“Cunha não integra meu governo, lamento que seja um brasileiro”, disse Dilma sobre denúncias

 
Jornal GGN – Foi em visita a Estocolmo, na Suécia, neste final de semana, que a presidente Dilma Rousseff deu uma das manifestações mais explícitas sobre as tratativas do deputado Eduardo Cunha com a oposição para a sua queda do Planalto. Até então, as acusações de Dilma rondavam o que ela chegou a classificar como “golpe à paraguaia”, sem, contudo, nominar os integrantes ou articuladores de um impeachment. Dilma comparou, ainda, o peso de Cunha como o de “qualquer integrante do país”.
 
“O acordo do Eduardo Cunha não era com o governo, era com a oposição, era público e notório”, disse, em entrevista coletiva no domingo (18), quando jornalistas questionaram a tal possibilidade de acordo com Cunha para livrá-lo de uma cassação de mandato, em troca de travar a abertura de processo de impeachment. 
 
“Acho estranho atribuir ao governo acordo com presidente de Poder que não seja para passar coisa relativa a CPMF, DRU”, completou a presidente, minimizando as suspeitas de aspirações do presidente da Câmara.
 
Em outra pergunta, Dilma deixou mais explícito que Cunha “não integra” seu governo. Uma jornalista questionou se as denúncias contra o presidente da Câmara seriam um constrangimento ao Brasil no exterior. “Seria estranho se causassem. Ele não integra meu governo. Eu lamento que seja um brasileiro, se é isso que você está perguntando”, foi a resposta.
 
A presidente enfatizou o peso de Eduardo Cunha como o de qualquer cidadão brasileiro. Para ela, o episódio contra Cunha não prejudica a imagem do Brasil. “Acho que se distingue perfeitamente no mundo o país de qualquer um de seus integrantes. Nenhum país pode ser julgado por ser isso ou por aquilo, nem o Brasil, e não se julga assim. Acho que essa pergunta bastante capciosa”, retrucou.

 
Ouça a entrevista na íntegra:

Leia também:  Possível candidatura de Lula não interfere no julgamento de Moro, avalia Gleisi Hoffmann

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

35 comentários

  1. O QUE a media brasileira ta

    O QUE a media brasileira ta pensando que ta fazendo NA SUECIA, porra????

    Gente, voces acham essas perguntas completamente normais???

  2. Depois reclamam da

    Depois reclamam da imprensa.

    Ninguém perguntou à ela se Gleise Hofman e Humberto Costa ainda integram o Governo.

    Seria constrangedor ela dizer que sente muito porque são Brasileiros que fazem parte de seu Governo e foram até mesmo Ministros, o que deixa claro que são pessoas de seu circulo pessoal.

    Obrigado a imprensa marrom por omitir isso. 

    • Ninguém perguntou a ela

      Ninguém perguntou a ela  porque Rodrigo Janot PGR, fica blindando Aécio, mesmo tendo em seu poder provas documentais do envolvimento do candidato derrotado á presidência. As delações do Youssef contra Aécio ficam sem resposta. Aonde está o pau que bate em Chico bate em Francisco . Sumiuuuuuuuuuuuuuuu.

    • Por partes:
      1- Reclama-se da

      Por partes:

      1- Reclama-se da mídia marrom por motivos óbvios. Não precisa desenhar.

      2- Não existem PROVAS contra Gleise e Costa, só “ilações premiadas”. Bem oposto ao caso Cunha.

      3- Constrangedor é o Nassif permitir trolls covardes darem palpite sem colocar o nome. Se quer falar asneira, ok, mas identifique-se.

      • Calma meu Senhor, não fique

        Calma meu Senhor, não fique irritado, seja uma pessoa cordial para que os demais também assim o tratem.

        Bom, eu não sabia que você também tinha tido acesso so inquérito da Gleise e do Humberto,

        Bom, ao contrário do que você disse, a Gleise esta em situação bastante complicada.

        Mais se for provado algo, você concorda que ela vá presa assim como você deseja que vá o Cunha, ou não ?

        Grande abraço

        Rodrigo Negrão 

        • Ok, Rodrigo. Pensei que o

          Ok, Rodrigo. Pensei que o Negrão fosse escudo de troll, visto que seu comentário faz jus…

          Não entendi porque tenho que ter acesso ao inquérito dos dois, pois se provas houvesse, o PiG já as teria vazado.

          Já em relação ao teu amigo Cunha…

          Obviamente defendo que QUALQUER criminoso julgado COM PROVAS pague, independente de quem for.

          Domínio do fato, para mim e segundo nossa constituição, não vale.

    • Cunha

      E desde Collor vem fazendo Falcatruas, cada vez mais ousadas, a ponto de ele ee família fazerem inveja da vida nabadesca, atée nos Sheiks Árabes. Ladrão para o Cunha é elogio. O que é grave é como podee ser reeleito um cabra desse, e como pode os Deputados Federais elegê-lo para seu líder. É a Trevaaaa…..

  3. Chefes de Estado só dão

    Chefes de Estado só dão entrevistas coletivas em ESPAÇOS CONTROLADOS COM PERGUNTAS PREVIAS exatamente para não cair em armadilhas. A resposta sobre Eduardo Cunha não foi boa. Chefes de Estado NÃO ESTÃO A DISPOSIÇÃO DA MIDIA. O Presidente dos Estados Unidos e o Presidente da França DÃO RARAS ENTREVISTAS COLETIVAS, sempre

    em amabientes sob estrito controle da Presidencia, com perguntas previamente encaminhadas.

    Porque desfazer de Eduardo Cunha, Presidente da Camara, terceiro na linha de sucessão?  Se for por processos de corrupção, incontaveis nomeados pela Presidente tambem sofrem processos de corrupção, não desqualifica a persona politica.

    Politica tem CODIGOS DE CONVIVENCIA, EM TODAS AS EPOCAS E LUGARES. Roosevlt apertou as mãos de Stalin, que tinha o sangue de milhões de pessoas mas o CODIGO DA POLITICA o obrigou a isso. Luis XVIII nomeou Ministro das Relações Exteriors o Principe de Talleyrand, que assinou a ordem de execução por guilhotina de seu irmão Lus XVI.

    Dizer que lamenta que Cunha seja brasileiro é muito afrontoso. A Presidente não precisava disso.

    • Desculpe-me retrucar seu

      Desculpe-me retrucar seu comentário Sr. Araújo, mas queria apenas observar que o Eduardo Cunha (e não estou colocando tratativa ao indivíduo intencionalmente) não obedeceu os tais CODIGOS DE CONVIVENCIA ao se referir à presidente do País e portanto merece que a recíproca seja verdadeira.

      O modo como a presidenta Dilma se referiu ao Eduardo Cunha não é suficientemente afrontoso em relação ao modo como este se referiu À chefe de Estado e de Governo deste País. Achei pouco, mas serve por enquanto.

      Dilma sempre foi muito elegante e cortez, até em demazia na minha opinião, inclusive com quem não merece, estando o indivíduo Eduardo Cunha entre estes.

      Além do mais as tentativas desesperadas da imprensa em inventar mentiras para jogar o Eduardo Cunha no colo do governo e do PT agora que ele não serve mais aos seus propósitos golpistas exige uma posição firme de Dilma que não pode acir na esparrela de ser elegante com salafrários mentirosos e safados que estão ao seu redor fazendo todo tipo de sujeirra e baixeza (eduardo Cunha incluso). Ela tem que se posicionar direta e firmemente pois quem ultrapassou os limites (e muito) e desconsiderou todos os CODIGOS DE CONVIVENCIA foram seus adversários.

      Outrossim gostaria de observar que comparo sua afirmação de que:

      “O Presidente dos Estados Unidos e o Presidente da França DÃO RARAS ENTREVISTAS COLETIVAS, sempre em amabientes sob estrito controle da Presidencia, com perguntas previamente encaminhadas”

      Contrasta fortemente com campanhas de difamação feitas pela grande imprensa, entre elas em particular os ataques feitos ao presidente Lula no final de seu primeiro mandato (e já no contexto da disputa eleitoral) onde todos os “jornalistas” (sim, com aspas) da mídia corporativa deste país atacavam Lula dizendo que ele não falava suficientemente com a imprensa, não fazia suficientes entrevistas coletivas e quando fazia era em ambiente controlado e com perguntas previamente encaminhadas. Ataques que foram feitos em menor intensidade à própria presidenta Dilma.

      Ou seja, Sr. Araújo, estamos lidando com bandidos mentirosos e maliciosos, não tem como deixar de ser firme sem que com isso se abra espaço para a insídia e a falsidade oposição (tanto a falsa, os partidos-quadrilhas quanto a verdadeira, a mídia corporativa) prevalecer.

      • A Presidente tem um papel

        A Presidente tem um papel INSTITUCIONAL e não pode reagir como pessoa fisica. “”Ele falou mal de mim então eu vou falar mal dele””.. Há um Protocolo Presidencial, ESPECIALMENTE FORA DO PAIS, onde um Chefe de Estado habitualmente não critica autoridades de seu proprio Pais pois lá fora o Chefe de Estado representa todos os brasileiros, bons e ruins.

        O Presidente da Camara enquanto no exercicio do cargo deve ser tratado com todo o respeito que CABE AO CARGO e não à pessoa fisica dele. São coisas tão elementares que custa a crer precisem ser ditas de forma crua.

        • Ingenuidade?

          No momento em que Dilma disser: “Eduardo Cunha é o terceiro na linha sucessória do país e no momento enfrenta problemas que a Legislação brasileira irá resolver”, as manchetes dos jornais da grande mídia, globo, folha, estadao, estado de minas, revistas veja, época e a mídia televisiva, jornal nacional e fantástico, tascarão as manchetes:

          DILMA BLINDA EDUARDO CUNHA

          EM DEFESA DE EDUARDO CUNHA, DILMA DIZ QUE ELE RESOLVERÁ SEUS PROBLEMAS

          CRESCE APOSTA DE ACORDO ENTRE CUNHA E DILMA. PRESIDENTE O DEFENDE NO EXTERIOR.

          AO TRATAR EDUARDO CUNHA COM TANTO RESPEITO, DILMA DÁ ENTENDER QUE O ACORDO ESTÁ FEITO

          E quem quiser que crie outras manchetes.

          • Um Chefe de Estado NÃO pode

            Um Chefe de Estado NÃO pode ser pautado pela midia, falar o que a midia quer ouvir, isso é o fim da linha.

            Roosevelt foi atacado todos os dias de seus quatro mandatos pelos 300 jornais da cadeia Hearst, jamais tomou conhecimento porque tinha convicção de seu valor, as criticas não o incomodavam.

          • A falta de unidade e estrutura no governo gera as gafes

            Tivesse um governo redondo, teria as pessoas para responder contra o cargo.

            A Dilma é voluntariosa e opiniática, mas precisa se controlar mais.

            O Cunha fez um serviço de séculos, expondo e denunciando esta oposição vendilhona e corrupta que sempre roubou o Brasil.

            Com ele lá, não sobrarão bandidos eleitos. Antes de substituí-lo muito melhor é usá-lo para o incontornável trabalho sujo de expor estes bandidos.

            Sem o apoio do PMDB do Cunha não existe a menor chance de golpe de Estado no Brasil.

        • As entrevistas;;;

          Dilma é obrigada a fornecer essas entrevistas propositais à saia justa? Canso de mencionar aqui, quando querem que Dilma reaja e aponte corruptos, que não cabe à presidente tal atutude. Mas pelo visto, além de conviver com chantagistas, nossa presidente é imensamente mal assessorada quanto ao protocolo presidencial. Não a instruem nem a protegem.

        • Colocando no contexto

          Sr. André, não precisa ficar nervoso, estou apenas contestando-o com argumentos.

          Eu acho que o Sr. deveria falar essas coisas tão elementares para o Sr. Eduardo Cunha, que desrespeitou a presidente de seu país por diversas vezes, fez chantagens, ameaças e usou o cargo para esconder seus crimes. Parece-me que essas são coisas muito mais graves do que a frase de Dilma que não foi tudo isso que o Sr. está falando. Mais do que quebras de protocolo são crimes, a menos que o Sr. não se importe com crimes, acho que é bem pior.

          A frase de Dilma não foi tudo isso que o Sr. está falando não. Colocando-a no contexto da entrevista, coisa que o Sr. não fez, ela não tem esse peso todo. Dilma não disse que Lamenta que Eduardo Cunha seja brasileiro, disse sim que lamenta que a pessoa que fez todas as falcatruas apontadas pelos entrevistadores seja um brasileiro, porém não se trata de uma pessoa do governo. Acho que procurando entender pelo pior lado e com veneno pode sim ter um tom mais contundente, mesmo assim não chega a ser agressiva, mas para isso tem-se que ter muita má vontade contra Dilma na interpretação, o que eu sei ser o seu caso e o da imprensa brasileira, mas não tenho convicção que seja da imprensa internacional.

      • Esse Ivan é uma piada

        Esse Ivan é uma piada mesmo…rs

        O cara da falando o que????? kkkkk

        Ou ele acha que o Renan Calheiros ou Sarney e Collor são mais santos do que o Cunha.

        Segura sua onda pelegão…rs

          • Um asno zurrando

            Esse tal de Leônidas é burro até na hora de escrever asneiras… Que é só o que ele escreve. De onde se conclui que é burro o tempo todo. Aliás fato facilmente observável pelas baboseiras asininas que defeca neste blog.

            No desespero de defender o corrupto do Cunha, com as mesmas quatro pedras na mão como defende todos os corruptos, atacou a pessoa errada.

            É que o BURRO que sai dando coices a torto e direito não enxerga onde atinge, principalmente esse que usa viseiras.

      • Na verdade a Dilma é a única

        Na verdade a Dilma é a única pessoa do mundo político nesse país, me parece, que não tem medo do cunha.Ele está muito bravo com isto.

  4. A vida é dura amigo, não quer

    A vida é dura amigo, não quer responder pergunta difícil de jornalista não se eleja presidente. Não quer lidar com pessoas como o Cunha, não entre sequer na política.

    Tudo tem seu bônus e ônus. Não pode ficar só com  o lado bom. Não dá pra vender a alma pro diabo e querer ir pro céu depois. Já que tá no inferno abraça o capeta (pode ser o Cunha, O Renan, o Sarney, existem muitos no PMDB).

  5. E o Márcio Fortes. E o Robson Marinho.

    Contas na Suiça, reveladas pelo Swissleaks, informavam que Márcio Fortes, tesoureiro da Campanha de Serra em 2002 tinha R$ 2,4 milhões não declarados no HSBC da Suíça. E foi o maior doador privado pro Serra.

    Imagina noutros bancos?

    E o Sr. Robson Marinho, o “trensaleiro” Presidente do TCE de SP? Como vão os numerários dele lá na Suiça?

    Os dois tem contas na Suiça, com valores não declarados. São uns Cuninhas tucanos.

    Ninguém da velha mídia foi atrás disso. NBinguém perguntou isso pro Serra ou pro Alckmin? Ou isso não importa?

  6. Ha uns 3 meses. , os trolls
    Ha uns 3 meses. , os trolls do psdb passaram a atrapalhar os debates nos blogs alternativos que frequentamos e lemos para tentar escapar da mesmice da midia tradicional. , independente do vies politico. Estranho. , contudo , os comentarios serem valorizados por nos. Deixemos sem respostas . que falem sozinhos . ha muito passei a ter essa atitude com os que nao prezam o embate democratico. Sugiro que nao haja censura , nunca. , mas deixemos estes ataques sem comentarios .

  7. Inquérito
    E você negão teve acesso ao inquérito?
    Tem que muito mal informado para comparar as duas situações, vai ler sua veja e não nos aborreça com sua desqualificada opinião, mas tudo isso cordialmente, abraços

  8. Dilma

    A Dilma está conduzindo o Brasil na crise sem demagogia e sem mentiras, da melhor forma. Eu que sobrevivi a duas crises semelhantes durante os governos do FHC sei como as atitudes do governo pode prejudicar nós ques somos mais pobres. Outra coisa que gosto na Dilma, acho que por ser mãe e avó ela se comporta sempre com dignidade. Oremos para que essa crise passe rápido e se cumpra na vida de Dilma o salmo 91:  Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

  9.  
    O QUE NENHUM FICCIONISTA

     

    O QUE NENHUM FICCIONISTA SERIA CAPAZ DE PRODUZIR:
    ‘CU(nha)’ do ‘Aécio Furnas Forever’!

    … E eu tenho vergonha de ser brasileiro!
    Presenciar um gângster [mega]corrupto desmoralizado a confrontar uma decisão, pasme, do Supremo Tribunal Federal!
    O mafioso que deveria estar preso em uma penitenciária de segurança máxima!
    ‘Elle’, a esposa &$ o restante da ‘famiglia’!
    Que vergonha mundial!
    Mancha histórica indelével
    O fracasso de uma (sub)democracia – e de um republicanismo de fachada!

    Ou de araque, como queira o freguês!
    Algo impensável!
    Surreal!
    Nem em pesadelo, deveria ser admitido!
    (…)

    “Pense num absurdo! No ‘braZ$&l’ da [eterna e IMUNDA] Casa Grande tem precedente!”
    Adaptado do ex-governador da Bahia Octavio Mangabeira

    NOTA FÚNEBRE:
    a golpista, sórdida, impiedosa &$ [mega]corrupta direitona nazifasciterrorista oPÓsição ao Brasil e ao honesto povo trabalhador brasileiro desmoralizou as instituições do estado brasileiro!

    República Destes Bananas Criminosos da oPÓsição ao Brasil!
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

  10. Eu acho engraçado…

    Tanta gente, inclusive à esquerda (da direita não me espanto, já que todo direitista é burro demais pra entender qualquer coisa…), espantado com a declaração da Dilma.

    Foi o próprio Cunha quem se declarou Oposição ao Governo. E nunca voltou atrás nessa posição…

    Querem que a Dilma trate ele como aliado, sem que ele mesmo se enquadre nessa condição?

  11. É bom que a Dilma esclaressa

    É bom que a Dilma esclaressa que o Cunha é da oposição e nunca foi governo.

    Cunha só é presidente da Câmara porque teve o apoio do PSDB sem esse apoio Cunha não seria presidente da Câmara.

    Agora a mídia e oposição querem confundir a população dizendo que o governo quer salvar Cunha. 

    O governo tem que marcar posição, Cunha é da oposição, Cunha é do PSDB, Cunha é do baixo clero, Cunha é da mída, Cunha é dos revoltoso do face.

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome