Derrubar o governo Temer: uma demanda de dignidade, por Aldo Fornazieri

temer_11.jpg

Por Aldo Fornazieri

Quando os gregos antigos criaram a Polis (cidade) como comunidade política e teorizaram sobre ela, estabeleceram como princípio cardeal de sua construção e de sua condução a ideia de Justiça, entendida como satisfação das necessidades, promoção do interesse comum, agregação de bens materiais e bens morais e espirituais, garantia a todos de condições que os abrigassem dos tormentos da pobreza e da miséria e busca dos fins éticos da comunidade – fins comuns – pela prática das virtudes, única maneira de promover o encontro da busca da felicidade individual com a felicidade coletiva.

A cidade Justa implicava um senso reduzido de desigualdade e era a forma equilibrada de garantir também a liberdade. Os pensadores clássicos da filosofia política sempre entenderam que a desigualdade é a condição que destrói a vida cívica, a Justiça e a liberdade. O constitucionalismo moderno, sob diversas fórmulas, incorporou estes princípios fundantes da comunidade política, traduzida, hoje, no Estado-nação. Esses princípios, acrescidos pelo rol de direitos humanos, incorporando os direitos civis, políticos e sociais foram constituindo o que se conhece como dignidade da pessoa humana.

Hoje, no Brasil, estamos diante de um governo que afronta, de forma planejada e insolente, a dignidade da pessoa humana. A primeira afronta reside no propósito mesmo pelo qual se constituiu: abrigar do alcance da lei um grupo de criminosos, convocados a ocupar os altos cargos da República para se protegerem no inescrupuloso mecanismo do foro privilegiado. Perpetrado este ato insidioso contra o interesse público, o presidente definiu como critério para a escolha de ministros da cúpula governamental que os pretendentes tivessem em seus currículos práticas corruptas e delituosas, configurando a condição de quadrilha no seu caráter. O último recrutamento validado por este critério é o do ministro Osmar Serraglio, o protetor do “grande chefe” da carne podre.

Instalada no governo, destruir os princípios da comunidade política tornou-se o objetivo principal dessa quadrilha. Nenhuma comunidade política subsiste se o seu funcionamento político-constitucional não estiver alicerçado na observância da moralidade. A indiferença zombeteira com que o governo trata os reclamos de moralidade pública vindos da sociedade, o “tanto faz como tanto fez” em relação ao temporal de acusações que recai sobre o presidente, a cúpula do governo e os seus principais aliados no Congresso representa o dilaceramento ético da sociedade e a morte moral da nação. As páginas da história do Brasil não registram nenhum paralelo de prática de degradação da dignidade do povo comparável à que chegou esse governo. A ausência de sentimentos morais por parte deste governo não espanta apenas os brasileiros que ainda mantêm virtudes cívicas em suas almas, mas espanta também o mundo que dele toma conhecimento.

O desprezo desaforado que este governo nutre pelos valores cívicos, éticos e morais, o torna insensível perante os sofrimentos dos desempregados, dos milhões de pobres que voltaram a crescer e da desigualdade que se agravou. O governo desonra os trabalhadores tirando-lhe direitos conquistados, humilha as pessoas atormentando-as com o medo das incertezas e com a prisão da desesperança. Trata-se de uma cúpula política toda que se regozija com a depressão e a desgraça dos cidadãos.

Este governo degrada as mulheres quando o presidente ilegítimo afirma que sua principal função é fiscalizar os preços dos supermercados, quando o presidente da Câmara afirma que ao igualar a idade de aposentadoria em 65 anos atende uma demanda das feministas e quando o ministro da Saúde as culpa pela obesidade das crianças. Esse governo perde o senso do respeito quando o presidente nomeia o primo de Gilmar Mendes, o juiz que irá julgá-lo no TSE, para um alto cargo público. E o que dizer dos encontros solertes entre Gilmar Mendes e Temer para arquitetar a salvação de criminosos e a morte da República? E o que dizer de Temer que aceita a chantagem de um criminoso preso – Eduardo Cunha – nomeando prepostos seus para altos cargos?

Momento de indignação e de luta

Que país é este que aceita a destruição de sua substância social e moral? E pensar que todos sabem quem este governo é e o que faz. Teremos capitulado todos diante da vitória dos malvados e da destruição dos valores cívicos? Teremos perdido a coragem em face de um sentimento de impotência que deveria nos perturbar? Estaremos todos entregues a meros cálculos eleitorais projetados para 2018 não reagindo com veemência e vigor ante um governo que quer fazer terra arrasada das penosas conquistas sociais? Terão os movimentos sociais e os partidos progressistas perdido os sentimentos de bravura e de coragem ao aceitarem que este governo perdure até o final do próximo ano, praticando sua sanha destruidora de direitos?

E se a consequência de tudo isto for um 2018 que coloque a sociedade brasileira perante o perturbador dilema de uma escolha entre a direita e a extrema-direita, como ocorre hoje em países europeus? Se o triunfo do golpe foi uma terrível derrota para a democracia e para o povo, a passividade em face desse governo agravará ainda mais esta derrota. Lutar pelo fim deste governo é uma demanda de dignidade humana, de compromisso com os trabalhadores e com os mais pobres, de solidariedade com as mulheres, de compaixão para com o sofrimento de muitos. Lutar pelo fim deste governo significa resgatar milhões de brasileiros da humilhação que sofrem; significa semear uma semente de esperança no coração dos jovens; um alento de segurança dos idosos que vêem suas aposentadorias destruídas pelos golpes impiedosos dos que tomaram o Brasil de assalto. Não é possível ter mesura alguma com um governo que não tem nenhuma mesura com a dignidade humana, com os direitos, com a moralidade e com o respeito.

Que os protestos de 15 de março sejam um marco de uma virada da humilhação do Brasil em benefício do resgate da sua dignidade, em benefício da recuperação da corajosa humildade. Que seja o início do constrangimento da insolência desse governo pela força das ruas. Que seja um chamado, uma convocação, à unidade dos movimentos sociais e dos partidos progressistas e de esquerda para uma caminhada conjunta com Lula, com o PSol, com o PC do B, com Ciro Gomes, com o MTST, com o MST, com os sindicatos e centrais sindicais, com as mulheres, negros, jovens e tantos outros movimentos sociais. Este momento não é um momento para se dividir em torno de candidaturas, mas é um momento de se unir para barrar a destruição do Brasil. É o momento de marchar juntos contra a reforma da previdência e demais reformas retrógradas. Se isto não for compreendido, o 2018 poderá se tornar um amargo cálice de fel para todos aqueles almejam uma sociedade justa, digna, igualitária e livre.

Aldo Fornazieri – Professor da Escola de Sociologia e Política.

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Weintraub deve pedir demissão, diz revista

25 comentários

  1. A “democracia” grega ( e

    A “democracia” grega ( e depois a romana) tem princípos ótimos que determinaram em grande parte a jeito de ser do ocidente, mas possue falhas clamorosas, como o fato de que as leis valem para os cidadãos homens e de nacionalidade grega (e romana) apenas. Escravos, muheres, crianças e estrangeiros não eram alcançados pela lei. Os trêns primeiros (e os animais domésticos) eram legislados pelo… senhor da casa, dono deles que podia fazer quase tudo o que julgava correto. Prefiro a restauração da democracia da revolução francesa porque acabaram com a familha real, a nobreza, os cléricos, destruiram o estado absolutista, a religião, tomaram as terras dos nobres e da igreja e suas riquezas e mandaram muitos deles, nobres, reis e padres para a guilhotina. Os outros fugiram para países vizinhos. E não é o mesmo absolutismo que está acontecendo no Brasil? Não adianta derrubar o governo com esta casta do judiciário e dos poderosos neoliberalistas. Não adianta derrubar o governo e manter as religiões como a evangélica e a batista, emuladora do esguicho a jato e formadora da república de Curitiba.

  2. Apesar de toda a petulância do Ciro Gomes, acredito que em 2018

    Apesar de toda a petulância do Ciro Gomes, acredito que em 2018 ele e o Lula devem estar juntos na mesma plataforma política.

    Infelizmente!

    • So se o PT for o vice

      Ao não comparecer à segunda inauguração da transposição do S. Francisco sem nenhum motivo forte, Ciro Gomes enviou uma mensagem muito clara. Não esta com Lula, não esta com o PT. E pela quantidade de criticas que vêm fazendo ja ha dois anos sobre Lula, ele espera ser o candidato desta vez e o PT que venha na chapa de vice. Isso esta muito claro.

    • apesar….

      Será que nossa discussões, quanto à sociedade e não paixões politicas não se elevarão? Mais desta esquerdopatia, um censo comum nacional que não aceita ser confrontado, resolverá alguma coisa? Esta esquerdopatia não inflou tantos sentimentos contra Campeãs Nacionais, Indústrias, Meritocracia, Capital, Agronegócio, Frigorificos, Carnes, Sojas….Apesar de apoiados por uma Presidenta de esquerda? Nossa discussões não são muito rasas? Não foi a esquerda quem derrubou a Dilma? Podem espernear, mas foi. Um politica anti-democrática que não tinha mais para onde ir. O Brasil está sendo explicado. Eleições livres, facultaltvas , diretas nunca foram o projeto de elite naional alguma. Nem mesmo as socialistas. 

  3. Atrasada e incompleta, embora correta a análise.

    Prezados leitores,

    Até mesmo após a consumação do golpe de Estado, em abril-agosto de 2016, Aldo Fornazieri, Wanderley Guilherme dos Santos e outros ‘intelectuais esquerdistas’ ainda posavam de vestais, como uma suposta e ‘puritana’ esquerda, que nas hostes do PSOL e do PSTU se faze representar por figuras patéticas e histriônicas como Luciana Genro, Zé Maria e seguidores. Mas nas primeiras manifestações golpistas de 2013 lá estavam líderes dessa ‘esquerda’, pedindo a cassação de José Genoíno e a investigação conmtra o  Ex-Presidente Lula.

    Agora a ficha de AF, WGS e outros parece ter caído. O atraso é extraordinário e a crítica deles se mostra, agora, inócua. Não é pelo fato de AF, WGS e outros como eles que multidões foram às ruas na última quarta-feira; ao contrário, apesar deles, nós sempre fomos às ruas protestar contra o golpe, contra os golpistas (não apenas os das quadrilhas políticas do PSDB, do PMDB, do PPS, do DEM, do PPS et caterva, mas também contra as quadrilhas da burocracia estatal –  na PF, no MPF e no PJ – e contra o alto comando internacional do golpe – que fica nos EUA); AF, WGS e outros, mais de uma vez fizeram troça dessas manifestações, chamando-as de fracas, disparando críticas ressentidas contra o PT, contra o Ex-Presidente Lula e contra a Presidenta Dilma Rousseff. Só agora, em que o caráter criminoso, de quadrilha, de máfia desavergonhada do desgoverno corrupto de ‘MT’ et caterva, vem AF e outros ‘intelectuais esquerdistas’ expressar revolta e indignação. Alguns dirão: antes tarde do que nunca.

    Como o próprio AF expõe no artigo, não é hora da Esquerda ficar brigando entre si; temos de unir esforços para retirar do poder as quadrilhas nele instaladas. Mas o articulista, não sei por que, deixou de mencionar as quadrilhas da burocracia estatal (elas existem na PF, no MPF e no PJ); ou o articulista não vê esse tipo de ORCRIM quando GM se reúne com MT e Eduardo Cunha, para tramar passos do golpe? Ou AF não vê cumpliciadae e conivência do STF com a trama golpista? Ou AF não vê a cooptação de vastos setores da PF, do MPF e do PJ pelo alto comando internacional do golpe – que fica nos EUA? Denunciar apenas as quadrilhas políticas e (por medo) deixar incólumes as quadrilhas da burocracia do Estado não  é suficiente para arefecer o golpe de Estado.

    • Antes tarde do que nunca!

      Antes tarde do que nunca!

      Faria minhas as tuas palavras, porém como no momento que ele errava já bati com força, agora como se deve fazer, reforço positivo às boas ações.

  4. Com certeza esta URGÊNCIA já

    Com certeza esta URGÊNCIA já é uma obviedade  ..mas  ..desculpe perguntar  ..e depois da curva, o que é que vem ?

    Mais judiciário GOLPISTA ? Tipo com uma Carmem Lucia no comando ?! (estimulada e cercada por Mendes, Barroso, Fux, Toffoli  e Melos da vida ?!)

    Eleição indireta com este Congresso de VÍBORAS  que, MUITO MAIS SUJOS que a ex presidANTA (incompetente sem duvida) a tiraram do comando por uma questão se “simpatia” ?! (em verdade por não atender a interesses vis)

    O BRASIL  precisa instituir o RECALL  em meio de mandato (mandato que diante da aprovação poderia ser extendido a 6 anos de duração) ..o BRASIL precisa extinguir o papel do VICE como substituto automático ..dos SUPLENTES  ..dos senadores biôncios  ..do STF vitalício ..isso tudo, e muito mais, faz parte da euqação do problema

    A NAÇÂO precisa exigir (e se proteger) de partidos que, opacos e inimputáveis, não assumem a responsabilidade por indicar e/ou colocar VAGABUNDOS na VIDA PÚBLICA (como traficantes, agiotas, corruptos, IGNORANTES, fanáticos religiosos, artistas ou personalidades sem formação alguma,  e/ou analfabetos sem preparo tb)

    O PAÍS precisa, e a nossa história mostrou isso, criar mecanismos céleres pra lidar com situações desse tipo

  5. O Brasil foi tomado por

    O Brasil foi tomado por assaltantes. Para assaltarem a Presidente Dilma Rossef e seus 55 milhões de eleitores, os deputados e os senadores receberam altos valores de propinas das empreiteiras, principalmente de marcelo odebrecht, com a ajuda das quadrilhas da grande imprensa e da de todos os juizes do stf e demais instancias somados à polícia federal e demais polícias do país. Não existe governo a ser derrubado. O governo de fato ainda está nas mãos da Presidente Dilma Roussef que foi assaltada e que aguarda uma reação do povo brasileiro para ajudá-la a reaver o seu soberano cargo ou passá-lo a quem queira. Não tem como escrever em derrubada de governo, tentando deixar gravado para a história “o governo temer foi derrubado”. É caso judicial e de polícia mesmo! Só que infelizmente nossos juízes e policiais são todos corrupotos golpistas mercenários pertencente à gangue que assaltou os brasileiros sob o comando de fernando henrique clinton, o maior ditador vendilhão do planeta! E viva as salsichas!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  6. So a esquerda derrubara esses bandoleiros?

    Professor Aldo, o senhor esta certo, mas percebeste que a sociedade brasileira é burrinha? Ontem falava com uma prima, formada em Direito, funcionaria do BB, da horror que é o governo de Temer e ela me repetiu que pior que os ladrões do PT, não existe…. Minha prima, que bateu panela, não pensa em momento algum se manifestar contra a reforma da previdência! O marido é funcionario da Caixa Econômica Federal e so pensa em ver futebol domingo à tarde…. Sabendo disso e sabendo que enquanto fizer o que os Marinho determinam, a maioria não saira às ruas para manifestar, temos o governo que representa como jamais neste Pais certa classe média brasileira. Eh a cara dela!

  7. Derrubar o governo É???? Que

    Derrubar o governo É???? Que governo????? O que existe é uma quadrilha dilapidando “essa porra”!!!!!

  8. Como diria o “saudoso”

    Como diria o “saudoso” Coronel Odorico Paraguassu: “deixemos os entretantos e vamos aos finalmentes: NÃO TEMOS GOVERNO FEDERAL. O PODER EXECUTIVO FEDERAL ESTÁ ACÉFALO”.

    O senhor Michel Temer é um fantoche; um ectoplasma cercado de almas penadas por todos os lados. Mais um ano dessa visagem e o Brasil fecha para balanço. 

    O que um estadista, ou pelo menos um arremedo disso, faria após essa….essa….”operação”(evitei “palhaçada” em respeito a instituição) mais destrambelhada jamais ocorrida na crônica policial do país? 

    Primeiro: despediria  sem pena e dó o ministro da Justiça, o Chefe da Polícia Federal e MANDARIA seus substitutos abrir inquérito contra o delegado que comandou a patomímia substitindo-o por profissionais infensos à holofotes.

    Segundo: daria uma entrevista coletiva, incluindo representantes da mídia estrangeira, colocando os devidos pingos nos “iiiii”.

    Terceiro: despacharia uma comissão de altíssimo nível incluindo o Chanceler brasileiro, o ministro da Agricultura, o ministro da Saúde, técnicos e cientistas renomados no exterior, para visitar os principais países importadores da nossa carne. 

    Quarto: repostas as coisas nos seus devidos lugares, mandaria um EC para o Congresso antecipando as eleições de 2018 para o final do ano. 

    Aí quais as ações do “estadista” Temer: vai para uma churrascaria para provar urbi et orbi que a carne brasileira é saudável. Com um pequeno detalhe: o local só serve carnes importadas. 

     

     

     

  9. A situação é gravíssima. Se

    A situação é gravíssima. Se este “governo” não for derrubado logo, em poucos meses não vai sobrar nada de tudo que levou décadas, mais de século para ser erguido. As pessoas conscientes que tem algum poder real para tomar esta medida já não podem continuar se omitindo. Apenas a parcela não globotomizada da população fazendo manifestações não é suficiente. Depois será muito difícil, talvez impossível desfazer o estrago.

  10. Vou elogiar o artigo do Prof. Aldo Fornazieri já a partir do…

    Vou elogiar o artigo do Prof. Aldo Fornazieri já a partir do título: Derrubar o governo Temer: uma demanda de dignidade.

    O professor sempre foi comedido demais para meu gosto, sempre foi de palavras gentis e pedidos de auto-crítica da esquerda, porém a inflexão (na direção correta) de seus últimos textos parecem indicar um bom caminho, sem mais delongas começa com o título:  Derrubar o governo Temer Ou seja, não há mais tempo para medidas parciais, é realmente uma questão de DIGNIDADE NACIONAL, o impostor golpista e seus não atos e poucos atos, mostram um país na direção do caos.

    Não podemos, não devemos, não teremos esperança se aguardarmos 2018, a demolição, como todas as demolições é muitas vezes mais rápida do que a construção, e décadas podem ser perdidas em dois anos.

    Poderia acrescentar, quem demole décadas de construção em meses e semanas está fazendo um ato de LESA PÁTRIA ou seja um ato criminoso.

    Parabéns PROFESSOR  ALDO FORNAZIERI

     

    • Nosso código penal é

      Nosso código penal é insuficiente para lidar com essa turma.

      Se Moro pegar 5 anos de cadeia e for solto com 1/6 da pena, ou se Temer pegar 10, mas ficar em prisão domiliciar or problemas de saúde (No dia que pegarem esse verme, vai aparecer um problema de saúde, e a punição dele vai ser ficar trancado com a 1ª Vagabunda, o que , convenhamos, não é bem punição).

      O Código penal Brasileiro precisará ser profundamente reformulado e terá que retroagir para pegar essa turma; Não aceito nem Bicudo com seus 90 e poucos anos fora da cadeia.

  11. Se o povo não acordar rápido

    Se o povo não acordar rápido seremos uma nova colonia da Europa e dos Estados Unidos. Não é só o governo temer que tem que cair, precisamos derrubar o STF. Esses ministros estão jogando contra o país dando suporte ao que há de mais escroto, golpistas, ladrôes, respaldando que a constituição não vale nada. Judiciário, mídia, executivo, legislativo tem que ser reformado, não adianta tirar um Temer e colocar, Carmen, Bolsonaro, etc.

  12. Os problemas são
    1-Como

    Os problemas são

    1-Como derrubar a PEC. A PEC está escrit a fogo na constituiçõ e a esquerda JAMAIS terá deputados e senadores para derruba-la.

    Só a turma do senado eleita em 2014 é quase suficiente para segurar a PEC. É só eleger 3 reacionários dos 54 que a PEC se mantém. Eles precisam de muito pouco. SP e PR já devem garantir a PEC até 2022.

    2-Como derrubar Temer e impedira direita de se manter no poder??

    3-Como punir essa corja toda exemplarmente com um código penal que limita penas a 30 anos e com progressão de regime ???

    Prisão perpétua e pena de morte é fundamental para o que aconteceu nos últimos anos no Brasil.

     

     

  13. ‘o “tanto faz como tanto fez”

    ‘o “tanto faz como tanto fez” em relação ao temporal de acusações que recai sobre o presidente, a cúpula do governo e os seus principais aliados no Congresso representa o dilaceramento ético da sociedade e a morte moral da nação.”

    Na verdade Alçdo, segundo vc o PT foi mal nas eleições municipais por que é corrupto e precisa fazer auto-crítica. Esse governo Temer foi aprovado apesar da enorme moralidade ??

    A conclusão que chego é que o PT roubou pouco, já  que esse governo Temer colheu uma vitória esmagdora nas urnas em 2016.

  14.  
    Estou admirado com a apatia

     

    Estou admirado com a apatia dos brasilienses. Como pode o pessoal da capital, até o momento, nem se abalou para chamar a Polícia Militar e mandar prender a quadrilha do bandido miShell Treme.

    Um bando de contumazes criminosos invadiram o Palácio do Planalto há quase um ano. Roubam tudo que encontram pela frente. Ocuparam todos os comodos, sujam tudo, não dão descargas nos vazos sanitários, mijam nas camas, defecam em qualquer canto da residência. São uns imundos! Nunca dantes, se registrou quadrilha de ladrões tão estúpidos quanto esses.Os safados foram recrutados para assaltar o poder, roubar tudo que for possível e vender aos receptadores norte-americanos.

    Claro que, por detrás da quadrilha operacional, por assim dizer, estão os mandantes e seus conectores de apoio, todos concursados, e muito bem ancorados em pontos estratégicos do aparato estatal, onde atuam esses quinta-colunas, entre juizes de piso e agentes dos:  MPF, PF, do judiciário, e do stf. Sem reduzir a importante coordenação midiática da mafiosa “grande imprensa” golpista. Esta, manejada diretamente de Washington. 

    Orlando

  15. 19 gatos pingados

    Até o Egito o povo se revoltou e foi às ruas exigindo um governo que os representasse. mesmo com partidos de várias matizes e ainda por cima um fanatismo religioso acentuado, o país se uniu e conseguiram derrubar o governo ditatotial segundo eles. Aqui o povo que deveria a princípio ser muito mais bem informado faz de conta que tudo anda às mil maravilhas.

    Assino embaixo o artigo do professor Aldo. É pena que comigo só 19 gatos pingados o leram. Esse artigo mereceria ser lido por milhões de brasileiros.

  16. Autofagia governamental

    As células eliminam aquelas com defeito ou degenerações através dos lisossomos no fenômeno chamado de autofagia. Vai acontecer o mesmo no governo golpista, eles estã sendo eliminados um a um por eles mesmos. Os ladrões vão se auto-destruindo aos pooucos até não sobrar mais ninguém.

  17. Concordo contigo Aldo. Acho

    Concordo contigo Aldo. Acho que a única saída hoje seria uma frente ampla de esquerda para combater tanta destruição dos direitos históricos dos trabalhadores e trabalhadoras, mas pense comigo: depois do que o PT fez nos seus mais de 13 anos no poder, fica dificil essa união. O PT desdenhou as forças de esquerda, quando apenas as queria cooptá-las. Assim vai ser necessário muito esforço em campo, chão de fábrica e recintos de trabalhos para convencer essa massa trabalhadora que a camarilha golpista está as vésperas de jantá-los.

  18. Diz o professor: “E pensar

    Diz o professor: “E pensar que todos sabem quem este governo é e o que faz.”

    Desculpe mas não, professor. Um exemplo comuníssimo nos trouxe a colega forista Maria Luisa em post abaixo: sua prima tem boa formação (é advogada), um bom emprego (funcionária do Banco do Brasil) e com certeza não sabe nem o que a turma do Golpe dos Corruptos faz nem o que o PT fez. Provavelmente compra a versão de uma firma privada como a “Globo”, a “Band”, o “OESP” e outras que se alinham no Instituto Millenium.

    Como sei que o professor tem muitas restrições ao PT, convido-o a pensar também, sem prejuízo às críticas, no que o PT fez de bom e inédito quando no governo. E se não for pedir demais, convido-o também a, se possível, abstrair o nome PT, a ficar apenas com “um partido qualquer que promoveu ganhos na área social de um país cuja maior e mais feia ferida aberta é a desigualdade de oportunidades”. Enfim em tudo o que o Golpe dos Corruptos de 2016 – possível nome que esse golpe de agora terá nos livros de História – está destruindo.

    De resto, estamos aí, na luta, como der e em qualquer oportunidade que se apresentar.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome