Diretor da Sabesp joga a toalha e sugere intervenção federal

Paulo Massato, o que mentiu; Jerson Kellmann, Macena e Benedito Braga

Em 17 de abril de 2014, o Secretário Municipal de governo da prefeitura de São Paulo, Chico Macena, criticou a falta de transparência da Sabesp em relação à crise da água. Mencionava racionamento noturno de água através da diminuição da pressão da água em período noturno.

O Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Mauro Arce, taxou a afirmação de “mentira”. O diretor metropolitano da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) Paulo Massato classificou-a de “irresponsável”. Disse mais: “˜É no mínimo lamentável que gestores públicos usem uma reunião de natureza técnica para deturpar declarações com objetivos político-eleitorais” (http://migre.me/omsZ2).

Naquele momento, o galo cantou pela primeira vez.

O Secretário Arce reafirmou as críticas: “Nunca foi dito por mim nem por nenhum funcionário da Sabesp que a companhia pratica qualquer tipo de rodízio ou racionamento. Por uma única razão: não há rodízio nem racionamento”.

O galo cantou pela segunda vez.

Já o governador Geraldo Alckmin se esquivou: “Não vamos transformar a maior seca das últimas décadas em picuinha política” (http://migre.me/omto8).

O galo ficou aguardando o desfecho.

Hoje, foi sintomática – e desesperada – a afirmação do mesmo Paulo Massato, de que “o rodízio poderá ocorrer se os órgãos reguladores acharem necessário”.

Ora, sendo necessário o rodízio, a decisão deveria ser do governador Geraldo Alckmin. Ao passar o bastão aos órgãos reguladores, Massato revela a impotência da Sabesp ante a falta de coragem e de iniciativa de Alckmin.

Leia também:  'Se fosse deputado ou senador, Moro estaria cassado ou preso', diz presidente do Senado

O próprio Massato define a dimensão do rodízio: serão necessários dois dias com água e cinco sem água para fazer diferença.

No mesmo evento, a única atitude de Alckmin foi mais uma vez tratar a crise de água como picuinha política. E admitir que a redução da pressão ocorre há mais de um ano (http://migre.me/omtvJ).

Pouco tempo depois do alerta de Macena, o Brasilianas.org foi ao ar tendo como um dos entrevistados Benedito Braga, presidente do Conselho Mundial das Águas  (http://migre.me/omueL). No programa, Braga mencionou estudos de 2009, que indicavam a necessidade de um plano para ampliar reservatórios e adutoras na macro metrópole paulista – que vai do litoral até Campinas. Porque não avançou? Ele: Quem tem que responder é o governo do estado.

Outro entrevistado, Paulo Canedo, coordenador do Laboratório de Hidrologia da Coppe/UFRJ foi mais enfático: “A própria ANA (Agência Nacional de Água) estabeleceu uma série de condicionantes que não foram cumpridas na íntegra. Já no início de 2014 se sabia, portanto, que as obras não estariam prontas em tempo para São Paulo enfrentar a crise. Por isso o governo do estado deveria ter iniciado a campanha de racionamento e uso consciente de água deste janeiro”.

No final do ano, Benedito Braga foi nomeado Secretário de Recursos Hídricos do governo do Estado, substituindo Mauro Arce, originário do setor elétrico. Levou um ano para Alckmin entender a necessidade de especialistas em água na Secretaria. E a Poli sempre esteve disponível com seus especialistas.

Leia também:  #VazaJato: Fux diz que nunca trocou diálogos com Deltan para auxiliar Lava Jato

Em seguida, nomeou para a presidência da Sabesp o respeitado Jerson Kellman – sócio e colega de Paulo Canedo.

Há um ano que as 35 prefeituras da região metropolitana tentam se organizar com o governo do Estado para enfrentar a crise. Não conseguiram uma reunião sequer. Em todas as reuniões houve um trabalho persistente de boicote por parte do governo do Estado.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

120 comentários

  1. “…falta de coragem e de

    “…falta de coragem e de iniciativa de Alckmin.”

    Mudou o nome? É cinismo puro; cinismo, cara de pau.

    No outro post circulou uma declalração do governador no sentido de que “fez a sua parte”…. É óbvio que querem jogar no colo do governo federal com esse papo de “agências reguladoras”. Junte isso com a mística de que o pt “desvirtuou” as tais agências e pronto.

    A chance de conseguirem é grande, pois ninguém dá o nome certo pras coisas.

  2. O Alckmin parece ser um

    O Alckmin parece ser um membro da “liga das sombras” da trilogia do “Cavaleiro das Trevas” (Batman). A liga tem como objetivo reestabelecer o equilibrio do mundo. Sendo assim, eles criam mecanismos para destruir uma sociedade o qual eles acham que atingiram um ponto de morte, uma socidade o qual é classificada como decadente. A eles é atribuída o grande incêndio de roma, o de londres e também a peste negra.

    A liga é liderada por Ra’s al Ghul ou pelo Alckmin, vai saber.

    http://batman.wikia.com/wiki/League_of_Shadows

  3. Façam as pazes com a lógica!

    “Massato revela… falta de coragem e de iniciativa de Alckmin…. ” única atitude de Alckmin foi…admitir que a redução da pressão ocorre há mais de um ano…”

    Ora, então se fez alguma coisa certo (além da campanha na TV por economia)?.

    Alguém discorda que foi correto?

    • Caboclo burro! O ponto

      Caboclo burro! O ponto central era que, sabendo da gravidade da situação, Alckmin deflagrasse uma campanha ampla de conscientização. Mas foi tão covarde que sequer admitiu as medidas timidissimas que vinham sendo tomadas, para não levantar a lebre.

      Você é o mesmo sujeito que indicou candidatos ao título de personalidades nacionais: Hartung e Velloso-Lucas, políticos paroquiais; e Cristovam Buarque, o que nada fez.

      Ô Calvin, para defender com calsse o liberalismo, você precisa de mais discernimento. Não se comporte como menino emburrado reclamando de tudo. Traga análises sensatas.

      • Burro e cego

        Quem não enxerga problemas num desgoverno federal desses, principalmente na energia (e na economia, política, etc.) tem lá condições de fazer uma análise do governo paulista?

        Vai estudar!

  4. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

             é cômico.

               O diretor da Sabesp joga a toalha.

                   E eu faço o que?

                    Jogo um copo pra ver se pinga uma gota de água,

                        Mais cômico ainda:

                        ‘Pede intervenção federal””

                         Mas tbm estamos com apagão que é responsabilidade do governo federal.

                               Isso é teatro burlesco.Ou bizarro.

                              Não se desesperem,porque o segundo ato irá resolver tudo.

                                   Por via das dúvidas estou comprando velas e perfume de quinta categoria( água)Mais conhecido como ÁGUA de cheiro.

                                           Façam o mesmo.

    • Anarca, vc é muito

      Anarca, vc é muito tosco….. APAgão??  Que apagão?  Vc lê demais o PiG por isso fica passando esses atestados.  Vai reeditar o apagão da Copa é isso? Oras meu caro, esse “secão” é de responsabilidade exclusiva do PSDB e da mídia paulista que há tempos blinda, junto com a nossa justiça,  a falta d’água em SP.  Mesmo no ano passado, quando não dava mais para esconder, Seo Alckmin junto com a imprensa paulista e a Rede Globo, encobriu o que já era público e notório, principalmente pelas eleições que estavam chegando.  Desde que o PT assumiu o poder que esperamos por esse apagão que só vc e os comentaristas pigais de sempre, enxergam e  adoram alertar.  Esse apagão foi e é  inventado,  de última hora , com a única finalidade de grudar a Dilma na falta d’água de SP….e vc ainda cai nessa e pior, fica aqui repercutindo essas asneiras. Acorda né mané….. e vê se consegue se segurar..tá feio demais pra você.  Não gostar do PT é um direito que vc tem, de boa…mas ficar aqui repercutindo mentiras, passando recibo, aí já é demais.  Os investimentos em Energia só aumentaram…..  Os investimentos em água, aqui em SP é que sumiram do mapa, e não é de hoje.

  5. Aonde foi que ele pediu

    Aonde foi que ele pediu intervenção federal, que eu não vi?

    (Intervenção federal é intervenção federal, um termo técnico que designa uma coisa muito precisa; pedir ao governo federal que faça alguma coisa não é o mesmo que pedir intervenção federal. Ou quando alguém chama o Corpo de Bombeiros para apagar um incêndio está pedindo “intervenção militar”?)

    • Compreensão de texto!

       Sugeriu (conforme chamada) não significa “Pediu”. 

      a afirmação do mesmo Paulo Massato, de que “o rodízio poderá ocorrer se os órgãos reguladores acharem necessário”. Orgãos reguladores, leia-se orientação esfera Federal.

  6. se o Brasil fosse sério

    as atitudes criminosas do Alckmin o levariam para a cadeia. Como o pais é uma palhaçada, ele não vai ser responsabilizado por nada e ainda corre risco de virar presidente.

  7. Já que sabemos que a nossa

    Já que sabemos que a nossa “justiça” só fala grosso dependendo do partido, uma iniciativa popular pode pedir o impeachment dessa sumidade que governa São Paulo?

  8. Chama os ….

    Xuxu, chame seus amiguinhos da Opus Dei. Não para rezar como sabes porque estão desgastados com São Pedro.

    Mas para por o cilicio nos 58% de paulistas que votaram em você. Eles são além de  pecadores compulsivos são masoquistas incorrígeis.

    Vamos ver quanto o estado de SP vai gastar com Perrier…kkkkkkk.. Banho, tossa e lava mãos vão causar um rombo nas finanças do estado “rainha”.

    Dont touch me Xuxu, eu sou pobre mas limpinho.

  9. Sinto, mas é preciso tocar nesse assunto.

    Jogou a toalha, porque não vai ter banho mesmo… E banho é o de menos. Problema é o que fazer com os dejetos humanos nos vasos sanitários. Resultado da jestão tucana, lembrem-se, eleitores…

    • Chuchu

      “Problema é o que fazer com os dejetos humanos nos vasos sanitários. “

      Fácil, sr Jair:

      O Governador vitalício preferido pela maioria dos paulistas baixa um decreto que obrigue o cidadão paulista a “soltar o barro” dois dias a cada sete.

      Justamente quando tiver água. 

  10. Calma.

    Muita calma nessa hora. Pra que tocar fogo no assunto, já que vai faltar água pra apagá-lo. Água pouca, meu copo primeiro.

    Sugestão do dia: suco de chuchu. É bom pra baixar a pressão. Ou será Alckmin uma das bestas do Apocalipse?

    Alckmin conseguiu até desmentir a sátira conhecida como O Inferno Brasileiro, de Stanislaw Ponte Preta. Alckmin vai, enfom, fazer O Inferno Brasileiro funcionar. Vai oferecer- ou já operece – às pobres almas das cercanias paulistanas um copo – ou vários copos – de merda diários.

    Queridos, redescobrimos mais uma vez o significado de choque de gestão à moda tucana.

  11. Sobre o uso de palavras que remetam a “escassez”

    O governo de SP vem relutando em usar as palavras “racionamento” ou rodízio” por um motivo simples, mas de grande impacto econômico. Segundo a Política Nacional de Recursos Hídricos, Lei Federal 9.433/97, Artigo 1º:

    “III – em situações de escassez, o uso prioritário dos recursos hídricos é o consumo humano e a dessedentação de animais”

    Significa que, em caso “racionamento” ou rodízio”, o governo deverá priorizar o abastecimento das pessoas físicas, em prejuízo dos maiores consumidores de água, que são a indústria e a agricultura.

    Alckmin não é bobo. Se decretar o racionamento no Estado, a economia para.
     

  12. He, he, he. Sempre acaba

    He, he, he. Sempre acaba assim. Os incompetentes paulistas pedindo penico! O apagão é culpa do governo federal, mas quem  está sendo apagado e esturricado de sede, é sp dos bicudos..kkkkkkkkkk. Sei, deveria chorar por eles, paulistas,  mas, desculpem, estão detonando o estado faz 20 anos. Pediram e levaram. O alckimin, o mimimi do momento, com suas PECUINHAS(essa palavra está cravada na boca desse político boçal) faz boca frouxa que só os urubólogos e 70% dos paulistas levam a sério. O BRASIL quer é distância desses eternos incompetentes bicudos. Amém.

  13. Agora vá entender o porquê da

    Agora vá entender o porquê da maioria do eleitorado paulista ter reconduzido ao cargo um governador  tão omisso e inapto. Afinal, qual a resultante em São Paulo após vinte anos do PSDB no Poder? Parece-me que só serviu de esteio para escoar o ódio ao PT. 

    Esse escandalo da Operação lava Jato veio a calhar para que a grande imprensa colocasse em segundo plano essa crise da água em São Paulo. Assim mesmo o Estadão, o “jornal da Província” estampa hoje que “São Paulo pode até ficar cinco dias na semana sem água”. 

    Convenhamos, num verão tão quente como o deste ano tal perspectiva é de amargar. Ou de feder, se formos apelar para o humor negro. 

     

    • “Agora vá entender o porquê

      “Agora vá entender o porquê da maioria do eleitorado paulista ter reconduzido ao cargo um governador  tão omisso e inapto.”

      JB, a resposta é simples. Preconceito e envenenamento da mídia.   A elite doente e dominante paulista não aceita “qualquer um” e entende-se por qualquer um, uma pessoa sem estirpe, sem verniz….. alguém que saiu de um ponto mais baixo que a elite dominante. Ela foi e é  tolerante com governantes ricos e gatunos mas  jamais tolerarão alguém de classe baixa governar.    Independente do preço a pagar, jamais aceitarão um governador com o qual não se identifiquem.   A elite paulistana sabe que o racionamento ocorre nas periferias e nos bairros de classe média baixa mas tb sabe que o governador,  um igual,  jamais os deixaria sem água, não nos jardins e arrebaldes.  O pobre que se lasque!!!   Agora, que a crise só aumentou e que a situação tá ficando feia, continuarão encobrindo  pois jamais assumirão seus erros e, para isso, contam com a mídia e a justiça paulista.  E, para distrair os convivas, temos a operação lava jato, sempre uma mão na roda e  que tira o foco da péssima gestão que somos vítimas aqui em Sp há mais de 20 anos.  Julgam  os inferiores, nunca um deles. 

    • Tenho minhas dúvidas sobre a

      Tenho minhas dúvidas sobre a votação do Dr. Chuchu e do Abominável Homem dos Neves. Há que ter o cérebro lavado pela mídia nativa.

    • Parcela considerável dos

      Parcela considerável dos paulistas é de uma ingnorãncia política absurda, por isso esta gente faz o que a imprensa manda.

  14. E o início das aulas ?

    Seria bom já se ir pensando no adiamento e em outras medidas emergenciais. Já passou da hora da instalaçao de uma “sala de situação da crise”;

  15. Intervenção federal

    Intervenção federal agora?

    Por que não pediram intervenção federal há 90 dias atrás ?

    Eles já sabiam do merdelê que está acontecendo agora.

    O que os eleitores do Alkimin acham desse ideia de pedir ajuda aos petralhas.

    Diz aí eleitores do Alkimin !

    Tem alguns coxinha que é tão sem noção, que vai culpar o governo federal pela falta d”água em SP.

  16. O PIG está tentando convercer

    O PIG está tentando convercer o resto do país, que a falta d”agua em SP está acorrendo em várias capitais.

    Principalmente no RJ, onde o PIG sita até o uso do volume morto do rio que abastece a capital.

    Só que o PIG não diz que esse volume morto dá para abastecer a cidade por sete meses, segundo os técnicos.

    Até lá há previsões de chuvas torrenciais na cabeceira do rio.

    São as água de março fechando o verão, e a promessa de vida nos corações do cariocas.

    Enquanto em SP vão comer/beber lama.

    Bando de imcopetentes, tanto os politicos como os seus eleitores.

  17. Saiam de S. Paulo enquanto é tempo!

    Imaginem o que vai acontecer quando milhões de moradores das periferias descobrirem que a água acabou de vez; quando o preço do caminhão pipa disparar; quando as crianças ficarem sem aula, os pais ficarem sem emprego… Intervenção federal? Pode ser preciso uma intervenção militar para conter o caos – algo como a “noite da grande fogueira desvairada”, só que em Sampa, não na S. Sebastião da melô do Chico.

    Apenas imaginem.

     

  18. -Saiam  de São Paulo, porque

    -Saiam  de São Paulo, porque aqui não tem água, não vai ter água pra tomar banho, limpeza da casa. Quem puder compra garrafa de água mineral, quem não puder vai tomar banho na casa da mãe, em Santos, Ubatuba, Águas de São Pedro. Aqui não vai ter.”  Do diretor metropolitano da Sabesp, Paulo Massato

    http://noticias.r7.com/sao-paulo/saiam-de-sp-porque-aqui-nao-tem-agua-diz-diretor-da-sabesp-em-audio-segundo-revista-25102014

  19.  Ao eleitor paulista de

     Ao eleitor paulista de Alckmin só restam duas opções: ou lava os pés ou lava o traseiro. Corpo todo, nem pensar.

  20. No meu condomínio, a SABESP

    No meu condomínio, a SABESP corta a água todo dia às 16:00 horas e ela volta somente às 06:00 horas do dia seguinte.

    Último sistema de captação construído no Estado foi o Cantareira, em 1977. De lá pra cá, nada.

    Parte da SABESP privatizada na Bolsa de Nova Iorque. DIvidendos de 48% pagos aos acionistas, conforme reportagem da publicada na Revista Exame, quando se poderia pagar 25% como reza a lei. A diferença bem que poderia ser investida em novos reservatórios.

    Em suma, querer acreditar que a culpa não é da SABESP e do Governo do Estado de SP é querer brigar com a realidade. 

     

     

  21. Acabou a água. Sai o impeachment agora?

    Em 2001 foi esse mesmo Desgovernador que começou o processo de desabastecimento de água em São Paulo. 14 anos depois os eleitores retardados do Picolé o reelegeram para o seu quinquagésimo mandato, onde com toda a pompa e festa,  anuncia que “fomos surpreendidos” com o fim da água em SP. …

    Ele começou. Ele terminou.

    Quando sai o impeachment? Por que ainda não pediram? Cadê o PT e a oposição? Estão esperando o que? Chover???

    Aliás esse desgovernador deveria sair do Palácio dos Bandeirantes algemado e  direto para a penitenciária onde encontrará muitos dos seus amigos do PCC.

    Crime de responsabilidade.Gestão temerária. Golpe eleitoral. Crime contra a humanidade.

    • Quando sai o impeachment? Por

      Cadê o PT e a oposição? Estão esperando o que? Chover???

      Sim. Porque senão daqui a pouco vão ser eles a explicar a falta de energia elétrica. 

      A seca vai servir para justificar a incompetência dos dois grupos de canalhas que dividem o país.

       

      • Então…
        Posso te citar quase

        Então…

        Posso te citar quase uma dezena de hidroelétricas que estão sendo construídas no país. Muitas só não foram entregues ainda pq figurinhas do tipo Marina 4×4 Silva e outros ecolunáticos paralisaram as obras uma centena de vezes. Na maior parte das vezes sem razão alguma.

        Agora  cite 1 (UMA) obra tucana no setor hidríco em SP. 1 (Uma)  só. Nos últimos 20 (VINTE) anos…..

         

        • Não seja imbecil

          Se nada tivesse sido feito nos últimos 20 anos jás estariam sem água e com os esgotos correndo a céu aberto em metade das cidades.

          Vai se informar.

          • Pois bem, estamos sem água e

            Pois bem, estamos sem água e esgoto corre a céu aberto em SP.

             

            Se duvida, dê uma espiada nos “rios” Tietê, Tamanduateí e Pinheiros.

  22. Prá quem não sabe: Mauro Arce

    Prá quem não sabe: Mauro Arce é o membro da quadrilha tucana que foi um dos responsáveis pelo apagão de 2001/2002.

  23. Desde que haja o repatriamento dos lucros dados aos acionistas..

    Porque distribuir o dinheiro para acionistas em vez de fazer as obras necessárias e depois querer que o governo federal pague a conta é muito cinismo. 

  24. Falta de água

      Tá e daí ???? agora querem jogar a tragedia nas costas do governo Federal, na Dilma ?     ooohh povinho burrrooo é o paulista. 58% em primeiro turno. 5 dias por 2 (?). Isso já tava em dezembro. Hoje está 7 por 0….   e fazer o que ????  fazer o que ?  oh revolta em ser um dos 42 % que leem Nassif, Amorim e, agora passa sede com essa gentinha conservadora. Nem esgoto tratado há pra beber. E as manchetes de hoje dos jornalecões de SP comemoram que o Guarapiranga foi a 40%. O Guarapiranga tem 171mi de metros cubicos, o Cantareira mais o Alto Tietê, quase 2 bilhões e ESTÃO VAZIOS, em colapso…

  25. O lance é deixar que esse

    O lance é deixar que esse povo que elegeu o governador Geraldo Alckmin…sintam na própria carne e peçam o seu Impeachment . Incompetência tem limites…

  26. Bandeirantes

    Não estamos muito preocupados porque os paulistas sempre demonstramos,na hora do aperto, o heroismo próprio dos bandeirantes.Com a bravura de  Raposo, Baltazar Fernandes, Domingos Jorge Velhoe tantos outros construtores do Brasil, se necessário iremos buscar a água onde ela estiver.

    É de se notar, no entanto, o despeito e a inveja que despertamos em tanta gente espalhada por aí.

    • O problema EXIGIA SOLUÇÕES no

      O problema EXIGIA SOLUÇÕES no curto, no médio e longo prazo!

      Como o governador preferiu tratar tudo como picuinha perdeu-se o curto e médio prazo!

      Sobrou planejamento SOMENTE para o LONGO PRAZO!

      Solução no curto e no médio prazo é 5 dias SEM ÁGUA e nos outros 2, VALE A LEI DA GRAVIDADE!

      Até a água chegar na sua torneira no 10º andar, os 2 dias já passaram…

    • Citou 3 portugueses …

      Hehe, como a História farsesca cria sentimentos em tolos, que se acreditam “arianos”…

    • Onde você acha que tem água ?
      Onde você acha que tem água ? Quantos milhões ou bilhões de litros vão trazer ? Em lombo de mula ? É … pelo jeito … Burro é que não falta.

    • Sr. falar de Raposo e Velho

      Sr. falar de Raposo e Velho como heróis do sertaõ, sinceramente, nã vou levar a sério teu comentário; Os grandes desbravadores que buscavam ouro e traziam escravos indígenas. Grandes heróis. Por favor, fique quieto no teu canto e vá estudar a história do Brasil.

    • Pois então vá tomar banho

      Pois então vá tomar banho com Raposo, Baltazar Fernandes, Domingos Jorge Velhoe tantos outros construtores do Brasil . . .  e quanto aos construtores do Brasil leve junto a Siemens, a Alston, e a turminha da Castelo de Areia, e o povo da Privataria . . . . e bom banho na Paulista, banho de pó, banho seco . . . . . banho paulista.

    • O “heroismo” dos bandeirantes…

      Se for se comportar como bandeirante, me diga: vão roubar água dfe quem? Ou então váo escravizar quem pra levar água pra vocês? Já pensaram em assassinato?

      Pois os bandeirantes fizeram isso: escravizaram, roubaram e mataram.

      (E depois os cangaceiros é que foram criminosos…) 

    • Bandeirantes

      Você só pode estar de gozação, né Ulderico! Bandeirantes eram bandidos, saqueadores, escravistas e se a versão moderna vier para cá “buscar” água vão ser recebidos como tais. Venham!

  27. A Poli tem sua parcela de culpa

    Caro Nassif,

    O fato é que a Poli é co-responsével pelo que está aí. O Benediro Braga, professor da Poli,  foi diretor da ANA na época da outorga à Sabesp.  Outorga esta baseada em estudos primários, como pode se constatar no site da ANA.  A Sabesp subcontrata uma empresa Labsid, aparentemente ligada a uma fundação, por sua vez  aparentemente ligada à usp, cujos coordenadores técnicos são do mesmo departamento da Poli/usp que o Benedito Braga. É essa empresa que faz os estudos técnicos para a sabesp. Estudos estes que deram no que deram por não levarem em conta nem variáveis climáticas nem hidrológicas. Enfim, tudo em casa, tudo dominado, poli, sabesp, governo de SP.

    Pode até ser que a água da Cantareira não acabe, mas vai ficar nesses níveis baixos, “surfando” na segunda reserva técnica e com um racionamento mais ou menos disfarçado. Isso se chover. Senão, será mesmo o caos.

    Não vi até agora nenhuma iniciativa da Poli para discutir publicamente a questão da água em SP. Um workshop sequer. Uma palestra pública, uma publicação em revista de segunda linha, nem isso.

    Por que será?
     

     

     

     

  28. Eu fiquei tranquilo quando

    Eu fiquei tranquilo quando ele disse:

    “Vamos minimizar ao máximo o sofrimento da população”

  29. De quem é a culpa?

    P { margin-bottom: 0.08in; }

    Repetimos a exaustão o que já sabemos sobre a responsabilidade dos governos PSDB no estado de SP.

    E daí? O que resta a provar ou a demonstrar?

    Algum detalhe técnico… Um mea culpa de algum administrador?.

    O importante é que a PERCEPÇÃO maioria da população é de que a culpa é do governo federal, Dilma, … em essência do PT!

    E o golpe de mestre: quando chegou-se literalmente a lama, passa-se a responsabilidade para a agência federal! Perfeito!

    Esclarecemos então para os esclarecidos. OK. Mas, quem esclarece para a maioria da população, a maioria? Os eleitores do maior colégio eleitoral do país?

    Esse é o problema POLÍTICO central. O resto é detalhe.. Boa noite.

  30. AÇÕES DA SABESP DESPENCAM NO MERCADO

    As ações da Petrobrás, sustentam o nível da Bolsa de Valores (em alta), enquanto que a grande mídia fica quetinha e mudinha no caso da queda das ações da SABESP. Segundo o Valor, as ações da companhia de água de São Paulo desvalorizou em um (01) ano o equivalente à 42% no mercado. Só nos primeiros 23 dias de Janeiro/2015 essas mesmas ações desvalorizaram em 21%. Imaginem o “mico” que esses investidores tem em mãos.

  31. A campanha da Globo para Geraldo…
    A campanha da Globo para tirar o do Geraldo da reta esta hilária.
    Hoje tinha uma reportagem com uma foto mostrando um banco de areia na Lagoa. O problema é que o banco de areia é fenômeno natural no local. Tão natural que formou uma ilha onde esta o clube Piraquê.

    E…Lagoa é mar, a água é salgada e não tem qualquer relação com seca, lol, morri de rir.
    O mais incrível é que tem gente que acredita…

    • Tem gente que acredita?

      Meu amigo, sou paulista e posso assegurar-lhe que a imensa maioria acredita piamente nessas abobrinhas da Globo. Para o paulista médio, remediado e humilde, a Globo não mente e não tem por que mentir, já que não tem, na opinião dessa gente, nenhum interesse escuso a movê-la.

  32. Crise hídrica em São Paulo = má gestão e irresponsabilidade.

    Não existe outra forma de classificar a falta de atitude do “desgoverno” do estado de São Paulo na pessoa do Sr governador Geraldo Álckimin. Na região metropolitana de São Paulo existem aproximadamente 12 milhões de pessoas que precisam e utilizam água diariamente. Ninguém, que fosse no minimo sério, colocaria interesses pessoais e eleitoreiros à frente da necessidade primária de milhões de pessoas como está ocorrendo. Durante a campanha eleitoral do ano passado para o governo do estado, todos negavam a necessidade de racionamento e nem cogitavam a palavra crise hídrica. Vale lembrar o quanto a mídia, em especial a paulista, também foi e está sendo irresponsável em relação a este fato de tamanha importância. Pergunto: Quem mais vai sofrer e quem vai arcar com as consequências???

  33. Lamentável. Triste. Estou com

    Lamentável. Triste. Estou com dor no coração.  Não consigo brincar com uma coisa dessas. Estou aqui no Espírito Santo e conversando com o frentista no posto de gasolina ele disse-me que os ricos não vai sofrer nada com a falta d’água. Eles vão pra Miami, Caribe, Dubai. A preocupação dele é com seus filhos. Ele disse que por ser pobre, às vezes se arrepende de ter colocado-os no mundo e deixá-los passar por essa privação.

    A mídia brasileira é escrota (a goebbels já extrapolou a escrotisse) e seus políticos amestrados (de preferência tucanóides) são de dar nojo e pena, tamanha a suas ignorância e safadeza.

     

  34. agua


    Agora é aquela historia do bode na sala. A imprensa protetora do XUXU hoje saiu com esta: na famigerada CBN e na radio estadão tavam fazendo entrevistas com os babacas alienados reclamando que a SABESP não estava cumprindo os prazos por ela estabelecido, quanto ao periodo sem agua. Quer dizer: promete deixar sem agua ¨X¨Horas EX: 24h sem agua 48h com. Aí eles faz o contrario. 48h sem, 24h com.  Os idiotas alienados reclamam, aí eles voltam a praticar o modelo original, hã hã hã o q acontece? Os idiotas alienados engole o truque e se dão por satisfeito e a tucanalha rir da cara de todo mundo.

    Esta é a verdadeira historia do bode na sala. 

  35. Em breve não vai dar pra

    Em breve não vai dar pra lavar o rosto, lavar as mãos e escovar os dentes na pia do banheiro. Quem tem acessórios de banheiro folheados a ouro, vai olhar triste para eles, com o vaso sanitário resplandecente todo cheio. A saída vai ser usar pinico. O chuveiro sequer gotejando. As mulheres não vão poder usar o Bidê. As ablusões (palavra bonita esquecida que significa lavagem do corpo ou parte dele) não serão mais possíveis. Um cheiro de cachorro vira-lata molhado. E os pobres viralatas sem poderem tomar água nas sarjetas. Todos sentindo saudades doídas ao verem a chuva, levantando os braços e dando um visto nas axilas. Fazer a barba a seco, jogando álcool 92 graus pra desinfectar. O rosto do governador na TV, culpando o pobre S.Pedro, ao invés de rezar um pai-nosso na reunião da Opus. Uma vontade de ver o mar e dar um mergulho nas ondas. Ouvir a música do Jorge Benjor, “lá fora está chovendo, mas assim mesmo eu vou rever o meu amor”. As partes baixas despertando a atenção, nunca olharam tanto para elas. Neanderthal tão próximo, correndo nu nas pradarias.

  36. Ô da canequinha…

    Foi esse ai mesmo que falou: “Se houver alguma crise maior, vamos distribuir água com canequinha.”.

    Pronto: sou o primeiro da fila, quero a minha!!!

  37. Essa é a regra tucana, não a excessão

    Eu vou contar uma historinha muito semelhante pra vocês não acharem que isso é um fato isolado no governo tucano do Estado.

    Eu faço parte do conselho consultivo do Parque da Água Branca, que quase foi destruído por uma reforma inconsequente da ex-primeira dama Deuzeni Goldman. Nascentes foram invadidas e o património histórico tombado ameaçado.

    Após uma intensa movimentação popular que durou dois anos de muita luta, as obras foram suspensas. O parque foi transferido da Secretaria da Agricultura para a do Meio Ambiente, do deputado Bruno Covas.

    Deveria ter melhorado, certo? Pois bem, o parque gerido pela Secretaria do Meio Ambiente despeja esgoto nas galerias de águas pluviais. Cansei de denunciar isso em todas as reuniões e em todas elas eles sempre negam, apesar de ser feito em praça pública, a céu aberto e estar documentado por fotografias. Segundo eles, a grelhas colocadas no piso do parque inteiro sobre as caixas de sedimentação de águas pluviais são coletoras de esgotos. O diretor do parque nem sabia que a rede de esgotos é separada da de águas pluviais, e que as legislações estadual e municipal não permitem que elas se misturem.

    Tentei argumentar que se eu desviasse a água da calha da minha ada para a rede de esgotos seriam multado pelo Sabesp. Se jogasse o esgoto no bueiro, seria multado pela Prefeitura. Em vão. Eles continuam jogando esgoto na rede de águas pluviais e não estão nem ai.

    De que serve cria um conselho popular consultivo se não estão dispostos a ver ou ouvir nada…? Só a certeza da impunidade pode produzir tanta arrogância, e é isso que está acontecendo.

    Olha só o que diz esse especialista alemão que conhece São Paulo. Acertou na mosca:

    “O problema do Brasil é que o Estado é fiscalizador dele mesmo.”

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-problema-da-crise-da-agua-em-sao-paulo-e-a-interferencia-politica-diz-especialista-alemao/

    • “De que serve cria um

      “De que serve cria um conselho popular consultivo se não estão dispostos a ver ou ouvir nada…?”

      Provavelmente porque eles acham que “Conselho” é sinônimo  de Bolivarianismo.

      Chique. Muito chique.

  38. Eu não queria estar na pele desse Geraldo Alckmin.

    Agora que a vaca paulista foi pro brejo (seco) o PIG vai saindo d efininho e vai abandonar o cabra… Já vi tudo. O Serra será candidato em 2018……

    • Da nada não…

      Da nada não, fica tranquilo, a paulistada acostumou a colocar a culpa no governo federal pra tudo quando é mazela no estado, se acham os reis da cocada preta, se acha que os jornalistas que esculhambaram com o povo nordestino na última aleição vai ter coragem de olhar no espelho e dizer: “Eu sou bovino desde criancinha”.

  39. O caso é o seguinte, Nassif

    Ora, sendo necessário o rodízio, a decisão deveria ser do governador Geraldo Alckmin. Ao passar o bastão aos órgãos reguladores, Massato revela a impotência da Sabesp ante a falta de coragem e de iniciativa de Alckmin.

    Não é isso, Nassif: o que eles querem mesmo é jogar a culpa do racionameento (eufemizado como “rodízio”) pro Governo Federal. Querem dizer “a gente não achava necessário, mas a ANA disse que sim”.

    Vão sustentar a desnecessidade de racionamento até a morte, serão defendidos pela mídia e vão racionar colocando a culpa no Governo Federal.

    E o paulista vai morrer de sede, mas a última frase a proferir com sua garganta ressequida será “Alckmin é meu pastor, e o PSDB nunca me faltará”…

  40. Cade a agua que estava aqui?O

    Cade a agua que estava aqui?
    O Alckmin comeu
    Cade o Alckmin?
    Foi pro mato
    Cade o mato?
    O fogo queimou
    Cade o fogo?
    A água não apagou
    Cade a água?
    O povo bebeu
    Cade o povo?
    Foi puxar trigo
    Cade o trigo?
    A galinha comeu
    Cade a galinha?
    Foi botar ovo
    Cade o ovo?
    O padre chupou
    Cade o padre?
    Foi rezar a missa
    Por onde é o caminho da Missa?

    Só Deus sabe

  41. Bebeu água, não! Tá com sede,

    Bebeu água, não! 
    Tá com sede, tô! 
    Olha, olha, olha, olha a água mineral 
    Água mineral 
    Água mineral 
    Água mineral 
    Do Alckmin
    Você vai ficar legal

  42. Só um Estado rico como São

    Só um Estado rico como São Paulo pôde suportar 20 anos de desgoverno tucano. Os outros que tentaram sucumbiram no primeiro mandato. 

  43. Equação.

    São Paulo não é a terra da garoa?
    São Paulo não é cortada por rios que já estão sendo despoluídos a mais de 20 anos( já foi gasto mais de 3 bi )?
    São Paulo não sofre enchentes todos os anos várias vezes por ano?
    São Paulo não é aquele que é governado a mais de 20 anos pelo partido com os melhores gestores(eles é que vendem essa imagem)?
    São Paulo não é aquele que tem o povo mais inteligente do Brasil??

    E esta faltando água????

    Fecha ai esta EQUAÇÂO Paulistas e Paulistanos. Onde estão os erros nas frases acima??????????

     

  44. energia

    Como eu sou mal informado e muitas notícias só leio a manchete cheguei a acreditar em “apagão e falta de energia” quando aconteciam “quedas de energia”. No entanto, em vários países ricos do mundo acontecem quedas de energia. Nos Estados Unidos em evento esportivo com millhões de pessoas acompanhando e uma multidão no estádio aconteceu a queda de energia. Aqui no Brasil não existe problema nenhum no setor de energia.

    Os “elementos ligados na Rede Globo” fizeram campanha contra Belo Monte, agora estamos todos pedindo que termine rápidamente para o bem do Brasil.

    E a Argentina agora também comprou energia do Brasil.

    Os Jornalistas da grande imprensa que defenderam Anastasia e Eduardo Cunha são sem-vergonhas e canalhas.

  45. 5 X 2

    Serão precisos 5 dias sem água e apenas 2 com água para ter alguma água nas torneiras paulistanas.

    Sendo um pouco mais realista, os paulistanos vão acabar ficando 7 dias por semana sem água!

    Gostaria de ser economista para entender em que o paulistano foi beneficiado com a “privatização” da SABESP?

    Passou a ter projetos de longo prazo para obter água? Não.

    Realizaram obras para buscar água em outras fontes? Não.

    Planejaram a ampliação da distribuição para atender o crescimento da cidade? Não.

    Não, não e … Muitos nãos!

    Drenaram o rico dinheirinho paulista para a gringolância? SSS   III   MMM.

    O paulista derrotou nas urnas os piratas tucanos? NNN  ÃÃà OOO.

    Pois é! Agora guuueeeeeenta!

  46. O texto não condiz com a

    O texto não condiz com a manchete. Sendo a administração dos recursos hídricos de São Paulo subordinada, como a de todos os estados brasileiros, a Agência Nacional de Águas, teoricamente estamos sob intervencão federal desde sempre. No decorrer de 2014 a Sabesp apresentou deviersos planos de gestão para a crise a ANA, que em todos solicitou adequaçãoes às metas que a Agencia estabeleceu. Mesmo adequando às metas, chegamos no ponto em que estamos. Não acho que a gestão estadual tem sido boa, sobretudo quanto à transparência e prevenção de danos maiores, pelo contrário, é catastrófica, tanto quanto a dificuldade da ANA em direcionar as acões dos órgãos competentes. O fato é que nesse fla x flu, estamos cercados de incompetentes, e de oportunistas. O oportunismo habita a pólitica, a mídia e a falta de civilidade reside em também em nós mesmos. 

    • Leia a Constituição, Raul

      Raul, a gestão da água e saneamento básico são atribuições dos governos estaduais. Isso é texto constitucional. agências reguladoras, como a ANA, têm poder muito limitado. São “conselheiras” sem nenhum poder executivo. Quem manda na água paulista é a Sabesp, subordinada ao governo do estado de São Paulo e que teve suas ações vendidas na Bolsa de Nova Iorque. Essa é a raiz do problema: falta de investimento e planejamento do governo paulista, que viu a demanda por água aumentando mas não teve capacidade de aumentar a oferta.

      • Falta de água

        Mariana, sua afirmação de que a competência da gestão de água e saneamento básico é atribuição dos governos estaduais conforme texto constitucional não procede. Na expressa enumeração das competências municipais, a Constituição Federal aponta ser de competência dos Municípios “organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, os serviços públicos de interesse local” (Art. 30, V), bem como “legislar sobre assuntos de interesse local” (Art. 30, I). Portanto, a provisão dos serviços de água e saneamento é a responsabilidade dos 5.564 municípios do país. Porém, companhias de água e saneamento nos 26 estados brasileiros estão encarregadas de prover serviços de água em 4.000 municípios e esgoto em 1.000 municípios. As companias estaduais foram criadas a partir de 1971 como parte do Plano Nacional de Água e Saneamento (PLANASA), substituindo o modelo antigo de provisão que era puramente municipal. Enquanto algumas estatais operam contratos concessionários com os municípios, existem outros casos onde os municípios desafiaram a legalidade da provisão de serviço pelas companhias do estado.
        Ao nível nacional,  administração de recursos hídricos é a responsabilidade da Agência Nacional de Água (ANA) mas, levando em consideração que o mandato legal para a regulamentação recai sobre os municípios, o papel das agências reguladoras de água e saneamento é mínimo.
        Portanto, a responsabilidade se incia pela prefeitura, que pode inclusive responder a processo civil por eventuais perdas e danos oriundos do desabastecimento hídrico. Esta, por sua vez, pode pedir o ressarcimento desse dano para a concessionária que tenha sido contratada para executar esse serviço.
        Tudo isto com certeza não justifica o tremendo despreparo dos políticos e técnicos envolvidos neste imbroglio, desde o petista Vicente, diretor da ANA, passando pelos governadores ( não é caso somente do Alckmin, RJ, MG e ES estão com o mesmo problema ) e chegando aos prefeitos, que acham que o problema é únicamente das concessionárias por eles contratadas.

         

    • Você sabe que é uma Federação???

      Temos:

      Estado unitário

      Estado Federado ( Brasil)

      Estado Conferado

      Estado Unitário – centralizado e concentrado, acho que é isso que você quer pelo seu argumento, mas isso não é a atualidade.

      Estado federado – Brasil hoje, há um certo grau de descentralização e desconcentração de poder, seja administrativo, política etc..

      Alguns definições de competências da União:

      São exemplos de mananciais cujas águas são de domínio da União:

      ·         Rio Paraná (Brasil, Paraguai e Argentina);

      ·         Rio Paraíba do Sul (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro);

      ·         Rio São Francisco (Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas; Sergipe);

      ·         Lagoa Mirim (Brasil e Uruguai), entre outros.

      Exemplos de competências dos Estados:

      ·         Rio Tietê (São Paulo);

      ·         Lagoa dos Patos (Rio Grande do Sul);

      ·         Rio das Velhas (Minas Gerais);

      ·         Rio Jaguaribe (Ceará);

      ·         Rio Paraguaçu (Bahia).

      Uma analogia:

      No Estado de São Paulo temos o exemplo do município de Itu onde a responsabilidade do abastecimento é municipal (prefeitura), o próprio governo do Estado disse: que apesar de não ser responsável iria ajudar através da defesa civil e repasse de dinheiro.

      1° Sugiro verificar a Constituição Federal em seus artigos art. 20, inciso III, IX, entre outros artigos.

      E:

      2°  Lei 9.984/2000 – Agência Nacional de Águas – ANA “art. 4°…
      XIX – regular e fiscalizar, quando envolverem corpos d’água de domínio da União….”

      3° Assim como a ANA tem uma “institucional” sendo uma agência da União, o governo de SP tem uma Agência: DAEE, segue seu institucional:
      “O Departamento de Águas e Energia Elétrica- DAEE é o órgão gestor dos recursos hídricos do Estado de São Paulo.” Regulado pela Lei 7.663/91
      Ou seja, o órgão gestor é Estadual, a União não pode interferir, a única responsabilidade no caso do cantareira é Estadual, o Governo Federal tem responsabilidade indireta, mas caso negasse ajuda de verba ao Estado. Ou direta no caso do Rio Paraíba do Sul.

           4° Exemplo na lei desse modelo federativo, por óbvio descentralizado e desconcentrado:
           Lei 9.433/97 – Política Nacional de Recursos Hídricos, vejam um artigo:

      “Art. 30. Na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos, cabe aos Poderes Executivos Estaduais e do Distrito Federal, na sua esfera de competência:
      ……
      III – implantar e gerir o Sistema de Informações sobre Recursos Hídricos, em âmbito estadual e do Distrito Federal;”
       

      O seu argumento é respeito ao Estado Unitário, O Brasil é um Estado Federativo.

  47. Solução da crise para o Massato!

    O incompetente Paulo Massato, ao invés de mandar-nos tomar banho… na casa da mãe em Santos, deveria cometer haraquiri introduzindo a bandeira do PSDB… na barriga!

  48. ALCKMIN É CULPADO E MERECE O IMPEACHMENT!

     

    Se vamos começar a beber água de esgoto, é por que ele permitiu a devastação das áreas de preservação florestal em volta dessas bacias, que hoje atinge cerca de 70% de desmatamento. Sua irresponsabilidade é a causa principal do problema. A própria floresta alimenta as nuvens e as chuvas, além de propiciar uma melhor captação de água nos reservatórios. Deixar políticos assim impunes, significa aplaudir a impunidade; levando-nos a coisas muito piores no futuro.

    Quem tiver dúvida:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/535066293295704/?type=3&theater

     

    • IMPEACHMENT Não!

      Ele foi eleito democraticamente, e devemos respeitar, pois isso daria força para quem quer tirar a Dilma, pois ela foi eleito do mesmo modo que o Alckmin, ou seja através do voto da maioria.

      • A Dilma não enrolou ninguém!

        Reconheceu a corrupção na Petrobrás, e foi clara, dizendo que haveria ajustes na economia. O Alclmin elegeu-se em cima de uma mentira, garantindo que não faltaria água, recusando-se a tomar as medidas necessárias, que embora impopulares, seriam bem menos danosas do que as que virão agora; e o que é pior, por culpa de sua própria incompetênciam, que permitiu um absurdo desmatamento, e não cuidou de reflorestar as áreas de preservação.

        • A vaca Tossui!

          A vaca Tossui!  Ela não disse que iria propor as MPs 664 e 665, aliás disse o contrário na campanha. Não discordo de algumas medidas, mas DISCORDO totalmente no caso da redução para 50% da pensão. Qual distorção é essa???

          Mesma analogia, muitos podem dizer e afirmar eu como eleitor não gostei do modo em decreto como foi proposto e na canetada quer decidir o que é distorção?? Absurdo, a vaca tossui, e ela não disse que iria propor isso. Muitos podem pedir a saída dela por isso, pois ela mentiu, assim como o Alckmin. Discordo do impeachment de ambos!

          • Dilma

            Com as MPs 664 e 665 eu não morro de fome nem existe risco de empresas fecharem (comércio já está fechando), hospitais, escolas ficarem sem operar.

            Acho que faltou diálogo na discussão das MPs acima, mas a gravidade é totalmente desproporcional.

        • Ok, explica para os que querem o impeachment….

          Ok, explica para os que querem o impeachment da Dilma agora! Impeachment é ato político, ambos estão errados na minha concepção, sou contra os 2(dois), mas o seu ato não parece ter muita força! Já o contra a Dilma está mais forte.

          E dia 13 e dia 15 é uma ato contra o Governo, só que dia 13 é contra o arrocho, e dia 15 a favor do impeachment, querendo ou não o Governo tirou muito do seu apoio como o arrocho, a vaca tossui, e perdeu apoio, é claro isso!

    • Crise Hidrica

      Como recompensa pelos bons serviços prestados ao estado de SP no período de “restrição hidrica” os paulistas elegerão o governador Alckimin presidente do Brasil em 2018. Eita povo esperto!

  49. Paulistas também podem usar a

    Paulistas também podem usar a fragrancia “fleur de xuxu”, mais conhecida como Alckmin numero 5, para disfarçar o 

    fedor nauseabundo por causa da falta de banho. Eles merecem!

  50. Estiagem não tem nada a ver com racionamento de água

    A maioria dos comentários sobre a crise hídrica referem-se às consequências da estiagem; poucos mencionam as causas do desabastecimento de água. Fica-se com a falsa impressão de que a calamidade pública que inviabiliza a vida de milhões de paulistanos foi consequência de fatalidade. Seca prolongada e corte no fornecimento de água são eventos independentes – só se associaram porque governantes e gestores de águas não fizeram a lição de casa. Aos primeiros alertas do desastre ambiental, gestores deveriam notificar autoridades no sentido de implementar ações que atenuassem os efeitos da seca. A partir de que ano gráficos elaborados com registros históricos de precipitações pluviométricas permitiram aos gestores de águas prever a ocorrência da estiagem extraordinária ? Quando os primeiros alertas foram disponibilizados ao governador do Estado e aos prefeitos das cidades da região metropolitana de São Paulo para elaborarem ações de combate à seca ? Por que  campanhas educativas para economizar água e captação em mananciais distantes da Capital só foram efetuadas no auge da crise hídrica ? Postas em prática tardiamente, não foram suficientes para dispensar soluções drásticas como racionamento por rodízio de bairro e uso do volume morto da represa, cujos efeitos mostram-se paliativos. Resta agora rezar para São Pedro também não atrasar suas providências.

  51. Os bons corações rasos d’água
    Sempre vai haver um filho-da-puta para explorar o seu bom coração. Portanto, se você vai economizar água – como é o seu dever de cidadão solidário e de bom coração como a imensíssima maioria das pessoas – faça-o em silêncio, sem alarde, até com um pouco de vergonha. Não dê a um filho-da-puta a oportunidade de usar o seu bom coração para ocultar a própria e exclusiva responsabilidade pela falta de água em uma das regiões mais ricas em água doce do planeta. E, caso se sinta compelido a falar do assunto, lembre sempre, a si mesmo e aos demais, que a culpa pela falta de água NÃO É do vizinho que toma banhos de meia hora nem da vizinha que lava a calçada, e que a soma de todos os banhos de meia hora e todas as calçadas lavadas em um dia não chega aos pés do que gasta um único pivô central jogando água pro ar por duas horas sob o sol do meio-dia, todos os dias, dia após dia, para aumentar em 0,5% o lucro do sujeito sojeiro. E não se esqueça, nem deixe que se esqueçam, que chegamos a esta situação porque os filhos-da-puta eleitos com campanhas financiadas pelos sujeitos sojeiros e outros sujeitos semelhantes preferiram distribuir aos sujeitos financiadores de campanha os dividendos dos lucros obtidos com a venda de água mantida artificialmente escassa, em vez de reinvestir esses lucros no aumento da capacidade de captação do sistema hídrico da metrópole. E, em vez de deixar que o seu bom coração acabe transformando você em puliça da vizinhança, fazendo de um bom impulso uma escrotidão como querem os filhos-da-puta de carteirinha, lembre-se de ir com os amigos e vizinhos jogar volume morto na casa do governador, do secretário de recursos hídricos, dos diretores da Sabesp. E nunca, nunca encha o saco do seu vizinho.

    • Silêncio nem pensar!!!

      Fazer em silêncio… mas nem pensar… temos é que mostrar a todos o incopetente governador que temos aqui em sampa… que além de não trabalhar em favor do povo… ainda nos ferra e acusa de desperdício!!!

  52. Importância Estratégica da Água e do Petróleo

    O PSDB e seus eleitores não compreendem a importância estratégica da água e ainda querem crédito para falar da importância estratégica do Petróleo e da Petrobrás?    

  53. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome