filho homossexual, quando tinha 40 anos. Peço-lhe, por favor, melhorar o nível das nossas conversas aqui no blog. Grato

             

          • Lamento por isso, mas nem isso te tornou menos conservador

            Nao estou falando só sobre os seus comentários neste tópico, e vc sabe bem disso. Já defendeu várias vezes que essas questoes nao fossem tratadas em nome de nao desgostar os conservadores. Priorizar problemas de soberania e “direitos sociais” nao significa abandonar outras questoes. E que “direitos sociais” sao esses, que nao incluem luta contra a discriminaçao de mulheres (mais de 50% da populaçao) e de homossexuais? Para as mulheres, por ex., a luta pelo direito ao aborto é uma luta PELA VIDA, o aborto feito em condiçoes precárias, na clandestinidade, é uma das maiores causas de mortes de mulheres, Deixar de lutar por liberdade artística e de expressao é dar força ao fascismo crescente. Nem do ponto de vista estratégico isso é uma boa política.  

          • Ok

            Tens a razão em grande parte do que você diz, mas, ocorre que eles estão usando isso em termos político-partidários. Por isso a cautela neste tipo de assunto, já próximos da eleição. Veja o tamanho da bancada desses fanáticos. Todo cuidad é pouco.

  3. Aproveitem…..

    para ler Aloisio Azevedo, Nelson Rodrigues, Jorge Amado, Eça de Queiroz antes que queimem ou proibam………Marques de Sade ou Nabokov então é cana direto……

  4. Olhem só quem é o presidente

    Olhem só quem é o presidente da CPI, magno malta. Dá para acreditar?

    É lamentável e inacreditável o estado de degradação moral a que chegou o brasil pós golpe.

    Os capixabas merecem ser chicoteados por elegerem uma porcaria desta para cargos que exigem pessoas com um mínimo de inteligencia.

  5. O Santo Ofício do Senado vai ressuscitar a Inquisição

    Esses homens santos que temos na nossa política são um colosso!

  6. Eles foram convocados a

    Eles foram convocados a prestar depoimento sobre uma exposição de arte? Claro que não foram, é ridiculo por demais. Agora serão coagidos. Cada dia é mais um disparate que fazem em nome da suspensão do estado de Direito Democratico.  

    Quanto a segunda parte. Não sei que historia que é essa de homem nu, mãe que leva criança à esse tipo de performace etc. Tocar pés e mãos significa o quê? A priori nada, demonstra curiosidade.

    • Eu fico indignado.

      Caramba!

      Qual o problema que esse pessoal tem com um corpo nú?

      Acho que tem razão quem diz, que enquanto eles desviam a discussão para o campo moralista, o governo do Capiroto Temer com a ajuda deste congreso corrupto entrega nossa empreas e riquezas aos abutres de plantão…

      E a mídia e o povão interessados nestas questões ridículas.

  7. Ele é que tinha que ser

    Ele é que tinha que ser conduzido coercitivamee para uma fogueira de inquisição porque usa o nome de Cristo para sacanear. Safado sem vergonha. 

    De que buraco da Idade Média saiu esse canalha?

  8. Diversionismo para vender a Pátria na calada da noite
    DormiaA nossa pátria mãe tão distraídaSem perceber que era subtraídaEm tenebrosas transações Seus filhosErravam cegos pelo continenteLevavam pedras feito penitentesErguendo estranhas catedrais

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome