O Brasil sob ameaça, por Rui Daher

O Brasil sob ameaça, por Rui Daher

Pronto. Acabou. O projeto nacional de futuro será continuar garantindo o Acordo Secular de Elites, pois não. A rosa vermelha da ciranda de Alceu Valença nunca vingará como banho de lua, mas sim de sangue quando o povo sofrido assim resolver. Vou além. Falo de dentro da mentirosa meritocracia e do olhar bovino da população que nos garantirão bom futuro. Que bom.

Não pensemos na vida dos outros brasileiros, pobres e miseráveis, que são ninguém e assim confirmam nosso bem-estar, pensando-nos privilegiados por Deus. Ele quem mesmo? O presidente do planeta cristão a coonestar as vilanias históricas e as atuais?

Eu estava triste, tristinho, sem graça, como Zeca Baleiro e a top-modelo na passarela. Até que beijei o português da padaria e recebi um telegrama, dizendo que me amam e mandei flores para o delegado.

Então, me dê a mão e vamos sair para ver o sol. Aonde? Na Rua Ramalhetes, de Tácito; no Quintal de Zeca Pagodinho; nas areias de Itapoá; ladeiras de Olinda; com Teresa de Copacabana; ao lado de Zélia de Caymmi; dos moleques do Brasil dos Novos Baianos; da ronda ingrata de Paulo Vanzolini; das caudalosas aulas de Chauí e Chuí.

Avivem-se, pois, antes de jogar o Brasil no abismo da não-História e da não-Cultura. Expliquem-me quem são vocês? Alienígenas ou matadores do futuro, seriais killers da democracia e do apreço a seus compatriotas?

Caso positivo, são assassinos que nada conhecem além de seus umbigos, ao final necrosados.

Entenderam? Ainda não? Então, vou botar pra foder.

Leia também:  A Tragédia dos 100.000 Mortos e “Vamos Tocar a Vida”, por Arnobio Rocha

Lembram-se da noção de burguesia? Em escala muito menor, pois trabalho 15 horas por dia, domingo a domingo, sou um deles. Por que defendo vocês? Merda nenhuma, apenas os ensinamentos que recebi, 60 anos atrás, da educação católica, mais tarde transformada pelas leituras de Marx, Trotsky e Gramsci.

Afinal, católicos e seitas cristãs, quem irá amenizar a desigualdade? O centro político? De direita, que defende a lógica financeira rentista atual, ou a transformação do sistema? “Ah, sou de centro, contra extremismos”. Onde, no Afeganistão, no Oriente Médio, ou África e América Latina, conquistada, inclusive, nossa Federação de Corporações?  

Ou não? Impediremos trevas e caos com a nossa militância de 2º turno? Venham Ciro, Boulos, Marina, Vera Lúcia, Alckmin de tucanos de bom passado, outros, #EleNão!

Asseguremos a liberdade de nossas gerações futuras contra a violência e o obscurantismo. É com vocês. Haddad os protegerá, por ser do bem, estudado, preparado contra o capitão ignorante, inconsequente, fujão, psicologicamente desiquilibrado, inútil em sua persistência legislativa, nunca no Executivo, lacaio da Rede Globo que, em seu medroso antipetismo, tentou Huck, Doriana Júnior, ninguém mais. Sobrou-lhe JB, e foi, embora os Marinho continuem indo dos puros maltes em Angra dos Reis.

Porra, quando irão se revoltar e apoiar um governo democrático para seus benefícios?

Vamos ouvir Cely Campello, aqui ou em Londres, para não cairmos e “ter ido ser necessário para voltar”.

Fui. Quem sabe para sempre. Rui Daher é que Zeca Pagodindo aqui canta. Obrigado Xerém. Beijos, Fernando, Raí, Desideré, Romério, Nassif, Lourdes, Romério, Gervitz, Chaddad, Ivanise, Odonir, Angelita, Leandro,e todos os 300 que me curtem, a luta continua!

Leia também:  Bolsonaro vai encurralar a oposição?, por Ricardo Cappelli

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

20 comentários

  1. Ciro Gomes

    Ciro era a melhor alternativa de Lula para derrotar quem quer que fosse do outro lado. Preferiu o Haddad. E o problema não é o Haddad. O maior inimigo do PT hoje é o antipetismo. Para isso não adianta tempo de televisão, projeto, ideias e etc. É o antipetismo. Não há cura pra isso. Ciro era a melhor alternativa. Acho muito pouco provável o PT reverter essa situação e eu disse aqui, o PT vai jogar o poder no colo de bolsonaro se insistir em candidatura própria!

    • Alex,

      sempre fui da mesma opinião. Uma chapa Ciro/Haddad para afastar o terror já no 1º turno, quando votaria no Boulos, como aqui declarado. Agora sofreremos a consequência de erro tão grosseiro, claro que votando em Haddad.

      Abraços

  2. Telegramas de Pasárgada…

    Não Rui, a barbárie não está chegando. Ela sempre esteve aqui, e o truque do capital é fazer que pensemos que não, que agora é que estamos em risco!

    Por isso a tolice de imaginar um capitalismo “selvagem” e outro “domesticado”!

    Nossa percepção sobre esses dois estágios são “fabricadas”, para que naturalizemos aquilo que não é natural!

    Ou seja, não é o sistema que deixou de ser violento, mas somente aumentou a adesão das pessoas que aceitam tais condições (seja por quantos motivos forem), reduzindo a inconformidade (como a sua, a nossa, se me permite) as raias do exotismo.

    O truque, caro amigo, não é roubar emprego, comida, dinheiro ou nossa segurança.

    Isso já foi feito!

    O truque é roubar a capacidade coletiva de enxergar as causas desses problemas, e principalmente, a capacidade de sonhar soluções coletivas para sua superação!

    É mais ou menos como uma fábula que imaginei aqui:

    – Não se trata de criticar o sonho das galinhas em voar ou pular a cerca, a fim de escapar do seu destino de sempre!

    O problema é quando as galinhas se convencem (ou são convencidas) a abrir a porta do galinheiro para a raposa, ou quando elas mesmas colocam, gentilmente, os pescoços para a degola do granjeiro!

     

  3. Tarda mas volta 🙂

    Ontem mesmo a pagina facebook do Movimento Alerte Brésil-France recebeu uma mensagem pedindo ajuda para os brasileiros que terão que deixar o Pais, se confirmada vitoria de Bolsonaro. Parece que tem muita gente ameaçada de morte pela turma fascista que cerca a candidatura do Bolsonaro. Eu acho que a imprensa brasileira é em boa medida responsavel por esse caos violento que estamos vivendo, o qual ela empurra apenas para a politica e o PT em especial.

    [video:https://youtu.be/QoQOGPtU-0o%5D

    • Começou antes de confirmar a vitória. E não vai parar

      Compositor e capoeirista é morto a facadas na Bahia após criticar Bolsonaro

      Publicado em 8 outubro, 2018 10:27 am 

      Do Correio24Horas

      Uma discussão por motivação política acabou em morte para o compositor e capoeirista Romualdo Rosário da Costa, 63 anos, mais conhecido como Moa do Catendê, 63 anos. Segundo a família, Moa estava em um bar perto de casa, quando acabou esfaqueado por outro morador da localidade, após se mostrar contrário ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL). O crime ocorreu por volta da meia-noite, na comunidade do Dique Pequeno, no Engenho Velho de Brotas.

      Irmão de Moa, Germinio do Amor Divino Pereira, 51, também foi atingido com um golpe de faca no braço direito durante a confusão e foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece internado e sedado. Na ocorrência do posto policial do HGE, testemunhas identificaram o autor das facadas como Paulo Sergio Ferreira.

      Segundo o irmão das vítimas, Reginaldo Rosário, 68, Moa estava bebendo com ele e Germinio, no Bar do João, quando o autor da facada começou a defender ideias do candidato do PSL e ouviu críticas do capoeirista.

      (…)

      A filha de Moa, Jesse Mahi, disse que o pai tinha um comportamento tranquilo e que se mostrava favorável às ideias do Partido dos Trabalhadores (PT), mas nunca tinha se envolvido em discussões políticas. 

      “O legado dele não acabou, existe muito a ser feito. Meu pai era fanático pelo partido, ele nunca foi a favor dos princípios da direita”, disse. 

      Uma amiga do compositor, Inácia Alves, 51, diz que Moa era um agitador cultural do bairro que sempre foi preocupado com a conquista das minorias. “Não consigo descrever tanto ódio. É só o começo do que está por vir. Essa atitude representa o partido e suas ideias”, lamenta.

      (…)

      • Fernando,

        só voltei hoje, depois de 4 dias em Pira, entre palestras e salineiras noturnas. Emocionantes os depoimentos de Caetano e Arnaldo Antunes sobre Moa. Abração.

        Abraços

    • Maria Luisa, minha cara

      Da imprensa, tenho certeza. Não entendo o porquê, depois de quatro governos do PT, mantidos todos seus privilégios, escolhem o terror.

      Abraços

  4. Solidariedade, caro Daher, é

    Solidariedade, caro Daher, é o que posso expressar num simples comentário. Há certos momentos em que fica difícil escrever e tentar analisar o que se passa à nossa volta. O que me vem à cabeça é apenas um lugar comum: o Brasil adcaba de dar um salto no escuro.

    Janaína e Frota surgem no horizonte legislativo como esse bonecos de histórias em quadrinhos e/ou desenhos animados, cheios de fúria nos olhares, caninos reluzentes e babando pelos lábios inchados, prontos a se candidatarem a ministros da Cultura e da Justiça. E se o país assim escolheu, o país merece. Por que não?

    • Caro Izaías,

      Década de 1970, subindo as escadas do Arena, em São Paulo, cruzei com um moleque, como nós. Era Caetano Veloso. Há poucos dias, o ouvi em depoimento sobre o assassinato de Moe. Vejo muito disso à nossa frente, o mesmo que passamos depois de 1964. Pessimista, creio que acontecerá novamente, mas não penso ter sido uma escolha, mas a extrema opção, mesmo que não lhes sirva à opção. Garante suas joias.

      Abraços

  5. Rui, sempre tive a convicção

    Rui, sempre tive a convicção de que somente uma guerra civil pode superar o acordo secular de elites. De certa forma, estamos vivendo uma guerra civil, mas na qual um lado mata e o outro morre. A classe média sempre esteve do lado que mata, agora mais do que nunca. A vitória do bolsonazi vai acelerar a guerra de extermínio. Rui, continue escrevendo, há poucos iguais a você para manter acesa a chama do humanismo.

    • Obrigado caro WG,

      Infelizmente para a famíia, meu trabalho e minhas esperanças, nunca desistirei de conversar com vocês. Mas, assim como em você, a dor é muito grande.

      Abraços

  6. malandro é malandro mané é mané

    Seu Rui, comentei por aqui e submeto à V. análise:

    Haddad terá muito a ganhar se todos os derrotados apoiarem o koiso. Aos olhos da população mostrará de que lado as zélites estão. O único apoio que interessa é o do Lula. Tem que assumir ser continuação do Lula. Fazer acordo com as osmarinas 1% da vida é perder tempo e respeito frente o resto da esquerda. Há que radicalizar o discurso, ir para cima. Não cometer os mesmos erros da Dilma que de concessão em concessão concedeu o Planalto. Quando ela quis Lula já era tarde. Há que se falar do Présal, da Embraer, de Alcântara, do golpe dos remédios, da Petrobrás, do submarino nuclear, da pesquisa científica, da soberania, do BRICS e o escambau . Se for para perder que seja com pauta popular e nacionalista.

    -Se alguém quiser apoiar que venha, sem pauta, plataforma nem programa! Não põe no meu!

    [video:https://youtu.be/aohRy58sivo%5D

     

     

    • É isso mesmo, Emerson57

      TRAZER O ODIADO TEMER PARA A CAMPANHA 

      O CAPITÃO FACÍNORA É TEMER !!  O GOVERNO TEMER É DO CAPITÃO FACÍNORA !!

      É momento de aglutinar à campanha de Haddad os admiradores de Lula (50% da população) e os que odeiam o Vampirão Golpista (80% da população):

      a) Radicalizar mostrando as diferenças de propostas da chapa Haddad & Manuela e a Chapa Capitão Facínora & Vice Jumento ( Bolsa Família X Bolsa Bala – Aumento do salário mínimo X Arrocho salarial e extinção do 13º)

      b) Colar a imagem do Capitão Facínora ao governo do odiado Vampirão Golpista

      • Antônio Carlos,

        Colar a imagem ao Vampirão é uma boa. Mas seus eleitores estão siderados com suas propostas de violência, que cagam. No mais, esperta e cinicamente ele ameniza suas verdades, agora mentiras, econômicas a favor dos pobres. 

        Abraços

  7. O BRASIL SOBRE AMEAÇA

    Rui e visiantes, boa noite

    Além da fragorosa derrota, (e foi derrota e fragorosa), fiquei chocado com a falha de todos os institutos de pesquisas. Suas metodologias estão obsolotas. Eu jamais poderia esperar um avanço tão imenso dos fascistas como o que ocorreu.

    Faço minhas as palavras do alex4e. Houve uma demora excessiva em definir um vice; faltou ao PT ter a grandeza de colocar Ciro e Haddad na chapa. O PT, ficou tentando obter do judiciário (DEPOIS DE TUDO !!!) habeas  corpus, recursos, etc. quando era claro que se fosse necessário condenavam Lula à morte para impedir sua candidatura.

    A direção do PT é muito fraca. Sem ideias, sem estratégia, sem tática. A presidenta do partido enaltece o ditador Maduro e não condena a mantança promovida pelo Ortega na Nicarágua, o que estimula o antipetismo. Um discurso claro, coerente, sobre os erros cometidos e um compromisso firme sobre a ética, isso faltou. Esperemos que essa direção tenha a grandeza de reconhecer seu fracasso e se afaste de Haddad, que é um homem honrado e não tem culpa da perda da bandeira da ética por parte do PT.

    No mais, é batalhar até o segundo turno.

    E Rui, se Você foi, pode voltar ! Precisamos de seus textos.

     

    Um abraço a todos e vamos à luta.

    • Nelson,

      estarei sempre de volta. Há mais de 3 meses, em conversa pessoal com Nassif, concordamos que uma chapa Ciro/Haddad eviraria, talvez ainda em 1º turno o risco totalitário. Concordo com suas críticas ao PT, mas creio que dveriam ser estendidas a Lula.

      Abraços

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome