Ministro de Temer pagou com dinheiro público programação adulta de TV

Jornal GGN – O ministro interino da Defesa, Raul Jungman, pagou com dinheiro público um pacote de TV por assinatura com 11 canais de cinema e um canal de filmes adultos. Seu gabinete justificou, em nota, dizendo que na época esse era o único pacote que disponibilizada sistema de gravação da TV Câmara.

Mas a TV Câmara disponibiliza gratuitamente os vídeos, basta solicitar. Além disso, a operadora de TV por assinatura disse que tinha outros pacotes disponíveis na época, inclusive com preços mais baratos.

O ministro interino ainda era deputado quando assinou o serviço, que ficou ativo por 12 meses a um custo de R$ 3,1 mil pagos pelo contribuinte.

Do Destak

Câmara bancou canal adulto para ministro

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, pagou, com dinheiro da Câmara para o seu gabinete funcional em Recife, um pacote de TV a cabo que tinha direito à 11 canais de cinema (Telecine e HBO) e um canal adulto (Sex Zone).

Em nota, o ministro informou que contratou o pacote porque era o único que disponibilizava sistema de gravação da TV Câmara e negou ter acessado o canal erótico. A operadora, contudo, informou que existiam outros pacotes na época, inclusive em preços mais baratos. Além disso, a própria Câmara disponibiliza, gratuitamente, os vídeos com atuações parlamentares. Basta o deputado solicitá-los à Câmara.

Contrato

No ano passado, o então deputado Raul Jungmann contratou um pacote da operadora Sky chamado de “Combo DH Full 2015 + Cinema”. O serviço durou 12 meses, entre abril do ano passado e março desse ano. Ao todo, a Câmara pagou R$ 3,1 mil pelo serviço. Também estavam inclusos no pacote outros serviços como assistência técnica 24 horas e a possibilidade de assistir à programação de filmes por meio de serviço de streaming, como no Netflix, por exemplo. O parlamentar alega que, na época, esse era o único pacote com gravação de programas.

Leia também:  Blogueiros bolsonaristas investigados por atos antidemocráticos apoiam invasão do Capitólio

O serviço, que tinha à disposição dois pontos de tv, foi instalado na sede parlamentar de Raul Jungmann, localizada em um prédio no bairro Ilha do Leite, área nobre da cidade de Recife.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

19 comentários

  1. O caminho é este mesmo

    Caros jornalistas independentes,

    É preciso desconstruir a imagem de TODOS os golpistas. Mesmo as pequenas corrupções devem ser denunciadas. Afinal quem comete pequenas corrupções é capaz de cometer grandes desfalques contra o erário; a corrupção só é pequena quando não há oportunidade de se cometer desvios maiores de recursos públicos em proveito particular. A diferença entre a pequena e a grande corrupção tem a ver apenas com a oportunidade.

    É preciso lembrar o escândalo feito pelo PIG, quando Orlando Silva, então ministro do Esporte, pagou uma tapioca de R$8,00 com cartão corporativo. Covenhamos, pagar canal adulto de TV por assinatura com dinheiro do contribuinte é bem mais grave que usar um cartão corporativo para comprar uma tapioca. Não se pode dar folga aos golpistas.

  2. Aí também é demais

     Desculpem pelo calão, mas contribunte pagar punheta de deputado é um pouco demais. 

  3. Primeiramente, FORA

    Primeiramente, FORA TEMER!!!

    Em seguida, o cara devia estar se preparando para o ministério, conferindo o calibre de alguns canhões….

  4. A Defesa…

    Não se questiona o direito do deputado de gostar de pornografia. Mas pagar por isso com verba pública?!
    Sem falar na burrice…
    E esse aí é da pasta da Defesa. Logo essa…
    O Cabaré está exposto!!!
    A corja está bem servida, e a pátria de calças baixas…

  5. Mais desculpa…

    Quanta desculpa esfarrapada!

    Primeiro sempre discuti esse “direito”. Sabemos que o nosso dinheiro não deveria ser usado para parlamentar assitir TV. Deveriamos ajudar a pagar só internet e telefone.

    Depois vem o tipo de serviço de TV paga por ele usado. Todo mundo “classe média” sabe o preço aproximado, conhece os pacotes principais, e principalmente, sabe que os pacotes com pornografia são todos contratados a parte…

    Um absurdo indigno esse (des)governo do golpista Temer. Além de nos ferrar a economia, a educação, os direitos trabalhistas, agora temos que pagar punhetas ministeriais.

    Um abraço.

  6. Mas que coisa: até direito a

    Mas que coisa: até direito a TV por assinatura esses felizardos tem? Isso nem é mais abuso com o dinheiro do contribuinte: é falta de vergonha, desfaçatez. 

    Para piorar as coisas o danado do ministro, talvez como medo de ser identificado como um membro honorário dos onanistas, nega que nunca assistiu o canal pornô. 

    Então tá, seu ministro, eu acredito. 

    SIm, acredito. Por que não? 

    Sério! Eu acredito e pronto!

     

  7. tomara que excite o Magno Malta…

    a ponto dele querer abrir uma CPI

    lembrei dos arquivos da ABIN e dos discursos falsos moralistas que muitos fizeram

    e se bobear o próprio Jungman, na época coladaço com Itagiba

  8. pensando bem…

    o golpe teve tudo de um filme pornô

    tá bem colocado, porque nossa defesa nacional é pornográfica mesmo

    todo mundo penetra e eles nem dão conta

    e por falar em pornografia, visitem Serra Pelada hoje

    parece um pedaço do Canadá no Brasil

  9. Palmita de la mano
    Para um amiginho de Roberto Freire e de Rubens Bueno de Bico esperar-se-ia (ops, FORA TEMER ) o quê?

    Ora, nas tardes de profundas eluCUbrações políticas, à portas fechadas, podem, agora, Raul, Roberto e Rubens exibir suas respectivas armas em riste, a executar o famosíssimo tango macabro “Palmita de la Mano” cuja autoria é devida a Tomás Turbando Bustamante .

  10. ELE ESTAVA…

    ELE ESTAVA LOUCO PARA VER O FILME DO ALEXANDRE FROTA COM GAY. E POR FALAR EM GAY, DOMINGO ESTAVA CONVERSANDO COM MEUS AMIGOS GAY E FIZ O COMENTÁRIO QUE O PRASIDENTE INERINO PARECE UMA BAMBI VELHA, A MÃOZINHA E FORA AS AFINADAS DE VOZ  QUE ELE DÁ EM SEUS DICURSO… A RESPOSTA DELES PARECIA ATÉ QUE TINHA SIDO COMBINADA QUANDO DISSERAM …  – COM CERTEZA ELE É UMA BAMBI VELHA MEU BEM!

  11. Mesquinharia

    Fico perplexo quando vejo que o Nassif, que sempre se insurgiu com razão contra a escandalização das compras miúdas do governo anterior denunciadas com estardalhaço pela grande mídia (tipo compra de tapioca com cartão corporativo), agora faz exatamente o mesmo com esse pacote de TV a cabo.

    Não se pode usar dois pesos e duas medidas em função do caráter situacionista ou oposicionista do envolvido. Existem inúmeros motivos muito mais válidos para denunciar o governo enterino (como diz Luciano Martins Costa) do que a compra de um pacote de TV que inclui canais adultos.

    Isso depõe contra a seriedade do blog.

    • Então tá…

      Agora a gente paga para os parlamentares assistirem pornografia com dinheiro público…

      Sua crítica não procede. 

      Compra de tapioca com cartão corporativo: tapioca é um alimento, então, o ministro satisfez a fome ou o simples desejo de comer tapioca. Lembrando que ele não tinha dinheiro miúdo no momento.

      Compra de canal pornográfico (mesmo existindo pacote SEM pornografia): canal pornográfico satisfaz o que mesmo?

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome