Ditador chileno Pinochet será homenageado em Assembleia Legislativa de São Paulo

O evento foi um pedido do deputado do PSL, Frederico D'Ávila. A celebração busca valorizar o nome do general que instaurou a ditadura de 1973 a 1990

Jornal GGN – O ditador chileno Augusto Pinochet será homenageado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), no dia 10 de dezembro, data de sua morte e Dia Internacional dos Direitos Humanos. O evento foi um pedido do deputado do PSL, Frederico D’Ávila.

A celebração que busca valorizar o nome do general que instaurou a ditadura de 1973 a 1990 no país latino-americano foi divulgada e criticada nas redes sociais nesta quarta-feira (20). Na agenda da Assembleia Legislativa, o evento aparece sem o nome completo do ditador, omitindo o principal nome Pinochet:

O ato “Solene em Memória do Presidente Augusto P. Ugarte” [confira] está marcado para ter início às 18h do dia 10 de dezembro, no Auditório Paulo Kobayashi da Assembleia, e ocorre em meio à maior crise social e política do país desde a ditadura, contra o modelo econômico implementado no país com Pinochet.

Com a reação das redes sociais, um abaixo-assinado foi criado na página Change.org contra a iniciativa [acesse aqui].

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

claudio marcos

- 2019-11-21 08:20:09

Estão na fila de homenagens, Hitler, Francisco Franco, Idi Amim Dada, Pol pot, ...

Jus Ad Rem

- 2019-11-20 20:55:21

Quando será a homenagem a Hitler? Pelo jeito não demora muito. Depois de mais de trinta anos de redemocratização, essa onda bozoloide de fascismo, racismo e ódio insano era a última coisa que eu esperava ver.

Somebody

- 2019-11-20 18:34:09

Mais uma vez, o que eu disse sobre "valentões"? Se eles não forem devidamente e exemplarmente punidos quando cometem agressões como estas, eles vão entender como permissão para CONTINUAREM cometendo agressões.

Francesco Guerra

- 2019-11-20 18:12:25

Locoura pura.

- 2019-11-20 17:59:12

'Augusto P. Ugarte'! Os canalhas, pra variar, são uns covardes... Escondem o nome do carniceiro chileno para não ter que encarar os críticos dessa cena ridícula. Cretinos!

fernandes

- 2019-11-20 17:39:43

Custa acreditar que seja verdade. Caso seja, esse pessoal definitivamente perdeu o pudor. Esse ser, pinochet, promoveu uma das mais sangrentas ditaduras no mundo, foi condenado por crimes contra a humanidade. Torturas, mortes, desaparecimentos estão em seu curriculo. Vem outro ser e quer homenagea-lo? É o fim da picada!

Paulo Dantas

- 2019-11-20 17:18:03

Isto vai além da pura implicância com a "esquerda". Os caras realmente pensam assim.

Matias Kilpatay

- 2019-11-20 17:16:49

Jamais foi presidente. não teve um voto sua eleção o,eligerom 4 traidores ao igual que ele!! so foi um cobarde ladrão e corrupto genocida de seu povo, nao tens tumulo no chile para que sua familia o relembre, pois aos chilenos harian de ele un mictorio publico!!

Wellington

- 2019-11-20 16:57:05

Lidar com fascistas, só existe um opção! Sabemos qual! Que se lamente nos confins do inferno, Mussolini!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador