Investigadores dizem que Odebrecht vai provar caixa 2 para Dilma

 
Jornal GGN – De acordo com o jornalista Kennedy Alencar, os investigadores da Lava Jato dizem que conseguiram provas de recursos de caixas 2 doados pela Odebrecht para a campanha da presidente afastada Dilma Rousseff, em 2014. A força tarefa diz “ter certeza” de que a construtora vai provar o caixa dois, o que tornaria “praticamente impossível” qualquer estratégia de Dilma para barrar o impeachment no Senado.
 
Kennedy também diz que novas informações das delações premiadas vão atingir o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, e também figuras importantes do PMDB no Senado, como Renan Calheiros, presidente da Casa, e Romero Jucá e Edison Lobão. Para Kennedy, a possível revelação de caixa dois deverá levantar questões pela chapa que disputou as eleições de 2014, e o PT pode tentar comprometer Temer no Tribunal Superior Eleitoral. Leia mais abaixo:
 
Do blog do Kennedy Alencar
 
Segundo Lava Jato, Odebrecht provará caixa 2 para Dilma

Delações também atingem políticos que dão apoio ao governo Temer

KENNEDY ALENCAR 

A informação dos investigadores da Lava Jato é que eles obtiveram provas de recursos de caixa 2 doados pela Odebrecht para a campanha à reeleição da presidente afastada, Dilma Rousseff.

O noticiário do final de semana trouxe detalhes das delações que ainda estão em curso e que podem sofrer ajustes. As colaborações mais importantes são as dos executivos da Odebrecht, especialmente de Marcelo Odebrecht. Mas houve novidades a respeito das delações do empreiteiro Leo Pinheiro, da OAS, e do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

Os investigadores da Lava Jato dizem ter certeza de que a Odebrecht apontará e provará uso do caixa 2 na campanha de Dilma em 2014, provavelmente com origem em propinas de contratos públicos. A presidente sempre negou isso e continua negando.

Mas essa informação torna praticamente impossível qualquer estratégia da presidente Dilma para tentar barrar o impeachment no Senado. A acusação que sustenta o atual pedido de impeachment está baseada nas pedaladas fiscais. No entanto, a revelação do que está sendo delatado pela Odebrecht deverá ter influência negativa sobre o julgamento definitivo do impeachment.

*

Impacto sobre Temer

Em relação ao governo Temer, o conjunto das delações aponta acusações contra o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, e as principais figuras do PMDB no Senado, como o presidente da Casa, Renan Calheiros, e os senadores Romero Jucá e Edison Lobão. Atinge ainda o ex-presidente José Sarney. Esses personagens são apoiadores importantes da gestão Temer.

Se a situação deles se complicar, ficará mais difícil a ação do governo no Congresso. Até agora, Temer tem aprovado os projetos que deseja. Uma revelação de caixa 2 na campanha de Dilma vai levantar questionamentos sobre a chapa que disputou o Palácio do Planalto em 2014. Quando constatar a complicada situação de Dilma, o PT tentará comprometer Temer no processo no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), corte presidida pelo ministro do STF Gilmar Mendes, que tem sido um aliado de Temer.

No TSE, a estratégia de Temer é sustentar que as contas da presidente e do vice são desvinculadas numa campanha presidencial e que ele não poderia ser responsabilizado por eventual irregularidade praticada pela campanha da petista. A tese é polêmica, pois há os que consideram que, como Dilma e Temer foram eleitos juntos, o que atinge um contaminaria o outro.

Houve reportagens sobre dois ministros de Temer: Henrique Alves (Turismo) e Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo). No Palácio do Planalto, o caso de Henrique Alves é considerado mais frágil. Surgiu revelação de atuação em tribunais de contas a favor da OAS, de acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A respeito de Geddel, a avaliação é que se trata de menção já sabida de pedido de recursos à OAS e, portanto, menos grave do que a de Alves. Obviamente, os dois casos serão avaliados ao longo da semana.

Em geral, as reportagens do final do semana não trouxeram menções a Temer, o que o deixa preservado neste momento. Em alguma hora, Temer terá de tratar da reforma política, mas talvez seja preciso esperar a passagem do furacão da Lava Jato sobre a atual classe política para ver quais atores sobreviverão e com quem seria possível negociar mudanças nas regras políticas. As recentes delações atingirão políticos dos principais partidos do país.

*

Duas quedas a caminho 

A tendência é que mais dois integrantes do governo Temer sejam persuadidos a pedir demissão nesta semana. No caso do advogado-geral da União, Fábio Osório Medina, há uma série de episódios que o desgastaram nas últimas três semanas.

Ele perdeu o apoio político do próprio padrinho, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Se não pedir demissão por contra própria, deverá ser exonerado.

Em relação à ex-deputada Fátima Pelaes, há avaliação de que foi uma escolha ruim para a Secretaria das Mulheres e de que a permanência dela reforça as críticas de uma equipe de governo sem diversidade, isso sem contar a suspeita de desvio de recursos de emendas parlamentares apontada pelo Ministério Público.

Os dois, portanto, são candidatos a cair nesta semana.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

39 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ivan de Union

- 2016-06-06 23:11:19

As duas pegadinhas:

RE PE TIN DO:

1-"apontará e provará uso do caixa 2 na campanha de Dilma em 2014, provavelmente com origem em propinas de contratos públicos":

PROVARA com origens PROVAVELMENTES!

2-Essas "propinas", se existiram, foram legais e declaradas e contabilizadas nas contas finais de Dilma -voces acham que gilmar mentes -entre outros juizoides- deixaria passar alguma coisa debaixo do nariz?

Octavio

- 2016-06-06 19:14:08

Delação prevaricada

O Marcelo O. dirá que doou a campanha da Dilma. Eles confrontarão a informação com as informações do TSE. Confirmarão que houve a doação. Pronto!! Já tem a prova. Como para o PT doação é propina, eles  acusarão a Dilma por corrupção. Agora, para o PMDB, PSDB, DEM, PPS etc foram doações mesmo. Alguns deles só esqueceram de registrar. Mas tiveram a melhor das intenções.

Eu não aguento mais ouvir dos coxinhas que o Moro é muito correto. Eles dizem que o Moro primeiro prenderá o PT e depois os outros partidos. Santa ignorância batmam!!!! 

Amig Darose

- 2016-06-06 18:58:32

Tio, a denuncia do MO não tá

Tio, a denuncia do MO não tá com Moro ...tá com Teori (e com o MPF)

Tio_Zé

- 2016-06-06 18:41:32

Moro comendo na mão da Odebrecht

2 notícias da Odebrecht hoje: prova de caixa 2 da Dilma e prova de propina pra empresas de mídia. A Odebrecht está jogando com o Moro pela destruição da Lava-Jato.

Óbvio que se a Odebrecht provar as acusações contra a mídia, a LJ perde o apoio e some das manchetes no dia seguinte.

Por um lado, adoro ver corruptos - como o Marcelo Odebrecht - apodrecendo na cadeia, mas por outro, Moro e companhia - corruptos e ilegais também - merecem apanhar de alguém do tamanho deles.

Aguardemos quem cede primeiro: MO ou LJ.

 

E por onde anda Nelson Jobim?

Alexandre Weber - Santos -SP

- 2016-06-06 18:29:12

Tivesse o netinho da dona Dilma 2 milhões em patrimônio...

Como o filhinho do Temer e ai a cobra ia fumar.

Epa...!...? Onde têm fumaça, têm fogo, não é!

Sérgio Rodrigues

- 2016-06-06 18:16:05

Putzzz....

Jornalismo golpista!...

nilo filho

- 2016-06-06 18:00:39

"Caixa 2" todos os partidos a

"Caixa 2" todos os partidos a tem. 

"Caixa 2" não tipifica crime de responsabilidade e mais, ainda, o disposto no art. 10 da Lei 10.791/1950. É nesse artigo que estão listados os crimes contra o orçamento pelo qual Dilma está respondendo.

Essa acusação de "Caixa 2" é geral e o impacto político não terá grande efeito.

Reginaldo RJ

- 2016-06-06 17:45:04

concordo com o corolário

concordo com o corolário exposto.. mas a ideia em si do meme não entra em conflito com a legenda, a frase da Rosa?

Gabriel Moreno

- 2016-06-06 17:32:53

Não sei se eu estou em outra

Não sei se eu estou em outra dimensão ou viajando na maionese demais, mas esse tipo de afirmação é extremamente grave... para os investigadores. Vai provar como? E como os investigadores soltam uma frase dessa assim no futuro? Ou prova ou não prova, é tempo presente. Isso revela uma expectativa, ou seja, investigam já com a tese na cabeça. Estão torturando o Marcelo Odebrecht? Isso deveria ser investigado por algum órgão independente, talvez até com observadores internacionais. Estamos sob estado de exceção. 

Nosde

- 2016-06-06 17:15:56

Tentativa de desviar a

Tentativa de desviar a DELAÇÃO SOBRE E MÍDIA . . . . . mais uma.

Edsonmarcon

- 2016-06-06 16:44:29

PIG PUM

MAAR

- 2016-06-06 16:38:14

FACTÓIDES MAL FABRICADOS

É evidente que a divulgação de afirmações não comprovadas desta natureza servem apenas para criar um clima de terror primário. Primeiro porque, sem a apresentação de provas materiais em contrário, não existe necessariamente relação entre a origem dos recursos doados às campanhas eleitorais e a responsabilidade pessoal dos candidatos favorecidos. E segundo porque o julgamento da insustentável acusação por crime de responsabilidade inexistente não pode ser decidido com base em meras suposições, nem em função de denúncias não conexas e não comprovadas, ainda em fase de apuração e ainda não sujeitas ao contraditório, à ampla defesa e à tutela judicial.

E vale reiterar que o impixe deve ser derrubado por força da flagrante violação dos artigos 85 e 86 da CF, evidenciada em face da absoluta inexistência de conduta ilícita tipificada apta a embasar acusação de crime de responsabilidade. Este fato cristalino constitui o fundamento que sustenta as firmes manifestações contrárias à violação das normas democráticas que ameaça impor danosos retrocessos à nação brasileira. E enfim, a perspectiva concreta de amplo e irreversível reconhecimento da inconsitucionalidade do impixe é fator que deverá vir a ser decisivo para nortear o correto posicionamento de senadoras e senadores que tenham a indispensável noção do inescapável dever de zelar pelo futuro do país, da democracia e dos seus próprios nomes.

Agora é fundamental manter a defesa da democracia em moldes democráticos, através do uso rigoroso, prudente e criativo de todos os meios legítimos legalmente válidos. E este bom combate, que constitui a essência da luta democrática, deve ser conduzido de modo que não haja violação dos direitos de quem quer que seja, a fim de manter a firme coerência da militância progressista e não abrir flancos para provocações e distorções que poderiam servir de pseudo justificativa para ações de repressão autoritária.

Jota Pereira

- 2016-06-06 16:29:13

A turma do Globo, CBN, TV,
A turma do Globo, CBN, TV, etc., do grupo globo, aquele dos três patetas, estão loucos para provar que a Dilma também meteu a mão na cumbuca. O Moro então, quer por que quer arrancar essa informação do Marcelo Odebrechet, mesmo que seja para colocar as palavras na sua boca e ameaçá-lo a trinta anos de cadeia. Vamos ver no que dá. A verdade é que, um serviço de jornalismo tão parcial como o grupo globo, merecia perder há muito tempo sua licença de transmissão. Por omitir, alterar e criar noticias sempre de acordo com seus interesses. Aliás como comprovam a mídia internacional, escandalizada com essa prática monopolista da mídia nacional

Carlos Elísio

- 2016-06-06 16:19:22

Mais mentiras deste grupo de almofadinhas

Um comentário extremamente feliz  "com impeacheament ladeira abaixo, voltam-se os golpistas para caixa 2" junte-se cabelereiro, etc. Realmente, formam um bando asqueroso e pestilento estes almofadinhas criados pela vovó.

Chegam ao absurdo de dizer "Odebrecht VAI provar caixa 2 para Dilma". Ou seja: os bandidos não possuem provas mas já alimentaram a mídia golpista. Estes caras precisam responder por estas insanidades e barbáries que andam cometendo e que levaram milhões ao desemprego.

Vou propor a presidente Dilma e ao Lula que deem, para este grupo do paraná, alguns gatos, pois assim eles ficam com 7 vidas para cuidar deixando as vidas de Dilma e de Lula em paz. O mesmo vale para os esgotos da globo, veja, estadão, e afiliadas..

Luiz de Souza

- 2016-06-06 16:06:54

Tem ou não a prova?

A LJ tem certeza que conseguirá? Não conseguiu, ainda falta prender por mais 300 dias,  falta tirar uma unha, fazer mais umas ameaças, prometer a liberdade total e a volta dos antigos contratos? O quê mais? É espantoso.

E ainda dá-se credibilidade a estas notícias e, pior, à ação dos investigadores. Mas este lixo será usado pela imprensa para conseguir o impedimento.

Álvaro Noites

- 2016-06-06 15:59:47

Antes até gostava do trabalho

Antes até gostava do trabalho do Kennedy Alencar.

Mas depois que constraiu surto ou arrounos de vidência, não pude levar mais a sério.

Quem se esqueceu daquela barriga de que o Aécio seria vice de Serra em 2010?

naldo

- 2016-06-06 15:51:40

Cerveró acabou de dizer que

Cerveró acabou de dizer que as maiores proprinas foram no tempo do  f-agagá-c, acabaram de fechar um acordo para um operador do pmdb devolver um bilhão!! Será que essa não noticia da Dilma é para enconbrir o que realmente interessa? Tem jornalista que deveria viver "under the dome" por que querem construir uma realidade apartada, que só existe no mundinho podre e na cabeça doentia deles.

Marco Antonio L.

- 2016-06-06 15:44:36

Parece que o impeachment, com

Parece que o impeachment, com as pedaladas que não são crimes, com as diversas gravações comprometedoras do governo atual e com as diversas manifestações no Brasil e no mundo, está ladeira abaixo, então voltamos(tentativas) ao caixa 2.

Ruy Acquaviva

- 2016-06-06 15:43:38

Diversidade

Em primeiro lugar: Fora Temer.

Em segundo ainda o Aécio.

Dito isso quero lembrá-lo que você cita posts diferentes de autores diferentes.

Parece que a diversidade de pensamento e liberdade de expressão não cabe em certas cabeças acostumadas ao PUM (Pensamento Único da Mídia). Não digo que seja seu caso, trata-se apenas de uma divagação. Mas que parece, parece.

E além disso, este post apenas dá conta do que o "jornalista" (não é) Kennedy Alencar diz. E o que Kennedy Alencar diz  é o que os seus patrões querem que ele diga, o que frequentemente se distancia da realidade.

lenita

- 2016-06-06 15:23:53

O Moro

Está conseguindo desmoralizar o "famoso" Instituto da Delação Premiada, para Instituto da Delação Forçada, mas tb Premiada. Para enredar o Lula e a Dilma, por, ao que tudo indica,  ser sua missão, vem passando por cima das leis com a Suprema contribuição de Ministros, que parecem tb estar no "rolo".

Tantos ladrões verdadeiros soltos e/ou em casa c/ tornozeleiras, mas só querem o PT e agora o PMDB, que não tem nenhuma possibilidade de ficar de fora mesmo. E o Alckmin nadando de braçadas, por ser ele o "escolhido" pelos grandes orquestradores do golpe.

Haja Deus! A nuvem negra parece que não vai sair tão cedo de nossas pobres cabeças. E a rede Globo, apesar de estar sendo a "Pedra no caminho" do Moro em busca do dinheiro do expresidente Lula, não pode ser processada, não ? Nem nas investigações  da FIFA ? "A força da grana" e o "alinhamento político", que destroem coisas belas.

soaresdearaujo88

- 2016-06-06 15:18:52

Adoro esse "jornalismo"

Adoro esse "jornalismo" vidente, que diz que fulano entregará tal pessoal, que irá apresentar tal coisa... Mas agora vejo que ele é apenas fruto de um processo viciado, que investiga pessoas (e não fatos), que já trata um indício ou mesmo vestígio durante a fase de investigação como uma prova irrefutável, já com convicção de juízo formada, e então informa à mídia antes do advogado do interessado, fulminando sua reputação e chance de defesa. A propósito, desde março que não acompanho mais uma única linha do que o Kennedy Alencar escreve, deveria ter feito isso muito tempo antes.

Marcos Antônio

- 2016-06-06 15:14:18

Noticiando E SEM PROVAS...

Já deveriam ter provado!

Mais uma vez, o crime no passado que você nem viu, nem ficou sabendo, a acusação no presente em todos noticiários e as provas para um futuro incerto e não sabido que não terá divulgação...

O PIG cansa...

Acredito que este seria A BOMBA MAIS IMPORTANTE PARA O GOLPE BRANCO!

Então deve estar difícil de provar!

Vai ser um contorcionismo brabo!

Acredito que o PT NÃO SERIA TÃO BURRO DE TRABALHAR COM CAIXA 2 DEPOIS DO MENSALÃO  E MUITO MENOS PARA CAMPANHA DA DILMA, por que o famoso mensalão foi caixa 2 que todos os partidos já praticavam!

Rui Daher

- 2016-06-06 15:13:06

Kennedy Alencar,

saiu da Folha, depois de pinimbas com Janio de Freitas. Jornal da CBN? Então tá.

Alexandre Weber - Santos -SP

- 2016-06-06 15:07:40

Não tem prova nenhuma, blefe de quinta categoria

Se tivessem já teriam mostrado há muito tempo e não deixariam o Temer a descoberto nas mutretas com o FHC no Porto de Santos.

Lá sim, não tem como escapar.

Marília-MG

- 2016-06-06 15:04:14

Duvideódó. Se tivessem as
Duvideódó. Se tivessem as provas essas é que teriam vazado e as manchetes seriam outras, por exemplo: "OAS apresenta os documentos tais que comprovam caixa 2 a dilma". Podem esperar algum nota fiscal de pedalinho comprado pela Dilma, pra dizerem que foi comprado com propina, mais ou menos igual a história do cabeleireiro. Esse PIG só engana os ingênuos ou os cegados de ódio.

Luiz Gonzaga da Silva

- 2016-06-06 14:49:49

" Quando constatar a

" Quando constatar a complicada situação de Dilma, o PT tentará comprometer Temer ...corte presidida pelo ministro do STF Gilmar Mendes, que tem sido um aliado de Temer."

Como o PT tentará?

Pergunta ao Cassio Cunha Lima o que acontece quando alguém da chapa comete algum crime eleitoral. Ou perguntar a Roseana Sarney como conseguiu seu último mandato de governadora.

O diferencial  nos dois casos e um hipotético caso Dilma/Temer é principalmente o comando do TSE. O aliado de Temer e Aécio costuma ter soluções originais para livrar os amigos e satanizar inimigos. Então, não é improvavel  que, pelo menos, tente  violentar a jurisprudência.

Outro diferencial é que, com as últimas revelações, o ex-senador José "sem advogados" Sarney tenha perdido influência nos tribunais superiores. Assim o Michelzão não poderia contar com a força do aliado.

O pai do Michelzinho tem um pró e um contra, mas a lei é clara: a chapa é única. O dinheiro que elegeu um, elegeu o outro.

 

Marcio Valentim

- 2016-06-06 14:39:11

Uai, se houve de fato o tal

Uai, se houve de fato o tal caixa 2, como ele pode ter beneficiado somente a Dilma e não a Temer se eram a mesma chapa?

Esses investigadores são uns jenios, rsrsrs.

will

- 2016-06-06 14:37:14

É uma tentativa de formalizar

É uma tentativa de formalizar o Golpe.

A oposição ao pt, tem o cronograma de denúncias,  como disse Aluísio Nunes, " quero ver Dilma sangrar"...

Tudo vem na base da ameaça,  medo e cantando a vitória. 

Não vingando essas "provas" que parecem mais propaganda ( HEY! VENHAM COMPRAR ESSA IDÉIA !!),  vão recorrer a Hollywood para uma produção que se contraponha a Porta doa Fundos.

 

JB Costa

- 2016-06-06 14:34:45

Se for realmente uma PROVA,

Se for realmente uma PROVA, então será o fim do governo Dilma, apesar do escopo do processo ser os dois fatores que nada tem a ver com Lava a Jato e que tais. Restaria o Supremo. Ora, aí seria o mesmo que nada. Essa instância se acoelhou e se acumpliciou há tempos. 

Mas devagar com o andor que o santo é de barro. O que temos de concreto por enquanto são apenas declarações de investigadores que por essa condição são suspeitos. Ademais, as provas tem que ser MATERIAIS, e não testemunhais. Por acaso o delator da Odebrecht as possuirá? Gravou as conversas com a presidente? Possui alguma carta, e-mail, bilhetinho, que sirva de comprovação? 

maria rodrigues

- 2016-06-06 14:30:22

Dilma pode até estar tendo

Dilma pode até estar tendo mais esperanças com relação aos senadores hoje descontentes com o governo interino. Por isso mesmo, e disso ninguém pode duvidar, uma delação que vem de há muito sob especulação, só sairia agora se tivesse uma bala pra destruir Dilma, contando que afastá-la será pouco. Querem motivos pra prendê-la, única forma de a calarem.

Os nomes de Henrique Alves, Gedel, ou quem mais apareça é pra fazer deles massa de manobra com o objetivo maior de dizer ao povo - besta - que a Lava Jato mexe com Chico e Francisco.

Se for mesmo levaod a cabo a denúncia de que Dilma fez caixa dois de campanha, nem precisa dizer que vão concluir que Lula foi o responsável, e tome domínio do fato nele.

Nosde

- 2016-06-06 14:30:22

Como que as delações neste

Como que as delações neste fim de semana não trouxeram coisas sobre Temer se o próprio PGR afirma a doação de 5 Milhões para o Ilegítimo ?????? . . . . . Bem que dissera que a medida em que os votos no Senado começassem a mudar iria começar aumentar os boatos sobre Dilma . . . . É tudo na base do TENHO CERTEZA, IRIA, TERIA, SABERIA . . . . eita

Álvaro Noites

- 2016-06-06 14:26:27

O impeachment não é sobre as
O impeachment não é sobre as tais "pedaladas fiscais"? O impeachment não é sobre a Vaza Jato. Os procuradores fanfarrões estão "por fora"? Aliás, creio que o envolvimento de Lula e Dilma na delação premiada de Marcelo Odebrecht foi o que a Globo impôs a seu pai, Emílio, meses atrás. A pergunta é: por quanto tempo durará essa atuação política do consórcio MPF-PF-judiciário sem resistências?

sergio ferreira

- 2016-06-06 14:22:04

Caixa 2 para campanha da

Caixa 2 para campanha da Dilma não é também caixa 2 para a campanha de Temer?

Nosde

- 2016-06-06 14:15:53

A força tarefa DIZ ter

A força tarefa DIZ ter certeza, que IRÁ provar . . . . . . 

Edsonmarcon

- 2016-06-06 14:13:46

Porta dos fundos

Vai ser uma "prova" do tipo mostrado no vídeo "delação", do Porta dos Fundos?

Pedro Eneas

- 2016-06-06 14:02:49

Gostava do Kennedy, mas já

Gostava do Kennedy, mas já percebi que de uns tempos para cá tem colocado - mesmo que sutilmente - um alinhamento ao governo temerário... Será que foi por causa das entrevistas??? Pena! Vou rebaixado das minhas leituras de blogs "isentos" para os de direita.

Luciano Lira

- 2016-06-06 14:02:44

É por demais estranho quando

É por demais estranho quando se vê que o golpe está para ser derrubado aparecer uma nova deleção. Deleção não é prova concreta e insinuações é muito estranho. Até que ponto vamos ter investigações imparciais?

DanielP

- 2016-06-06 13:52:58

Uè, mas tem um post aqui ja

Uè, mas tem um post aqui ja quase dizendo que Dilma tem tudo apra voltar ?

Em que mundo vivem ?

Jossimar

- 2016-06-06 13:46:32

E tudo isto para tentar

E tudo isto para tentar colocar o PSDB no governo.

Afinal, este sempre foi o objetivo da lava jato. Porém, foram atropelados pelo PMDB e agora tentam destruir também este partido.

Para a quadrilha da lava jato o PSDB é formado por anjos e querubins e seus recursos arrecadados em quermesses.

Caros integrantes da lava jato, o PSDB não ganha eleição presidencial. Vocês vão ter de ficar dando golpes atrás de golpes e não vai adiantar. Nem o parlamentarismo os fará chegar ao poder.

Antes disso vocês terão destruído qualquer resquício de nação que o Brasil poderia ter tido.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador