Morte ao conhecimento: bolsominion ataca livro na biblioteca da UFRN

da Agência Saiba Mais

Morte ao conhecimento: bolsominion ataca livro na biblioteca da UFRN 

por Rafael Duarte

Mais um exemplo de intolerância e depredação do patrimônio público nas universidades brasileiras.

A biblioteca da UFRN, em Natal, foi atacada por um simpatizante do pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSC).

A servidora da Biblioteca Central Zila Mamede Manuella Medeiros encontrou o livro “Desarmamento: evidências científicas”, de Marcos Rolim (2005), com várias páginas rasgadas e riscadas.

Leia a matéria completa aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Esquerda não soube responder à crise da democracia na América Latina, diz senador chileno

4 comentários

  1. Evidências científicas

    Evidências científicas provocam dores terríveis nos cérebros de pessoas que ainda vivem no mundo dos mitos.

     

  2. O MPF pode e deve cobrar o

    O MPF pode e deve cobrar o mito por causa do prejuízo causado a União pelos fanáticos que ele incentiva a agir.

    Em breve começarão as fogueiras de livros à moda nazista. O primeiro bolsominiom que ousar se aproximar da minha biblioteca vai levar um tiro na cara. Passarei fogo em qualquer um que tentar queimar meus livros. https://t.co/q35cTpZZWp

  3. esse louco tem que ser acompanhado de perto pela PF…

    se o murro de um livro no cérebro dele já causa esta vontade incontrolável de se vingar,

    imagina um murro das urnas…………………………

    mil vezes mais perigosos quando perdem do que quando ganham

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome