Governo do Espírito Santo indicia 703 PMs por crime de revolta

 
Jornal GGN – Depois de realizar uma reunião com familiares de policiais militares que foi encerrada sem chegar a um acordo, o governo do Espírito Santo resolveu endurecer a estratégia com os PMs e indiciou 703 policiais por crime de revolta.
 
A pena prevista pode atingir 20 anos de prisão, e as mulheres que lideram o movimento que pede reajuste salarial também irão ser responsabilizadas pelos custos com a mobilização da Força Nacional e das Forças Armadas.
 
Em entrevista coletiva, o secretário estadual de Segurança Pública, André Garcia, disse que o número de PMs indiciados “irá aumentar muito”. Acompanhado dos comandantes da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues e da Polícia Civil, Guilherme Daré, ele afirmou que a maior parte dos envolvidos são oficiais em começo de carreira. 

 
O coronel da PM ressaltou que todo crime que é punido com mais de dois anos de prisão resulta na expulsão automática do policial da corporação. 
 
“Criamos uma força-tarefa na Corregedoria para dar celeridade, com isenção e sem perseguição, nos procedimentos”, declarou o secretário André Garcia, dizendo também que os PMs indicados terão seu ponto cortado a partir deste sábado e que as férias dos policiais estão suspensas. 
 
Garcia também falou na necessidade de reconstruir “uma nova Polícia Militar”. “Vamos reconstruir uma polícia que não volte suas costas para a sociedade”, falando em interesses “meramente corporativos”. 
 
 
Leia também:
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro: interdição, impeachment e luta política, por Tania Maria de Oliveira

34 comentários

  1. Que ideia

    Que ideia inteligentissima!

    Vai, governador!  Pega duro com eles enquanto eu tou esperando as pipocas estourarem.

    • Não há dúvida. Os policiais

      Não há dúvida. Os policiais militares da PM do Estado do Espírito Santo podem sim,  e devem,  ser denunciados e processados por crime de motim (Direito Penal Militar do Brasil, o crime de motim está previsto no art. 149 do Código Penal Militar – Decreto-Lei n.° 1.001/69).

      Neste caso, creio que haja um agravante notável.  Decorrente do irresponsável  envolvimento, induzindo esposas e familiares há postarem-se  como escudo de proteção física, como se, por detrás dessa barreira humana os amotinados lograssem  esconder a vil  insubordinação.

      Quanto ao senhor “gueras.” Não imagine estar protegido pelo anonimato, observe que incentivar o assassinato do governador e do seu vice. Convém se conter, pois a ninguém é assegurado a impunidade por esse tipo crime cibernético.  

      Não se trata de nenhuma  ameaça,  apenas, desejo ajudá-lo  a segurar os cachorros. Sei muito bem que às vezes, em especial na temporada golpista em que navegamos, o Pit Bull interno  retira a cólera e coloca no nosso pescoço, invertendo os papeis. Abraços.

      Orlando

      Incitação ao crime
      Art. 286 – Incitar, publicamente, a prática de crime:
      Pena – detenção, de três a seis meses, ou multa.

       

    • Gueras, pega leve

      Não sei se você sabe que quando se registra aqui o seu nome aparece na sua página de perfil – e isso é acessível a todos. O apelido que você escolheu aparece na postagem, mas seu nome de registro aparece no seu perfil. Você também colocou no seu perfil que é empregado público. Já são informações suficientes  pra identificar e eventualmente responsabilizar você por sugerir o sequestro e assassinato de um governador e seu vice. Vai com calma. A situação pode ser revoltante, mas chamar problemas pra você não ajuda em nada aos caras lá no ES.

  2. As contas!

    PM que não aceita trabalhar sem receber nem ser usado para fazer o serviço sujo dos ricos, tem mais é que pedir as contas.

    Secretário que almeja a confiança da tropa, ao menos o direito de pedir as contas, dá aos seus comandados.

    Tropa unida pede as contas em conjunto, solidária. 

     

  3. governo do ES….

    Quer apagar fogueira com gasolina? Como é ágil e pesado o braço do Estado, quando os atingidos não fazem parte da Elite, da Corte, da Casa Grande? Quanta agilidade em responsabilizar trabalhadores braçais? Gostaria que a mídia, a imprensa começasse a mostrar como o extraordinário Governo do Estado do Espirito Santo usa todo seu orçamento somente em serviços e gastos totalmente imprescindíveis à população?  Não tem mais como esconder ou fantasiar, como foi feito por séculos. As ruas, as familias, as mulheres, os estudantes mudarão este país.  

    • Questão não é essa

      É falta de opção. Povo morrendo na rua, PM amotinada fingindo que é por causa das mulheres na porta do quartel, e aí a Civil ameaça ir no mesmo rumo.

      Chamaram a liderança do movimento pra conversar. Exigências para a volta à normalidade: 100% de aumento (oi?) e anistia ampla, geral e irrestrita. Ou seja, fizeram dois pedidos impossíveis de ser atendidos, só pra poder jogar a culpa no governo.

      Sem outra saída, só resta ao governo partir pro uso de um porrete maior do que os dos policiais…

  4. Que rumo vão tomar? Aumenta o

    Que rumo vão tomar? Aumenta o movimento ou baixam a cabeça . Mas se isto se der será com revolta e ódio . O comando da PM terá mais problemas. Não dá para dimensionar o resultado de uma volta as ruas de homens se sentindo derrotadops, humilhados, com raiva, com ódio mesmo. Daqui para frente tudo q acontecer nas PMs fica na conta da  Inépcia dos que comandam  o ES.

  5. O golpe a caminho

    Estou pensando que estamos caminhando a passos largos para um golpe militar.
    Os acontecimentos no ES, onde a intransigência está soberana, preparam o terreno para que as instituições da PM de outros estados sigam a mesma estratégia.
    Isso levará a um caos em muitas cidades brasileira e consequentemente a população, sentindo-se indefesa, desejará cada dia mais uma intervenção militar.
    Por outro lado, essa intervenção militar, se ocorrer, será benéfica e favorável ao atual governo e sua quadrilha, o sucateamento do país já está programado e corre a vento solto, portanto, sua missão está comprida.
    Os militares por sua vez, na minha opinião, ao colocar o país em um regime de exceção, que naquele momento será apoiado pela população que se sente desprotegida com o caos instaurado, colocará um fim a novas ações da Operação Lava Jato e assim, todos viverão “felizes” (ironia!) para sempre.

    • É algo pior

      Cobrar pela repressão, quando se tem o poder de polícia, é a instauração de um Estado Mercenário, o que seria uma aberração histórica. É o liberalismo levado à insanidade.

    • Olha, não teria tanta certeza assim.

      Um golpe militar nos dias de hoje só se sustentaria se mandasse prender todo o governo federal, pois se não fizer isto cai no descrédito em uma semana e não arruma nada.

      • rdmaestri

        Não tenho certeza, é que a minha análise dos últimos acontecimentos no ES que começa a se espalhar por outros estados,  além da população estar aterrorizada, a proximidade de #ForaTemer com  o General Sergio Etchegoyen, chefe do Gabinete de Segurança Nacional, que é um defensor de 64, o silêncio total do Governo diante dessa revolta, e a posição de “neutralidade” do chefe do exército, mas que com a propagação desse movimento para outros estados será forçado a tomar uma posição porque teremos uma população demasiadamente assustada e querendo uma solução imediata, e a solução não virá do aumento salarial, o Gov do ES como de muitos outros estados está quebrado não pode dar aumento e caso dê vai gerar uma insatisfação em cascata nos outros servidores públicos.

        No golpe do golpe, os militares vão parar a lava jato, fica onde está, não entra no terreno do PMDB e PSDB, quem foi foi, quem não foi não irá.

        Temer sabe que não terá condições de governar até 2018, próxmas eleições, o estrago que pretendia, já foi realizado por sua gangue em 90%, então sai fora junto com a quadrilha.

        Essa solução afasta Lula 2018, porque Moro por mais que tente não está conseguindo realizar seu desejo que é prender o Barbudo, e impõem um período militar de “saneamento” nacional e conseguentemente acabando com a lava jato,a classe dominante bate palma e pede bis

        • E daí, se é para vir o golpe militar que o venha, ….

          E daí, se é para vir o golpe militar que o venha, já não temos respeito a constituição, pior do que esta Cleptocracia posta no governo federal pode piorar? Pois com o sem golpe militar estes caras vão rasgar a constituição por completo, não temos um governo democrático para cair, o que havia já foi derrubado, então que venham os milicos!

          Eleições em 2018 só tolos pensam que vão ter, jamais a Clepocracia vai entregar o governo de bandeja, pois o povo corta a cabeça deles, logo não sonhe meu amigo, 2018 já era.

    • Acho que não

      O ES é café pequeno pra caserna. Não se importam tanto assim com a situação caótica por lá.

      Agora se o caldo entornasse assim em São Paulo, de onde vem a oligarquia que comanda o país, ou em Brasília, onde vivem as famílias de muitos militares de alto coturno, eu diria que o risco de um golpe seria grande.

  6. Excelente. Agora a tropa

    Excelente. 

    Agora a tropa rebelada por causa de aumento salarial tem motivo político e criminal para começar a meter bala nos políticos capixabas.

    Pequena perda direi quando eles começarem a ser mortos. 

  7.  Vcs sabem o que significa a

     Vcs sabem o que significa a expressão ”PRA INGLÊS VER” ?

    Nem precisa procurar no google.

    Ninguém será demitido e fica como antes no quartel de Abrantes.

    ODEIO o previsível.

  8. Com polícia não se brinca!

    Como diz o ditado: O uso do cachimbo entorta a boca. E parece que o governador Paulo Hartung fumou demais (nem sei o que tem dentro do cachimbo), mas ele está entrando em um domínio que ele não conhece.

    A polícia em qualquer parte do mundo sempre trata com o pior da sociedade, ladrões, assassinos e uma corja que dá medo só em pensar. O governador está prometendo penas que vão de 20 ou mais anos de cadeia e perseguição as famílias dos policiais, logo está encurralando uma fera que ele não conhece como ela reage.

    Não é a toa que vira e meche há policiais envolvidos em crimes, simplesmente porque a lógica da agressão tem por necessidade profissional ser internalizada no comportamento das forças policiais. Todas as vezes que caí numa batida policial de controle de automóveis simplesmente fui bem atendido acima das expectativas, pois simplesmente trato estes com o máximo respeito (sem submissão) e cuidado na forma que me expresso.

    Agora o governador por se achar protegido por tropas que na primeira oportunidade sairão do Espírito Santo. está confiando nestas tropas, porém ele ainda tem bastantes meses de mandato e no fim destes meses não terá tropas do exército e da força nacional para protege-lo, logo acho que deveria contratar algumas dezenas de seguranças de sua inteira confiança (coisa que não existe) e já programar no fim do seu governo uma longa estadia de no mínimo uns cinco anos no exterior.

    Simplesmente, porque com a polícia não se brinca.

  9. Então o governador modernoso,

    Então o governador modernoso, mais um adepto do “choque de gestão”,  cheio de lições a dar para todo mundo está todo enrolado? que nada, este cara foi um dos maiores apoiadores do golpe, é golpita dos mais emperdenidos, apoiou vergonhosamente o golpe de agosto, é um adepto da democracia apenas quando está no poder.

     

    É fácil fazer economia ficando anos sem dar reajuste salarial para os servidores públicos e para os policiais militares, estamos vendo ai o resultado.

  10. Que governador “brilhante”!

    Que governador “brilhante”! Mandar prender os responsáveis por prender!

    Como eu insisto em lembrá-los, a “elite” brasileira vê todos os outros como escravos que devem obediência cega para os seus mestres. Mas estupidamente essa mesma elite acha que os responsáveis por manter os escravos na linha também seriam escravos que devem ser tratados da mesma forma. Vou pegar um pouco de pipoca para ver o governador e seus acessores fugindo do estado quando eles perceberem a **** que fizeram.

  11. Os policiais estão errados.

    Os policiais estão errados. Militar segue ordens, se quis entrar na pm tem que seguir as regras. Senào vira baderna. O salário tá ruim, pede pra sair ou saiba negociar. O que está acontecendo no ES é absurdo, minha família está trancada dentro de casa e tem vários relatos de policiais roubando e tacando o terror.

    Se o governador abre novo concurso tenho certeza de que a fila dobra a esquina. Vaza milicos, ou é para servir aos seus ou então vão procurar outro emprego com salário que lhes atenda.

    Militar não pode fazer greve. Militar não manda nem na hora que está com fome, desde o início achei essa greve de mulher uma história mal contada.

    A Constituição Federal de 1988 afirma, em seu artigo 42, que os membros das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares são militares dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios e que se aplicam, aos militares estaduais, as regras destinadas aos militares federais. Nesse sentido, o inciso IV, do §3º, do art. 142, é expresso ao afirmar que são vedados, ao militar, a sindicalização e a greve. 

    • Mais um “Jênio da lâmpida”

      Claro que a lei fala isto, mas a lei também fala que uma presidente sem crime não pode ser deposta, que não deve ser colocados no governo uma Cleptocracia, que as pessoas merecem a presunção de inocência, e mais um monte de sacanagens que este governo Temer está fazendo fora da lei, porém somente quando a água bate na bunda que os “Jênios saem das lâmpidas”

    • Entra na fila lá Jênio…

      O que a constituição fala sobre reposição salarial, para uma categoria que sua atividade é estressante, de risco de vida?

      Parece que você reclama porque exatamente está “trancado dentro de casa” em virtude dos PMs não estarem trabalhando. Passa um recibo da importância do trabalho destes. 

      Então porque não aprende a pensar em médio e longo prazo e apoia as reinvidicações da categoria?

      Consegue imaginar agora como seria BOM pra você e sua família uma polícia digna, bem preparada e com salários decentes?  Por que acha que 1600,00 merrecas tá bom pra família dos caras?

       

    • Exatamente

      Militar não pode fazer greve, pela Constituição isto é motim. Mas em breve faltarão cadeias para prenderem todos os PMs amotinados.

      Qdo eu servia o exército ganhava um salário mínimo como soldado, um PM ganha bem mais que isto. Só que os militares tem outros benefícios ( pelo menos no exército tinhamos )  casa comida, roupa lavada, assistencia medico hospitalar odontológica gratuita, farda gratuíta, treinamento gratuitos.

      Até hoje me arrependo de não ter seguido carreira militar, nem que fosse como Sargento. Hoje eu estaria bem financeiramente. Os funcionários da iniciativa privada que ganham um salário mínimo as vezes nem registro tem, tem um SUS que não funciona, aposentam tarde, e na maioria das vezes nem conseguem casar com um salário mínimo.

      Tem funcionários da iniciativa privada que não ganham aumento há 8, 10 anos, e a única opção que tem, é pedir pra sair, e competirem com 13 milhões de desempregados.

      Os PMs do ES ainda tem a chance de prestar novos concursos, por mais dificil que possa parecer.

      Se estivessem na Rússia, China, Arábia Saudita, ou outro país de terceiro mundo, esta história não iria acabar bem.

      Na verdade, todo profissional, principalmente os de postos inferiores acabam sentindo que estão ganhando pouco em alguma época de sua carreira.

      • Quanta bobagem num comentário só.

        Primeiro serviço militar não é emprego e não há risco de vida, logo qualquer semelhança é mera cascata.

        Prender os PMs? É querer o que. causar mais problemas ainda.

        Se uns estão na merda não é por isto que todos tem que ficar, este é o famoso jogo do contente.

        Qual PM com dez ou quinze anos que vai poder prestar um concurso?

        Quanta besteira em tão pouco espaço.

        • Não é emprego…

          Caro Maestri

          Serviço militar não é emprego? Conta para tempo de aposentadoria, recebe salário, alimentação, treinamento.  Tem muitos empregos aprendizes que não dão um décimo disto. Tem muito aprendiz na iniciativa privada quetrabalha sem registro, ou sem nada.

          Tem muitos lugares no nordeste em que a maioria da população ganha meio salário mínimo para sobreviver e sustentar a família, sem 13° salário sem férias sem nada. Um emprego como o serviço militar nestes casos é visto como o ” paraíso ‘ pelo povo de lá. Injusto falar que serviço militar não é emprego só porque nós moramos numa região do país mais próspera.

          Serviço militar, ou qualquer profissão militar, tanto tem risco de vida, que fazem um seguro de vida para cada militar. Ou vc acha que este pessoal que está fazendo ronda no ES com fuzis não estão arriscando a vida para por ordem no estado ? Eles são recrutas em sua maioria.

          PMS podem sim prestar concurso, qualquer concurso público, fora da área militar. Tem muitos oficiais que estudam direito por exemplo e prestam para juiz. Mas sem estudo, logicamente, que nenhum concurso público dá futuro a ninguém.

          A situação do militar que não conseguiu chegar a oficial sempre foi difícil, mas no meio militar isto é encarado como problema de falta de estudo, coisa quye acontece também em qualquer emprego da iniciativa privada, não estudou ganha pouco mesmo, infelizmente, é assim em qualquer país do mundo, principalmente países de terceiro mundo.

          No meio militar tudo se resolve prendendo, seja militar ou civil. E para o exército é bom, pois o preso trabalha o dia todo em trabalhos pesados, carregando pedras por exemplo. Vi muito isto quando eu servia, colegas meus que foram presos, e pegavam os trabalhos mais pesados do quartel para fazer, e a noite voltavam para a cela.

          Nos quarteis reina disciplina, por pior que seja a situação, por isto as forças armadas do Brasil são uma das mais respeitadas da américa do Sul. Independentemente da situação salarial, ou do que for,  militar não tem permissão para protestar. Não gostou, pede pra sair.

           

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome