Governo estuda alterar Constituição para congelar salário mínimo

A proposta da pasta de Paulo Guedes é incluir por meio de uma PEC a mudança constitucional, alterando as regras fiscais

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Marcos Corrêa/PR

Jornal GGN – O governo de Jair Bolsonaro avalia autorizar o congelamento do salário mínimo em situações de crise orçamentária do país. Para isso, o Ministério da Economia estaria analisando como retirar da Constituição Federal a obrigação de corrigir o salário mínimo pela inflação, garantido aos trabalhadores brasileiros.

A proposta da pasta de Paulo Guedes é incluir por meio de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) a mudança constitucional, alterando as regras fiscais. O texto já tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, de autoria do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), mas ainda não inclui a abertura para paralisar o salário mínimo dos brasileiros.

Atualmente, o texto ainda está sendo debatido pelos parlamentares, contando com a colaboração de representantes do Ministério da Economia e técnicos do Orçamento, segundo informações de Bernardo Caram, na Folha.

Entretanto, por se tratar de uma mudança constitucional, o caso pode ir ao Supremo Tribunal Federal (STF), aonde a medida de Paulo Guedes e Bolsonaro pode sofrer derrota.

O GGN prepara uma série de vídeos que explica a influência dos EUA na Lava Jato. Quer apoiar o projeto? Clique aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Green Card fica mais caro e passa a custar US$ 900 mil em novembro

8 comentários

  1. Irmãos não esqueçam, no próximo domingo, no “culto da pobreza” agradeçam aos seus “pastores” ou “bispos” ou “apóstolos”, ou a qualquer outro farsante que de pobre não tem nada, por informar que o PT é o partido das trevas e também pela orientação para votar nos capetas.
    Começando a perceber agora amados irmãos?
    Mas não se preocupem. Afinal se os pobres ja mereciam o paraíso, que dirá os miseráveis que, em breve, se tornarão?
    Repetindo a lição “amados”: “pardal que acompanha joao-de-barro acaba ajudante de pedreiro”

  2. E eles conseguirão.

    Tanto o poder judiciário, quanto o poder legislativo estão empenhados para legalizar
    toda essa destruição do país.

    Pode Judiciário faz a parte policial do golpe, e o legislativo legaliza os crimes.

    Estamos esperando a parte boa desse sistema para nos salvar.

    • E conseguirão mesmo ! O Paulo Guedes está blindado. Enquanto falam das burrices do BOZO, deixam o PG executar seu plano diabólico. O BOZO aguenta pressão, ligou o foda-se e não é atingido pelos críticos, mas o PG é vulnerável, não aguenta pressão, porém está trabalhando confortavelmente.

  3. Na CBN (rádio da Globo), na madrugada, que agora tem como apresentador Paulo Galvão, um ex-militar (coincidência?) ele defende o congelamento, dizendo que cada real a mais no mínimo é mais um milionário “gasto” público. E há quem ache que a Globo é oposição esse governo…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome